Minhas impressões sobre o debate para governador do Rio de Janeiro na Globo


Olá amiguinhos!

No final do debate o alarme de incêndio apitou de tanto que o debate pegou fogo. É claro que o fogo de verdade não se materializou, mas se tivesse queimado os dois candidatos e seus asseclas poderíamos dizer que o Rio de Janeiro saiu vitorioso do debate.

Mas vamos falar do debate:

1- Muitas interrupções aconteceram no debate. Muitas mesmo. Quase todas por parte da torcida da Universal que estava lá pra tumultuar. Se era a intenção deles desconcertar o Pezão, conseguiram.

2- Pezão se enrolou algumas vezes, demonstrou antipatia e não escondeu sua raiva. Como não tinha o que falar de Crivella, preferiu atacar sua ligação religiosa. É claro, o que falar de um homem que devotou sua vida a caridade e religião? O que falar de um homem que passou anos de sua vida na África em missão? O que falar de um homem que, como cantor, doou todos os seus bens para um projeto social que revolucionou a vida de milhares de pessoas no Sertão? O que falar de um homem que em 12 anos como senador nunca se meteu em nenhum tipo de mutreta, que mesmo investigado, nunca foi condenado por nenhum tipo de ação penal? O que falar de um cara de fala mansa, gente boa e ficha limpa? O que falar de um cara que está a 12 anos afastado do comando da Igreja Universal? Bingo! Pezão transformou essa eleição num plebiscito sobre a Igreja Universal, fazendo inclusive o uso de seu cão de guarda Silas Malafaia em alguns momentos da campanha.

3- Crivella foi sóbrio mas falou tudo o que tinha que falar. A estocada final foi quando revelou a todos que Pezão está envolvido na Operação Lava-jato e que provavelmente pode ser retirado do cargo depois que toda a sujeira na Petrobrás for devidamente apurada – aliás, que fique bem claro, Lindbergh, que apoia Crivella, também pode estar envolvido. Crivella foi sensato ao apontar os erros da gestão Pezão/Cabral e  ao dizer que quem estava misturando política e religião era o Pezão, e pior, que ainda misturava política e corrupção. No final das contas, Pezão queria dividir os eleitores entre seguidores do Bispo Macedo e os não seguidores do Bispo Macedo, fazendo uso do ódio religioso que existe inclusive entre as facções evangélicas para isolar o opositor. Um candidato deve ser um agregador e não um desagregador. Nesse quesito Crivella levou a melhor.

4- É evidente que o Mão Grande vencerá essa eleição. A máquina de dinheiro do PMDB lhe concederá muitos votos com santinhos e boca de urna, mas não vencerá Crivella por uma grande diferença. Este sim, com pouco dinheiro, fez uma campanha limpa, sem o apoio de partidos ou tempo de TV, não foi baixo em momento algum e conseguiu o apoio dos candidatos derrotados no primeiro turno. Pessoalmente, possuo ojeriza da religião de Crivella, nunca votei nele, nunca votei em pastor, não votei nele no primeiro turno e não possuo simpatia pelo seu esquerdismo, mas ele mostrou que é a mudança pro Rio de Janeiro. Meu voto é 10.

 

Anúncios

20 comentários

  1. Meu amigo blogueiro, concordo com 95 % desse seu artigo, de hoje sobre o debate do governo do Rio de Janeiro, os 5 % que descordo é da sua afirmativa que o Pezão vai conseguir levar esse Caneco, vamos aguardar até domingo.
    um grande abraço…

    Curtir

  2. Eu não quero um governo de mentiras e de invenções de moda como esse Pé-Grande e os Evangélicos Vendidos querem, quero mudança e vamos cobrar a mudança. Quero 10!!!

    Curtir

  3. #CRIVELLA VAI GANHAR ESSAS ELEIÇOES, PEZÃO FOI MUITO BURRO EM TER MEXIDO NA RELIGIÃO DO PEZÃO, JÁ VIU ONDE ESSA IGREJA CHEGOU, SOU CATOLICO, E TO TORCENDO PRO CRIVELLA, TENHO MUITOS AMIGOS DA IGREJA UNIVERSAL, MAS NÃO VOU A ESSA IGREJA ADIMIRO O BISPO MACEDO, MAS NÃO CONCORDO COM ALGUMAS COISAS LÁ, MAS TEM MEU RESPETO VEJO QUE QUE A ADIMINISTRAÇÃO DA IGREJA É MUITO BOA, IMAGINE SE A ADIMIMISTRAÇÃO DO CRIVELLA FOR A MEMSA DA IGREJA, OPINIÃO MINHA MAS PRA QUEM CONSTRUIU O TEMPLO DE SALOMÃO, MUITO BOM SERÁ O GOVERNO CRIVELLA…

    Curtir

  4. contra fatos não existem argumentos. PEzão levou a pior por se meter em falcatruas e ter uma ficha mais suja do que pau de galinheiro. O Rio de Janeiro merece, precisa e anseia por mudanças.10!

