Um mendigo e um executivo caem na rua, quem você acha que é o mais ajudado?


Seja honesto. Na hora de ajudar uma pessoa, a aparência é importante para você? Este é um experimento social realizado na Itália, desenvolvido pela DmPranksProductions sobre o comportamento humano que verifica como as pessoas reagem diante de algumas situações inesperadas que acontecem no cotidiano.

No exemplo, temos uma pessoa disfarçada de mendigo vestido com roupas esfarrapadas e sujas e outra caracterizada de executivo com terno e gravata. Porém, os dois utilizam muletas para caminharem na rua, e em certo momento, eles caem no chão propositalmente. E então, qual deles você resolveria ajudar?
O resultado disso foi que 10 entre 10 casos, o empresário foi ajudado pelas pessoas que passavam por perto dele no momento, mas apenas 2 entre 10 casos, o morador de rua foi resgatado para se levantar. O fato mais intrigante é que algumas pessoas até viram o homem sem-teto caído no chão, mas acabaram não fazendo nada. Além disso, teve outros indivíduos até mesmo que tentaram se aproximar, mas recuaram quando perceberam que era um mendigo. É que aquela velha máxima: “As pessoas querem te ver bem, mas nunca melhor que elas“. Confira o vídeo e tire suas conclusões nos comentários abaixo.

Anúncios

5 comentários

  1. não entendi direito a aplicação dessa teoria de que “as pessoas querem ter ver bem, mas nunca melhor que elas” nesse experimento, afinal o ator que estava fazendo papel de mendigo se estatelando no chão, mesmo se fosse de verdade o mendigo sendo ajudado ou não, continuaria sendo um mendigo, como é que ele vai se tornar melhor que essas pessoas só porque está sendo ajudado por elas??…
    creio que a explicação mais óbvia seria a “mania de limpeza” desse pessoal, é mais fácil acudir um executivo porque (ao contrário do mendigo) está mais ajeitado, com certeza deve tomar banho todos os dias.

    Curtir

  2. É verdade que muitas pessoas iriam ajudar o executivo e não o mendigo, mas alguns fatos influenciam esse comportamento, como:
    O mendigo está com o rosto coberto, o que causaria temor em qualquer um;
    Ele sempre cai em lugares pouco movimentados (se perceber, quando ele cai no estacionamento, lugar com bastante movimento, o homem o ajuda), o que pode apresentar um perigo real;
    O mendigo não parece precisar de ajuda, ele sempre tenta levantar sozinho, enquanto o executivo cai e olha direto para a pessoa mais próxima, como se estivesse pedindo ajuda;
    O mendigo cai de uma forma a dar impressão que está bêbado ou drogado, pois ele cai de frente e nem ao menos tem uma reação, colocando as mãos para frente para proteger o rosto.

    Curtir

  3. Eu sob nenhuma hipotese ajudaria um mendigo esfarrapado e maltrapilho, pela simples premissa… deve fazer 1 semana que esse cara não toma banho, o que esse cara deve ter de fungos… e outros problemas dermatologicos… e outros problemas de saude contagiosos não está previsto… de forma diversa eu ajudaria uma pessoa normal, não precisa estar vestida de terno nem nada, apenas porque considero isso uma questão de urbanidade… se eu caísse, gostaria que alguém me ajudasse a levantar.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s