Veganos se importam mais com animais do que com seres humanos?


Sim, veganos se importam muito, muito, muito mais com animais do que com seres humanos.

Duvida? Vou provar.

Veganos nos pedem pra pararmos de comer carne, porque, em tese, isso estimularia o sofrimento animal. No entanto, experimente comer um monte de fritura perto de um desses zé plantinhas. Eles ficarão caladinhos. Sabe por quê? Por que na cabeça deles, tudo ok se você se entupir de colesterol e morrer do coração. Eles não estão nem aí para a sua saúde. O que importa mesmo pra eles é a saúde de algum animal ruminante que eles nunca viram.

De igual modo, pergunte para um vegano qual é a posição dele sobre aborto. Quase todos, e quase todos mesmo, são favoráveis à prática. Já conheci vegano que abria a boca com gosto pra dizer que não via nada de errado nisso. Bem, eu devo ser louco por achar incoerente alguém mudar toda a sua alimentação, estilo de vida e hábitos de consumo para impedir o sofrimento dos animais, ao mesmo tempo em que defende que fetos da mesma espécie que a deles sejam triturados dentro do ventre materno.

A equação fica ainda mais confusa se mensurarmos que a partir da 16ª semana o feto humano já tem sistema nervoso e é capaz de sentir dor. Logo, são chatos na hora de mandar na dieta dos outros pra impedir a dor dos animais, enquanto não estão nem aí pra dor dos fetos humanos.

Um outro fator é que o veganismo no Brasil é algo bastante elitista. Por motivos que não cabe aqui destrinchar, cortar todas as proteínas animais pode provocar uma série de deficiências. Por isso, o vegano rico e de classe média, com acesso a informação farta e nutricionistas, é capaz de ter uma vida saudável. Contudo, se um pobre que come arroz, feijão e ovo todos os dias, cortar o ovo, ele está ferrado. Aliás, não são nada raros os casos de imbecis que resolvem aderir ao veganismo, passando a comer direto batata frita (que faz mal) e cerveja (?), pra depois ficarem doentes e não saberem o porquê.

Infelizmente é muito comum veganos se achando em superioridade moral em relação aos carnistas, não levando em consideração que o carnista que ele julga como inferior pode ser pobre, não ter instrução, não saber ou ter tempo pra cozinhar comida vegana, não ter conhecimento nutricional e passar boa parte do seu tempo numa condução lotada. Ao julgar essa pessoa como a vilã da história o vegano está demonstrando o quão elitista é o seu conceito de moral, já que dentro dos seus critérios excludentes, é muito viável se adequar sendo rico que sendo pobre.

Anúncios

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s