O aumento do voto nulo pode acarretar na reeleição de Dilma? SIM! Veja porquê.


Imagem

BRANCOS, NULOS E ABSTENÇÃO EM 2014! QUEM GANHA? QUEM PERDE?

1. De longe, o que mais impacienta os candidatos em todos os níveis em 2014 é a quanto vai somar o Não-Voto (NV), ou seja, a proporção de votos brancos, nulos e abstenção. Em média o NV tem alcançado 25% no Brasil, uns Estados a mais e uns Estados a menos.

2. Admitamos -apenas por hipótese- que o NV possa subir para 35%. A primeira dedução é quanto à eleição presidencial. Dilma vai carregando seus 43% de intenções de votos nas pesquisas, aliás, o mesmo patamar das eleições de 2002, 2006 e 2010 sobre votos totais.

3. Supondo a mesma distribuição que a anterior, entre abstenção, brancos e nulos. Para vencer no primeiro turno, Dilma precisaria alcançar 47% incluindo os brancos e nulos. Com o aumento do NV, estes 47% caem para o entorno destes 43% que Dilma tem em pesquisas. Conclusão apressada: isso interessa a Dilma.

4. Apressada porque depende das áreas de concentração desse aumento do NV. Apenas como exemplo, se ocorrer em áreas de menor renda ou no Nordeste, o maior NV vai afetar negativamente Dilma. Mas se ocorrer principalmente em áreas de classe média mais alta, ou nos Estados do Sudeste-Sul-Centro-Oeste, os maiores prejudicados serão Aécio e Eduardo Campos e Dilma ganharia no primeiro turno,

5. Como conclusão, a campanha dos presidenciáveis deve incluir a chamada às urnas em suas áreas mais fortes de voto. Ou seja, o uso da TV eleitoral não resolve por ser nacional, a menos que o TSE autorize a regionalização da TV. Aqui, a internet pode ajudar por ser uma comunicação focalizada.

6. O mesmo raciocínio se aplica nas eleições dos governadores, apenas adaptando o cenário nacional descrito acima para cada cenário estadual.

7. Em relação aos deputados estaduais e federais, o aumento do NV tem como efeito imediato a redução dos votos de legenda. Um exemplo. Se para eleger um deputado eram necessários 100 mil votos, a legenda cairá para 90 mil. Isso é bom para quem? Claro, para os mais votados. Os que têm menos votos se iludem que esta redução os beneficia. Lembrem: o número de deputados eleitos por Estado será o mesmo.

8. Finalmente, entre os deputados, quais se beneficiam e quais são prejudicados? Outra vez, depende do perfil de voto do aumento do NV. A concentração numa sub-região, ou num perfil de eleitor, prejudicará os que têm voto aí.

9. É provável, que aqueles que protestam nas ruas ou se incorporam a elas virtualmente sejam os mais propensos a não votar ou anular o voto. Se for assim, os prejudicados serão -paradoxalmente- exatamente os candidatos a deputado que mais se envolveram e mais estimularam as manifestações.

10. As pesquisas eleitorais contratadas pelos partidos e candidatos deveriam passar a incluir as decisões de NV e, assim, orientar os candidatos em todos os níveis e regiões.

Fonte: Cesar Maia

Comento:

Os pontos levantados pelo Cesar Maia na sua Newsletter parecem óbvios porém poucos são os que se atentam para as consequências do voto nulo. Se o voto nulo tem maior incidência na parcela mais esclarecida, estudade e abastada da população, não é nenhuma surpresa que o partido do governo concentra todo os seus esforços para cooptar a maior parcela possível dos votos dos iletrados, que dificilmente votam nulo ou branco.

Dessa forma mesmo com 43%, Dilma vê sua parcela de voto passar do 50% caso  eleitorado anti-petista opte por não ter seus votos computados. Logo, os anti-petistas, ao votar branco, acabarão ajudando os vermelhos.

Anúncios

12 thoughts on “O aumento do voto nulo pode acarretar na reeleição de Dilma? SIM! Veja porquê.

  1. votar em nulo é como uma espada de dois gumes, as vezes o fazem por pensarem que não estarão colaborando para a vitória de mais um corrupto, também estão jogando fora a chance de colocar no poder alguém que poderia fazer a diferença e não ser mais um farinha do mesmo saco.

    Curtir

  2. odailson bezerra 21/02/2014 — 20:27

    E VAI SER UMA FORMA DE PROTESTO DE UM GOVERNO IRRESPONSAVEL SE TODOS SE TODOS VOLTAREM EM BRANCO, NULO E ABSTENÇÃO.

    Curtir

  3. Ana Shinokura Cidra 21/02/2014 — 21:32

    É uma forma do povo mostrar o desagrado é com (NV) NÃO VOTO, branco ou nulo. Podem mudar os bichos, mas o zoologico é o mesmo quero dizer macacada.

    Curtir

  4. Ana Shinokura 24/02/2014 — 0:56

    Dilma! Again?

    Curtir

  5. Ana Shinokura 24/02/2014 — 19:50

    Cadé alternativas – PT não serve para um brasil moderno.

    Curtir

  6. ELISANJELA Rocha Santos 04/03/2014 — 13:03

    Se. Eu. Podre mi vira em dez par eu voltas em dilma

    Curtir

  7. Brasil não tem candidato de jeito pa se votar. É tudo macacada.

    Curtir

  8. Wesley Sá dos Anjos 05/03/2014 — 10:36

    boa parte do eleitorado brasileiro gosta mesmo é de quem mulher de malandro, gosta mesmo e de ser enganado por algum paspalho que lhe promete de tudo, não faz nada que preste e ainda paga pra que continue com sua vagabundagem recheada de hipocrisia.

    Curtir

  9. Wesley Sá dos Anjos 05/03/2014 — 10:39

    acho que peguei a doença da ELISANJELA (maldita Escritus Erradilócios) mas creio que deu pra entender o recado =-/

    Curtir

  10. Por que esse alguém que poderia fazer a diferença não é o próprio eleitor?

    Curtir

  11. Alternativa: vote em Ana Shinokura

    Curtir

  12. Republicou isso em Menezes2010's Bloge comentado:
    Votar nulo é favorecer

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close