Considerações

1- O Bolsonaro estava na dele quando a petista resolveu se entrometer na conversa.

2- A petista resolveu defender bandido e o Bolsonaro respondeu a altura. Essa corja de bandidos do PT adora defender menor estuprador e assassino.

3- Mesmo sendo ela quem defende penas leves para menor estuprador, Maria do Rosário teve a coragem de chamar o Bolsonaro de estuprador.

4- Irônico, Bolsonaro respondeu dizendo que ela não merecia ser estuprada. Cabe aqui a minha discordância: a- nenhuma mulher merece ser estuprada; b- a ministra naquela época não era de se jogar fora.

5- Bolsonaro foi covarde ao empurrar a ministra. Não se pode ter esse tipo de comportamento contra uma mulher.

6- Desiquilibrada, a petista bradou:”Nenhuma mulher é vagabunda”. Mentira. Existem muitas mulheres que são vagabundas, assim como muito homens são vagabundos.

7- Reparem no segundo 0:47, como o segurança está sorrindo, achando toda aquela situação divertidíssima.

8- Depois de receber um leve empurrãozinho, a petista ficou fazendo um showzinho de como se tivesse sido violentamente agredida.

9- No final das contas a petista acabou chorando.

10- Esse é o comportamento do PT: agrida seu inimigo e quando ele revidar, vitimize-se.

 

Anúncios