Menino mata a família “por causa” do jogo Assassin´s Creed


A sangue frio

Cinco pessoas da mesma família foram encontradas mortas na noite de segunda-feira, dia 5, dentro da casa em que moravam, na Brasilândia, Zona Norte de São Paulo. Entre os mortos, estavam dois policiais militares – o sargento Luis Marcelo Pesseghini, 40 anos, e a mulher dele, a cabo Andreia Regina Bovo Pesseghini, 35 anos. O filho do casal, Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, 13 anos, também foi encontrado morto, assim como a mãe de Andreia, Benedita Oliveira Bovo, 65 anos, e a irmã de Benedita, Bernardete Oliveira da Silva, 55 anos.

Ato criminoso

A investigação descartou que o crime tenha sido um ataque de criminosos aos dois PMs e passou a considerar a hipótese de uma tragédia familiar: o garoto teria atirado nos pais, na avó e na tia-avó e cometido suicídio. A teoria foi reforçada pelas imagens das câmeras de segurança da escola onde Marcelo estudava: o adolescente teria matado a família entre a noite de domingo e as primeiras horas de segunda-feira, ido até a escola com o carro da mãe, passado a noite no veículo, assistido à aula na manhã de segunda e se matado ao retornar para casa.

Relato
O pai de um colega de escola do estudante Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, 12, contou à polícia que deu carona para o menino na segunda-feira, depois de ele frequentar as aulas no colégio Stella Rodrigues, na Zona Norte de SP. Segundo informações da polícia, essa testemunha disse que parou na porta da casa da família de Marcelo Eduardo, na Brasilândia (zona norte), e buzinou para chamar os pais do menino. A criança, porém, teria dito para ele não buzinar, pois o pai estaria dormindo. Em seguida, ele se despediu do pai e do colega e entrou no imóvel. Em entrevista ao SPTV, da Rede Globo, o comandante da PM, Benedito Roberto Meira, disse que a perícia aponta que as vítimas já estavam mortas nesse momento e que o menino cometeu suicídio em seguida.

Na cabeça

Todas as vítimas foram assassinadas com um tiro na cabeça com a pistola calibre 40 de Andrea. A arma foi encontrada embaixo do corpo de Marcelo Eduardo. Segundo o comandante, o menino era canhoto e o disparo foi feito do lado esquerdo da sua cabeça. De acordo com o comandante da PM, não há sinais de arrombamento na casa e nada foi levado da família. O menino utilizava no seu perfil do Facebook a imagem do jogo Assassin’s Creed. No jogo, que se passa durante o Renascimento, o personagem faz parte de uma seita de assassinos e pretende vingar a morte de seus familiares.

COMENTO

Centelha

Antes que os críticos recalcados de plantão me condenem (aqueles mesmos que sempre rondam esse blog e que vão continuar tendo seus comentários moderados), quero enfatizar que a exposição de crianças a situações de violência as torna mais violentas. Isso já foi provado. Agora, dizer que um jogo violento fará uma pessoa a cometer um assassinato é uma extrema babaquice. No caso em questão, o que parece é que o jogo foi apenas o desencadeador de um mal que já existia na cabeça do garoto. Sendo assim, o garoto já deveria ter propensão à psicopatia e o jogo foi apenas o estopim.

Jogos violentos

Com certeza milhões de mamães irão proibir os filhos de jogar videogame só por causa dessa fatalidade. Santa ignorância! Quem faz isso não sabe o significado da palavra fatalidade. Vejam bem: no Brasil milhões de pessoas sadias jogam videogame. Só porque um matou a família agora vão esteriotipar todos os gamers como assassinos. Esse mesmo tipo de ignorância já é usada para dizer que todo o mulçumano é homem-bomba ou que todo religioso é fanático. Apesar de algo desencadear a violência em alguém, não é correto proibir esse algo somente em virtude de exceções.

(Com informações do portal UOL e do site Folha.com)

LEIA MAIS:

1-Testes não acharam pólvora na mão de Marcelo Eduardo, o estudante que teria matado a família motivado por um jogo

2- Será que o jovem Marcelo Pesseghini é mesmo um assassino?

