Dilma venceu! O que esperar para os próximos 4 anos!


Olá amigos, hoje vou ter que falar mais sério do que o normal.

Dilma venceu as eleições. Devemos ficar tristes? Não, vou explicar porquê.

No pleito realizado no dia 26/10/2014 o Brasil saiu derrotado, mas nós, conservadores, vencemos e saímos maiores dessa eleição do que entramos. Darei os motivos.

1- Oposição real e divisão do país

Muitas pessoas que votaram em Aécio estão indignadas, espalhando atém mesmo um discurso de ódio contra o PT e a região que mais apoiou Dilma, o Nordeste. Esse tipo de comportamento é insensato e só reflete a divisão que marcou essa eleição. Uma atitude como essa implica em dizer que o “eleitor votou errado”. Deprimente. Numa democracia, mesmo que alguns votem de fato de forma contrária aos interesses do pais, você nunca pode criticar o eleitor, pois você precisa do voto dele. Todo esse ódio se explica pelo fato das classes mais informadas terem a percepção real de que as medidas do governa já afetam a sua realidade. Com essa derrota angustiada, o PT ganhará uma oposição real nos próximos 4 anos, não do PSDB ou do finado DEM – que irá acabar -, mas sim dessa parcela raivosa de anti-petistas do Sul/Sudeste.

2- Opinião Pública

Dilma foi eleita com uma margem estreita, de apenas 3 milhões de votos. Sua vitória no Nordeste impressionou, mas obteve uma derrota vexaminosa no maior colégio eleitoral do país, São Paulo, detentor da maior parte do PIB do país. Se analisarmos bem, veremos que o PT hoje sabe que o eleitor escolarizado e mais abastado hoje sente ojeriza. Os principais formadores de opinião pouco a pouco se juntam às fileiras da oposição.

3- Herança Maldita

Dilma presidiu o pior PIB da história recente do país. O país está a caminho da recessão. A inflação está represada e nos próximos anos os fatais reajustes nos preços dos combustíveis irão impactar o bolso dos mais pobres. Como o Brasil não cresce, a tendência é de subida do desemprego, que também chegará na casa dos mais pobres. Sendo assim, o primeiro governo Dilma gerou uma herança maldita irreversível que certamente faria o governo Aécio ser decepcionante. Ainda assim, Aécio trazia uma equipe mais preparada, provocava confiança nos investidores e poderia conduzir esse processo de forma mais amena.

4- Percepção da crise e possível “volta Lula”

É preciso entender que a eleição de Dilma se deu de forma tão vigorosa no Nordeste porque os pobres ainda não sentem medo da volta do desemprego ou da inflação. A maioria desse eleitorado que ascendeu socialmente nos anos Lula e simplesmente tinha receio de perder suas conquistas pessoais num governo tucano. Como Aécio apresentava proposta muito parecidas com as dos petistas com o intuito de angariar o voto dos pobres, esse eleitor preferiu não trocar o original pelo genérico – ou o “certo” pelo duvidoso. Entretanto, com uma piora no cenário econômico esse eleitor vai perceber que a continuidade está afetando suas conquistas e irá se voltar contra Dilma – reparem bem, o povo pode até se voltar contra Dilma, mas não contra Lula, que se voltar em 2018 pode ser eleito.

 

5- Crise econômica e Bolha Imobiliária

Espera-se que em meados de 2015 o Banco Central Americano suba os juros de seu país. Amigos, vocês sabem o que isso significa? Devido a crise de 2008, os governos americanos abaixaram os juros para promover o crédito interno e assim aquecer sua economia. Só que essa não é uma medida que dura para sempre. Uma hora ou outra, os juros voltarão aos seus patamares pré-crise. Isso acarretará numa fuga de capitais, que hoje estão aqui ou que aqui poderiam ser investidos, para os Estados Unidos. O resultado desse acontecimento é incerto, mas a julgar como os investidores reagem com a eleição de Dilma, podemos com certeza afirmar que o Brasil terá que subir os seus juros para fazer frente – o que o PT não vai fazer – OU ENTÃO veremos uma subida abrupta do dólar, que impactará as nossas contas públicas, não só as do governo, mas também das empresas privadas. Repito. Esse cenário aconteceria se Aécio fosse eleito e o PT iria colocar a culpa dessa crise nos tucanos, apresentando-se como salvadores da pátria em 2018 e vencendo as eleições. Vencendo Dilma, a oposição tem a obrigação de combater o PT e se apresentar como mudança à agenda petista em 2018.

