Menina perdeu a prova do Enem porque parou pra orar


Que deprimente! Por mais que eu seja um ferrenho defensor da liberdade religiosa, é impossível não abominar uma situação como essa, provocada pelo puro fanatismo religioso. Seria uma inocência da minha parte dizer que isso foi provocado pela “religião” em sentido genérico. Não. Isso foi motivado por um tipo de fenômeno específico e crescente no nosso país, que é o fanatismo evangélico, tipificado pela arrogância, pelo preconceito, pela ignorância e pela ambição.

No caso em questão, por que a menina foi orar logo antes do ENEM? Será que ela achou que só porque estava orando ia poder entrar depois de todo mundo? Será que ela sentiu que deus a estava chamando para orar naquele momento? Se de fato ela achava que foi deus que a fez orar, então porque ela ficou tão descontrolada? Tudo se resume numa só palavra: imaturidade.

Anúncios

28 comentários

    • É um direito deles fazer com a vida deles o que bem quiser. Não sou eu que vou censurar um judeu por não querer fazer nada no sabádo. Mas sem querer ser preconceituoso, a maioria dos judeus que conheço são uns judeus do B que não tão nem ai pra isso. É muita sacanagem o cara nem ligar pra religião e depois dizer que é adventista pra não trabalhar sábado.

      No entanto, os adventistas e judeus praticantes geralmente fazem provas aos domingos, geralmente é a prova que é destinada a presidiários, deficientes e outros grupos excepcionais.

      Abs.

      Curtir

  1. É o mesmo que pular de um prédio de 20 andares e achar que Deus não vai deixar você morrer… Deus faz milagres sim, mas temos que colaborar!

    Curtir

  2. Primeiro: Deus é com letra maiúscula (a menos que esteja se referindo ao seu deus). Segundo lugar: em nenhum momento a moça disse ou se declarou evangélica. Muçulmanos oram, espíritas oram, católicos oram, etcétera. Notícias assim são provocadas pela intolerância religiosa, e não uma crítica que é perfeitamente aceitável. Os defensores da pluralidade e liberdade são os que mais tem preconceito e cerceiam os evangélicos. Terceiro: de acordo com você, orar ou uma ato de clamor (exclamação), é “fanatismo evangélico, tipificado pela arrogância, pelo preconceito, pela ignorância e pela ambição.” Não. Orar é um ato litúrgico que se estende para fora dos templos religiosos pois nós não vivemos numa país ateu/comunista (graças à Deus). Num país onde praticamente todo mundo diz “Nossa Senhora” (exclamação tipicamente católica) não vemos este tipo de abordagem preconceituosa.
    Parece que ato de imaturidade são os comentários preconceituosos do autor do site. Vê-se claramente que é um produto da mídia, que mostra pessoas evangélicas como pessoas inferiores, ou que não tem a capacidade de pensar. Mais uma vez um fato se mostrou o contrário.

    Curtir

    • Obrigado pelo seu comentário. Realmente em nenhum momento ficou claro que ela era evangélica. Confesso que de fato fui preconceituoso e te dou razão. Me desculpe a você e a todos que ficaram ofendidos. Realmente estou arrependido.

      Curtir

      • AGORA SIM VOCÊ MOSTROU SENSATEZ, POIS ESSA MATÉRIA FOI ESCRITA DE FORMA TOTALMENTE DESRESPEITOSA PARA COM TODOS OS EVANGÉLICOS E PÚBLICO EM GERAL. PRODUZINDO DE FORMA GROSSEIRA O PRECONCEITO COM OS CRENTES.
        SE ESSA GAROTA REALMENTE TIVER ORADO DE TODO SEU CORAÇÃO VOCÊ PODE ACOMPANHA-LA QUE IRÁ ASSISTIR QUE DEUS TEM PREPARADO ALGO MELHOR PARA ELA.
        DEUS EXALTA OS SEUS FILHOS, HOJE SE ENCONTRA NUMA PROVA, AMANHÃ SERÁ VITÓRIA. É SÓ ESPERAR E CONFIAR.

        Curtir

      • Cara Jeanne, pedi desculpas porque percebi que foi injusto. Não tinha a informação se ela era ou não crente e mesmo assim a julguei sem saber. Errei. No entanto, continuo crendo que ela é evangélica. O problema dessa menina não é ser evangélica e sim ser uma completa idiota. Fica aqui o meu adendo.

        Curtir

    • É só ela orar mais porque ainda está pouco quem sabe ele derruba a porta na próxima vez que ela chegar atrasada hahahahaha!

      Curtir

  3. Deus fez “facepalm” e disse: “Você deveria ter orado depois de ter entrado, ou esqueceu que estou em todos os lugares.”

    Curtir

  4. “que é o fanatismo evangélico, tipificado pela arrogância, pelo preconceito, pela ignorância e pela ambição.” – perfeita descrição

    Curtir

  5. não tem nada de errado em orar antes da prova, mas é bom lembrar de não perder a hora da prova [francamente, acho que essa parada da prova do ENEM sempre começar alguns dias após a entrada do horário de verão faz parecer que isso seja alguma estratégia do governo pra eliminar as chances de boa parte dos concurseiros que não tenham se habituado com esse bendito horário] e as respostas com certeza não irão cair do céu.

    Curtir

  6. .

    ENEM é o ápice da seleção natural… e não adianta rezar, orar ou fazer um despacho na porta do local das provas. Vai passar quem estudou e chegou na hora certa. É assim que funciona o mundo real …

    .

    Curtir

  7. Não concordo o fato ser “fanatismo evangélico” a menina orar antes do ENEM. Foi ignorância dela. Pois, poderia ter orado quando já estivesse em sala; preparada e sentada com seu garantido lugar na sala. Então, isso nada tem a ver com doutrinas religiosas. E sim, com costumes próprios.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s