5 motivos para ser contra o Mercosul


Não existe amizade com argentino.


Olá amiguinhos!

Aproveitando a deixa da saída da Inglaterra da União Europeia, muitas pessoas estão me perguntando se seria uma boa para o Brasil sair do Mercosul. Se é bom sair? A pergunta não é essa. A pergunta é porque o Brasil entrou nessa araponga que nos arrasta para o atraso.

Em tese, o Mercosul seria algo bom, um mercado livre de acessos de bens, mercadorias e pessoas. Na prática, é apenas uma âncora presa nos nossos calcanhares. O que deveria ser um bloco de livre comércio e de acordos comerciais não passa de um bloco onde o comércio entre os países não é livre nem há acordos comerciais com o resto do mundo.

1- Argentina

Você já escutou que todo o Argentino é um filho da put#. Pois bem. Se você escutou isso algum dia, a pessoa que te contou não estava mentindo. Nuestros hermanos são extremamente protecionistas. Nossos produtos não conseguem entrar na Argentina livremente, logo, essa ideia de livre comércio é uma ficção.

2- Discrepâncias

Para que o bloco desse certo, deveria haver uma unidade política capaz de mitigar as discrepâncias entre os países. Num espaço de livre comércio com o Paraguai, que mal cobra imposto de importação e o Brasil, que cobra, é natural que todos iriam pro Paraguai comprar e voltariam pro Brasil, causando uma fuga de divisas sem precedentes. Sem um órgão supranacional que regule a política monetária e fiscal dos países, o bloco estará fadado a ser uma eterna promessa pela qual sempre pagaremos por parte do nosso presente em troca de um futuro pior.

3- Zona não-franca de Manaus

Um dos motivos que fazem o Brasil ser vilão no Mercosul é a zona franca de Manaus. Na prática, as indústrias ganharam incentivos fiscais para se moverem para o meio da selva. O que elas fazem? Compram produtos de fora, desmontam-nos e depois dizem que é made in Brazil. Uma trapaça evidente.

4- Acordos de livre comércio

O Brasil caso queira ter um acordo com a União Europeia, por exemplo, não pode fazê-lo por si. Precisa da anuência dos demais países do bloco. E adivinha quem sempre emperra as negociações? Adivinhou quem disse a Argentina. Eles, como querem proteger a indústria ineficiente deles a todo custo, não aceita acordos com países que tenham indústrias melhores que as deles. Logo, o Brasil só tem acordo com meia dúzia de países inexpressivos, tais como a Palestina e um outro lá que esqueci o nome.

Para se ter uma ideia, por não ter realizado um acordo com a UE em 2004, o Brasil perdeu, segundo estudo feito pelo Instituto Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), cerca de US$ 1 bilhão em relações comerciais. Além disso, o levantamento também aponta que, se tivesse firmado a aliança, o comércio exterior de etanol brasileiro poderia ter crescido 42% no período.

5- Cláusula democrática

No caso de algum país do bloco cair numa ditadura, o país fica suspenso temporariamente do bloco. Balela. A cláusula democrática só serve quando convém aos partidos do Foro de São Paulo. Anos atrás, quando o Senado paraguaio fez uso de uma cláusula de sua própria Constituição para retirar o presidente Fernando Lugo, o país foi suspenso do Mercosul. Em contrapartida, a Venezuela, uma ditadura cruel e sanguinária que atira contra o próprio povo e prende opositores continua mandando e acontecendo no bloco, como se nada estivesse acontecendo. E aí de quem reclamar.

Conclusão

Dane-se a Argentina. Dane-se a Venezuela. Dane-se a Bolívia e tutti quanti. Sem esses lixos no nosso encalce o Brasil poderia negociar acordos bilaterais com todo o resto do mundo livre, aumentando suas exportações e criando milhões de empregos. O Brasil deve se impor como país soberano e renunciar ser prejudicado apenas devido aos caprichos de seus vizinhos.

Quem sabe um dia haja um plebiscito sobre a permanência do Brasil no Mercosul. Talvez depois disso o bloco possa mudar de nome para algo que melhor lhe caiba, como Merdosul.

#BRASEXIT!

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s