Graças à Trump, vacinações nos EUA são um sucesso


Apenas num só dia dessa semana, 4 milhões de americanos receberam uma dose da vacina contra a COVID-19. Devido a isso, o país, que há 3 meses estava alarmado com a subida nos casos agora tem um número menor de casos por dia que de infectados pelo vírus. A mídia americana, apenas agora, exalta a “liderança” e cuidado do novo presidente, tentando criar um nexo causal entre a mudança na Casa Branca e uma suposta mudança positiva em relação ao tratamento do vírus.

A realidade é que nenhuma das medidas que ocasionaram esse decréscimo no número de casos ou o aumento da vacinação deve ser creditada ao governo Biden. Se Joe Biden merecer algum crédito, esse é o de não ter mudado absolutamente nada em relação a condução que estava sendo feita por Donald Trump. Simplesmente não houve tempo para que as tais “mudanças” da gestão Biden fossem implementadas, o que significa que nos primeiros meses praticamente tudo o que foi posto em prática por Biden é o que foi feito por Trump.

Isso é tão claro e cristalino que até o secretário de Saúde, Anthony Fauci, é o mesmo do governo anterior. Se algo mudou, de fato, é apenas a retórica. As declarações polêmicas e divertidas de Trump foram substituídas por notas monótonas e até mesmo por um silêncio do atual governante. Por isso, se hoje Biden se vangloria do aumento das vacinações, por que então não credita o esforço da administração que negociou a chegada das vacinas? Caso Trump não tivesse negociado milhões e milhões de vacinas e tivesse destinado rapidamente recursos para a logística de seu desenvolvimento e distribuição, simplesmente não haveria com o que vacinar os americanos que hoje podem ver seu pais e avós seguros.

Ronald Reagan tinha uma frase marcante: “você pode fazer tudo o que você quiser nessa vida, contanto que não se preocupe em ficar com o crédito”. Tal frase se faz ainda mais viva hoje em dia, quando a aprovação de Biden sobe devido aos acertos do governo Trump. Se a imprensa fosse justa, ela teria que admitir uma verdade inconveniente: foi o candidato que eles odiaram que possibilitou que milhares de vidas fossem salvas. Sendo assim, podem até existir pessoas que não gostam de Trump ou de suas falas excêntricas, mas não pode existir uma pessoa honesta que não admita que ele fez o que era o correto em relação ao COVID.

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s