Presos homossexuais terão novos direitos em presídios brasileiros


DIREITOS PARA LGBT

A partir de agora, presos gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transgêneros, terão tratamento diferenciado e mais humanizados em presídios brasileiros.

A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República editou portaria estabelecendo novas regras. Como a que determina que detentos nessas condições tenham unidades prisionais específicas.

Além disso, a portaria determina que o preso LGBT tenha o direito de ser chamado pelo nome social, que também deverá ser o usado nos registros de admissão do detento na unidade onde ficará.

O preso LGBT terá o direito, ainda, a usar roupas masculinas ou femininas, se assim preferir, além de manter o cabelo comprido.

As visitas íntimas também estão garantidas, a partir da edição da portaria.

Os transexuais masculinos e femininos deverão ser encaminhados para os presídios femininos, onde continuarão a receber tratamento hormonal.

Assim como qualquer preso, pessoas LGBT receberão o auxílio-reclusão.

 

Comento:

1- Com todo o respeito aos homossexuais, não entendi bem o que essa medida do governo petista quis dizer. Tratamento mais humanizado? O governo deveria punir é com muito mais rigor os criminosos que não respeitam a humanidade alheia, independente de qual seja a orientação sexual do indivíduo.

2- O ponto mais questionável dessa medida é obrigar as presas mulheres a dividirem cela com transexuais masculinos e femininos… Talvez o melhor seria separarem os transexuais para que não sofram preconceito.

3- Visita íntima deixou de ser privilégio de marginais heterossexuais. Agora bandidos homossexuais também podem transformar as dependências das prisões em motéis pagos pelo dinheiro público, o que não é nenhuma novidade já que o sexo homossexual é muito mais comum do que se pensa nas prisões. Muito presos héteros acabam aderindo ao homossexualismo para sanar suas demandas primitivas. Portanto, a visita íntima só oficializa o que já acontece a 3 por 4 nas prisões.

4- Vocês viram que agora eles também receberão auxílio-reclusão? Mais gente pra receber o famigerado bolsa-bandido – custeado pelos nossos impostos.

5- O que será dos travestis? Continuarão nos presídios masculinos? Só lembrando que existem travestis – e muitos – que são bissexuais.

6- Quem vai pagar pelo tratamento hormonal dos transexuais nos presídios? Deixa eu adivinhar: nós, os contribuintes otários.

7- Prestem atenção na imagem do post: “O governo dará tratamento MAIS HUMANIZADO a LGBT´s”. Essa frase pode ser entendida de duas formas. 1- Mais humanizado em relação ao tratamento que já dava aos LGBT´s. 2-  Mais humanizado em relação ao tratamento que dá aos heterossexuais. É evidente que o governo não quer dar privilégios aos homossexuais com essas medidas, apenas tende a tratar os homossexuais com todas as regalias que os héteros já usufruiam a tempo.

8- Enfim, não sou favorável a esse governo nem a privilégios a homossexuais, no entanto, pessoalmente, não vejo nessas medidas algo que afronte a Constituição ou ao senso comum. Apesar de estender gastos governamentais com marginais homossexuais, é uma obrigação do governo não discriminar um bandido só porque ele é gay.

Seria ótimo se esses recursos fossem destinados à saúde ou à educação, mas para quem já está a 10 anos sendo governado pelo PT, não é surpresa alguma ver bandido governando pra bandido.

 

Anúncios

6 thoughts on “Presos homossexuais terão novos direitos em presídios brasileiros

  1. carlospropagandas 24/04/2014 — 9:14

    Isso eu concordo é absurdo essa lei deveriam no máximo ser separados dos outros presos isso se preferirem ser!

    Curtir

  2. o certo seria o seguinte.. o preso efeminado teria que cumprir pena em presidio feminino e o sapatão em presídio másculino.. ou seja ,, seus direitos assegurados.. quer ser macho então vai ser tratado como macho.. quer ser mulher vai ser tratado como tal. e cumprir pena sem direito a redução…

    Curtir

  3. Wesley Sá dos Anjos 26/04/2014 — 20:55

    porque não trocam logo o nome de cadeia pra bordel?

    Curtir

  4. Gustavo Mota 25/09/2014 — 18:09

    É um absurdo colocarem como se todo Gay fosse e quisesse ser tratado como mulher ou como toda lésbica fosse e quisesse ser tratada como homem isso é errado!Transtorno de gênero é diferente de sexualidade.Sim deveriam ter seus direitos garantidos sim!O tratamento hormonal também tende ser um direito aos Transexuais é como se recusar a dar insulina a um diabético.Jogar toda a luta dela ou dele por água baixo, trocar de sexo e enfrentar a sociedade não é uma tarefa fácil.

    Curtir

  5. “…continuarão a receber tratamento hormonal,!!!!!!”…..Só pode estar de zuação. SEM MAIS.

    Curtir

  6. Max Soares Virgilio 28/01/2016 — 11:18

    “terão tratamento diferenciado”, só esse trecho já fere a constiuição brasileira, onde rege que todos somos iguais perante a lei, sem distinção de cor, raça, credo ou sexo.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close