Cicatrizes na alma


Tenho percebido como cada vez mais vejo pessoas sem alma, sem brilho no olhar. Já não fazem planos. Não têm esperanças. Apenas vegetam. Já não mais vivem, apenas sobrevivem. As coisas perdem o gosto. Tudo parece sem graça, sem vida.

A crise pela qual nosso país passa a muitos anos tem deixado cicatrizes visíveis nas histórias de milhões de brasileiros. O desemprego contínuo tem gerado depressão, fim de relacionamentos, e principalmente, sonhos.

Já o subemprego tem feito muita gente viver para trabalhar, e não trabalhar para viver, como deveria ser o caso. O resultado dessa realidade é que as pessoas percebem que a vida está passando pela frente deles, e eles pouco podem fazer para muda esse quadro.

O sentimento de frustração por estar aquém das próprias expectativas e habilidades pouco a pouco vai minando o orgulho próprio de muita gente. O otimismo vai deixando lugar para um realismo cada vez mais pessimista.

Nesse quadro, o que se pode fazer é apenas continuar lutando até o fim, torcendo para que os fatores externos que nos empurram em direção ao abismo uma hora cessem pra que finalmente tenhamos uma chance de verdadeiramente conjugar o verbo viver e consigamos ser felizes no final das contas. Para os fortes, todas essas dores apenas serão um caminho tortuoso e dolorido em direção a um próspero amanhecer.

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s