Revisando 28 boatos sobre Aécio Neves


.

Durante a campanha eleitoral, diversos boatos foram divulgados sobre o candidato Aécio Neves. Uma boa compilação desses boatos está no texto “27 motivos para não votar em Aécio Neves”. Após ler o texto e verificarmos que boa parte das informações não vinha acompanhada de fontes, um dos boatos. Imaginávamos que alguns deles pudessem ser exagerados, mas ficamos surpresos com a quantidade de boatos que eram simplesmente falsos. Alguns são verdadeiros, por outro lado. Na lista abaixo, nosso objetivo principal é expor os fatos relacionados a cada acusação. Tudo o que foi escrito está acompanhado por fontes.

CENSURA

1) Acusação: Aécio censurou a parte da imprensa mineira que ousou denunciar esquemas de corrupção

Fatos: A acusação é genérica e os links dados como fonte não apontam nenhuma prova do ocorrido. De acordo com o site da Rede Brasil Atual, o então presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJPMG), Aloísio Lopes escreveu ao jornal Pauta que haveria crescido o número de queixas de jornalistas quanto a conduta das redações dos jornais e das chefias de comunicação de instituições públicas. Há também outras denúncias de que Aécio Neves teria pressionado outras redações a retirar matérias parecidas.

Porém, conforme veiculado pelo jornal Folha de São Paulo “o jornalista Josemar Gimenez, diretor de redação de ‘O Estado de Minas’, contesta: ‘Não existe nenhum esquema de blindagem com relação ao governo Aécio Neves. O jornal não tem o menor compromisso com este ou aquele governo. […] Isso [a alegação de blindagem] faz parte do jogo político’, afirma Gimenez.”

O SJPMG (Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais) denunciou os supostos acontecidos ao Ministério Público Federal em 2004, mas as denúncias nunca foram provadas. Vídeos divulgados pelo SPJMF com jornalistas demitidos na época foram editados ara favorecer a visão do Sindicato. Alguns desses jornalistas afirmaram, mais tarde, não responsabilizar o Governo de Minas por suas demissões.

 

http://bit.ly/1wr0Fwd / http://bit.ly/1twoA7b / http://bit.ly/1uxHgHU / http://bit.ly/1rUEeve /

2) Acusação: Também tentou censurar o Google, Yahoo! e Bing, movendo um processo para retirada de links relacionados ao uso de drogas e ao desvio de verbas da saúde.

Fatos: Aécio Neves entrou com um pedido na Justiça Federal de São Paulo para a retirada de sites que vinculavam o candidato a duas acusações falsas: a primeira, nunca provada, sobre o uso de cocaína e a segunda, claramente falsa (como explicado no item 5) sobre um processo por desvio de dinheiro público. Como dito pelo PSDB “Não se trata, portanto, de interferir no legítimo direito de opinião e crítica do cidadão. Opinião é direito sagrado. Difamação e calúnia são crimes”. De acordo com os advogados do Google, é impossível que a retirada desses resultados de busca seja feita sem afetar outros resultados.

3) Acusação: Mandou demitir um diretor da Globo de Minas Gerais após três reportagens que o ligavam a crimes

Fatos: O diretor de Jornalismo de Minas Gerais, Marco Nascimento foi transferido para Alagoas após reportagens sobre a venda de crack nas proximidades do Departamento de Investigações da Polícia Civil. Certo tempo depois o diretor foi demitido. Não foi provada nenhuma relação entre as matérias e a transferência, nem mesmo a relação entre a transferência e o então governador. Além disso, Nascimento afirmou em vídeo nunca ter responsabilizado ninguém do governo por sua demissão, , tendo reafirmado a Folha que teria sido uma decisão da Folha.

 

4) Acusação: Não gosta de ser investigado: em 10 anos ele e seu sucessor Anastasia só permitiram 3 CPIs em Minas Gerais. Mais de 70 foram barradas.

