Racismo e eugenia: comunistas selecionam brancos e amarelos para produzir super-homens


Instituto de Genômica de Pequim (BGI, 华大基因) está coletando amostras de pessoas classificadas como geniais. O objetivo do centro de pesquisa é mapear os genes responsáveis pela inteligência. Detalhe: os pesquisadores comunistas só coletaram amostras de brancos e amarelos.

Geoffrey Miller, psicólogo evolucionista, é professor da Universidade de Nova York e um dos doadores de amostra; ele acredita que em algum tempo os genes que interessam aos pesquisadores já terão sido isolados e eles passarão à fase de aplicação prática das informações obtidas:

Qual o processo de seleção deles?

Eles parecem mais interessados em pessoas de descendência chinesa e europeia. Eles fazem o recrutamento basicamente através de conferências científicas, de boca a boca. Você tem que fornecer provas de que é tão inteligente quanto diz. É necessário enviar seu CV, suas publicações, fazer testes padronizados, falar sobre sua faculdade, esse tipo de coisas.

Como a pesquisa será aplicada?

Assim que tiverem a informação e um óvulo fertilizado dividido em algumas células, eles poderão fazer experiências com uma das células para tentar descobrir a inteligência esperada do indivíduo se o óvulo for implantado e se tornar uma pessoa.
O que isso significa em linguagem humana?
Cada casal potencial pode ter muitos óvulos fertilizados no laboratório com o esperma do pai e o óvulo da mãe. Aí você pode testar múltiplos embriões e analisar qual deles será o mais inteligente. Essa criança pertencerá a esse casal como se eles a tivessem concebido naturalmente, mas será o mais inteligente que o casal poderá produzir mesmo se tivesse 100 filhos. Não é engenharia genética ou adicionar novos genes, são os genes que o casal já tem.
E depois de várias gerações será possível multiplicar exponencialmente a inteligência da população.
Certo. Mesmo se essa criança superar uma criança normal em apenas cinco pontos de QI, isso faz uma grande diferença em termos de produtividade econômica, competitividade do país, patentes registradas, como os negócios são gerenciados e quão inovadora é a economia.

Assim que tiverem a informação e um óvulo fertilizado dividido em algumas células, eles poderão fazer experiências com uma das células para tentar descobrir a inteligência esperada do indivíduo se o óvulo for implantado e se tornar uma pessoa.

O que isso significa em linguagem humana?

Cada casal potencial pode ter muitos óvulos fertilizados no laboratório com o esperma do pai e o óvulo da mãe. Aí você pode testar múltiplos embriões e analisar qual deles será o mais inteligente. Essa criança pertencerá a esse casal como se eles a tivessem concebido naturalmente, mas será o mais inteligente que o casal poderá produzir mesmo se tivesse 100 filhos. Não é engenharia genética ou adicionar novos genes, são os genes que o casal já tem.

E depois de várias gerações será possível multiplicar exponencialmente a inteligência da população.

Certo. Mesmo se essa criança superar uma criança normal em apenas cinco pontos de QI, isso faz uma grande diferença em termos de produtividade econômica, competitividade do país, patentes registradas, como os negócios são gerenciados e quão inovadora é a economia.

Comunistas e nazistas cooperaram em estudos de eugenia entre as décadas de 1920 e 1930.

Com informações de Vice, s/d, e Gazeta do Povo, 21/03/2013.

Anúncios

4 thoughts on “Racismo e eugenia: comunistas selecionam brancos e amarelos para produzir super-homens

  1. Mateus Henrique 29/10/2013 — 10:25

    TÁ! MAS QUEM FALOU QUE ESSES PESQUISADORES SÃO COMUNISTA??

    Curtir

  2. A China é um país comunista. Se estas pesquisas estão sendo feitas eles têm permissão do governo e governo comunista só permite o que é apoiado pelo comunismo.

    Curtir

  3. Desconhecia tal pesquisa. Mas, conheço, timidamente a historia da eugenia. Pelo que sei, o bagulho doido e terrível começou em um país capitalista, o tal dos EUA. E foi se expandindo. Depois de algumas reviravoltas, o nazismo se apropriou e só fez merda ideológica eugênica. Mais. Quem disse que a China é comunista? É radicalmente capitalista. Capitalismo brabo. Então, meu camarada. O troço surgiu num país hoje capitalista e o mau filho à casa se espalha. Abraços socialista. Por eles, torniquetes capitalista.

    Curtir

  4. Tem panacas que não sabem que a Eugenia racista foi praticada ainda em 1918 com Lênin e depois Stalin, para criar o “heroico homem novo” o tal de bandido proletário “herói comunista”! A Rússia e Europa do Leste, são a Tumba do comunismo!

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close