Emails comprovam como Biden é tão corrupto quanto um político brasileiro


No Brasil já estamos mais do que acostumados com políticos corruptos. Em geral, o corrupto é alguém que, iladrãozinhosnvestido do cargo e do seu decorrente poder em virtude da confiança popular, é corrompido para fazer o interesse de um grupo específico em troca de vantagens – financeiras ou não – contra o interesse daqueles que o elegeram.

No Brasil se um filho diz a sua mãe que quer ser político quando crescer, essa mesma já sabe de antemão muito sobre o caráter da sua prole. Porém em alguns países, a vontade de participar do governo, não é para ser servido como no Brasil e sim para servir. Pelo menos isso é o que muitos brasileiros ingenuamente imaginam. A realidade é que matérias, como as divulgadas essa semana no NY Post, mostram claramente como a política americana pode ser tão suja e pantanosa como aquilo que acontece nos subterrâneos de Brasília.

Segundo documentos vazados nos últimos dias, Hunter Biden, filho do presidenciável demoniocrata Joe Biden, quando ocupava um alto posto na empresa ucraniana de exploração de gás Burisma, apresentou a seu pai, o então na época vice-presidente, um alto executivo da empresa menos de um ano antes de Biden pressionar funcionários do governo ucraniano a despedir um promotor que investigava a empresa, de acordo com e-mails obtidos por The Post.

A reunião nunca antes revelada é mencionada em uma mensagem de agradecimento de que Vadym Pozharskyi, um consultor do conselho do Burisma, supostamente enviou Hunter Biden em 17 de abril de 2015, cerca de um ano depois de Hunter ingressar no conselho do Burisma com um salário de até $ 50.000 por mês.

Menos de oito meses depois de Pozharskyi agradecer a Hunter Biden pela apresentação a seu pai, o então vice-presidente admitidamente pressionou o presidente ucraniano Petro Poroshenko e o primeiro-ministro Arseniy Yatsenyuk para que se livrassem do procurador-geral Viktor Shokin, ameaçando reter uma garantia de empréstimo de US $ 1 bilhão durante uma viagem de dezembro de 2015 a Kiev.

“Eu olhei para eles e disse: estou saindo em seis horas. Se o promotor não for demitido, você não receberá o dinheiro ”, Biden se gabou de forma infame para o Conselho de Relações Exteriores em 2018. A resposta foi clara como a neve: “Bem, filho da puta. Ele foi demitido.”

Essas informações, em outra época cairiam como uma bomba na corrida eleitoral americana. No entanto, para a surpresa de poucos, tanto o Facebook como o twitter impediram a veiculação dessa notícia. Uma escancarada ajuda ao democrata que põe em cheque a questão de que a liberdade de expressão não deveria ficar reféns dos interesses escusos de megacorporações de mídia social.

Tudo indica que essa notícia infelizmente não impacte a eleição americana e que milhões de americanos vão às urnas votar num candidato que não conhece verdadeiramente e sem saber o mínimo sobre seu caráter. O ponto é que Joe Biden exibe um comportamento corrupto, hoje escancarado, que nada o difere de políticos do Terceiro Mundo ou de ladrõezinhos de esquina. Seu modus operandi durante toda sua vida foi usar sua influência política para alocar parentes em empresas beneficiadas por suas decisões políticas e assim transformar sua carreira na política num meio de acumulação de recursos para si.

Mas além disso, o que os documentos comprovam é que sua desfaçatez não se limitava apenas a roubar. Ele estava disposto a coagir e chantagear autoridades estrangeiras tal como um mafioso extorquia o dono de um estabelecimento. Tudo com o intuito de encobrir seus crimes e o rastro de corrupção que deixava nas empresas pelas quais seus asseclas passavam. Levando tudo isso em consideração, ao olhar que Biden têm chances reais de ser eleito, qualquer brasileiro que se preza não tem motivo algum para invejar o presidente que os americanos podem ter. É até irônico que em matéria de honestidade, o eleitor brasileiro, ao ter eleito Bolsonaro, tenha feito a escolha que os americanos devem seguir como exemplo.

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s