    Curtir

  5. desse debate eu gostei muito, o pé grande várias vezes nem sabia o que iria dizer, e colocar religião com politica afffffffff!!!!! Ele não pode nem falar nada sobre isso se ele esta subindo nos altar de algumas denominações para pedir voto, tenho um meu voto esta decidido e Crivella

    Curtir

  6. Quem acompanhou os debates, sabe que o Pezinho não tem e nunca teve nenhum argumento contra CRIVELLA. MEU VOTO É 10 !!

    Curtir

  7. Amigo, sou pastor da igreja universal, mas, eu te meus parabéns por essa sua postagem. Não pelo fato de afirmar em votar no #Crivella, mas, por você usar a inteligência (o que muitos não estão fazendo) e colocar na balança o que cada um FEZ E NÃO FEZ. Jesus disse que arvore se conhece pelos frutos. e foi exatamente o que foi fez, analisou o fruto de cada um. MEUS PARABÉNS!

    Curtir

  8. Meu voto e 10!! Crivella vai ganhar, homem de carater,simples e que mostrar querer governar para o povo que estar cansado de tanto descaso e sofrimento..

    Curtir

  9. Bom, acho que de fato as pessoas nesse blog erraram feio. É claro que o Pezão ia ganhar, Crivella não tinha propostas concretas gente, ele só falava dos problemas sem apresentar nenhum solução para eles. Ainda bem que vivemos em uma democracia, senão estaríamos perdidos.

    Curtir

  10. Bom, então vamu lá, meu brother:

    1- “Como não tinha o que falar de Crivella, preferiu atacar sua ligação religiosa.”

    E isso justamente deveria ser a BASE dos argumentos do Pezão sobre o Crivella. Não tem o que dizer sobre ele. Politicamente o Crivella é uma nulidade. Já religiosamente e MIDIATICAMENTE ele tem sim muita influência sobre o eleitorado (indireta, é verdade, mas tem). É só pegar a rede de programação de TV abeta e rádio e ver a HEGEMONIA da Universal crescendo por toda parte. A partir da meia-noite vc só tem Globo e SBT, o resto é da Universal.

    2- Sobre a questão do dinheiro de campanha: isso TAMBÉM não é tão relevante assim já que a turma da esquerda radical do PSOL, PCO, PCdoB, PSTU não tiveram muitos recursos tb e nem por isso podemos ignorar o PERIGO SOCIAL E A FORÇA que tem o seus discursos, que, bem ou mal, estão TODOS ligados às agendas do PT, isto é, daqueles que detém a bufunfa toda do país.

    3- A campanha do Crivella NÃO jogou tão limpo assim. Apontou o Pezão como condenado em inúmeros processos que, na verdade, ainda correm na Justiça, e, se correm, ele AINDA não pode ser taxado antecipadamente de “condenado”.

    4- O Pezão focou na sua imagem, tentando se afastar da imagem desgastada do Cabral. Isso, no jogo político, é LEGÍTIMO. E ele fez isso de uma forma muito ética por sinal (parabéns aos marqueteiros da sua campanha vitoriosa).

    5- Por que os adversários do Pezão não aproveitaram pra criticá-lo sobre seus mandatos na Prefeitura de Piraí?? Isso pra mim é o MAIOR MISTÉRIO. ;¬)

    6- Como o Crivella poderia ser “MUDANÇA” com garotinhos e Lindbergs ao seu lado??

    7- Como diria o dono da Fábrica de Chocolate no meio de uma conversa na rua:

    [MILITANTE HISTÉRICO]- Vote no Crivella!! Se o Pezão ganhar, o Sergio Cabral volta!! Serão anos de retrocesso!!
    [Willy Wonka]-Ué!? Então votem no Pezão, oras. Se o Crivella ganhar, os garotinhos é que voltam. Prefiro um retrocesso de 4 anos do que um de 14. Vcs não!?

    Abs

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s