Malafaia critica a igreja católica e toma lição de padre


Outdoor dito como homofóbico. Na minha opinião, existindo deus, é a mais pura verdade.

Fonte: Gnotícias

Num acalorado debate durante a JMJ, o pastor Silas Malafaia resolveu atacar católicos que o estavam atacando pelo twitter.

“Já que estão apelando para calúnia e difamação, não vou usar esse expediente. Segura algumas verdades para calarem a boca. […] O Vaticano possui uma das maiores reservas de ouro do mundo. Os bilhões de dólares fraudados do banco do Vaticano dirigido por cardeais… milhões e milhões de reais de ofertas e dizimo de católicos enviados para cobrir o rombo do banco. Querem falar de pastores? Calem a boca. Já foram no Vaticano para ver a pobreza que é? Eu já estive lá. Calem a boca para falar de pastor. Conversa fiada de pobreza”, publicou Malafaia, que é defensor da diabólica teologia da prosperidade.

Nesse ponto, o sensato padre Roger Luis reagiu frente a postura belicista de  Malafaia, dizendo que suas palavras incentivavam não incentivavam o amor mas o confronto:

“Querido irmão, infelizmente sua postura é lamentável. Mas a vida continua, o caminho de Cristo é o da Cruz. Deus sonda os corações, deixemos os julgamentos para Ele. O mais importante é que as palavras do Papa alcançaram os corações!”, observou.

Agressivo, Malafaia respondeu aos tweets do padre com mais ataques:

Não gosta do que falo, porque me acompanha? Cai fora se não gosta do contraditório. Se me acompanha e me acha inescrupuloso, você é pior do que eu. Olha a nossa preocupação: segundo o IBGE, nós, os evangélicos em 2020 serão maioria no Brasil. Como estamos preocupados, deixa eu [rir] kkkkkkk O único país do mundo onde os 3 últimos papas estiveram foi o Brasil. Somos nós que estamos preocupados? Deixa eu rir mais um pouco kkkkkkkkk”, ironizou o pastor.

Incomodado com a postura agressiva de Silas Malafaia, Roger Luis voltou a afirmar que o pastor estava adotando uma postura equivocada:

Deveria ser um tempo de unidade para derrubarmos as forças do mal na política abortista, e o que vemos é expressões de divisão! Que bom pastor, o IBGE é o Espírito Santo, agora é ele que define as coisas e não Deus? Faz-me rir irmão! Quem define as coisas no Reino Espiritual não é o IBGE irmão, mas o Espírito Santo, o Deus Todo-Poderoso. Ele nunca erra!”, disse o padre.

Comento

Parabéns para a postura 100% cristã do padre.  Malafaia, mesmo falando algumas verdades, acabou saindo completamente da sua razão em função do quadro em que estamos. Enquanto crentes e católicos ficam nessa briguinha imbecil, petistas, feministas, abortistas, ateístas militantes e defensores dos defeitos humanos ganham espaço na nossa sociedade para disseminar suas ideologias imorais.

 

Anúncios

20 comentários

  1. OS MALAFAIAS E O PROTESTANTISMO DAS PESQUISAS COM SEUS DEBOCHES E ZOMBARIAS
    =============
    Protestantes não raras vezes discordam uns dos outros.

    E mesmo que todos identifiquem heresias uns nos outros, todos se consideram irmãos em Cristo para fins estatísticos.

    A maior parte reconhece que o Espírito Santo não ensina doutrinas divergentes e opostas entre si.

    E assim nunca foi segredo para ninguém que uma Igreja evangélica não é igual a outra.

    Entretanto, os institutos de pesquisas e a imprensa colocam de um mesmo lado todas as igrejas protestantes e evangélicas.

    E a maior parte dos pregadores, fazendo-se de ingênuos, tentam sugerir que todos juntos integram uma “única” e “una” Igreja Evangélica Brasileira.

    Não é por inocência que fazem isto. É colossal a diferença em percentuais e números absolutos favoráveis a Igreja Católica em relação a qualquer outra igreja do Brasil.

    E mesmo somadas todas as 50.000 ou 60.000 igrejas protestante e evangélicas, e, admitindo que os percentuais e números anunciados estejam corretos, ainda assim estas igrejas todas somadas alcançaram menos da metade do número de católicos no Brasil.

    Estou fazendo apenas um registro. Maioria católica não praticante ou maioria evangélica sem compromisso efetivo com a unidade verdadeira ordenada por Jesus Cristo penso que não podem operar grandes transformações ou mudanças.

    Retomando:

    Quando surgem as estatísticas e pesquisas que sugerem falsamente a existência de uma só Igreja evangélica, o zelo pela coerência e o desejo na transmissão da sã doutrina desaparecem até mesmo dos honestos e bem intencionados.

    Pouco importa o que cada grupo ou pessoa prega ou o Cristo que se pretende seguir. O importante é o apontamento de determinado Instituto de pesquisa sobre os percentuais de igrejas evangélicas e número de crentes que assim se declaram.

