10 motivos para ser contra Hillary Clinton


Hillary Rodham Clinton, ex-senadora e mulher do ex-presidente Bill Clinton, caminha com firmeza para receber a nomeação democrata, confirmando minha previsão de novembro de 2014, em que eu apontei que a única pessoa que poderia impedí-la ao não disputar as primárias deixou o caminho livre e previsível para uma vitória da novaiorquina. Abaixo listo a ficha corrida da meliante:

1- Passado

Apesar de ter tido uma juventude conservadora, em que apoiou o candidato Barry Goldwater em 1964, Hillary se deixou seduzir pelo discurso satânico da esquerda e acabou entrando em contato com seu mentor Saul Alinsky, um dos fundadores da New Left americana. Alinsky, pra se ter uma ideia, em sua obra prima Rules for Radicals teve a audácia de dedicar o livro ao primeiro radical que já existiu: Satan.

E não pára por aí. No livro, são dadas regras para esquerdistas de como agir para manipular a opinião pública a serviço da demoníaca agenda da esquerda. Ideias que hoje assolam a sociedade americana são as consequências diretas das ordens seguidas pela bíblia perversa do mentor  de Hillary, onde, por exemplo, é explicado com uma riqueza de detalhes como assassinar reputações de opositores e criar um problema pra vender uma solução.

2- Estupro

Ao que tudo indica, a carreira de Hillary é traçada desde seu início até hoje pela ambição e pela sede pelo poder. Ainda jovem, casou-se com Bill Clinton e, após terminarem a faculdade se mudaram para o Arkansas, onde Bill se candidatou ao congresso. Desde os primeiros passos da carreira de seu marido, Hillary Clinton sempre adotou uma postura diferente de outras esposas de políticos. Ela sempre teve intere$$e em atuar dentro do governo e a$$im influenciar as ações de seu marido.

Por algum motivo, desde a época que Bill era governador do Arkansas surgem boatos de que os dois vivem apenas um casamento de aparências. Certa vez, Bill teria viajado e quando voltou Hillary teria lhe contado que estava grávida de Chelsea, uma menina que não se parece nada com Bill. Também dessa época já surgem os primeiros boatos de escapadas sexuais de Bill Clinton. Diferentes de outros políticos que se saciam em ter uma vida promíscua com prostitutas e amantes, Bill também tem prazer em subjugar as mulheres através do estupro.

Durante o ato sexual Bill tinha o hábito de se aproveitar de sua posição de vantagem para então obrigá-las a fazer suas fantasias mais perversas. Segunda mais de uma vítima, o modus operandi do predador sexual era morder com força os lábios superiores para então marcá-las. Muitos acreditam que tais mordidas eram um signo para que as mulheres mantivessem a boca fechada.

Mas não pára por aí. Após os estupros, cabia a Hillary perseguir as vítimas de seu marido para certificar que seu marido ficaria impune. Como boa cúmplice de um estuprador, ela ainda abre a boca para dizer que defende os direitos das mulheres, escondendo o fato que não defendeu os direitos de mulheres estupradas, como Juanita Broaddrick.

Como se não bastasse, ainda quando era advogada, Hillary atuou na defesa de um estuprador e conseguiu absolvê-lo . Anos mais tarde, ao ser lembrada do caso, não se controlou e deu uma gargalhada diabólica. Parece que foi assim que ela aprendeu a livrar a pele de estupradores.

3- ISIS

Quando atuou com secretária de Estado durante a administração de Barack Hussein Obama, Hillary atuou num esquema em que o embaixador americano Christopher Stevens estava envolvido num para enviar armas de Benghazi, na Líbia, para apoiar as milícias ligadas à al-Qaida que estão lutando contra o governo de Bashar al-Assad na Síria, efetivamente armando os guerrilheiros islâmicos sunitas que acabaram se transformando no ISIS.

4- Benghazi

Após um desentendimento, terroristas invadiram a embaixada americana na Líbia e mataram o embaixador, tendo inclusive exposto seu corpo como troféu e feito atrocidades com ele. Destaque para o fato dos EUA não ter mandado nenhuma equipe de resgate nem ter mobilizado nenhuma equipe para tentar salvar o embaixador, mesmo sabendo que a invasão da embaixada estava ocorrendo.

