Pesquisa governador do Rio de Janeiro 2014: Em pesquisa encomendada pelo PT, Garotinho sai na frente


Governador do Rio

Garotinho 30%

Lindbergh 18%

César Maia 8%

Pezão 6%

Pesquisa encomendada pelo PT conclui que o deputado federal Anthony Garotinho (PR), pré-candidato ao governo estadual do Rio, continua a liderar a disputa do Palácio Guanabara, nas eleições de 2014, com 30% das intenções de voto, seguido de Lindbergh Farias, com 18%. Em terceiro, aparece o ex-prefeito e atual vereador no Rio, César Maia (DEM), com 8%; e em quarto e último, o vice-governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), candidato do governador Sérgio Cabral (PMDB) com 6%.  Além dos quatro pré-candidatos, foi testado também o nome de Bernardinho, treinador de vôlei, filiado ao PSDB. Para surpresa geral, o esportista ficou com 5% das intenções, apenas a um ponto do vice-governador.

No último dia 30, pesquisa do Instituto Ulrich Pesquisa e Marketing, que ouvira 2.011 pessoas, apontava Garotinho na liderança com 25%. Crivella chegou em segundo, com 17%. Em terceiro, Lindbergh Farias, com 15%, e em último, Pezaõ, com 5%.

A ascensão de Crivella rebaixa Lindbergh para o terceiro lugar, o que acontecia pela primeira vez desde que começaram os levantamentos de intenção de votos para o Estado.  Já Luiz Fernando Pezão continuava na lanterna, com apenas 5% de intenções, o que já vinha acontecendo em outros levantamentos.

Fonte: RJ24HORAS

Comento

Quando Anthony Garotinho foi eleito em 1998, sua eleição foi marcada pelo alto índice de abstenções. Como o país e o Rio de Janeiro vivem uma intensa descrença na classe política (alimentada pela não-criação da Rede Sustentabilidade), uma taxa record de votos nulos e brancos, quase que totalmente concentrados nas classes mais abastadas, pode aumentar o poder do voto dos pobres e menos escolarizados (mais propensos a votar em Garotinho, Crivella e Lindbergh).  A inserção de Crivella diminui o eleitorado de Garotinho, o que aumenta as chances de Lindbergh. Por esses fatores esse blog aposta que o vencedor deve ser ou Garotinho ou Lindbergh.

38 comentários

  1. esse partido que a Marina queria fazer não se utilizava de siglas e sim o nome por extenso, sendo assim o “Rede Sustentabilidade”, mas qual era os principais ideais proposto por esse partido para atuarem no país que o diferenciaria de outros partidos? embora que sinceramente não vejo muita diferença de um para outro, o próprio PT que significa “partido do trabalhador” entra em contradição quando por meio de benefícios direcionados a classe mais pobre, muitos dessas pessoas não se veem como beneficiadas e sim como dependentes desses tipos de programas e acabam ficando acomodadas, e se a classe trabalhista está sendo realmente bem representada e respeitada por um partido que há anos vem atuando na presidência da república, então fica um tanto difícil de compreender o motivo de tantas greves e manifestações em pró de melhores condições de trabalho.

    Curtir

  2. Jamais Garotinho no Rio de Janeiro, qualquer um menos ele está respondendo processo por improbidade, quase inelegível, mas, o povo esquece muito.
    Qual quer um menos ele.

    Curtir

    • tu ta de sacanagem, por isso que o brasil é assim, por causa de um merda como vc. deveríamos votar para acabar extinguir a criminalidade, não para ela ser levada de 4 em 4 anos para outro lugar

      Curtir

  3. interior baixada zona oeste Niterói são gogo com garotinho vai ter vez garotinho garotinho melhor prefeito do brasil vai vira governador ooo garotinho garotinho

    Curtir

  4. O Brasil é um dos poucos países onde se aceita tantos partidos políticos, não é possível que nenhum partido opositor quer ganhar essa eleição. é notória a rejeição por este 4 candidatos, lógico são todos ladrões, estão envolvidos ou ja se envolveram em falcatruas na política. é triste ver milhares de pessoas nas ruas, no centro da cidade, dando uma aula de democracia e agora QUALQUER um desses quatro ganharem uma eleição no rio. peço a todos concientes que parem um pouquinho, hj temos meios de comunicação que podem nos ajudar. vamos ter 51% de votos nulos e obrigar que nenhum deles possam participar nem como candidatos. seria uma vergonha p eles, e uma demonstração de amor com o nosso estado. #vamosanularnossovotoparagovernador

    Curtir

    • Voto nulo e novas eleições

      SITE DO TSE
      Polianna Pereira dos Santos1
      De dois em dois anos, em eleições municipais ou regionais, sempre surge alguém para hastear a bandeira do voto nulo, declarando a finalidade de promover a anulação do pleito. Já passou da hora de superar essa ideia e entender, de fato, qual função pode ser atribuída ao voto nulo e ao voto em branco.

      Para os defensores da campanha do voto nulo, o art. 224 do Código Eleitoral2 prevê a necessidade de marcação de nova eleição se a nulidade atingir mais de metade dos votos do país. O grande equívoco dessa teoria reside no que se identifica como “nulidade”. Não se trata, por certo, do que doutrina e jurisprudência chamam de “manifestação apolítica” do eleitor, ou seja, o voto nulo que o eleitor marca na urna eletrônica ou convencional.

