Esquerda usa suposta micropenia para atacar Eduardo Bolsonaro


Vocês se lembram do Eduardo Bolsonaro? Esse mesmo. Aquele filho do presidente que disse que só precisava de um cabo e um soldado pra fechar o STF. Aliás, ele é o único Bolsonaro com quem já tive a oportunidade de ter uma longa conversa anos atrás — mas isso é tema para um outro texto. Pois bem. Numa costumeira briga no twitter, Bolsonaro estava discutindo com o youtuber PC Siqueira, quando no meio da discussão Patrícia Lelis, SUPOSTA EX de Eduardo, cutucou-o com o seguinte tweet:

“Estudem sobre o feminismo para não acabarem com macho de direita que não faz sexo oral porque tem nojinho de vaginas mas acha que compensa isso postando foto segurando arma. Nos mulheres merecemos muito mais do que um homem idiota, babaca, com mentalidade de uma criança e com um micropenis!”

O tweet pareceu uma insinuação de que Eduardo não gostasse de sexo oral e que fosse portador de micropenia, o que é uma condição séria pela qual muitos brasileiros sofrem e não deve ser motivo de piada. Contudo, a esquerda, disposta a tudo, tudo mesmo, para cumprir seus objetivos, achou válido transformar esse assunto íntimo em motivo de piada para difamá-lo nas redes sociais.

1- Fake News de esquerda

Serei direto. Não vou com a cara do Eduardo. Apesar disso, não tenho como não defendê-lo nessa situação, pois ele está sendo vítima de uma injustiça. Para início de conversa, a postagem do facebook na qual Patrícia Lelis usou para atacá-lo tem tudo para ser fake. Ela não contém o vocabulário do deputado. Ele não costuma fazer postagens desse tipo, pessoal, falando de namoradas. E por fim, essa postagem não se encontra no facebook dele e eu, que o sigo a anos, teria visto caso ele a tivesse publicado.

Parece que essa é uma tentativa de fazer parecer que os Bolsonaros são contra os médicos cubanos pelo simples fato de um deles ter perdido a namoradinha para um médico cubano. Isso é mentira. Então guardem essa informação.

Patrícila Lelis

A primeira vez que vi essa Patrícia foi numa postagem do face. Ela me pareceu de cara mais uma dessas conservadias — aliás, conservadias são um tema que merece um texto inteiro só pra si-, que são essas menininhas bonitinhas que ficam repetindo talking points de direita pra receber uma chuva de likes e views de conservadores virgens e babões.

Mais tarde, Patrícia se meteu numa confusão quando acusou o Deputado Marco Feliciano de estupro. Ela ainda divulgou conversas no whats entre os dois, mas nessas conversas não havia nada demais. Após alguma coisa ter acontecido, Lelis teria pedido dinheiro de Feliciano em troca de silêncio. Por algum motivo, que eu não faço a mínima ideia de qual seja, o secretário de Feliciano deu uma quantia a ela. Porém, no meio dessa confusão, um outro cara, namorado de uma outra youtuber de direita, teria pego parte do dinheiro e fugido.

Se eu acredito que o Feliciano a estuprou? Claro que não. Se eu acho que ele comeu ela? Quase certo que sim. Nenhum homem perdoaria uma mulher altamente comível dando mole pra ele. Esses deputados não são bobos. Basta ter boceta que eles estão mergulhando a vara. Se eu comeria uma mulher que me desse mole? Claro que não. Eu sou cristão. No entanto, não estamos falando de mim, e sim do Marco Feliciano. Se ele não a comeu, porque seu secretário aceitou dar dinheiro pra ela?

Quando morei em Brasília eu sabia de altas histórias de estudantes de direito que iam pra Câmara assediar deputados. Havia até um esquema de prostituição famoso — mas isso também será tema de outra postagem.

Depois disso, Patrícia ainda protagonizou alguns episódios inusitados. Ela acusou Eduardo Bolsonaro de ter namorado ela, num relacionamento abusivo, por 3 anos e 8 meses. É aí que as contas começam a não bater. Eduardo Bolsonaro foi eleito em 2014, só se mudando para Brasília em 2015. Lelis fez essa acusação em 2017, o que implica que eles teriam de ter começado a namorar antes dele ser eleito deputado.

Além disso, na postagem acima do facebook, que é fake, ele fala de uma suposta ex que o trocou por um cubano, sendo que Lelis não poderia ser essa ex, já que também não namorou nenhum cubano.

Como belo exemplar de mulher hipergâmica, após aprontar na direita, ela começou a “sair” com o deputado Glauber Rocha (PSB), tendo depois acusado ele de agressão, porém, dado o histórico dela, acho no mínimo precipitado acreditar que foi ele que deixou o olho dela roxo.

Voltemos ao “namoro” que ela teria tido com o Eduardo. Que namoro é esse que só tem uma única foto, no gabinete dele, que não aparenta significar algo? Como sabemos que ela não tem vergonha de postar conversas privadas, por que ela nunca postou conversas que confirmassem essa relação?

Se eu acho que eles namoraram? Claro que não. Se é possível que alguma vez ela tenha dado mole pra ele e ele a tenha comido por algum tempo, o que fez com que ela imaginasse que tinham alguma coisa juntos? Talvez.

Micropenia

Mesmo sem provas, a esquerda agora está usando essa suposta micropenia de Eduardo para tentar diminui-lo.

Primeiramente, devemos ter a ideia que muitas mulheres rejeitadas, como um mecanismo de defesa, tentam diminuir a masculinidade do homem, quase sempre alegando que ele era gay, que tinha ejaculação precoce, que era impotente ou simplesmente que tinha pau pequeno. Esses tipos de acusações não querem dizer nada senão que a mulher está com recalque. Simples assim. Agora, se as acusações são recorrentes e vindas de mulheres que não se conhecem, então é porque o cara tem pau pequeno mesmo.

A esquerda, que tanto diz lutar contra o machismo, mergulhou num expediente claramente machistoide ao usar o tamanho do pênis de um homem para tentar atacá-lo. É importante que saibamos que a micropenia não escolhe classe social, tampouco vertente ideológica. É algo irreversível, triste, e que pode acontecer com qualquer um. Rir de uma condição dessas, que não é fruto de uma escolha, é comparável a zombar de um deficiente físico.

Ter um pau minúsculo não faz de ninguém menos homem. Pau não é régua pra medir caráter. Muito pelo contrário. Os maiores homens que eu já conheci foram aqueles que tinham os menores paus.

Anúncios

Um comentário

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s