Radar do gayzismo: Facebook tira do ar página Tudo Virou Homofobia


Menos um

Mais uma vez a patrulha do politicamente correto conseguiu varrer mais uma voz discordante. Dessa vez foi a página Tudo Virou Homofobia, que foi retirada do facebook depois de denúncias de alguns ativistas. A página era de humor e ironizava o fato de que toda e qualquer discordância com a agenda gay é denotada como homofobia pelos ativistas do lobby. Essa não é a primeira vez que uma página de humor sai do ar devido a acusações de homofobia. 

Acusação de homofobia

Eu mesmo, quase que diariamente recebo alguns comentários me acusando de homofóbico (e isso porque me posiciono a favor do reconhecimento da união homossexual, imagine do que seria chamado se fosse contra), simplesmente por criticar o radicalismo de algumas medidas (cotas pra gays, PL 122, Estatuto da diversidade sexual, Kit Gay para as crianças e etc, etc, etc). O que parece é que alguns deles (não todos) são tão avessos ao debate que não suportam o contraditório. Já não querem tratamento igualitário, mas sim o direito de não serem criticados.

Liberdade de expressão

O avanço do gayzismo e do politicamente correto tende a minar duas forças na nossa sociedade: o discurso religioso cristão (que chamam de fundamentalista) e o humor (que afirmam que propaga o preconceito). Confesso que não me assusto muito quando vejo um religioso ser acusado injustamente de homofobia, mas quando a acusação é contra um humorista no exercício do seu ofício admito que fico preocupado. Uma sociedade que permite que o humor seja patrulhado corre o risco de ficar cada vez mais sem graça.

Obs: até o momento dessa postagem a página estava fora do ar. Torcemos para que ela volte.

 

Anúncios

4 thoughts on “Radar do gayzismo: Facebook tira do ar página Tudo Virou Homofobia

  1. joana souza 23/09/2013 — 1:13

    os gays agora são os queridinhos intocaveis…não vou dizer claramente minha opnião pra não ser perseguida, então vou me mostrar indiferente, respeito … Daqui a pouco vão querer cotas…

    Curtir

  2. Os gays não querem ser intocáveis. Não podemos generalizar. Creio que a maioria deles é formada por pessoas amáveis e sensatas. O problema é uma franja dos militantes que advogam para si privilégios.

    Obrigado pelo comentário.

    Curtir

  3. A página está no ar. Aliás, engraçadíssima. Crítica e humor.

    Curtir

  4. Felizmente a página voltou!

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close