Marco Feliciano pede que evangélicos denunciem vídeo do “Porta dos Fundos”


Fonte: Gospel Prime

O canal Porta dos Fundos lança dois vídeos curtos por semana, com esquetes de humor sem preocupações com o “politicamente correto”. Entre os assuntos abordados está a religião. O Porta dos Fundos já provocou a ira dos cristãos em mais de um vídeo considerado “provocativo” e “blasfemo” como “Confessionário”, “Demônio” e ”Deus”. Todos tiveram milhões de acessos, como é comum nos vídeos do grupo.

Mas o vídeo postado hoje (19) parece ter incomodado muito mais que os outros. “Oh meu Deus”, já tem quase 300 mil acesso apenas no primeiro dia. Em menos de dois minutos o material mostra um esquete onde uma mulher (Clarice Falcão) vai ao ginecologista. O médico diz que pode ver Jesus entre as pernas dela e as enfermeiras confirmam. Como é típico nas “aparições sobrenaturais” não explicadas, logo um grupo realiza no local orações e entoa cânticos de louvor. Embora a maioria dos evangélicos não pareceu se preocupar com as outras produções do Porta dos Fundos, essa promete gerar muita polêmica.

O pastor e deputado Marco Feliciano usou sua conta no Twitter para mais uma vez realizar uma campanha em defesa dos valores que acredita, ele postou “Assim caminha a humanidade… Vídeo podre! Ajudem a denunciar para retirá-lo do ar”. Ele acredita que se um grande número de pessoas reclamarem ao Google, dono do Youtube, o material será apagado.

Comento

Dessa vez sou obrigado a discordar veementemente do deputado Feliciano, e faço isso mesmo já o tendo defendido na maioria das polêmicas que ele já se envolveu.

1- Esse vídeo certamente é mais ofensivo a católicos do que a evangélicos. Por isso até acho positivo a indignação do Feliciano, pois demonstra que ele, já tendo sofrido tanto por causa de suas crenças malucas, consegue se por no lugar de pessoas de outras crenças. No caso, ele já fora católico no passado.

2- Toda essa polêmica envolvendo esse vídeo só tende a aumentar – e muito – seu número de visitações.

3- Vivemos numa democracia. O ato de Feliciano de mandar evangélicos denunciarem um vídeo que ofende a outra religião para mim não faz o menor sentido, e não faria mesmo que ofendesse os próprios evangélicos. Piadas ofensivas às religiões são normais e não devem ser censuradas. A liberdade de expressão na minha opinião fala muito mais alto. O direito dos humoristas expressarem a opinião deles trabalhando para mim é muito maior do que o direito de alguém não ouvir aquilo que não quer sobre o grupo do qual faz parte.

4- Quando a patrulha do politicamente correto ameaça as piadas machistas, homofóbicas e xenofóbicas, sempre fico ao lado dos humoristas. A função do humor não é promover preconceito, mas fazer rir – às vezes se utilizando de preconceitos que existem na sociedade. É assim desde que o mundo é mundo.

5- Se um humorista pode fazer piada de português ou de anão porque não pode fazer piada de religioso? Por acaso os religiosos sãoum grupo intocável? Claro que não. Se você não gostou do vídeo do Porta dos Fundos por ser religioso, não tente denunciar o vídeo, apenas cancele sua assinatura do canal.

6- Feliciano ficou todo boladinho com esse vídeo preconceituoso contra religiosos, mas quando o Porta dos Fundos produz material preconcetuoso contra homossexuais ele fica calado. Dois pesos e duas medidas.

7- Feliciano poderia até pedir aos seus seguidores que não assistissem o vídeo, mas ao querer retirar o vídeo do youtube para todos ele foi longe demais. O nome disso é censura.

 

Um comentário

  1. Só a misericórdia de Deus para que essas criaturas venha a se arrepender dos seus pecados e reconhecer que só Jesus Cristo e o Senhor

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s