3-SBT divulga fotos dos cadáveres da família Pesseguini ( cuidado: imagens fortes)

4-Segundo a perícia, pai de Marcelo Pesseghini pode ter morrido até 18 horas antes que a mãe

5-Teoria da Conspiração: Será que Marcelo Pesseghini é mesmo o culpado? 10 perguntas ainda sem resposta!

6-Um ano antes dos assassinatos, Marcelo Pesseghini publicou foto de caso de chacina em família no seu Facebook

7-Caso Pesseghini: legistas e peritos divergem sobre horários das mortes em chacina

8-Caso Pesseghini: legista do caso PC Farias diz que Marcelo Pesseghini não se matou

9-Polícia diz que hipótese de crime passional não está descartada no caso Pesseghini

86 comentários

  1. Antes de tudo temos que ver se algo oualguem tenha feito o menino fazer isso, para quem pretendia ser um assasino de aluguel acho que nao esta lhe passando pela cabeça um suicidio. talvez alguem fez com que aquele garoto tive-se feito tudo aquilo, talvez um outro policial.

    Curtir

  2. Acho que o fato do garoto colocar a imagem de um personagem de videogame nao significa q isso pode ter influenciado o garoto. Ele tinha 13 anos, eu tambem costumava colocar imagens de personagens de games (violentos inclusive). Acho que o principal motivo do garoto ter feito isso, e o fato dele nao ter tido uma boa criaçao. tudo hoje em dia influencia nossas mentes, desde jogos, filmes, convivencia familiar e tudo mais e a midia coloca a culpa nos videogames, sem falar que registros de crimes influenciados por causa de videogames comprovados hoje em dia, sao muito poucos, quase nada.

    Curtir

    • Eu tenho 15 anos e jogo jogos violentos desde os 10 anos e nunca pensei em fazer o que fiz nos jogos na vida real, jogos não influenciam ninguém! Se muitos mulekes ao envés de estarem na rua soltos estivessem em casa jogando GTA, aposto que a violência no mundo diminuiria pois é na rua que se aprende a se envolver com drogas e etc.

      Eu jogo Minecraft e nem por isso sou um pedreiro!
      Eu jogo Fifa e nem por isso sou um jogador de futebol profissional!
      Eu jogo GTA e nem por isso saio por ai roubando carros e matando pessoas!

      Curtir

  3. kkkkkkkkkkkkkk quem fez essa noticia é um troxa um otário falar que a culpa é do jogo que isso se fosse assim tava dando tiro de bazoka por ai se liga

    Curtir

      • Cara, fantástico! As pessoas cada vez estão mais interessadas em títulos do que a história em si. Claro, que isso condiz com a realidade de um gamer, que tem um foco almejado: vencer, não importa de que jeito! Avaliar estratégias, requer avaliar o conteúdo de um todo, logo, entender um jogo totalmente em inglês, mesmo sem um curso básico de tal idioma torna-se simples, agora para ler um determinado assunto, em seu próprio idioma, que afeta a uma sociedade, é muito difícil, né?! Dura realidade.
        Refiro-me aos gamers, não é um julgamento, mas sim uma crítica construtiva!

        Abs,

        Amanda

        Curtir

  4. Suposição ridícula. O personagem do jogo (Ezio) tem o objetivo de vingar a morte dos pais, não de matá-los. Não há qualquer ligação. Se foi realmente o garoto que matou, provavelmente tinha algum distúrbio psiquiátrico, que foi intensificado pela rotina de sua casa.

    Curtir

    • Colega, eu já joguei o jogo. Foi exatamente isso que eu disse no post. Concordo com você, mas relatos de amigos do colégio afirmam que o garoto queria se tornar um assassino profissional. O jogo pode ter tido uma influência, mas está longe de ter sido a real motivação, na minha opinião.

      Abraços.

