Hacker vaza informações: Governo Obama forjou mesmo o ataque químico na Síria


Farsa

Um hacker norte-americano apresentou nesta quarta-feira (04/09) supostos e-mails interceptados da Inteligência dos EUA. O conteúdo das mensagens sugere que o ataque com armas químicas na Síria foi forjado. Mais do que isso, diz o pirata cibernético, foi o próprio Pentágono que organizou uma suposta farsa. “Bom trabalho”, teria dito um coronel ao outro após ver o “sucesso da operação” no noticiário internacional. (Veja o e-mail abaixo)


Hacker
“Eu consegui acesso ao e-mail do coronel Anthony Jamie Mac Donald e interceptei uma conversa entre ele e seu colega de Exército, Eugene Furst. Este parabeniza o coronel e mostra o link de uma reportagem do Washington Post sobre o ataque químico realizado na Síria. Ele usou a expressão ‘bem organizado’ (traduçao livre para “well staged”) na hora de parabenizar Jamie MacDonald. Eu não conseguia acreditar no que estava lendo”, narra o hacker no portal Pastebin.

Mentirosos
Os correios eletrônicos foram enviados em 22 de agosto, um dia após ao suposto ataque químico na Síria. Logo depois o governo Obama acusou o governo sírio de ter assassinado 1.429 pessoas – incluindo 426 crianças. Segundo o secretário de Estado, John Kerry, há provas “claras e convincentes” de que a ação foi realizada pelo presidente Bashar al Assad. No entanto, até o momento, não há qualquer confirmação oficial da ONU ou provas concretas de um ataque químico.

Fonte: Pragmatismo político

Comento

É clara a intenção da Casa Branca em colaborar com a Irmandade Mulçumana e demais grupos jihadistas ligados a Al Qaeda. Assim como fizeram no Egito e na Líbia, os americanos estão agindo no sentido de desestabilizar a região alçando esses grupos islamistas ao poder. Como o site WND já informou semanas atrás, a Irmandade Mulçumana teria acesso a Casa Branca e o próprio irmão de Obama estaria ligado a organização terrorista.

Anúncios

2 comentários

  1. vixi maria, será possível que isso realmente seja verdade? o.Ó
    o próprio povo americano em maioria são contra a intromissão dos EUA para um possível ataque a Síria, o próprio parlamento deles na maioria esmagadora também são contra esse ataque, que interesse concreto Obama teria para se fazer algo arriscado assim sem o apoio necessário e correndo o risco de sofrer um impeachment??

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s