O acobertamento do ocorrido foi feito da forma mais descarada do mundo. Obama e Hillary disseram que a morte de Stevens foi motivada pelo furor causado por causa um filmeco americano em que aparecia o profeta Maomé. Os líbios teriam se indignado e feito um manifestação popular que acabara culminando na invasão da embaixada. Hillary teve a coragem de olhar nos olhos da família dos mortos e dizer que quem fez o filmeco sobre o Maomé iria pagar pelo que fez.

 

5- Emails

Ainda quando era Secretária de Estado, Hillary cometeu um delito ao usar um servidor privado para receber e mandar emails. O motivo real teria sido para não poder ser monitorada. Nesses emails ela teria divulgado informações confidenciais do país e agido para montar uma rede de corrupção e troca de favores. Quando perguntada do porquê de seu uso por um servidor paralelo, Hillary disse: “conveniência”.

Por causa dessas ilicitudes Hillary está sendo investigada pelo FBI e pode ser indiciada a qualquer momento. Será a primeira vez na história da nação que um candidato investigado concorre a presidência do EUA.

6- Agenda desarmamentista

Um dos objetivos principais do governo de Hillary será desarmar a população americana e se ver livre para rasgar a segunda emenda da Constituição Americana. Para tanto, Hillary planeja nomear novos ativistas judiciais de esquerda para a Suprema Corte Americana, e então estes, assim como o PT fez por aqui, irão reinterpretar a Constituição de maneira canalha e legislar na direção de dar um novo sentido a Segunda Emenda, o direito de portar armas.

Hillary e sua suposta amante islâmica, Huma Abedin

7- Refugiados

Um dos principais objetivos de Hillary Clinton é abrigar os refugiados sírios para assim povoar os EUA com milhares e milhares de muçulmanos sunitas, dos quais muitos se tornarão fatalmente terroristas e assim poderão atuar livremente dentro do território americano. Ela diz  querer trazer os refugiados islâmicos sírios, sim, aqueles mesmos conhecidos por estuprarem mulheres europeias no Réveillon de 2016 em Colônia, por “motivos humanitários”. O que ela não diz é que o conflito alongado na Síria que hoje inunda o Ocidente de refugiados eclodiu durante a atuação dela na secretaria de Estado americana e foi fruto também das próprias ações dela.

8- Ideologia de Gênero

Assim como Obama, Hillary promete não medir esforços para continuar o atual processo de engenharia social que está em curso hoje no EUA e que visa desconstruir a heteronormatividade e as relações entre os gêneros. O próximo passo da agenda gayzista é obrigar colégio a deixarem as pessoas a entrarem no banheiro do sexo oposto caso aleguem ser trans. Dessa forma um homem barbudo e hétero pode alegar ser trans e entrar num banheiro feminino, onde há várias crianas indefesas, para cometer atos de pedofilia, e evidentemente, estupro.

9- Imigração Ilegal

Não satisfeita em trazer imigrantes islâmicos, Hillary tem como prioridade dar cidadania a quem desrespeitou a lei americana e mora no país ilegalmente. Com isso, mais de 11 milhões de gratos ilegais poderão votar, e claro, assim virarão eleitorado cativo do partido democrata, que com a anistia se tornará o partido hegemônico nos EUA.

Enquanto que usar o braço forte do Estado para obrigar homens a entrarem no banheiro das mulheres, Hillary quer afrouxar o braço da nação americana para que mão-de-obra barata possa entrar livremente no EUA e assim aumentar as margens de lucro das grandes corporações que financiam a campanha da democrata, o que acaba deixando milhões de americanos sem emprego e com salários achatados pela concorrência dos estrangeiros.

10- Corrupção

Hillary possui relações umbilicais com Wall Street, criando uma máquina de corrupção globalista representada pela Fundação Clinton. Assim como Lula, Hillary recebe milhões de dólares para fazer “palestras” para investidores. Tudo funcionaria como um grande sistema de toma-lá-dá-cá. Os poderosos doavam dinheiro para a Fundação e agora, eleita, Hillary poderá retribuir o favor através de política travestidas de “justiça social”.

 

Anúncios

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s