      A nulidade a que se refere o Código Eleitoral decorre da constatação de fraude nas eleições, como, por exemplo, eventual cassação de candidato eleito condenado por compra de votos. Nesse caso, se o candidato cassado obteve mais da metade dos votos, será necessária a realização de novas eleições, denominadas suplementares. Até a marcação de novas eleições dependerá da época em que for cassado o candidato, sendo possível a realização de eleições indiretas pela Casa Legislativa. Mas isso é outro assunto.

      Curtir

  5. VOLTA GAROTINHO FOI VC QUE REABRIU OS ESTALEIRO ANTES DE LULA SE PRESIDENTE , BAIXOU AS PASSAGEM EM TODO ESTADO,OLHOU PARA O INTERIOR PODE VOLTAR ,VOLTA

    Curtir

    • Museu do Voto
      Planejamento e Gestão
      Tribunais regionais
      Zonas eleitorais – cartórios

      Institucional / Escola Judiciária Eleitoral / Revistas da EJE / Artigos / Revista eletrônica EJE n. 4, ano 3 / Voto nulo e novas eleições

      1 de julho de 2013 – 17h44

      Voto nulo e novas eleições

      SITE DO TSE
      Polianna Pereira dos Santos1
      De dois em dois anos, em eleições municipais ou regionais, sempre surge alguém para hastear a bandeira do voto nulo, declarando a finalidade de promover a anulação do pleito. Já passou da hora de superar essa ideia e entender, de fato, qual função pode ser atribuída ao voto nulo e ao voto em branco.

      Para os defensores da campanha do voto nulo, o art. 224 do Código Eleitoral2 prevê a necessidade de marcação de nova eleição se a nulidade atingir mais de metade dos votos do país. O grande equívoco dessa teoria reside no que se identifica como “nulidade”. Não se trata, por certo, do que doutrina e jurisprudência chamam de “manifestação apolítica” do eleitor, ou seja, o voto nulo que o eleitor marca na urna eletrônica ou convencional.

      A nulidade a que se refere o Código Eleitoral decorre da constatação de fraude nas eleições, como, por exemplo, eventual cassação de candidato eleito condenado por compra de votos. Nesse caso, se o candidato cassado obteve mais da metade dos votos, será necessária a realização de novas eleições, denominadas suplementares. Até a marcação de novas eleições dependerá da época em que for cassado o candidato, sendo possível a realização de eleições indiretas pela Casa Legislativa. Mas isso é outro assunto.

      Curtir

  6. as pessoas vao muito pela midia mais pra mim garotinho foi o melhor governador para os mais pobres garotinho neles,volta garotinho

    Curtir

  7. vamos analizarmos tudo com muita seriedade e calma pois muitas coisas estam para acontecer só que as nossas vidas ñ e um jogo de xadrez,devemos pensar primeiramente como eles nos ver povo guerreiro povo sofrido povo que precisa de um governador que seja humano em todos os sentidobem sou brasileiro sou carioca e sou vc população sofrida vamos ser passeiros no pensamento para um bom governadopois samos vendidos a todo ó instante

    Curtir

  8. Garotinho é retrocesso… Cesar Maia nem se fala… Pezão, esse chega a ser melancólico, triste; sem mais comentários…

    Curtir

  9. Garotinho? Pezao?Lindbergh?Maia? Se nao aparecer alguem mais, que mereça um minimo de confiança, 57 anos depois de votar pela 1a.vez e nunca deixar de escolher alguem,vou anular meu voto para governador. Miro Teixeira seria minha unica esperança!

    Curtir

  10. Miro apesar de ser filiado a um partido , no qual nunca votei, possui os dotes de independencia e honestidade, que o Rio precisa. Acredito piamente que ele saberia manter a banda podre do PDT sobre controle.

    Curtir

  11. desejo que os srs corruptos , cabral e pézinho f. p. sejam varridos do estado do rj , fóra : OS, UPPS,UPAS,e OUTRAS……, feitas por estes corruptos,FORA CABBRAL ,DILMA E PÉZÂO,,,,FORA…………………….!

    Curtir

  12. Garotinho e o nome mais Viavel…Alias,vou mais longe,aqui no Estado do RJ ele e disparado o melhor candidato…E um Politico Nato,nasceu para a Politica.E Experiente,tem Visao Politica e Governa com o Coracao,ao passo que isto faz ele ser odiado por muitos.

    Curtir

  13. Miguel,estamos falando de Governador do Rj.Mais quem dera se ele fosse Presidente.Hum,Iria incomodar muita Gente,Rede Esgoto que o diga,rs.
    Miguel,Garotinho nao e Unanimidade e sei disto,e sei tambem que ele nao e um super-heroi,mais seus Feitos como Governador foram Superiores a todos os demais Gestores antes e depois.Sei que cometeu muitos erros e equivocos,mais no Geral e um Politico Gabaritado,Inteligente e Experiente e Governa para os mais necessitados.
    Abracos!!!

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s