      Curtir

  5. Aproximadamente 4 bilhões de pessoas jogam videogame no mundo, um menino mata a sua família e a culpa é do jogo?? Pelo amor de Deus, quem faz isso já é louco de pedra, qualquer motivo o faria fazer o que já estava na cabeça louca para fazer até a banheira do gugu!

    Curtir

  6. Eu acredito, que a polícia está envolvida nesse caso. Os pais eram policiais, é algo a se pensar. Crime encomendado talvez, e o garoto e o jogo só tenha sido usados como uma desculpa, para encobrir o caso e atrapalhar as investigações.

    Curtir

  7. Me tira só uma duvida, como esse menino conseguiu matar 4 pessoas e nenhuma delas fez nada? Pq quando ele atirou no primeiro, deveria ser detido pelos outros que ainda estavam vivos! Está muito estranho isso! Acho que ele assistiu muito Dexter também!! E lembrando que concordo com o blog, idiotice achar que um jogo faz com que as pessoas façam tais coisas!! Até porque o personagem principal não usa arma de fogo em momento nenhum do jogo!
    Vou jogar PES e FIFA para me tornar Messi!!

    Curtir

    • Sinceramente, eu acho que o moleque não fez isso sozinho. E também, as vítimas poderiam estar dopadas, senão elas escutariam os tiros

      Curtir

  8. Essa história ta muito mal contada,eu jogo videogame e esses pensamentos nunca passaram por minha cabeça!eu nunca mataria alguém só por causa de um jogo

    Curtir

  9. de boa maior besteira eu jogo esse jogo mais so porque eu jogo naum quer dizer que eu vo matar minha família o garoto deveria ser noiado ai que saber da noticia vai jugar o jogo so pq um noiado mato a família.

    Curtir

  10. os jogos nada tem haver com a tragédia cometida pelo garoto, creio que possa ter sido influênciado por alguém quem sabe os próprios colegas de classe, porque após ter cometido o crime ele foi para escola? talvêz para impressionar alguém, porque em sua mochila foram encontradas uma faca e um revólver? acho que este caso vais ser igual do pc farias, nunca irão descobrir a verdade.

    Curtir

  11. Se era assim porque jogava ACIII imagine então se jogasse God of War… Ia atrás de matar Zeus antes de cometer suicídio. u.ú

    Curtir

  12. Cara, essa história de que ele matou por causa do Assassin’s Creed é tão absurda só pelo fato de que o personagem do Assassin’s Creed vinga a morte dos pais. Aí o moleque vai e mata os próprios pais? Que lógica, ein. Tudo bem que talvez o moleque estivesse jogando o jogo em inglês e não entendesse porcaria nenhuma da história. Mas existe todo um histórico na vida do jovem que é fácil de se ver. Se foi ele mesmo quem matou, ele já era um pequeno psicopata, que tinha dois pais policiais, armas entravam e saiam de sua casa, isso já é o suficiente para dar pane na cabeça de uma criança com problemas. E mesmo que o jogo tivesse alguma influência, não deveríamos culpar os pais por deixar o filho jogar tal jogo? Ninguém saiu entregando de graça na mão do moleque o jogo senão os pais. E outra, esses jogos vem com classificação(geralmente 16+ anos), de novo, falha dos pais que pensam que nada vai afetar seus filhos pois sempre acham que seus filhos são os melhores filhos do mundo. Não estou querendo atribuir culpas, mas é preciso ver pelo lado da lógica. Agora, o crime foi muito perfeito para um garoto de 13 anos, eu acho que ele teve sim participação nos assassinatos(pelo simples fato dele estar no carro do lado do motorista, a conversa que ele teve com a professora e o testemunho do amigo dele sobre ideias de matar os pais e fugir), mas também acho que alguma outra pessoa o ajudou ou o usou. Talvez fez a mente do garoto com alguma conversa de policia e ladrão(como se tudo fosse uma brincadeira ou teste), fez o garoto matar(não digo que ele matou todos) e depois apagou ele para queima de arquivo. Espero que se os incompetentes deste país não consigam resolver o caso, não pensem que vão resolver proibindo jogos no Brasil, sendo que não têm nada a ver.

