Mensagens subliminares nos clipes de Lady Gaga: Telephone


Telephone

1. Uma referência a Star Wars!!! – O veneno Fex-M3 faz parte do universo extendido de Star Wars, o Meta-cyanide é do Dune e o tiberium é do Command and Conquer. Será que lá, bem no fundo, a Lady Gaga é uma nerd!?!?

2. House of Gaga – Tá escrito errado, gente! É HAUS of Gaga! Erro ou mensagem subliminar? #FIKDÚVIDA

3. Ein – Também tá escrito errado! O certo é “eins”, que significa 1 em alemão.

4. O Diner – É o mesmo diner do seriado NCIS!

5. Natali Germanotta – Essa é a irmã da Lady Gaga! Só olhar pra ela pra saber como a a Gaga era antes de virar essa metamorfose-fashion-revolucionária-ambulante. hahahhaha É bem parecida, né?

6. Uma referência anime aleatória – Quando o Tyrese dá um tapinha na bunda dessa mina, ela fala “One piece”, uma referência a um anime japa.

7. Atriz Pornô – Não poderia faltar uma estrela pornô pra causar um rebuliço no clipe da Gaga, né? Essa é a Alektra Blue.

8. O Nome da Prisão – Esse é sensacional, a mulher vai pra “Prison for Bitches”, onde mais, neam!?!??! Amei!! hahahahahha

9. O Letreiro – Nessa cena, o letreiro embaixo tá passando a letra da música em sueco. Fora o fato de o repórter ser um dos caras do Queer Eye for the Straight Guy, lembram disso!?!?!

10. A Guarda – Uma das guardas é a Ms. Mann, de Todo Mundo Em Pânico.

Bem, quando que eu achava que Gaga não poderia inovar em bizarrices, eis que surge Telephone. E do mesmo modo, há sim, mensagens Illuminantis. Para começar, Telephone é como se fosse uma sequência de Paparazzi, no qual Gaga ainda está sendo controlada mentalmente e mata pessoas. Este conceito não é discutido abertamente pelos artistas quando eles são questionados sobre seus vídeos, pois não é para ser entendido pelas massas. O significado oculto do vídeo realmente mostra o desprezo da elite para a população em geral, daí a cena do assassinato ritual dos americanos em uma lanchonete por escravos controlados mentalmente.

A Mensagem Por Trás da Musica

À primeira vista, Telephone é uma musica Lady Gaga receber chamadas de telefone de um cara chato, enquanto ela está fora em um clube. Imaginaria então um clipe com ela em uma pista de dança não responder seu celular. Eu imaginei que este vídeo, porque eu estava interpretando a canção no seu valor de face e passando por seu significado literal, como a maioria das pessoas fazem. No entanto, esse vídeo tem um significado mais profundo para a musica, como a própria Gaga comenta em uma entrevista ao E!:

“Houve essa qualidade realmente impressionante em ‘Paparazzi’, onde de certo modo tinha essa qualidade pura música pop, mas, ao mesmo tempo, foi um comentário sobre a cultura da fama. Em sua própria maneira, mesmo em certos pontos que trabalham com Jonas Akerlund, diretor de ambos os vídeos realmente alcançado esta qualidade alta arte da maneira que ele foi sabe fazer. Eu queria fazer a mesma coisa com este vídeo decididamente uma canção pop, que na superfície tem um significado muito rasa, e transformá-lo em algo mais profundo.

O que nunca é dito, porém, é que esse significado profundo encontrado nos vídeos de Gaga estão relacionada ao controle mental, uma prática secreta usada pelos militares, a CIA, cultos religiosos e da elite dos Illuminati. Ele é usado para programar os seres humanos para se tornarem escravos e mental para executar tarefas específicas. Em Paparazzi, Gaga desempenha o papel de um escravo da mente controlada que foi “programado” para envenenar e matar o namorado. Telefone é uma continuação da história, onde Gaga vai para a cadeia por seu crime.

No vídeo, o telefone “é uma metáfora para o cérebro Gaga e o fato de que ela não está atendendo ao telefone (o cérebro) significa que ela está fora da realidade. A dissociação é o objetivo final da Monarch controle da mente. É induzida por eventos traumatizantes, como a terapia de eletro-choque e tortura, para forçar a vítima a dissociar da realidade. Isso permite que os manipuladores de criar na vítima um alter ego que podem ser programados para executar diversas tarefas, como cometer um assassinato.

O cérebro de Gaga como uma não-resposta ao chamado é representeado em duas ocasiões durante o vídeo:

Gaga com o telefone na cabeça. Ela não responde a chamada, o que simboliza seu estado mental dissociativo.

O telefone que é feito com seu cabelo e cobrindo o olho esquerdo demonstra o controle mental Illuminati.

Então, no contexto do vídeo, o telefone é a mente de Gaga e o clube de dança representa ser estado dissociativo mental. Um lugar de aprisionamento mental que é ativado para escapar durante eventos traumatizantes.

Hello, hello, baby
You called, I can’t hear a thing.
I have got no service
in the club, you say, say
Wha-Wha-What did you say, huh?
You’re breaking up on me
Sorry, I cannot hear you,
I’m kinda busy.

K-kinda busy
K-kinda busy
Sorry, I cannot hear you, I’m kinda busy.”

Kinda busy revela que a cantor está fora da realidade. A vida Real está lhe chamando, mas não há sinal, ela não está verdadeiramente lá. O refrão enfatiza bastante isso:

“Stop callin’, stop callin’,
I don’t wanna think anymore!
I left my head and my heart on the dance floor.
Stop callin’, stop callin,
I don’t wanna talk anymore!
I left my head and my heart on the dance floor.