Fatos: CPI’s e investigações não necessitam de permissões do Poder Executivo como algumas pessoas ou partidos parecem acreditar. Dessa forma, Aécio e Anastasia não tem o poder de barrar CPI’s, que são convocadas pela ALMG, a Assembleia de Minas. As CPI’s citadas, portanto, não tiveram apoio de deputados estaduais suficientes conforme o previsto por lei. Há ainda o fato de a Assembléia Legislativa não ser o único órgão com poder de investigar escândalos de corrupção. Nada impede que outros órgãos, como a Polícia Federal e o Ministério Público, investiguem as denúncias.

CORRUPÇÃO QUANDO FOI GOVERNADOR DE MINAS GERAIS

5) Acusação: Foi processado por desviar R$ 4,3 bilhões da saúde.

Fatos: Primeiramente, nenhum centavo desses R$ 4,3 bilhões foi desviado ou foi para o bolso de quem quer que seja. O dinheiro foi investido na população. Há, em todo orçamento estadual, uma verba obrigatória que deve ser destinada à saúde. O processo em questão discutia se esta verba poderia ser usada para investimento em saneamento básico. Há uma óbvia correlação entre investimentos em saneamento básico e índices de saúde pública. Segundo especialistas, a cada 1 real investido em saneamento básico, 4 são economizados em saúde, dado que uma boa rede de saneamento atua de forma preventiva. Ou seja, este “escândalo” pode acabar beneficiando o acusado, principalmente pela relutância históricas de políticos brasileiros com investimentos em saneamento, que em tese são mais difíceis de converter em votos nas eleições seguintes.

Vale ressaltar também que o Ministério Público desistiu do processo. Caso parecido ocorreu quando o Governo Lula investiu parte do orçamento em saúde no programa Fome Zero. O processo judicial consta nas fontes abaixo, assim como outras informações.

http://bit.ly/1nYFr6C / http://bit.ly/1CSvMl9 / http://abr.ai/LyYan3 / http://bit.ly/MFdFK6

6) Acusação: Construiu 5 aeroportos em cidades com menos de 25 mil habitantes.

A acusação nem sequer acompanha qualquer notícia ou processo a respeito disso. Buscando pelo tema na Internet há apenas a referência circular ao próprio item.

7) Acusação: Um dos aeroportos custou R$ 14 milhões e fica na fazenda de seu tio.

Fatos: Houve de fato a construção de um aeroporto com custo total de R$ 14 milhões pelo Governo de Minas. Porém, o terreno em questão não é do tio-avô de Aécio: foi desapropriado em 2008. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, o ex-proprietário recebeu uma indenização de cerca de R$ 1 milhão, mas contesta a ação na justiça, pois pedia R$ 9 milhões pelo terreno. Ou seja, o tio-avô de Aécio está processando o Governo de Minas por acreditar que foi prejudicado

O Ministério Público Estadual não encontrou nenhuma irregularidade na obra após cinco anos de investigação, mas continua a apurar o ocorrido, juntamente com a Agência Nacional de Aviação Civil. Os ex-ministros do Supremo Tribunal Federal, Ayres Britto e Carlos Velloso, também consideraram a obra legal, fato que será revisto no item 8. Sobre a necessidade de um aeroporto na região, Aécio Neves deu a seguinte declaração em matéria para a Folha: “A pista de pouso em Cláudio existe há 30 anos e vem sendo usada por moradores e empresários da região. Com as obras, o governo de Minas Gerais transformou uma pista precária em um aeródromo público. Para uso de todos.”. Nos cinco anos de 2009 a 2014, o MP não encontrou nenhuma ilegalidade

http://glo.bo/1pAb0yR / http://bit.ly/1m0FQ1t / http://bit.ly/1zUe0NE / http://abr.ai/1EqdBVC

8) Pagou 56 mil reais ao ex-ministro do STF Ayres Britto para arquivar a investigação de ilegalidade no aeroporto na fazenda de seu tio.

Fatos: A investigação não era competência do STF, nem estava na capacidade desses ministros arquivá-la. Aécio contratou o ex-ministro, quando ele já não estava no cargo, para emitir um parecer sobre a legitimidade jurídica dos seus atos. Não se trata de algo ilegal, ou mesmo incomum. Muito pelo contrário. O valor pago foi de R$ 56 mil do bolso de Aécio Neves, como a contratação normal de qualquer advogado.

