Gays sempre puderam casar: refutação do vídeo Re: Por que sou contra o casamento gay?


Entenda o barraco

Um amigo me indicou um vídeo sobre casamento gay de uma vlogueira chamada Julia. Eu até já acompanhava o canal dela, mas confesso que fiquei meio indignado com o despreparo dela para tentar responder a um vídeo de outra pessoa. O vídeo dela foi uma resposta ao vídeo Por que sou contra o casamento gay?, do vlogueiro Yago. De um lado tinha o vídeo do Yago, que mesmo defendendo algo que eu não concordo, foi intelectualmente responsável, enquanto que a Julie, no afâ de defender os “direitos” alheios acabou falando umas besteiras.

1-Gays sempre puderam casar

Um dos argumentos usados por ela é completamente furado: o que gays não podem casar, logo, estão sendo discriminados uma vez que não podem gozar de um direito que todos gozamos. Isso é uma falácia. Gays sempre puderam casar. Sim. O porém é que gays sempre puderam se casar com pessoas do sexo oposto, pois a definição de casamento dizia que esse era um ato que unia pessoas de sexos diferentes. Logo, não há discriminação. Se um gay ou hétero quer casar, tem que ser com alguém do sexo oposto. Isso só muda quando a definição de casamento for alterada.

2-Casamento não discrimina ninguém pela orientação sexual

A prova cabal que o Estado não discrimina ninguém pelo sexo é que o oficial do cartório não pergunta aos noivos a orientação sexual deles. Dessa forma, um homossexual pode casar com uma homossexual e um homossexual pode casar com um heterossexual. Para que tal ato ocorra só é necessário duas pessoas não-parentes, adultas e de sexos opostos.

3- Casamento gay não-gay

Um dos pontos que nem o Yago nem a Julie abordaram foi que, introduzido o casamento gay, faz-se necessário a discriminação na hora do casamento. Explico. Imaginemos que dois homens podem casar um com o outro. O que impede que um homem case com o amigo apenas para receber sua pensão ou outros benefícios do governo? Para mitigar esse fenômeno o Estado iria ter que permitir que gays só possam casar com gays.

4-Casamento poligâmico

A Julie deu várias bolas fora, mas essa foi a principal. Ela disse que a nossa noção de casamento monogâmico é fruto da nossa cultura cristã, mas que em outos povos, como mórmons e mulçumanos, as pessoas poderiam casar-se com mais de uma pessoa. QUE BESTEIRA! Explico.

No mundo mulçumano o homen tem UM casamento para cada uma de suas esposas. Dessa forma, as esposas não são casadas entre si, somente com o marido. Prova disso é que o Islã estipula que cada mulher deve ter o seu próprio dia, não permitindo que todas vão para a cama ao mesmo tempo com o marido.

5-Cultura

Segundo ela,  tudo que tem justificativa cultural deve ter validade legal. Sendo assim, Na índia um menino de 5 anos pode seri obrigada a casar com uma mulher de 50. É cultural. Aqui uma criança é considerada incapaz pra isso. Lá por uma qestão cultural não. Logo, o argumento dela  dela se torna falho.

O Estado tem sim o direito de preservar a família numa determinada forma, mesmo que isso vá de encontro com a cultura de um povo. Prova disso é que bigamia não é permitida, não importando se há pessoas com religião ou cultura que promove essa prática.

6- Parando por aqui

O motivo pelo qual o casamento é entre um homem e uma mulher não é devido a cultura ou religião, mas devido à biologia. Caso o casamento gay seja instituído, certamente não veremos nenhuma mazela ao curto prazo; porém, é certo que outros movimentos também usarão os argumentos utilizados pelos homossexuais (e pela Julie) para avançar suas causas.

A moral (noção tão vilanizada hoje) também não pode ser desprezada. Se duas pessoas adultas e sádias podem se casar, independente do sexo – como pensa a Julie- , o que impede um irmão de casar com sua irmã, ou um filho de casar com sua mãe?

