Autor do livro Deus, um Delírio diz que não há problema na pedofilia “leve”


Numa entrevista recente com a revista Times, Richard Dawkins tentou defender o que chamou de “leve pedofilia”, disse ter experimentado pessoalmente quando criança(um professor colocou a mão em sua genitália) e não acredita que provoca “danos permanentes”.

“Estou muito consciente de que você não pode condenar as pessoas de uma época em que os padrões eram diferentes da nossa. Assim como nós não olhamos para trás nos séculos 18 e 19 para condenar as pessoas por racismo, da mesma forma como condenaríamos uma pessoa moderna, eu olho para algumas décadas atrás, para minha infância, e vejo essas coisas como uma leve pedofilia, que não pode ser condenada pelos mesmos padrões que eu ou qualquer um faria hoje”, disse.

Comento

Prefiro não me ater sobre o credo de Dawskins ( algumas vezes já disse ser ateu, outras agnóstico), o que importa é sua visão deturpadas sobre os males permanentes da pedofilia. Pela declaração dele podemos perceber que adota um relativismo moral tão agudo que não mostra nenhum traço de absoluto moral. Explico.

Absoluto moral

Eu creio firmemente em absolutos morais, logo, racismo é errado hoje, racismo é errado ontem e racismo será errado no futuro. Posso até ver um filme onde o racismo é mostrado e ainda assim acharei que é errado. Não procuro justificar o ato, apenas o condeno. De igual modo vejo o sacrifício de crianças. Muitas culturas e seitas sacrificam seus filhos a entidades. Dentro da cultura deles é normal, mas para mim isso sempre será errado. Geralmente essa noção de absoluto moral vem da influência religiosa (no nosso caso, a cristã), todavia, com a falência do cristianismo muitos paradigmas serão mudados e  é bem possível que a pedofilia hoje tão condenada seja aceita no futuro.

4 comentários

  1. Caros leitores, já falei mal da igreja católica, evangélicos e mulçumanos. Tudo ok. Nenhum xingamento. Agora só por causa dessa levíssima crítica ao biólogo irreligioso Dawskins estou sendo obrigado a não publicar os comentários que me xinguem. Aos que queiram opinar, o texto não é sobre religião, ateísmo ou pedofilia na igreja católica. Só abordei o tema por causa do absoluto moral, cada vez mais raros na nossa sociedade pós-moderna. Isso aqui não é espaço pra baixaria. Obrigado pela compreensão.

    OBS: Se um religioso tivesse dito a mesma coisa que esse biólogo disse a mídia teria caído em cima, como é um cientista, ninguém fala nada.

    Curtir

    • pra não precisa ser religioso e tão pouco ser do ramo científico para acreditar que isso que ele está dizendo é um completo absurdo, muitos dizem que o “amor não tem idade”, sinceramente tenho um pouco de receio aos que dizem essa frase sem levar em conta os tantos casos de pedofilia que temos hoje em dia.

      Curtir

      • Caro Daniel, obrigado pelo comentário.

        Esse problema não se trata de religião, pois diferente do que a mídia diz, padres não são o grupo onde a pedofilia é mais concentrada. http://www.sinaisdostempos.org/perguntas/pedofilia_sacerdotes

        O problema é o relativismo moral tão pregado hoje em dia, em que cada um pode ter o seu senso de moral diferente dos demais. Desta forma pedofilia poderia ser errada para mim, mas não para você. O que o relativismo moral fez com o Dawskins foi fazê-lo achar que a pedofilia no passado não era tão errada quanto a pedofilia de hoje. Isso é um absurdo. Pedofilia é errado sempre.

        Como a sociedade carece de uma base de valores morais a tendência é vermos cientistas como Dawskins, filósofos (como Paulo Guirondelli) e até religiosos tratando a pedofilia com normalidade.

        Abraços.

        Curtir

  2. Compartilho da opinião de Dawkins no que diz respeito a deuses, religião, etc, mas, ainda bem que no ateísmo, não temos papas e nem pastores ou padres e a opinião dele, nesse caso de pedofilia, é apenas a opinião dele, a qual jogo no vaso sanitário e dou descarga!

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s