9) Acusação: Quando governador, desapropriou um terreno de seu tio-avô no valor de R$ 1 milhão e fez o Estado pagar a ele uma indenização superfaturada de R$ 20 milhões.

Fatos: Como já relatado no item 7, o depósito judicial de desapropriação foi de R$ 1 milhão. O tio-avô de Aécio entrou na justiça pedindo R$ 9 milhões pelo terreno. A perícia de Justiça avaliou o terreno em R$ 3,4 milhões na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014 e em R$ 20,6 milhões na LDO de 2015, porém, a pedido do Estado, a Justiça anulou a avaliação mais recente e o terreno será reavaliado. Até agora, apenas o R$ 1 milhão inicial foi pago ao ex-proprietário pela

http://bit.ly/1n9Drrf / http://bit.ly/1zUe0NE / http://abr.ai/1EqdBVC

INFRINGINDO A LEI

10) Acusação: Apesar de declarar apenas R$ 100 mil em bens, sua rádio tem uma frota de carros de luxo e de passeio no valor de mais de 1 milhão e reais. Quem passeia nesses carros?

Fatos: Primeiramente, os bens declarados de Aécio Neves totalizam R$ 2,5 milhões, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral. Além disso, Aécio Neves é dono de apenas uma parte da rádio, sendo sua irmã a sócia majoritária. A forma como a frota de carros será usada é uma decisão da empresa, dos sócios, e portanto não há nenhuma infração a lei se um dos familiares usar um dos carros, como sugere o a categoria onde esse item foi colocado.

http://bit.ly/1lRA3Bd / http://abr.ai/1saN35Q

11) Acusação: Foi pego pela polícia dirigindo o carro de sua rádio, um Land Rover no valor de R$ 192.000,00. O pior: estava embriagado e se recusou a fazer o teste do bafômetro.

Fatos: O senador foi parado por uma blitz da Lei Seca e sua carteira de habilitação estava vencida. Ele recusou-se a fazer o teste do bafômetro, alegando que não iria mais dirigir a partir dali por estar com a carteira vencida. Sua embriaguez não foi confirmada e a situação do carro

http://bit.ly/1tx5Zrz / http://glo.bo/1eFU5e7

12) Acusação: Troca de favores ou compra de votos? Quando governador contratou 98 mil servidores públicos sem concurso e de maneira ilegal.

Fatos: Houve, de fato, a contratação de 98 mil servidores sem concurso pelo Governo de Minas em 2007, ação considerada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal apenas esse ano. Não houve, porém, qualquer indício de troca de favores ou de compra de votos na ação. Foi, pelo que os fatos indicam, apenas um erro administrativo.

Fontes: http://bit.ly/1vHo7BB / http://bit.ly/P2sV53

13) Acusação: Nepotismo? Com apenas 25 anos foi nomeado diretor da Caixa Econômica Federal por seu primo, o então Ministro da Fazenda Francisco Oswaldo Neves Dornelles.

Fatos: O presidente da Caixa Econômica Federal é determinado, conforme o site da própria empresa, pelo Presidente da República, e não pelo Ministro da Fazenda. Cabe ao Ministro da Fazenda fazer recomendações, assim como ao Conselho Administrativo. O Presidente na época era José Sarney. Além disso, ainda que fosse este o caso, a Súmula Vinculante 13, que determina o crime de nepotismo, foi instituída na Constituição Federal de 1988, três anos após a nomeação de Aécio, não havendo, portanto, infração legal.

http://bit.ly/1yKVSrp / http://bit.ly/1pNpYRP / http://bit.ly/1y38FnP

EDUCAÇÃO E SAÚDE

14) Acusação: Durante seu governo, Minas Gerais passou a pagar o piso salarial mais baixo do que o permitido pela lei do piso salarial

Fatos: O governo de Minas mantinha um salário mensal de R$ 369,00 para uma jornada de 24 horas semanais de trabalho, durante o governo de Aécio, sendo o piso mais baixo do país na época. Porém, vale lembrar que o sistema de pagamentos do Governo de Aécio em Minas previa o pagamento de adicionais pelo cumprimento de metas, não considerados no piso salarial.

