Da série Passando raiva no Politicamente Correto


Anúncios

4 thoughts on “Da série Passando raiva no Politicamente Correto

  1. joana souza 02/11/2013 — 0:00

    infelizmente o texto tem razão. é um circulo vicioso: não sei se miséria gera burrice ou burrice gera miseria. não é preconceito não porque sou pobre e negra, mas tô falando do que eu vejo pessoalmente: infelizmente a maioria das adolescentes gravidas são pobres e negras, muitas vezes mães solteiras, as vezes se enchem de filhos. na cadeia a maioria dos presos são negros. não acho q eles sejam vítimas não. Mesmo havendo racismo e desigualdade existem oportunidades iguais pra brancos pobres e negros pobres, as escolas publicas estão ai pra todos, tambem não é falta de informação não porque todos os adolescentes estão fartos de saber dos metodos anticoncepcionais. é so assistir casos de familia e teste de dna no ratinho pra saber como é a mentalidade de algumas dessas pessoas se acham que eu to sendo preconceituosa. Eu vejo adolescentes largarem a escola por nada, nem é pra trabalhar não,meninas engravidando por pura falta de vergonha na cara, é uma mentalidade tão pequena que dá pena, infelizmente, ninguem pensa em estudar, se formar, se esforçar pra subir na vida.

    Curtir

  2. Felipe Alves 02/11/2013 — 11:11

    minha bisavó chegou a ter 16 filhos (sei bem que dois faleceram antes de completar o primeiro ano de vida) o.Ó
    mas ela com meu bisavô moravam em áreas rurais boa parte da vida,
    meu bisavô Guito Paulo Alves cuidava da caça, pescava, minha bisavó Laurita Mendes Oliveira Alves cuidava da casa, fazia artesanato, cuidava da plantação e até fazia farinha de mandioca, naquele tempos em que tinham que fazer coisas pra sobreviver e cuidar de toda aquela cambada de filho, era bem raro lhe dar com dinheiro, pois na comunidade ribeirinha que faziam parte era comum haverem trocas de mercadorias que eles mesmo produziam ou caçavam por produtos de bens duráveis (roupas, perfumes, rádios, objetos de porcelana etc…) obtidas com os comerciantes que iam por lá de passagem…era bem difícil se terem conhecimento de pessoas daquelas bandas passando por necessidades ou morrerem de fome.

    Curtir

  3. Wesley Sá dos Anjos 02/11/2013 — 16:42

    caramba maluco, ela teve mesmo 16 filhos?!
    ah tá, se pra conseguir um rádio no tempo dela já era difícil, imagina então camisinhas =-/

    Curtir

  4. Black Tiamat 02/11/2013 — 22:59

    Ao invês de militar a favor do controle de natalidade, poderia militar contra a doutrina promíscua chamada “liberdade sexual” e contra o socialismo do nosso governo que vive arrancando dinheiro da população.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close