Flávio Bolsonaro (PP-RJ) é indiciado pelo Ministério Público por expor foto de estuprador em seu site


Dimenor

Vejam só. No Brasil basta ser “dimenor” para ser tratado como um santo pela nossa “justiça”. Se um menor de idade estuprar, torturar e matar uma pessoa, o máximo que lhe ocorrerá é ficar alguns meses detido numa casa de detenção. Passados poucos meses estarão na rua, soltos e prontos para matar novamente.

A culpa é do sistema

Nossa imprensa anda de braços dados com esse tipo de loucura. Basta observar os argumentos daqueles que são contrários a redução da maioridade penal. Sempre atentam para a injustiça social, coitadismo, lotação dos presídios, incapacidade de regeneração do atual sistema prisional, etc. A impunidade não lhes diz nada. As vidas perdidas e as lágrimas das vítima pouco lhes comovem. Os números são por eles ignorados. Enfim, é fácil colocar a culpa no sistema, todavia, o sistema, diferente desses marginais que são por eles defendidos, é incapaz de torturar, estuprar e matar uma pessoa e ainda assim ser defendido por tantas pessoas.

Direito de imagem

Exibir a foto de menor estuprador é crime. Todos sabemos disso. Essa é uma daquelas leis loucas que só ajudam os bandidos. Proteger as identidades destes marginais é lei, divulgá-las é crime. O filho de Jair Bolsonaro, Flavio Bolsonaro, deputado estadual no Rio de Janeiro, postou na internet a foto de um menor de idade que estuprou uma jovem dentro de um ônibus no Rio de Janeiro. O Ministério Público acaba de citar o deputado com base no Estatuto da Criança e do Adolescente. Bolsonaro terá dez dias para se defender do que fez.

Fonte: Família Bolsonaro

 

Anúncios

2 comentários

  1. sinceramente não sei direito se nossa justiça foi sempre injusta, se um dia foi justa quando a maioria dos nossos antigos governos ainda eram honesto, ou tudo ficou de ponta cabeça após a ditadura militar até os dias de hoje?…mas melhor que saber desde quando todos esses sucessivos atos de justiça legalmente cega para com nosso povo teve inicio, é saber quando essa palhaçada toda irá ter fim.

    Curtir

  2. ah, mas o cara é deputado, geralmente quando dois lados que são protegidos pela mesma justiça dão de frente, o resultado acaba sendo nulo.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s