 15) Acusação: Aliás, tal piso era mais baixo que o permitido pela lei do piso salarial de professores, e portanto, ilegal.

Fatos: Como explicado acima, o salário-base era menor do que o piso nacional, tornando o procedimento irregular. Para entrar na legalidade o governo de Antonio Anastasia(PSDB), sucessor de Aécio, passou a incorporar as gratificações mencionadas acima ao vencimento básico, e está atualmente dentro dos índices legais.

16) Acusação: Diminuiu o salário-base dos médicos em Minas para apenas R$ 1.050,00 – o

Fatos: Primeiramente, o poder executivo não tem o poder de diminuir qualquer salário-base, exceto em casos de extrema crise financeira. O valor acima seria o vencimento básico mensal de 20 horas de trabalho semanais, ou seja, metade da carga horária real e ainda sem os acréscimos como gratificações e adicionais existentes. Mesmo no levantamento em questão esse valor não é o segundo pior. [É importante notar que o Conselho Regional de Medicina, o Sindicato dos Médicos e a Associação Médica de Minas se uniram em apoio à candidatura de Aécio para presidente e condenaram a forma com que o governo federal tem tratado a saúde pública no

http://bit.ly/Zei8cU / http://bit.ly/1BJnUQq / http://bit.ly/1vR9UEu

17) Acusação: Quando governador de MG, pagou com dinheiro do Estado uma dívida da Rede Globo de US$ 269 milhões referente à compra da Light.

Fontes: Esse item apresenta uma suposta fraude contábil em operações da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais). Porém, as fontes apresentadas e os textos encontrados na Internet apontam para apenas um texto original, publicado pelo Novo Jornal em 32/01/2007. De acordo com o Blog do Tarso, a Comissão de Meio Ambiente e Recursos Naturais da Assembléia Legislativa de Minas Gerais aprovou, em 20 de dezembro de 2006, um requerimento de autoria do deputado estadual Laudelino Augusto (PT) pedindop para que fosse encaminhado ofício ao Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCMG) para a realização de auditoria nas contas da Cemig. Não houve nenhum processo ou condenação contra Aécio Neves ou o Governo de Minas.

Fontes: http://bit.ly/1vU2a1c / http://bit.ly/1uC3N6F

ECONOMIA

18) Acusação: Em 2013 quando Dilma anunciou redução de 20% na conta de luz, os tucanos de Minas se posicionaram contra. Pediram um aumento de 30%. Em vez de a conta abaixar, subiu.

Fatos: A Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais), solicitou o aumento de 29,74% nas contas de energia para compensar, segundo a empresa, o aumento do custo da energia e a queda das receitas causada pelo novo modelo de concessão do governo federal. Dessa forma, o aumento serve para evitar a necessidade de injeção de dinheiro público na companhia, em um país onde 53,8% do total arrecadado em impostos é pago por brasileiros com renda de até 3 salários mínimo, de acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação.

Vale ressaltar também o fato de a presidente Dilma estar controlando o preço da energia como forma de manter os índices de inflação artificialmente baixos.

http://abr.ai/1n0Szmi / http://bit.ly/1qcPnUh / http://bit.ly/1xbtVs1

19) Acusação: Ele e seu sucessor fizeram a dívida de Minas crescer 127% em 11 anos.