    Curtir

  13. Considerar o game o principal motivador desta tragédia é uma estupidez de fato,porém, vale lembrar que todos os jogos possuem indicações, o Assassin´s Creed” é proibido para menores de 18 anos seria sem motivos??? Acho que devemos ficar atentos as nossas crianças,e procurar atividades de acordo com sua faixa etária e que ofereçam algo de produtivo . Cada criança é uma criança,não sabemos o histórico familiar,o cotidiano….temos sim que se preocupar e ficar atentos,lamentavelmente essa família não tera uma nova chance,mais ainda temos,então que façamos a nossa parte.;

    Curtir

    • Conversa fiada. Muita gente viu filmes de terror ainda crianças mesmo com 6 7 anos de idade e não virou assassino, quanto mais um homem de 13 anos.
      Isso é maldade interna mesmo.

      Curtir

  14. @ACid BLaCK NeRD só para fazer um comentário a respeito do seu ponto de vista, eu concordo com tudo o que você disse, porém na parte que violência na vida de uma criança a torna mais violenta, eu tenho que deixar uma vírgula. Eu joguei e jogo desde os 5 anos de idade pois meu pai tinha um salão de jogos(tipo um salão de arcade, mas com consoles mesmo) e joguei tudo quanto é tipo de jogo. Jamais assimilei algum episódio de stress na minha vida com algum jogo que eu joguei, ou seja, nunca lembrei de jogo algum ao sentir algum nível de raiva. Eu acho que quando a pessoa tem um gênio forte entortado mais para um lado ruim, a coisa começa por aí. Da mesma forma que uma pessoa emotiva fica mais emotiva ao ser ofendida ou ao assistir a uma simples novela. A pessoa já nasce com aquilo, da mesma forma que pessoas nascem com uma facilidade maior para desenvolver atividades físicas. Acontece que o psicológico da pessoa é algo muito mais complicado(não precisava nem dizer) de se lidar pois você não enxerga, ou para enxergar é necessário duvidar de tudo e de todos, e estar sempre atento a cada movimento das pessoas(acredito que ninguém viva assim, senão os paranóicos). Quando falam que o jogo foi a razão para que ele matasse os pais(eu sei que esse artigo surgiu de outra pessoa, não de você), é errado, porque a sede de sangue dele não surgiu dali(supondo que ele realmente matou os pais), talvez foi o gatilho para algo que aconteceria mais cedo ou mais tarde(e se ele realmente matou? Se não os matasse/suicidar-se, ele cresceria e tornaria-se em um assassino em série, segundo a convicção –supondo que o que o amigo dele contou seja verdade– que ele mesmo tinha de que queria era isso que ele queria ser na vida). Dizer que jogos criam assassinos, é o mesmo que dizer que bebida faz com que pessoas matem. Por essa lógica, uma pessoa analfabeta ao ingerir bebida alcoólica, passaria a ler e até a escrever. Mata somente quem já tem aquilo na cabeça, chame de pura maldade ou pura ignorância.

    Curtir

  15. Isso aí meu é pura mentira, como o garoto iria matar os pais com um tiro na cabeça e ninguem ia ouvir nada na casa…..por favor. Isso foi tudo forjado para cair a culpa no garoto e arranjar um estopim para colocar a culpa nele. Eram casais de policiais, inimigos era o que não faltava e de ambos os lados.

    Curtir

  16. Opa jogos violentos influencia as pessoas? Perae que vou ale pegar meu jatpack e vou soutar uns tiros de bazuca la no plenário… Fala serio, media sensacionalista da Porr*. Vão aprender a ser profissionais de verdade seus incopetentes.

