Devassa é processada por propaganda abusiva e pode pagar multa de até R$ 6 milhões


O Ministério da Justiça anunciou nesta sexta-feira (4) que vai instaurar um processo contra a cervejaria Devassa por causa de uma propaganda, segundo o governo, abusiva. A denúncia contra a publicidade foi feita pelo Procon do Espírito Santo ao Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), em 2011.
A propaganda tem os dizeres “É pelo corpo que se reconhece a verdadeira negra. Devassa negra. Encorpada, estilo dark ale de alta fermentação. Cremosa com aroma de malte torrado”, com o desenho de uma mulher negra sentada de forma sensual e com roupas estilo cabaré olhando para o consumidor. Ao lado, uma garrafa e um copo da cerveja anunciada.

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) considera que a propaganda equipara a mulher negra a um objeto de consumo ao comparar o corpo feminino com a cerveja. A campanha “Devassa-Tropical Dark” foi veiculada nos meios de comunicação brasileiros nos anos de 2010 e 2011.

Entidades de classe e secretarias especializadas também foram ouvidas sobre o caso, como a Secretaria de Políticas para as Mulheres, a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e o Conselho Federal de Psicologia.

Se condenada, a Devassa poderá ter de pagar multa de até R$ 6 milhões. A cervejaria tem dez dias para apresentar defesa a partir desta sexta.

De acordo com o diretor do DPDC, Amaury Oliva, até o momento, a Devassa reclama que não há irregularidades no anúncio.

Para Oliva, a importância de se questionar a ética do anúncio se dá pelo poder de persuasão que ele exerce sobre os consumidores. “A publicidade na sociedade de hoje é um ditativo. A publicidade é feita para vender produtos. Agora, há um claro limite a essa publicidade […] É importante que o mercado também tenha isso em mente, que a publicidade não derrube, não desconstrua as políticas afirmativas que são tão importantes para o nosso país”.

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar), apesar de nunca ter suspendido a publicidade, recomendou que alterações fossem feitas na época.

A Brasil Kirin disse que “não comenta processos jurídicos em andamento. A empresa reitera que conduz seu negócio com respeito e ética a todos os seus públicos e consumidores.”

G1

 

Comento

Primeiro os politicamente corretos reclamam que a beleza “negra”(como se a beleza tivesse cor) não é valorizada no Brasil. Falam sempre que os comerciais de cerveja só tem loira e que esse é o modelo de beleza que é vendido pra população. Depois a Devassa faz um comercial exaltando o corpo das negras e é multada por ser abusiva. Covenhamos: seria mais barato fazer propaganda só com as loiras mesmo. Dá menos multa.

4 comentários

  1. seu comentário aí diz tudo, isso é só uma embromação pra pegar alguns milhões com empresas que sabem que pode pagar, coisas mais relevantes como problemas de empresas como a Claro que dizem ter um dos piores índices para prestação de serviços ao consumidor, só com muita pressão dos mesmos é que a justiça tenta fazer alguma coisa, mas se estão realmente estão tomando alguma providência em relação as multas que ela deveria receber, parece não estar surtindo efeito que deveria, ou essas multas são consideradas risórias para ela, ou simplesmente consegue passar imune por todos esses processos…

    Curtir

  2. não me fale em cerveja, tá tendo a maior festança aqui onde moro, um tal de “festival do açaí”, mas açaí mesmo fica só no nome, oque tá rolando é muita zoeira e cervejada, e por dois motivos não posso ir farrear por lá, 1º porque prometi pra minha namorada Ângela que não iria me embriagar mais e 2º .porque estou sem grana e com salário atrasado…

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s