Fatos: É verdade que, entre dezembro de 2002 e dezembro de 2013, a dívida de Minas tenha aumentado cerca de 128%. Porém, como todo e qualquer economista reconhece, esse valor só é relevante quando comparado com o PIB do Estado.

considerar o tamanho do PIB é uma barbeiragem analítica. É mais ou menos como comparar o valor nominal da divida de Bill Gates com a de uma família de classe média, sem considerar que Bill Gates é um multibilionário e a família de classe média é… de classe média. Em 2002, o PIB mineiro era de R$ 127,8 bilhões, de acordo com o IPECE, o Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará e a dívida era cerca de R$ 34,69 bilhões. Ou seja, a dívida representava 27,15% do PIB do Estado. Não achamos os dados de 2013, mas em 2011, o PIB mineiro totalizou R$ 386 bilhões e a dívida foi de R$ 67 bilhões. A dívida em 2011 era de 17,3% do PIB, 10 pontos percentuais a menos do que em 2002.

http://bit.ly/1y3lqPi / http://bit.ly/ZcvA0X / http://bit.ly/1nYPFUp / http://glo.bo/1t4SyFe

MENSALÃO E PROTEÇÃO DA IMPRENSA

20) Acusação: Tem um dos réus do mensalão tucano como assessor. O publicitário Eduardo Guedes, acusado de desviar R$ 3,5 milhões para a empresa de Marcos Valério.

assessorou Aécio Neves em

condenado, o processo está em andamento. Em defesa, Aécio Neves declarou: “não há nenhuma

21) Acusação: Tem em seu palanque em Minas o maior réu e mentor do mensalão tucano, seu antecessor no governo de MG, Eduardo Azeredo.

Fatos: Recentemente, forças em defesa da campanha de Aécio Neves dentro do PSDB pediram a desfiliação do ex-deputado. Porém, Aécio Neves declarou que Eduardo Azeredo poderá participar como quiser da campanha por ainda não ter sido condenado. O processo contra ele está em andamento e, em entrevista ao UOL, Aécio Neves declarou que “se Azeredo for condenado, não será transformado em ‘herói nacional’, como teria feito o PT com seus filiados condenados no

http://bit.ly/1vLDMRy / http://glo.bo/ZcB4Zy

22) Acusação: Seu primo, Rogério Lanza Tolentino, era braço direito de Marcos Valério e foi condenado por lavagem de dinheiro em MG.

Fatos: Rogério Lanza Tolentino foi condenado por lavagem de dinheiro no mensalão petista, sem ligação com Aécio. Além disso, há poucas fontes que reconhecem ele como primo de Aécio Neves, todas sendo sites contra a candidatura deste e que ainda assim o citam como “primo de

23) Seu outro primo, Tancredo Aladin Rocha Tolentino, foi preso por vender sentenças judiciais. A

Fatos: Tancredo Tolentino, conhecido como Kêdo e primo de Aécio Neves, foi preso uma vez em 1997 por sonegação fiscal e está sendo processado por venda de habeas corpus. Porém, Kêdo não é do mesmo partido que Aécio Neves, concorrendo pelo PV.

24) Acusação: Por falar em sentença, conseguiu um mandado de busca e apreensão para que a polícia invadisse o apartamento de uma jornalista. Computador, hd externo, cds e celular foram

Fatos: Apesar da apreensão e invasão terem ocorridos, não há provas de que isso tenha ocorrido a pedido de Aécio Neves. O senador movia um processo contra alguns sites de mídia por difamação e, de acordo com a assessoria do PSDB, “em nenhum momento, [o senador] requereu a realização de busca e apreensão de quaisquer equipamentos ou documentos, sejam em residências ou em sedes de empresas. […] os pedidos solicitados limitaram-se aos que são padrão nesse tipo de investigação, qual seja: oitiva de testemunhas, depoimento dos suspeitos já identificados como participantes da quadrilha, e providências para apuração se essas pessoas são remuneradas por terceiros pela execução dessas ações.”. De acordo com o portal G1, “a representação do senador Aécio Neves e que está realizando diligências que incluem o cumprimento de mandados de busca e apreensão.”

http://bbc.in/1sb2ETY / http://glo.bo/1rVEKch

SENADOR EXEMPLAR?

25) Acusação: Nos quatro anos como senador, apresentou menos projetos que o deputado

Fatos: Existem comparações feitas na internet entre o deputado e o senador, porém em nenhuma delas são mostrados números de propostas. O site Vote na Web traz números diferentes aos apresentados no texto. De acordo com o site, o Senador Aécio Neves cadastrou oito projetos e um deles foi aprovado. Tiririca apresentou quatro projetos e um foi aprovado.

