Danilo Gentili conta como o PT processou sua mãe para tomar sua instituição de caridade


Neste vídeo Danillo Gentili conta como o PT processou sua mãe com a intenção de tomar a instituição de caridade que ela tinha fundado para ajudar jovens e adolescentes, principalmente as vitimas de estupro. Eles montaram um processo acusando-a de ter batido em um jovem, porém naquele dia ela estava em um hospital amputado dois dedos devido a um acidente.

Mesmo apresentando os documentos afirmando que estava no hospital ainda assim ela foi condenada e o PT conseguiu privatizar a instituição.

Três meses depois a instituição fechou.

Transcrição

“Muito playboyzinho da USP acha que sabe o que é melhor para pobre. Eu venho de um cortiço em Santo André e foi minha livre iniciativa que me trouxe até aqui. Em vim de um cortiço em Santo André onde eu vejo o mau pai, o amigo dele, o vizinho dele, assistindo o horário político e xingando o Lula e todo mundo que é governo. Ou seja: É MENTIRA, OS POBRES NÃO AMAM O PT. É uma MINORIA DE JORNALISTAS e playbozinhos da USP que quer fazer as pessoas acreditarem que os pobres amam o PT. É mentira. Eu cresci em um quintal com cinco casas onde TODAS ODIAVAM ESSA DESGRAÇA CHAMADA PT. Essa é a primeira lenda que tem que ser derrubada: POBRE NÃO É REPRESENTADO PELO PT E NEM PELO SOCIALISMO.

Até pra fazer o bem social eles tentam afogar a livre iniciativa. (…)

Um dia apareceu um caso de uma menina estuprada, encontrada na linha do trem, cheia de PEDRAS na vagina. A livre iniciativa levou as pessoas a receberem essa menina na casa do pastor. Dali surgiu a iniciativa de que cuidariam de mais pessoas que fossem encontradas nessas condições. Formou-se um lar para cuidar de adolescentes. MINHA MÃE ERA COORDENADORA DO LAR. A livre iniciativa fez o lar crescer muito, os empresários da região investiram muito nesse lar e o lar acabou virando referência até na imprensa internacional. O PT então, que estava na Prefeitura de Santo André na época, CRESCEU O OLHO EM CIMA. Eles entraram com um processo para ESTATIZAR O LAR, que estava funcionando e atendendo perfeitamente. (… ) Minha mãe perdeu dois dedos (em um acidente) e estava no hospital operando dos dedos. O PT disse que minha mãe segurou uma das meninas do orfanato com a mão direita e a agrediu com a mão esquerda. Só que NO EXATO DIA EM QUE MINHA MÃE ESTAVA NO HOSPITAL AMPUTANDO OS DEDOS, foi o mesmo dia que o pai da menina disse que ela agrediu a menina. A minha mãe levou para o julgamento o laudo médico dizendo que era mentira, que naquele dia ela estava em uma mesa de cirurgia amputando os dedos, mas a Justiça deu um FODA-SE e NÃO CONSIDEROU AQUILO VERDADEIRO.

Final da história: o PT tomou o lar para eles e em SEIS MESES AQUELE LAR NÃO EXISTIA MAIS. Começaram a contratar o NAMORADO DO SECRETÁRIO DE SANTO ANDRÉ para dar palestra no lar e em seis meses faliram o lar, as meninas do lar voltaram para a rua, e é isso que o Estado faz com a livre iniciativa.

TOMARAM AS INSTITUIÇÕES DE CARIDADE E AS TRANSFORMARAM EM INSTRUMENTOS DE PODER DO PT. POBRE PARA ELES É SÓ UM INSTRUMENTO.”

Anúncios

8 comentários

  1. Livre iniciativa montando casa de caridade. Essa é a maior piada do Danilo Gentile.

    O menino sai do cortiço, mas o cortiço nao sai do menino.

    Curtir

  2. O MP (Ministério Público) recebeu denúncias, investigou, constatou irregularidades e obrigou a prefeitura a intervir na instituição, esta é a verdade.

    Promotoria da Infância e Juventude de Santo André, em face do processo nº 1542/02 que colheram denúncia dos parentes das crianças abusadas contra a mãe de Gentili e diretores da entidade.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s