Na Inglaterra, casal gay briga para casar em igreja anglicana! Defesa de direitos iguais ou radicalismo homossexual?


Na igreja

De acordo com o WND, Barrie e Tony Drewitt-Barlow, um casal gay da Inglaterra, querem se casar dentro de uma igreja cristã e não estão poupando esforços para realizar seu desejo: Eles entraram na justiça para obrigar sua igreja local a fazer sua cerimônia religiosa de casamento. A ousadia deles pode ter sido fortalecida pela recente vitória dos ativistas gays ingleses, que viram o governo da Inglaterra e sua rainha aprovarem o chamado “casamento” de mesmo sexo.

Conservador
A vitória foi ainda maior porque ocorreu sob a intervenção do primeiro-ministro David Cameron, do Partido Conservador. Isto é, desta vez o movimento homossexual não precisou de partidos e líderes políticos esquerdistas no poder para cumprirem as exigências da agenda gay. Mas, diferente da esquerda em geral, o Partido Conservador teve o cuidado de adicionar na lei de “casamento” gay uma cláusula isentando as igrejas. A cláusula diz que as igrejas não podem ser forçadas a realizar “casamentos” de mesmo sexo.

Proibições
Ah, os ativistas gays adoram “proibições”! Com a fanfarra do apoio descarado da mídia a tudo o que eles exigem, uma proibição funciona apenas como bandeira vermelha na frente de um touro furioso, com a mídia gritando: “Vai pra cima e mata o toureiro ‘homofóbico!’”

Fonte: Julio Severo e WND

COMENTO

1- Tema prejudicial

Já comentei aqui que hoje o debate sobre o casamento gay é mais prejudicial do que positivo para conservadores. O que vemos é que, tanto na Inglaterra como nos EUA, esse tema faz a direita ficar na contramão da opinião da maioria. Sendo assim, o mais correto para esses partidos é combater o radicalismo da esquerda com moderação pragmática. Se o casamento é apenas um contrato, um papel, a opção mais viável politicamente é permitir a união gay e combater os excessos do movimento gay, posto que homossexuais também pagam impostos e não podem ficar desamparados pelo Estado.

2- Estado laico

Nesse caso a minha opinião é exótica. Acho que esse par tem que se casar na igreja anglicana, pois esta é uma autarquia do Estado e como tal, deve obedecê-lo. Se uma instituição se mistura com o Estado, e recebe incentivos deste, ela não pode reclamar quando ele interfere nela. O Estado deve ser totalmente laico, ou seja, sem uma religião oficial. Como a Inglaterra e Dinamarca possuem igreja oficial, nada mais justo do que estas igrejas acatarem a vontade do Estado. Do contrário, essas igrejas podem se desvencilhar do Estado – só assim terão moral para reinvindicar suas independências.

3- Afronta

Com tantas religiões para se casarem, por que esse casal quer obrigar justamente uma igreja não-inclusiva a casá-los? Seria ótimo se eles casassem nas religiões que os aceitam, mas o que eles querem mesmo é aparecer, afrontar, polemizar.

4- Censura

O radicalismo do movimento gay é tamanho no Brasil que apenas por causa de um comentário, o reverendo Caio Fabio (que é a favor dos direitos dos LGBT´s e tem um filho gay) foi censurado pelo facebook. Ao comentar essa notícia acima o reverendo usou a frase: “Nem todo gay é veado”. Alguns fanáticos consideraram essa afirmação como homofóbica e denunciaram para o facebook, que de pronto bloqueou a conta dele por 7 dias, sem antes informar que da próxima vez ele perderia a conta em definitivo.

Anúncios

3 thoughts on “Na Inglaterra, casal gay briga para casar em igreja anglicana! Defesa de direitos iguais ou radicalismo homossexual?

  1. Eu não sou hétero e digo, isso é radicalismo gay. Eles não podem querer obrigar a igreja a casá-los se ela nem sequer concorda com o casamento gay. Esse radicalismo não tem fundamento, é apenas “querer fazer porque é proibido”. Ridículo. Não sou hétero, mas reprovo essa conduta radical.

    Curtir

  2. Parabens, eh por isso que sempre saliento q não devemos generalizar. Pelo menos os gays com quem convivo, todos são contra esses exageros da militância gay.

    Curtir

  3. Quero ver casal gay, casando numa mesquita.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close