Ainda assim, precisamos lembrar que a função de um senador não é apresentar o maior número possível de projetos de lei. E ainda que fosse, teríamos que observar a qualidade dos projetos para atestar se o mandato foi bem utilizado.

26) Acusação: Gastou 63% do dinheiro com passagens de avião pagas pelo senado com viagens para o Rio de Janeiro. Apenas 27% das viagens foram para MG, estado que o elegeu senador.

Fatos: Aécio Neves realmente viajou 63% das vezes para o Rio de Janeiro. A assessoria de imprensa de Aécio explicou que o Senador tem residência fixa em Brasília, Minas Gerais e Rio de Janeiro, tendo morado e estudado na capital fluminense) e que ele vai para o Rio para ver a filha, eventos e questões políticas. O Senado autoriza os senadores a viajarem dentro do Brasil.

27) Acusação: Aliás, torrou 589 mil reais em passagens de avião para o Rio em pouco mais de 3

Fatos: De acordo com o site do Partido dos Trabalhadores, o Portal da Transparência do Senado Federal divulgou que, durante seus anos como senador, Aécio gastou 77 mil reais em viagens, ou seja, 512 mil reais a menos que as alegações feitas no texto.

28) Acusação: Segundo o respeitadíssimo jornalista Juca Kfouri, Aécio Neves bateu em sua ex-mulher, em público, numa festa num hotel no Rio de Janeiro. Apesar de tentar censurar a matéria Aécio perdeu na justiça, que não a considerou caluniosa.

Fatos: Uma nota publicada por Joyce Pascowitch em 26/10/2009 em seu site Glamurama, afirma que um convidado embriagado de uma festa de um estilista da Calvin Klein teria dado um tapa em sua namorada, mas não especifica quem. Uma semana depois, o jornalista Juca Kfouri afirmou em seu blog que o convidado em questão era Aécio Neves, mas não explicou como obtivera aquela informação. A assessoria de imprensa do governo mineiro notificou o jornalista que aquela informação não era verdade, mas ele decidiu manter eu seu site. Não há outros canais de mídia que notifiquem o fato, a não ser aqueles que citam Juca Kfouri como fonte. O jornalista é conhecido por ter divergências com o senador. A namorada de Aécio Neves na época era Letícia Weber, sua atual esposa, e ela nega que a agressão tenha ocorrido.

http://bit.ly/1cQ09ds / http://bit.ly/1CViAMk

Fonte: mercadopopular.org

Anúncios

10 thoughts on “Revisando 28 boatos sobre Aécio Neves

  1. Se vc é dono de uma empresa e demiti alguem por não gostar da cor da pele do mesmo como isso pode ser provado? Ridiculo, vc simplesmente alega que foi adequação do quadro de funcionarios a uma nova realidade do mercado. O Aécio tem o dedo forte dentro de toda as grandes corporações. Influencia em tudo é uma mafia. A Mafia do PSDB, nossa justiça que não tem nada de justa nunca vai servir como base do certo ou errado. Ou alguem q ta lendo essa matéria acha justo uma cara de 13 anos meter bala e matar um monte de pessoas e ficar ai solto pelas ruas? Pra 99% da população é prisão perpetua ou pena de morte. Só sei uma coisa o PSDB sabe roubar e encobrir tudo. São bandidos profissionais e papel aceita tudo

    Curtir

  2. arthurrizzi 11/10/2014 — 11:10

    Republicou isso em Tartaruga Democráticae comentado:
    Desmentindo a calunia contra Aécio Neves

    Curtir

  3. Nessa arte de encobrir tudo ninguém é melhor que o PT!

    “A Mafia do PSDB, nossa justiça que não tem nada de justa nunca vai servir como base do certo ou errado.” – Comprove a existência dessa “máfia” pois a máfia do STF onde a maioria é indicada do PT posso comprovar e “máfia” na OAB onde basicamente é utilizada como meio ideológico posso comprovar.

