Olá amiguinhos!

Desde o princípio desse famigerado blog, temos tentado insistentemente difamar e caluniar a imagem do agora ex-presidente Barack Hussein Obama, ora fazendo alusões acerca de um possível acomunamento com terroristas, ora insinuando que ele instalaria uma diabólica ditadura comunista nos EUA, ora ligando ele a todo e qualquer tipo de teoria da conspiração. Inclusive chegamos ao cúmulo de acusá-lo de ser – vejam só!- homossexual.

Não coincidentemente,  fizemos centenas de postagens de conteúdo duvidoso – agora já deletadas desde o último expurgo de postagens racistas que aconteceu por engano quando contratamos um estagiário haitiano. Numa delas, influenciados cegamente por um astrólogo que se escondia na Virgínia – esse sim com um passado afundado até o pescoço com o Islã -, chegamos a decretar que Obama não só não teria nascido nos EUA, como que sua chegada ao poder seria parte de uma grande conspiração da Nova Ordem Mundial para colocar um muçulmano na Casa Branca, abrindo assim caminho para o Grande Califado Global.

Se serve de desculpas, não estávamos sozinhos. Nosso filósofo preferido, antigamente conhecido como Sid Muhammedque até então víamos como fonte honesta de informações, chegou ao ponto de espalhar para milhares de pessoas que Obama colocaria microchips na população americana em 2013, o que assim como tantas outras acusações, nunca se comprovou.

Sendo bastante sóbrios, Obama deixou a economia melhor do que pegou, não instaurou uma ditadura comunista nos EUA, não se declarou como AntiCristo, não jogou bombas atômicas em Israel, não transformou o mundo num Califado Islâmico, e principalmente,  não forçou os EUA a se tornarem um país homossexual. Sendo assim, acho que cabe um singelo pedido de desculpas:

Querido Obama,

Achamos que você não era tão satânico como tínhamos imaginado no final das contas. Desculpe-nos por termos sido racistas e injustos com você.

Ass.

AcidBlackNerd.

 

 

Poxa, essa imagem parecia tão real em 2012
Anúncios