Reproduzo abaixo o post do blog do Garotinho:

A pedido de empresários que estão de olho na eleição do Rio de Janeiro, o IOP (Instituto de Opinião Pública) realizou pesquisa com 2.800 entrevistados entre os dias 25 e 28 de agosto.

Garotinho …………… 28%
Lindbergh …………… 18%
Crivella ………………. 14%
Freixo ………………… 11%
Cesar Maia …………. 7%
Pezão ………………… 5%

A avaliação do governo Cabral piorou ainda mais. Apenas 11% aprovam. No final de julho a aprovação estava em 15%, no meio de agosto caiu para 12%. Agora caiu mais um ponto percentual.

Comento

Quem acompanha o blog leu outro dia que uma pesquisa do PR apontava que a situação era essa: GAROTINHO (PR) 30; LINDBERGH (PT) 19; CRIVELLA (PRB) 14; CESAR MAIA (DEM) 8;
PEZÃO (PMDB) 5. Como qualquer um pode perceber, a diferença é mínima, praticamente o que muda são dois pontinhos a mais para o Garotinho, justificáveis pelo fato de ser uma pesquisa do PR. Sendo assim, creio que esse seja o quadro real da corrida ao Palácio das Laranjeiras.

Empresários

Existe um motivo pelo qual os empresários gastam dinheiro para fazer pesquisas: querem saber que candidato está com condições de vencer para que eles possam financiá-lo e assim garantam futuras negociatas. Como o candidato deles está com apenas 5%, devem pular ou pro Lindbergh ou pro Garotinho.

Anúncios