    “O Aécio tem o dedo forte dentro de toda as grandes corporações. Influencia em tudo é uma máfia.” – Até onde eu sei quem tem dedo forte é o PT em instituições públicas e estatais.

    “Ou alguém q ta lendo essa matéria acha justo uma cara de 13 anos meter bala e matar um monte de pessoas e ficar ai solto pelas ruas? Pra 99% da população é prisão perpetua ou pena de morte” – Ninguém acha, por isso mesmo o Aécio está a favor da redução da maioridade penal e o PT é veemente contra.

    Curtir

  4. A tentativa do tal do Leandro Cobalt e’ so’ confundir.

    Esta apontando o dedo sem provar nada. Como um bom petr@lha
    ele acusa sem provas, aquelas informacoes tipicas dos petr@lhas
    baseadas em suposicoes de algum aloprado que pega uma informacao
    obtida de forma ilegal e deturpa pra ficar de acordo com a sua vontade.

    Pais serio funciona a base de justica legal. Se ha algo errado, que
    seja investigado e processado. Fora disso, e’ so’ blablabla.

    O que temos de concreto e’ o aParelhamenTo da Justica, das instituicoes
    de um modo geral incluindo empresas estatais por parte do PT. O PT
    pos gente do partido em tudo enquanto em canto do pais, pra controlar
    todas as acoes. Assim pode roubar, mentir e fazer o que mais der na telha
    sem ninguem poder falar nada.

    Se sao pegos com a calca na mao, inventam um monte de mentiras (nunca
    vi um partido mentir tanto, lembra o partido Nazi-socialista alemao da decada de 30) e ficam agressivos (voltam a ser os xiitas de sempre).

    Pra cada real que voces roubam o desvio, tem alguem num hospital sem atendimento ou perdendo a vida numa estrada esburacada. Mas pra voces
    os fins justificam os meios, pouco importa. So importa os pobres que voces
    exploram pra continuar governando.

    Fora PT, voces nao tem etica nem competencia pra dirigir um pais.

    Curtir

  5. De fato, a alternância é impreterível. O BRASIL necessita, irremediavelmente, mudar essa política de governo. Basta um pouquinho de senso. Vamos continuar o que fizemos no 1º turno. DESAPARELHAR o partido vermelho !!!

    Curtir

  6. Chega de voto obrigatório. Assine a petição pelo voto facultativo em http://nosopovo.org

    Curtir

  7. cansado corrupção 13/10/2014 — 15:33

    na realidade tem um dedo forte dos petistas nas corrupções e no Correios para beneficiar a própria campanha eleitoral, na verdade essa frase (dedo forte dos petistas) até foi dita por alguem….

    Curtir

  8. É impressionante o mimimi petista. os caras estão há 12 anos no poder, não foram capazes de investigar absolutamente nada do PSDB e agora saem vociferando que existe máfia? Dá pena ler os incompetentes chorarem. Vão se arrepender muito de ter se dedicado apenas a roubar e sequer terem a desfaçatez de roubar sem deixar tanta lama espalhada.

    Chore, Leandro, o choro é livre. Ou aceite logo, pois doerá menos! Eu volto a lembrar: o PT está há 12 anos no poder. Se não conseguem pegar nada do PSDB, das três uma: ou o PSDB é competentíssimo em roubar e apagar os rastros; Ou fuçaram durante 12 anos e não acharam nada (apenas fizeram um dossiê fajuto e malfeito, contra D. Ruth Cardoso), ou o PT é muito, mas muito, muitíssimo incompetente, pois até hoje não fez nada?

    Escolha sua alternativa e engula o choro, seu moço. Já era! Quando Aécio assumir, vamos lhe ensinar como investiga e põe na cadeia os ladrões do Erário. Se fizemos isso em pleno governo do PT, imagine com vcs na oposição: ou fogem ou vão mofar na cadeia.

    Curtir

  9. Não dá mais ver o pt que faz falcatruas, só fala de falcatruas, discute falcatruas, o pt só pensa em falcatruas…! Acorda Brasil!

    Curtir

  10. Aecio, Dilma, Lula, Marina, e td o resto, vão tudo tomar no cu.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close