Gaga já não pensa e nem fala por ela mesma, sua cabeça e seu coração foram separados pela Programação Monarch.

ANALISE DO VIDEO

O vídeo é uma curta-metragem de Quentin Tarantino e é fortemente inspirado por Thelma e Louise e salpicado com toneladas de merchandising. Com certeza não foi esse o vídeo que imaginei ao ouvir a musica. Muitos dos próprios fãs ficaram muito confusos com o significado do clipe. Isto é bastante compreensível, sabendo que a maioria dos espectadores não têm idéia do que a música é realmente sobre. Quando o controle da mente oculta “que significa” é trazida à luz, o simbolismo do vídeo torna-se evidente e a história torna-se mais coerente. Agora vou tentar passar por algumas das cenas mais simbólicas do vídeo e explicar o seu significado oculto.

O vídeo começa com gaga entrando na “Prision of Bitches”. E sim, sobre o boato de hermafroditismo da cantora, ela relamente é mulher (diferentemente de Marylin Mason que ninguém sabe o que é). No pátio da prisão, Gaga anda acorrentados e usando óculos escuros feitos de cigarros acesos.

Os cigarros lhe cobrindo os olhos representam sua cegueira e uma vida altamente intoxicada pelo controle mental.

Gaga senta se mantém ocupada observando todos a sua volta com a maior indiferença, mas é interrompida por uma chamada telefônica. Ela parece desfrutar um certo status na prisão… talvez por ser apenas uma escrava seguindo ordens… ou que ela pode ser recrutada uma vez mais.

Gaga então é solta graças a fiança paga por Beyoncé. Dentro do carro, as duas começam um dialogo meio sem sentido que soa como dialogo de duas escravas controladas mentalmente. A frase: “Trust is like a mirror. You can fix it if it’s broke but you can still see the crack in the motherfucker’s reflection” (A confiança é como um espelho, você pode consertar se quebrar, mas sempre vai ver a rachadura no reflex desse filho da p…) que pode ser referencia tanto a um namoro quanto um fragmento da personalidade que alguem sofreu durante o controle mental.

Elas então entram em uma lanchonete do All-American, onde Beyoncé envenena o que supostamente é seu namorado (interpretado pelo cantor-ator americano Tyrese Gibson). Em seguida, Gaga sai da cozinha com mel envenenado e o serve aos clientes do estabelecimento.

Reparem na fisionomia de manequim de Gaga bem fora da realidade que não demonstra nenhuma emoção enquanto Tyrese Gibson é envenenado.

Começa o assassinato em massa: pessoas comem o mel envenenado por Gaga e morrem. Isso seria uma representação da elite Illuminati envenenando as massas através da mídia?

Lady Gaga volta a fazer o gesto em torno de seus olhos representando o Olho que Tudo Vê enquanto o povo come a comida envenenada por ela.Todos os clientes do estabelecimento morrem.

Uma coisa que deve ter sido percebida é a ênfase em termos como “abelha” e “mel”. A própria Gaga chama Beyoncé de “Honey Bee” (Mel de Abelha). Ela também serve mel envenenado aos clientes. O que isso significa? O mel envenenado nada mais é que suas musicas e seus vídeos, que são servidos para um publico geral através da mídia para as massas.

Enquanto os personagens estão agonizando e morrendo, Beyoncé coloca os óculos de Mickey Mouse, os mesmo que Gaga usou em Paparazzi ao matar seu namorado.


Em ambos os vídeos, as cantoras usavam os óculos durante as matanças, aludindo ao fato de que elas estão programadas para executar as intoxicações. Isso remonta às orelhas do Mickey Mouse ou muitas vezes a projetos referentes ao controle mental, provavelmente porque os filmes Disney eram conhecidos para serem usados em escravos da programação MK durante sua programação.

Gaga e Beyoncé começam então uma dança “patriótica” rodeadas por corpos sem vida dos americanos mortos por elas. Entrevistada sobre isso Gaga disse:

“A ideia que a América é cheia de jovens que são entupidas de informações e tecnologias, e que se tornam algo mais que um comentário do tipo de nação que nós somos.”

O que ela quis dizer?

Para resumir a situação do jantar, temos Lady Gaga e Beyoncé dançando em torno de pessoas mortas e cantando sobre o fato de estarem nem aí pra situação.

“Can call all you want,/ but there’s no one home,/and you’re not gonna reach my telephone!”

(Pode ligar o quanto quiser/Mas não tem ninguém em casa/ e você não vai conseguir me telefonar)

Gaga e Beyoncé finalmente fogem da cena do crime. Gaga entao é mostrada em frente ao Pussy Wagon vestido uma roupa com estampa de leopardo, uma referencia à programaçao Beta (ou do “Sexo Felino”).

BETA. Conhecido como “programação” sexual. Essa programação apaga todas convicções morais que aprendemos e estimula o instinto primitivo sexual, sem inibições. O “Gato” pode alterar este nível.

-Ron Patton, Projeto Monarch

Na cena final, Gaga e Beyoncé desfilam em vestidos de Emilie Pirlot. Beyoncé veste preto e o véu indica uma natureza ritualística dos assassinatos.

SÍMBOLOS ILLUMINATIS

A ocultação de um olho (representando o Olho que Tudo Vê) e o sinal de “OK” (que aparentemente significa 666 na indústria da música) que são feitos por todos os artistas Illuminati, aparentemente para demonstrar sua fidelidade. E no vídeo isso meio que salta aos nossos olhos.

Um Olho Escondido

Gaga enrolada por fita policial, cobrindo um olho. Sabendo do trauma que sofrem vitimas de controle mental, seu corpo é realmente uma cena de crime.

O Símbolo de Mão do OK

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s