    Curtir

  17. Faz todo sentido dizer que um moleque matou toda a família por causa de um jogo, sabia? Tipo eu: Jogo Guitar Hero há tanto tempo, que já sou uma Estrela do Rock, assim como sou uma encanadora super alucinada, por que jogava Super Mario, sou uma gorila fascinada por bananas por que jogava Donkey Kong, e sou uma androide fodona que dá Hadouken por causa de Megaman X e super rica por que jogava Banco Imobiliário… e.e Assim, nem faz muito sentido dizer que os pais do garoto era uns irresponsáveis por deixar armas em casa, sabia? Agora, sem sarcasmo: Mesmo que esse jogo tivesse desencadeado esses assassinatos, o que um jogo para pessoas acima de 18 anos estava fazendo na mão de um moleque de 13? Isso não prova, mais uma vez, que esses pais eram os irresponsáveis da história? Por que com certeza o garoto não trabalhava, logo, quem deu o jogo pro moleque foram os pais… A Ubisoft colocou bem estampado na capa do jogo: +18… Os pais por um acaso não sabiam que idade o filho tinha? É mais fácil colocar a culpa em alguém podre de rico (Ubisoft, nesse caso) do que colocar a culpa na péssima criação que um par de pais deram a uma criança por que, afinal, os pais estão mortos agora, não é? Por que culpá-los então?… (Desculpem por qualquer coisa ofensiva que eu tenha escrito, mas é por que me irrito com tanta hipocrisia por parte dessa mídia mentirosa e manipuladora… =X)

    Curtir

  18. Por favor leia. Olha, eu já joguei muitos jogos como vocês dizem, “Violentos”, e nunca pensei em matar meus pais ‘-‘ acho isso um absurdo, por que o jogo teria de ser culpado, a mídia sempre tenta por jogos para ser a causa por que eu, sinceramente, acho que eles tem preguiça de fazer a investigação detalhada ou a cara de pau de querer culpar o game ‘-‘

    Curtir

  19. Eu sou formado em Psicologia estou acompanhando o caso e percebi e tenho a convicção de que mesmo ele tendo influência seria de suma importância eu fiz recentemente umas pesquisas referente a psicopatia(psicopata convictos por natureza). no caso dele não possui indícios pois como vistos em entrevistas todos que deram comentarios relataram que o menino tinha um comportamento “normal” quanto os casos que vi quando realizei a pesquisa todos tinham um histórico de anormalidade, matar animais, machucar amigos e irmãos, dos casos que eu estão, mary bell, 10 anos (foi a mais jovem homicida da história. Foi condenada em dezembro de 1968 pelo homicídio de dois meninos, Martin Brown (com quatro anos) e Brian Howe (com três). Bell tinha dez anos quando matou Brown, e 11, quando ela matou Howe.1), e no caso do (James Bulger) onde 2 meninos de 10 anos.

    Curtir

    • amigo. 1- mas ele tinha outros agravantes. primeiro enfermidade degenerativa. ou seja não sabia se amanhã estaria vivo , e com a cabeça de 13 anos ele poderia bem culpar silenciosamente os pais por esta falha genetica. 2- ele treinava tiros e jogos violentos recomendado para maiores de 18 anos , e pelo jeito devia jogar horas seguidas. postou como no face ao inves da foto um avatar que mata o proprio pai. 3- tinha arma de pressão e pode ser que o pai tenha deixado ele dar alguns tiros de verdade, como faziam com o carro da familia que deixava ele tirar da garagem. 4- pode ter ser revelado um complexo de Edipo, até mesmo por o pai ser um “superheroi” , o qual ele talvez se julga-se incapaz de chegar a este patamar. 5-Postou no facebook , uma foto da filme amityville com os dizeres: Quando você perceber, terá se cagado de medo” filme este baseado em livro homonimo que conta o ocorrido aa madrugada do dia 13 de novembro de 1974, Ronald DeFeo Jr. surpreendeu todos os seus parentes e os assassinou, que dormiam na mansão Amityville. Isso meu amigo é cubo na ponta do iciberg que nos chega, praticamente quase nada da vida intima do rapaz, não sabemos mais o que se passava na cabeça do “bom menino” . como voce disse sobre crianças psicopatas, realmente todos tem este “paradigma” , mas com estas circuntancias peculiares da vida dele pode ser um caso “sui generis” , fora de padrão. em todo caso são só teorias.
      mas em todo caso não devemos jamais deixar a emoção obscurecer a lógica.

