Existe um velho clichê de que os opostos se atrairiam e que até se complementariam, porém esse é um conceito muito pouco entendido e, por vezes, exagerado. Quando uma pessoa fala que diferentes se atraem, de forma geral,refere-se a pessoas de PERSONALIDADES distintas que acabam se unindo em relacionamentos inusitados.

Entretanto, quando analisados de perto, por mais que as pessoas possam parecer diferentes quanto aos seus gostos e afinidades, quase sempre os relacionamentos são positivos pois um completa o outro, aprendendo com o que o outro sabe e vivenciando experiências através dos olhos do parceiro, que não possui seus mesmos pudores, traumas e receios perante a vida.

Por mais que relacionamentos entre personalidades opostas pareça possível, o que não é viável é um relacionamento entre duas pessoas, iguais ou diferentes nas afinidades, que possuam definições diferentes acerca de princípios e valores. Por exemplo, se pra um amor significa uma coisa e essa mesma coisa pode simbolizar desprezo para a outra, então esse relacionamento está fadado a desgraça.

Essa discrepância em relação aos princípios e valores pode ser a raíz para o desmoronamento de qualquer tipo de união, seja casamento, namoro, amizade ou até vínculo profissional. Ao se deparar com uma pessoa com definições morais diametralmente opostas às suas, é natural que haja não só confusões de linguagem mas também julgamentos de ambos os lados, o que pode ser a receita perfeita para um conflito.

Dessa forma, é importante frisar que os relacionamentos não se sustentam pelas diferenças, mas apesar delas, sendo que é são as similaridades que costumam unir as pessoas. No entanto, as diferenças são primordiais para avaliar o caráter da pessoa com quem se discorda, uma vez que se conhece muito mais uma pessoa que discorda de você que uma pessoa que sempre diz sim a todas as suas opiniões. Sendo assim, é possível perceber que por mais que diferenças na aparência, gostos, religião, classe social ou etnia possa não ser um impeditivo para um relacionamento saudável, qualquer diferença, por menor que seja, na área moral, tenderá a aparecer. E quando as pessoas descobrem que são diferentes nessa área, quase sempre já é tarde demais.

Anúncios