Será que os médicos cubanos vão fazer no Brasil a mesma coisa que fizeram na Venezuela?


Já é uma realidade

O primeiro lote de médicos cubanos já desembarcou no Brasil agitando a bandeira da Ilha comunista ao lado do Pavilhão Nacional. Pelo conteúdo das declarações que deram – a não ser que estejam blefando – é que são todos comunistas e defendem o regime tirânico de Fidel Castro, que há 53 anos domina cuba com mão de ferro e mantém prisioneiros políticos em masmorras em condições desumanas.

Anunciaram também que já realizaram essa mesma missão em outros países, o que significa que fazem parte de um esquema internacional. Clique AQUI para verificar as declarações desses semoventes vagabundos comunistas que enaltecem o regime terrorista dos irmãos Castro. As cenas são iguais às ocorridas na Venezuela, quando lá desembarcaram.

Venezuela
Esse mesmo programa de médicos cubanos foi adotado na Venezuela, pelo finado tiranete Hugo Chávez. Hoje há milhares desses agentes cubanos vestidos de médico na Venezuela. A invasão cubana na Venezuela começou com um programa similar ao que o governo do PT acaba de criar no Brasil. Posteriormente, agentes cubanos incorporaram-se em todas as instâncias estatais, inclusive nas Forças Armadas. Muitos prestam serviços de saúde mas na verdade funcionam como espiões a serviço de Cuba e do governo que os contrata.

Dinheiro do povo para Cuba
Como todos sabemos, todo médico cubano estuda 3 anos de marxismo. Logo, os 30 mil médicos foram para o interior da Venezuela, onde a figura do médico produz uma admiração nos populares, que acabando sendo doutrinados. Numa segunda fase, Cuba mandou outros tipos de profissionais, muitos ligados a indútria petrolífera e outros que trabalham no governo Venezuelano. É claro, parte do salário dos profissionais vai para Cuba.

Anúncios

5 thoughts on “Será que os médicos cubanos vão fazer no Brasil a mesma coisa que fizeram na Venezuela?

  1. Felipe Alves de Matos 27/08/2013 — 23:36

    ué, mas qual seria o interesse de Cuba para infiltrar espiões deles no Brasil? nosso país é que nem um livro aberto pro resto do mundo nos dias atuais ^^’

    Curtir

  2. eu não disse que são espiões, o que eu disse é que aprendem marxismo na faculdade e podem transmitir isso as pessoas aqui do brasil. o problema é que parte do salario deles vai pra cuba.

    abraços.

    Curtir

  3. Michel Campos 29/08/2013 — 17:04

    Cara, sinceramente isto está me cheirando a teoria da conspiração. E também não vejo a chegada dos médicos cubanos como uma “afronta” aos nossos. Pelo contrário, acho que os nosso próprios médicos nos afrontam na maneira que ‘trabalham’. Não é segredo pra ninguém que médico é a profissão de maior prestígio. O que eu vejo é um monte de Doutorzinho mimado que não quer se deslocar para lugares mais carentes e também não quer que ninguém mais vá. É fácil dizer que a saúde está um M…. mais a quantidade de médicos que vão ao hospital bater ponto e ir embora também não ajuda.

    Curtir

  4. Miguel S. Oliveira 29/08/2013 — 22:38

    sabia que existem municípios pequenos em nosso país que chegam a pagar mais de mil reais a diária de um profissional contratado desses?
    o problema é que muitos gestores não procuram investir em equipamentos de ultima geração para auxiliar em sirugias ou mesmo fazer uma varredura mais completa cujo resultado dos exames apontem para o reconhecimento de doenças mais complexas. O alto custo das diárias desses médicos fazem que sua permanência nestas cidades seja muito breve, difícil encontrar hospitais públicos municipais nessas condições onde se tem médicos por mais de 15 dias ao mês, fora as condições de trabalho precárias para poderem atuar de forma plena em casos mais críticos, estes profissionais se veem obrigados a encaminhar seus pacientes para outros hospitais metropolitanos mais bem equipados, isso é um dos motivos que levam estes hospitais a ficarem tão acarretados e sem condições de poderem atender essa grande demanda de pacientes; infelizmente a má fé de alguns funcionários da saúde que tentam burla a lei e atuarem como funcionários fantasmas a frente de serviços tão essenciais para a população, só pioram ainda mais esta situação.

    Curtir

  5. A questão dos médicos cubanos, penso, apresenta três áreas de indagação, que não devem ser misturadas ou confundidas sob pena de ficarmos num círculo vicioso que nada esclarece:
    1- A capacidade dos médicos cubanos: realmente não sabemos, de fonte segura, se o nível de preparação do médico cubano atende a um mínimo necessário ao cuidado dos brasileiros. Penso que isso só será resolvido pelo tempo, vez que os médicos estão isentos de demonstrar, por provas, sua capacitação. Adendo que, em Cuba, a medicina se padrões muito artesanais, sem nenhum acesso às tecnologias mais modernas;
    2 – O objetivo de doutrinação ou ativação política dos médicos: realmente, na Venezuela, os médicos cubanos e seus olheiros se tornaram uma força política -institucional a favor do regime. Aqui, é provável que se repita a estratégia;
    3- Os médicos cubanos e a liberdade. Realmente, um cidadão que não pode escolher se fica ou se vai, onde quer morar e que tem 80 % do seu vencimento retido pelo governo, além de sempre ter que deixar lá na ilha presídio sua família, como fonte de garantia (ou ameaça)

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close