      Curtir

  20. eu acho qe um menino de13 anos poderia sim ter planejado este crime de extrema polemmica e friesa .mas nao acho qe tenha sido por causa de um simples jogo .

    Curtir

  21. concordo com oque foi dito no post….porém acho q nao tenha sido ele q cometeu o crime,ele provavelmente estava sobre alguma forma de ameaça dos PMs q a mae dele estava investigando , e também acho q a história do assasin’s creed foi inventada por amigos desses PMs

    Curtir

  22. Se ele fez isso é pq ja havia indícios de psicopatia nele, nessa idade começa a aparecer… o jogo poderia desencadear e em um surto ele cometer os crimes, se, ele tivesse o disturbio. Porém não “dar a idéia” até pq a historia é diferente. Mas essa historia ta muito mal contada, como o menino soube atirar tão bem? 2 policiais não conseguiram impedir? muito estranho!

    Curtir

  23. Eu acho engraçado colocarem a culpa no menino,pois ainda acho que foi pelo motivo da denuncia aos policiais safados,se um jogo incentiva se realmente iam ter um monte de criancas matando tartarugas ou pulando em bueiros como o Mario,affff!!!

    Curtir

  24. Nada a ver isso de ter sido influenciado pelo jogo nem acho q ele matou eu jogo todos os jogos de tiro e nunca faria isso . Q merda minha qer q eu faça um favor pra ela , eu vou dar tiro na cara dela

    Curtir

  25. Ola,eu so gostaria de relatar um fato que eu percebo nesse fato da familia assassinada.Porque o adolescente de 13 anos ,consegue agir normalmente sabendo que a familia inteira dele estar morta.Que tipo de ser humano consegue ser tao frio diante desse ocorrido,o normal nao seria ele fazer algo?pedir socorro ou qualquer outra coisa?

    Curtir

  26. pra concluir ,o meu parecer foi o adolescente Marcelo sim,simplesmente por estar agindo como se nada houvesse ocorrido.Que ser humano sabe que pai e mae e avo,enfim a familia inteira foi assassinada e consegue ser tao frio assim!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  27. As novelas sao influencia e ninguem fala nada como e que os pais nao acompanharam ele quando estava jogando para explicar e desse que o jogo e ilusao nada desso e verdade…eu tenho um ps2 jogo com meu filho kof,street f,nfusd,black,mas sobre minha supervisao,e pretendo dar ao meu filho game novo com jogos do assacino’s creed.

    Curtir

  28. Esse de proibir criança de jogar.muito estranho.isso joguei muito quando era criança.tive um problema pior que esse garoto.psicológico.nunca matei ninguém…todos diziam q ia morrer.meus amigos já foram a maioria conversa furada……..tem gente grande aí..

    Curtir

  29. PELO O QUE FOI MOSTRADO ATÉ AGORA APONTA PRO GAROTO. A ÚNICA HIPÓTESE CONTRARIA SERIA OUTRA PESSOA TER COLOCADO SONIFERO E TODOS TEREM DORMIDO, INCLUSIVE O GAROTO. POSTERIORMENTE VESTIU O GAROTO E O LEVOU DE CARRO ATÉ O LOCAL DESCRITO. QUANDO GAROTO ACORDOU ESTAVA PROXIMO DA ESCOLA E MEIO GROGUE ACHOU QUE A MÃE O HAVIA DEIXADO ALI. DIANTE DISTO FOI PRA ESCOLA. QUANDO VOLTOU, FOI MORTO

    Curtir

  30. Eu já joguei asssassins creed 2, e revelations, até hoje não matei minha família, jogo não influencia, é a pessoa que joga que se tiver um distúrbio mental, ou tendência Psicótica, pode querer imitar o personagem do jogo, na certa o garoto tinha psicose e ninguem sabia.

    Igual o caso do cara, lá nos EUA, que entrou no cinema e matou geral, pq viu o filme do batman, cavaleiro das trevas, ele imitou a cena em que o coringa atira em geral.

    Resumindo não é o jogo a causa, é a pessoa que joga.

