Olá amiguinhos!

Nessas eleições os institutos de pesquisas estão conseguindo ficar menos confiáveis que os próprios políticos. No caso do Rio de Janeiro, Ibope e Datafolha falharam miseravelmente nas intenções de voto de seus boca de urnas. Vejam bem, estou sendo polido ao usar o advérbio miseravelmente pois errar o resultado de um pesquisa de intenção de voto fora da margem de erro é algo lamentável; outra coisa, bem diferente, é errar o resultado de uma pesquisa boca de urna fora da margem de erro. Sinceramente, não sei como isso pode ser possível. Os institutos com maior “credibilidade”, Ibope e Datafolha, asseguravam que o segundo turno seria entre o Mãozão e o Garoto Pequeno, no entanto, o Garoto Pequeno ficou de fora do segundo turno, mostrando que segundo turno é coisa de gente grande. O mais engraçado é que, no primeiro turno, os dois institutos erraram – erraram juntos na mesma direção – enquanto que o Instituto GERP acertou o resultado.

Note que a nota acima contém um erro lógico crasso. Nos votos válidos Crivella tem 51% e Pezão teria 41%. Isto é impossível. Na melhor das hipóteses é um erro de digitação. Nos votos válidos Crivella tem 51% e o Pezão deve ter 49%, o que é um empate técnico. Como na última pesquisa a vantagem, que hoje é de 2 pontos para Crivella, era de 10 pontos, podemos perceber que existe um derretimento da candidatura de Crivella, que se continuar vai implicar numa virada de Pezão no dia do pleito.

Quem tinha acesso aos trackings do PMDB no primeiro turno sabia que existia uma tendência de aproximação entre o Crivella e o Garotinho, que nesses levantamentos estavam empatados. Hoje, esses mesmos trackings apontam que 90% do eleitorado do Garotinho foi direto pro Crivella. Só essa união ao estilo Super Gêmeos ativar já seria o suficiente para que Crivella ultrapassasse o Pezão. Outro fato interessante é que o Lindinho do pó também fez uma fusão ao estilo Dragon Ball Z com Crivella. Somados os percentuais desses 3 candidatos no primeiro turno temos os exatos 51% que o Instituto GERP confere a Crivella nessa pesquisa. O que quero dizer é o seguinte: essa pesquisa pode até estar errada, mas que faz sentido faz.

 

Anúncios