10 perigos eminentes da chegada do Pokemon GO no Brasil


Olá Mestres Pokémon!

Eu confesso que já estou ficando velho e que já não tenho mais o mesmo ânimo pra jogar como antigamente, mas ao saber do advento do Pokemon Go, foi como se aquela velha criança despertasse dentro de mim. No entanto, após alguns minutos da mais pura e completa análise “in depth” do assunto, a nossa equipe de macacos uniformizados presumiu que fatalmente a chegada desse jogo em terras tupiniquins trará consigo uma avalanche de mazelas, as quais devemos estar preparados.

1- Jogo Virtual, Problemas bem reais: Pedofilia

O jogo em que você deve, através da tela do seu celular, capturar pokemóns que estão no meio da rua, pode, como aconteceu em Los Angeles, levar criancinhas inocentes a um Centro de Recuperação de Predadores Sexuais.

2- Jogo Virtual, Problemas bem reais: Atropelamento

Muitas vezes, os pobres pokemóns vão para o meio da rua e lá ficam, de boa, e bem na hora que você vai jogar a pokebola para capturá-los, eis que um carro em alta velocidade passa por cima de você, deixando seus ossos triturados e suas vértebras todas enroscadas umas nas outras.

3- Jogo Virtual, Problemas bem reais: Morte e/ou Prisão

Pokemon é um jogo viciante. Só quem já teve contato com aqueles monstrinhos fofinhos sabe como é bom colocá-los nas pokebolas. Acontece que muitas pessoas acabam fazendo de tudo pra capturar seus queridos pokémons. Nos EUA, já houve um caso de crianças que acabaram entrando numa área de testes nucleares. A área era tão radioativa que até os pokemons encontrados ali deveriam estar deformados ou retardados.

 

4- Jogo Virtual, Problemas bem reais: Assalto seguido de morte

Como todos sabemos, o Brasil é o país dos mão-leve. E é nesse sentido que o Pokemon Go pode facilitar, e muito, o “trabalho da bandidagem. Geralmente os marginais costumam ter que o trabalho de abordar suas vítimas, e muitas vezes, usar a força ou coagir as pessoas a dar-lhes seus pertences. Agora, com o pokémon Go, os problemas da bandidagem acabaram. Agora basta para os meliantes observarem os “caçadores de pokémon” e então surrupiar seus celulares, saindo correndo no final. De quebra, os bandidos, além do celular, ainda ficam com os pokemons das vítimas. Gotta catch´em all!

5- Jogo Virtual, Problemas bem reais: Sequestro e cárcere privado

Já foram reportados alguns assaltos a jogadores de Pokémon Go. Nos Estados Unidos, um grupo armado usou a geolocalização do jogo para procurar e assaltar jogadores que estivessem sozinhos. Além disso, eles ativaram a função para sinalizar a existência de um pokémon para atrair mais vítimas.

Ao utilizar o dispositivo de geolocalização do Pokémon Go, os assaltantes conseguiam antecipar a localização e o nível de isolamento das vítimas”, informou a polícia do Estado da Califórnia, alertando sobre os perigos que a prática do jogo pode proporcionar. Os marginais, os pedófilos, podófilos, os latrocidas, os menores estupradores e os demais maníacos estão preparados para baixar o aplicativo e então espreitar suas vítimas em lugares desertos. As vítimas, irão a lugares remotos acreditando que irão encontrar pokémons raros quando na verdade apenas estarão indo ao encontro da morte.

6- Jogo Virtual, Problemas bem reais:Balas perdidas, escalpelamentos e amputações

Caso o usuário do game resolva adentrar dentro de “comunidades carentes” dominadas pelo poder armado do crime organizado – comumente alvos de invasões de outras facções criminosas, ou de milícias armadas, ou até mesmo, da polícia -, existe um perigo real de você ser furado por uma bala advinda de uma arma, ou de uma rajada de metralhadora. Por isso, seria interessante o jogador de pokémon GO utilizar um colete à prova de balas, só por precaução.

7- Jogo Virtual, Problemas bem reais:Desaparecimento

Na Espanha, dois turistas “muito inteligentes” acharam que seria uma boa ideia entrarem dentro de uma gruta para capturar pokémons lá dentro. Qual não foi a surpresa dos nossos amigos ao, não somente se perderem e ficarem dias presos lá dentro com fome e frio, mas também se depararem com criaturas que os atacaram. E não, não eram pokémons, eram morcegos.

8- Jogo Virtual, Problemas bem reais:Invasões

Não raramente, na minha época, era comum ver a molecadinha invadir a casa dos outros pra roubar manga dentro das propriedades dos vizinhos. Óbvio, sem a permissão deles. Acontecia algumas vezes do vizinho chato ter um cachorro brabo e este acabar por atacar a gente, bem na hora que nós estávamos colocando as mangas dentro da mochila. E a gente tinha sair correndo. Algumas vezes o cachorro mordia e era preciso tomar aquela injeção da raiva.

Agora os tempos mudaram. Ao invés de invadir a casa alheia em busca de mangas, agora veremos a criançada pular por cima dos portões em busca de pokémons. É possível que os cachorros não entendam a diferença entre invadir a casa em busca de pokemons e de mangas, e acabem por atacar a criançada do mesmo jeito. Além disso, há o risco dos vizinhos estarem armados e resolverem defender suas propriedades através do fogo armado.

9- Jogo Virtual, Problemas bem reais: Estrupo

É natural imaginarmos que predadores sexuais farão uso do aplicativo para saciar seus instintos mais primitivos. Um desses instintos, pode ser o instinto sexual, que pode ser de natureza hétero, ou, vejam só, totalmente homossexual.

10- Jogo Virtual, Problemas bem reais: Perda de Tempo

É amigo. Uma hora ou outra você perceberá que está gastando muito tempo se colocando em risco apenas para capturar bichinhos virtuais. Bem ou mal, o jogo não levará você a nada, a não ser a lugares perigosos. Já imaginou você num jantar de família, ou do trabalho, ou num encontro amoroso, quando alguém te perguntar o que você fez no dia anterior, e então você disser que passou o dia inteiro capturando pokemons, e daí você ver um semblante de desprezo misturadodo com desgosto na cara das pessoas a sua volta, como se você fosse um débil mental, um retardado, ou um bebê gigante.

Já imaginou a tristeza no rosto de uma mãe quando ela ver o filho de 31 anos de idade entrar em casa todo feliz e empolgado, dizendo que conseguiu pegar um pokémon?

 

Anúncios

2 comentários

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s