***

Leia mais:

Casamento Gay, 10 motivos para ser contra, 10 motivos para ser a favor

Obs: Pessoalmente, sou favorável ao reconhecimento por parte do Estado da união homossexual. Respeito quem pensa diferente, mas não acho justo que uma pessoa que vive a vida inteira com a outra não tenha direito a uma série de benefícios. Ademais, reconhecer a união não significa promovê-la.

Anúncios

3 comentários

  1. “O que impede que um homem case com o amigo apenas para receber sua pensão ou outros benefícios do governo? Para mitigar esse fenômeno o Estado iria ter que permitir que gays só possam casar com gays.”

    O que impede que uma mulher case com o amigo apenas para receber sua pensão e outros benefícios do governo?

    Não há qualquer diferença entre casamentos gays ou heteros no que diz respeito a esse risco. Mulheres casam-se com homens ricos 10, 20 anos mais velhos e o Estado não interfere. Esse argumento não fez qualquer sentido, pois casamento por interesse pode ocorrer entre dois heteros, um hetero e um gay, e igualmente entre dois gays que, afinal, sejam apenas amigos.

    – Gays sempre puderam casar e não são discriminados?

    Em alguns países, negros e brancos já foram proibidos de casarem-se entre si.

    Mas não era discriminação, não.

    Negros podiam se casar, e tinham os mesmos direitos que os brancos. Eles podiam se casar com outros negros porque, afinal de contas, a definição de casamento era essa.

    Se fossem permitidos casamentos inter-raciais, a curto prazo não haveria qualquer mazela. Mas logo, logo apareceriam pais querendo casar-se com filhas e filhos, irmãos com irmãs e etc. Por isso a moral não pode ser desprezada.

    Curtir

    • Obrigado pelo comentário Thais!

      1- HAHAHHA. Vou por partes. Vamos concordar que casamento não pode ser zoneado. Deve haver a conjunção carnal para consumar o ato. Do contrário, o casamento pode ser anulado. Quando dois amigos “se casam”, na prática, estão apenas dando um golpe no governo. Não se trata de casar por interesse, mas sim de um golpe ideliberado. Convenhamos. Moramos no Brasil. Aqui a esperteza come solta.

      2- NO CASO DOS NEGROS ERA DISCRIMINAÇÃO SIM!!!!! Colega, não gostei da sua piadinha racista. Aqui você não comenta mais!

      3- Comparar os negros com os homossexuais é de uma desonestidade intelectual ímpar. Para começar, nem todo gay é negro e nem todo negro é gay. Só porque algo algum dia já foi proibido a algum grupo não significa que ele deve ser permitido para todos. Pelo seu raciocínio imbecilóide, já que uma vez o casamento inter-racial já foi proibido, então vamos liberar o casamento pedófilo, ok? Claro que não.

      4- Quanto aos escravos, desde o império romano não era permitido que escravos se casassem. A explicação era para que eles não pudesse ter direito a herança. Dessa forma apenas os livre gozavam da propriedade privada. Com o advento do cristianismo a igreja católica permitiu que todos pudessem casar.

      5- Comparar o casamento inter-racial com o casamento gay é uma idiotice sem fim. Pra começar, não existe casamento interracial porque somos todos da raça humana. Logo, esse próprio termo que você defende já está ultrapassado. Ademais, diferente do casamento “interracial”, não é possível haver conjunção carnal com as genitálias na relação homossexual. A proibição do casamento interacial se dava única e exclusivamente devido a noção racista de que o negro não era um ser humano igual ao branco. Essa noção era alimentada devido a Teoria da Evolução. No entanto, hoje sabemos que vimos todos de um ancestral comum. Outro tipo de casamente que é proibido é o casamento inter-religioso. Em ambos os casos esses tipos de proibição preconceituosa proíbe pessoas adultas e de sexo diferentes de constituirem uma família com o aval estatal.

      6- Desculpe por qualquer coisa. Abraços e volte sempre.

      Curtir

  2. “pensão ou outros benefícios do governo” Desculpe a ignorancia, mas de que benefícios estamos falando? De adotar uma criança por exemplo? E essa pensão porque tem que ser paga pelo governo? Os casais heterossexuais tem esse direito?

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s