    Curtir

  31. Voces repararam na casa do casal? Era um lixo, os pais separados, a mãe levava namorados o pai provavelmente também, uma vida sem moral, sem referencias do que é certo e errado….

    Curtir

  32. Jogos violentos influenciam apenas pessoas que já têm um altíssimo grau de perturbação mental ou tendência psicótica, ok? Pessoas normais que jogam esses games não têm esse tipo de comportamento, ok?!! Tudo frescura da mídia, que não sabe absolutamente nada sobre games, para manipular aqueles que são trouxas e se deixam levar por qualquer coisa, mas os pais e mães deveriam sempre verificar o conteúdo indicativo dos games que seus filhos jogam. Engraçado que a Globo e a Record glamourizam porcarias em seus programas e vêm, falar dos games. Engraçado que eles só sabem falar dos pontos negativos sobre games e não dos pontos positivos deles, como influenciar o desenvolvimento cognitivo das crianças, como é o caso de Little Big Planet, por exemplo. Engraçado que o funk “Proibidão” fala de exaltação a bandidos, apologia a morte de policiais e sexo explícito(Funk Melody é justamente o contrário, fala de críticas sociais e amor verdadeiro, é muito melhor que esse funk “Proibidão”) e eles deixam passar em branco mesmo assim. Eu já joguei Mortal Kombat, que é dez vezes mais brutal que God of War e nem por isso me tornei violento ou tive a vontade de querer assassinar alguém. Odeio todos os canais da TV aberta exceto a TV Brasil.

    Curtir

  33. eu jogo assassin,s creed ,god of war ,duke nukem ,call of duty etc ,se fosse por causa dos jogos o planeta nao existiria mas.carai

    Curtir

  34. Gosto de Super Mario. Não uso cogumelos alucinógenos, não mato tartarugas, não bato a cabeça em tijolos, nem enfrento tartarugas com moicanos. Na verdade, jogando Super Mario, apenas passei a gostar mais de tartarugas e me preocupar com a preservação das mesmas, passei a seguir uma dieta mais vegetariana incluíndo champignons e passei a ter mais respeito pelos homens, que podem colocar a própria vida em risco pela minha, justamente por ser mulher e considerávelmente mais frágil. Aprendi que o mal e vilões são derrotados pelos mocinhos, que a vida é cheia de desafios e sendo os Koopalings meus personagens prediletos da série, também aprendi a ser mais paciente e compreensível com crianças que tem problemas sociais ou de conduta.

    Curtir

  35. Eles sempre culpam os jogos pqp, e dai se o menino tinha a foto do Ezio no perfil, era o personagem predileto dele e vai se ele tinha vergonha da foto dele, um dos criadores de GTA V chamou os criticos de ipocritas por sempre culparem os jogos por causa de violencia, roubos e assassinatos, tipo o garoto que roubou o taxi e descubriram que ele joga GTA, ele ainda disse que a midia deveria tbm criticar filmes, musicas, livros e entre outros

    Curtir

  36. Que estúpidez falar que o jogo da alguma motivação , o game não fez ele matar a família , e outra. ELE NÃO MATOU A FAMÍLIA , um garoto de 13 anos matou a família inteira ? Sério que ainda tem gente retardada suficiente pra acreditar nisso , isso é o que a mídia diz , por que nínguém teve paciência pra ir ao fundo no caso , então encerraram ele dizendo que o garoto era o assassino , é muito óbvio que alguém matou eles , e quando o garoto voltou da escola , ele foi assassinado , algum criminoso montou toda a cena, inclusive há provas de que o suícidio dele foi com 90% de certeza forjado , aí vem retardados falando como se o coitado do garoto tivesse matado a família , cara deixa ele descansar em paz e parem de culpar ele pelo crime que ele não fez , bando de babacas que acreditam nessa estupidez.

    Curtir

  37. Acho que isso não tem nada ver o jogo porque eu tenho 13anos amo jogos e nunca me passou pela cabeça de matar meus pais e a capa do meu facebook também tem imagem de assassinos

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s