6- Reforma Política

No âmbito político, Dilma terá um Congresso mais conservador. Sua esmagadora maioria agora será apenas uma maioria. O PSB se encontra ressentido e o PMDB avançará ainda mais na sua fome de ministérios e cargos. Algo real nesse segundo mandato será a tentativa de reforma política, que até tem forte chance de passar. Podem ter certeza, essa reforma só mudará as regras do processo eleitoral para beneficiar os partidos que estão no poder. A Lei 8243 será um perigo real.

7- Petrobrás

Que Lula e Dilma estão envolvidos no Petrolão todos sabemos. O que veremos agora será uma investigação do escândalo que acabará envolvendo ainda mais o PT e seus partidos asseclas. É natural que, frente a um cenário tão corrupto, a oposição, carregada de provas, peça o impeachment da presidente. Mas é importante que esse pedido de impeachment aconteça no momento certo. Para que o impeachment seja bem sucedido é preciso que as denúncias comovam a opinião pública, e por conseguinte, os mais pobres, dessa forma motivando parte do congresso hoje governista a colocar Michel Temer na presidência. Fora isso, enquanto o preço internacional do petróleo segue em queda, a empresa continuará perdendo valor de mercado.

8- STF

Levando em consideração todos os escândalos envolvendo corrupção, poderíamos esperar mais alguns julgamentos semelhantes ao Mensalão. Não, não podemos. O PT poderá nomear mais 4 ministros nos próximos anos, assim loteando de forma cabal o Supremo e impedindo qualquer tipo de julgamento que os incrimine. Esse aparelhamento também avançará em outras instâncias do poder. Com uma instabilidade política e econômica, o PMDB e cia pedirão mais cargos e cobrará um preço mais alto pelo seu apoio.

9- Liberdade de Imprensa

Vendo o discurso da vitória de Dilma, fica claro que ela está cheia de recalque devido às denúncias da Veja. Eles com toda a certeza irão atacar a liberdade de imprensa sob o pretexto de regular o “monopólio de orgãos da imprensa”. Irão tentar aprovar o Marco Regulatório da Imprensa e assim criar um conselho de jornalistas indicado por políticos que terão o poder de regular as publicações.

10- Acirramento ideológico

Com a falência do projeto petista, prevejo eleições municipais de 2016 com ampla vitória da oposição. Rede Sustentabilidade , PSB, PSDB e o partido fruto da futura fusão do DEM irão angariar as principais prefeituras do país. A extrema esquerda simbolizada pelo PSOL também crescerá recebendo o voto de eleitores ideológicos da esquerda. Veremos o surgimento de movimentos cada vez mais extremistas de ambos os lados do espectro político.

Anúncios

12 thoughts on “Dilma venceu! O que esperar para os próximos 4 anos!

  1. Acid, pode ser que eu esteja errada ou é só uma impressão minha, mas grande parte da minha timeline no face tá querendo a morte pros nordestinos e com certeza esse ódio deverá crescer cada vez mais. Até que ponto será que isso vai?

    Curtir

  2. Esse lima de ódio aos nordestinos é exatamente o que o PT quer que a gente faça. Devemos esquecer esse papo, do contrário vai descambar em segregacionismo.

    Curtir

  3. a solução é dividir o brasil e criar outro pais! somente isso pro pt não ganhar mais

    Curtir

  4. Nem pensar, não vamos desistir do Brasil.

    Curtir

  5. Acho q o segregacionismo vai acontecer de uma forma ou de outra. Lula disse q devolveria o q tiraram do Nordeste. O PT esta colocou gasolina numa fogueira. Tenho medo q essa eleição crie um revanchismo por parte do Sul e Sudeste. Os nordestinos ajudaram a construir Sao Paulo q e hoje, mas agora acho q a intolerancia contra eles vai crescer ainda mais.

