Black Lives Matter vai pra cima de Biden e abre espaço para novos protestos


Essa foi uma semana surpreendente para os amantes da política americana. Não muitas vezes somos brindados com acontecimentos com os que aconteceram nos últimos dias, em que a organização terrorista negra Black Lives Matter (BLM) voltou-se contra o seu presidente, Joe Biden, simplesmente por esse ter supostamente ignorado o pedido para que eles tivessem uma reunião com ele. Esse episódio demonstra como o radicalismo esquerdista pode se autodevorar e também mostra como o atual mandatário americano, apesar de ter recebido um caminhão de votos de negros, não parece muito a fim de levar esse movimento a sério. É como se ele soubesse que está lidando com arruaceiros, mas não pudesse falar abertamente na época da campanha para não perder o voto de seus eleitores otários, mas mesmo assim situações como essa deixam bem claro o que ele realmente pensa.

Em entrevista a Fox News o Rep. Cedric Richmond disse que numa reunião Biden teria reclamado que os esforços do BLM para satanizar e retirar fundos da polícia entregaram milhares de eleitores de bandeja para o Partido Republicano. E isso faz sentido. A equipe de transição de Biden admitiu que ele fez essa declaração, acrescentando que o presidente eleito sempre foi direto e honesto com suas opiniões. No entanto, caso ele fosse direto e honesto durante a campanha, bem possivelmente não teria recebido os milhões de votos negros que recebeu. Por isso não dá pra concordar que Biden tenha sido honesto, nem hoje, nem antes da eleição, tampouco sempre, como exposto por sua equipe.

Mesmo após Biden se demonstrar mais radical que o esperado, os progressistas ficaram frustrados com suas escolhas para o gabinete. Muitos progressistas acreditam que as escolhas de seu governo não refletem adequadamente o papel que os radicais progressistas desempenharam para torná-lo eleito.

Em face desse desconforto com os zumbis famintos da extrema-esquerda do seu partido, começam a nascer rumores sobre um movimento democrata progressista de oposição ao presidente em exercício, semelhante a o que o Linlcon Project fez para com Trump. Em sua página no twitter, o BLM chegou até mesmo a dizer que as comunidades negras estariam sendo aterrorizadas em uma taxa maior do que sob o governo de Trump. Em função disso, tudo indica que o extremismo que ajudou a levar Biden ao poder não tarde muito até começar a devorá-lo. Pelo que está posto, esse não é um movimento que não parece o significado da palavra limite, e além de se acharem acima do bem e do mal, não vão demorar muito para fazer a única coisa que sabem fazer: destruir e depredar.

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s