Pesquisa aponta que a maioria dos brasileiros é de direita, mas isso não tem influência no voto


Na realização da pesquisa que identificou que quase metade do eleitorado brasileiro (49%) é ideologicamente de direita, o Datafolha utilizou um questionário com uma série de perguntas sobre valores sociais e políticos.

Para 85% dos entrevistados, acreditar em Deus torna as pessoas melhores, tendência mais associada à direita. No polo oposto, 69% acham que a posse de armas deve ser proibida, pois isso ameaça a vida de outras pessoas, entendimento mais comum entre os esquerdistas.

As questões tinham temas como pena de morte, homossexualidade, a importância da religião no caráter das pessoas e as causas da criminalidade e da pobreza.

A partir das respostas, os entrevistados foram posicionados em escalas de comportamento político e segmentados em esquerda, centro-esquerda, centro, centro-direita e direita.

A união dos resultados dessas escalas resultou em uma escala geral de comportamento ideológico, traçando o perfil do eleitorado.

O levantamento foi realizado no dia 11 de outubro, com 2.517 entrevistas em 154 municípios. A margem de erro máxima é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

 

Anúncios

4 thoughts on “Pesquisa aponta que a maioria dos brasileiros é de direita, mas isso não tem influência no voto

  1. Mário Cobra 16/10/2013 — 7:29

    acabei de perceber que sou a favor de boa parte das ideologias dos direitistas

    Curtir

  2. acho que se os candidatos políticos incluíssem em seus dados cadastrais de suas campanhas eleitoreiras informações pessoais sobre as ideologias que defendem, ficaria bem mais fácil para o eleitor ter uma base de que aquele candidato seja o mais apropriado para representá-lo, mas é claro que isso só seria eficiente se o candidato estevesse sendo sincero.

    Curtir

  3. Black Tiamat 16/10/2013 — 12:51

    Se você não quer ter uma arma, legal, mas não queira me proibir de ter. É o que eu sempre digo para os que vem com essa bobagem de que “arma é o instrumento da violência”.

    Quanto ao homossexualismo, eu pessoalmente desencorajo tal coisa, como também não acredito que alguém vá nascer assim. Desencorajar não é o mesmo que não tolerar, espero que as pessoas não compreendam errado. Quanto ao aceitar, também não é sinônimo de sair doutrinando crianças com kits gays e expondo uma sociedade inteira com uma infame parada gay, que apenas deixa uma trilha de lixo e é um verdadeiro movimento imoral — não porque são homossexuais, porque rola sexo ao vivo, pra todo mundo ver!

    Ninguém gosta de ver evangélicos sair distribuíndo bíblias, muito menos convidando pra ir á igreja deles. Olha que tais não se encontram transando ou usando do dinheiro público para se satisfazer pessoalmente.

    Quanto acreditar em Deus torna as pessoas melhores, eu também acredito que isso seja verdade, mas não quer dizer que os ateus e de outras religiões sejam pessoas ruins, muito pelo contrário, não tem nada a ver com eles. Pessoas que levam á sério os ensinos de Jesus Cristo e as doutrinas de Deus, como Sua sagrada palavra, que é a Bíblia, tem medo de pecar e ir pro inferno. Assim, creio que tenham mais tendência a serem melhor comportadas e atenciosas, independente do minorias decidam ser certo ou errado.

    Curtir

  4. essa controvérsia toda só tem uma explicação, os de centro direita não sabem ao certo oque realmente querem.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close