    Curtir

  6. Eu concordo, Acid, com o aumento movimento conservador que você destacou. Em todos os lugares que frequento, seja na internet seja nas ruas tenho me deparado com muitas conversas sobre política e críticas ao governo petista. Até assuntos banais, como o futebol, acabam adentrando no âmbito político.
    Mais, as pessoas, incluso eu mesmo, tentam se aprofundar no pensamento conservador e econômico. Livros como “As Ideias Conservadoras”, de João P. Coutinho e a “Sociedade de Confiança” de Alain Peyrefitte ganham destaque nas livrarias e mesmo no debate público.
    Estou mesmo confiante que a derrota nas urnas irá ensejar uma mudança na visão política do brasileiro, tornando-o um participante ativo do debate político.
    Quem sabe até, nas próximas eleições, não tenhamos um movimento político de direita mais coeso e melhor representado.

    Curtir

  7. Que você continue acreditando nesse país de merda… Eu já desisti do Brasil…
    INDEPENDÊNCIA JÁ !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  8. Anderson Silva 30/10/2014 — 18:02

    Um belo resumo, caro AcidBlack. Penso da mesma forma. Postando na minha página em 3, 2, 1… Força aí, cara. Vou passar a te divulgar mais. Só o Face já me tomou um tempo enorme nessas eleições. Mas TAMU JUNTO! Aliás, mais da metade do Brasil tb tá.

    Não esqueçamos que a grande estrela dessas eleições foi a ABSTENÇÃO DE VOTOS. Uma forma um tanto controversa, mas legítima, de se indignar com toda essa situação e confusão do país.

    Abs.

    Curtir

  9. Sei não, todos tem suas próprias razões para votar ou não votar em Dilma… Confesso que votei 13 nos dois turnos, vejo que esse governo cometeu muitos erros: o dinheiro investido na construção daquele porto em Cuba, declarações infelizes da presidente na ONU em relação ao Estado Islâmico, Política de não redução da maioridade penal, roubalheiras e etc.
    Votei mais por questão do que eu vi e vivi em 31 anos de existência (pela observação e reflexão), me lembro que no governo FHC, aqui no RJ existiam milhares de pessoas que passavam fome, não tinham acesso a nenhum tipo de lazer, a maioria desempregados, sem acesso a educação de nível técnico e superior, industria naval quebrada e etc… Quando o Lula foi eleito, durante o mandato dele todas as mazelas que relatei foram superadas, as pessoas que viviam abaixo da linha da pobreza, comiam mal ou passavam fome, hoje melhoraram bastante suas posses, enchem o carrinho do supermercado, as universidades tanto públicas ou privadas estão lotadas desses que no passado, passavam até fome, a indústria naval alavancou, só fica desempregado quem não corre atrás… Fico observando meus colegas que votaram no Aécio, ou votam porque virou “moda” ou um voto “de maior intelecto”, ou vão na cabeça de quem não sofreu no governo FHC, ou porque o pastor da igreja mandou votar no Aécio… Enfim, aqui no RJ a maior parte da população melhorou muito de vida durante o governo PT, não sei em outros estados, mas aqui houve um grande progresso. Acho louvável o desejo de mudança, mas votar no PSDB achando que isso iria frear a corrupção é puro engano.
    Um raciocínio prático, PT x PSDB governariam da mesma forma, roubando, manipulando, esvaziando CPIs e etc, só que com o PT o povo ainda molha a mão, e com PSDB só os abastados sentam no banquete.
    Se você que votou no Aécio, porque vivia melhor no governo FHC do que hoje, então você tem todo o meio apoio.

    Curtir

  10. Acid, você acha confiáveis a maneira como o brasileiro hoje vota, com urnas eletrônicas e tudo?

    Curtir

  11. Sua argumentação se sustenta na hipótese de que um governo tucano hoje seria semelhante ao governo FHC, mesmo você sabendo quee as condições econômica mudaram abruptamente. Creio que essa ideia de que um partido governa pros pobres e outro pros ricos não passa de uma ingenuidade. Basta ver os governos tucanos nos estados. Eles governam só pros ricos? Talvez esse seja o principal problema do marketing tucano. Não fazer igual aos petistas e focar na propaganda assistencialista para colocar ricos contra pobres.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close