    Todos os dias podemos verificar textos e artigos de pregadores famosos que estão exultantes com o “sucesso” desta “una” igreja evangélica onde tem de tudo e onde todos se atacam e muitos são abertamente denominados como apóstatas e hereges.

    Tem gente séria sendo injustamente chamada por outros de trouxas, idiotas, endemoníados e até filhos do diabo.

    No entanto, mesmo estes que são ofendidos por outros de forma brutal e injusta, SURPREENDENTEMENTE, logo que surgem as pesquisas assumem que todos, inclusive seus acusadores, “integram” a “única” e “una” Igreja Evangélica Brasileira.

    Para fins estatísticos todos estão “salvos” por causa das placas e dos rótulos protestante e evangélico.

    E curiosamente e contraditóriamente, todos gritam ao mesmo tempo contra o catolicismo que religião, placa de igreja ou rótulo não salvam ninguém.

    O que temos visto por aí ?

    Recentemente, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, um líder evangélico muito determinado nos ataques ao Papa Francisco confirmou a máxima de que as pesquisas parecem ser mais importantes do que a qualidade do cristianismo:

    Incomodado especialmente com o discurso do Papa Francisco sobre a pobreza, este líder manifestou-se no twitter naqueles dias do mês de julho de 2013 da seguinte forma:

    “…Olha a nossa preocupação: segundo o IBGE, nós, os evangélicos em 2020 serão maioria no Brasil. Como estamos preocupados, deixa eu [rir] kkkkkkk.”

    Tenho impressão que o IBGE não fez tal afirmação. Não importa !

    Esta celebridade evangélica colocou todo mundo no mesmo saco, incluindo seus adversários com os quais já brigou e cujas doutrinas condenou.

    E também incluiu aqueles outros tantos que condenaram suas doutrinas, em especial, a doutrina da prosperidade que ele vem pregando e que a maioria, GRAÇAS A DEUS, rejeita, repudia e repele.

    O que vale realmente para este líder é tão e somente o que dizem as pesquisas.

    E ao que tudo indica, este líder parece ser o que há de melhor no meio evangélico.

    Grande parte dos evangélicos fez dele seu representante para diversos assuntos, especialmente quando se abre espaço para este líder nos grandes canais de tv.

    Se ele está na TV, torna-se repentinamente o representante de todos. Ou quase todos.

    Nesta “una” Igreja Evangélica Brasileira sugerida por este líder tem de tudo, se não vejamos:

    Unção da meia. Unção da Vassoura. Unção do leão. Unção do zoológico. Regressão ao útero materno. Troca de anjos da guarda. Transferência de unção. Casamento entre pessoas do mesmo sexo. Culto das princesas. Há quem batize e tem quem não batize. Tem quem acata o divórcio. Tem quem defenda a teologia da prosperidade e tem quem diga que isto é uma aberração. Tem quem guarde o sábado e tem quem guarde o domingo. Tem adoração da arca da aliança e tem fogueira santa ou desafios financeiros. Tem confissão positiva e tem até venda de canais por assinatura e venda de Bíblia da prosperidade. Tem pastor televisivo pregando a heresia de Ário. Tem pastor dizendo que ajudar os pobres desvia recursos da igreja. E tem pastor dizendo que não se deve tocar no “ungido” do Senhor. Tem pastor “determinando” e tem pastor mandando tomar posse da benção.

    E contra todas estas doutrinas existem muitos outros grupos, denominações e pessoas que também se declaram protestantes ou evangélicos e que também divergem umas das outras em outros temas.

    Tem ainda o grupo dos sem igreja que também se declara protestante/evangélico e que se afastou de todos os outros grupos.

    Mas este líder convive muito bem com toda esta confusão e Babel teológica.

    Vejamos o que ele acrescentou no twitter:

    “O único país do mundo onde os 3 últimos papas estiveram foi o Brasil. Somos nós que estamos preocupados? Deixa eu rir mais um pouco kkkkkkkkk”.

    Sem dúvida alguma para ele o “somos nós” significa que todos são “irmãos em Cristo”. Ele não fez qualquer distinção.

    Assim sendo, naquele grupo que ele elegeu como “Os salvos”, necessariamente, tem até o seu antigo mentor que é o auto proclamado bispo que prega a favor do aborto.

    Sinceramente, não vejo como podem pertencer ao mesmo grupo de “eleitos” ou “salvos”, os defensores do aborto e seus opositores.

    E como é possível que sejam “Irmãos em Cristo” os pregadores da teologia da prosperidade e todos aqueles que dizem que esta doutrina é obra do diabo ?

    Não há como negar a salvação pelo rótulo que vem sendo encarnada e assumida pelos protestantes e evangélicos rotineiramente.

    E quanto aos que berram sobre os percentuais alcançados nas pesquisas e estatísticas, podemos afirmar que se não é por ignorância, é tão e somente por má-fé que é possível alguém encher a boca e dizer “Povo de DEUS” ao fazer referência a um determinado grupo, quando se sabe que ele próprio já condenou doutrinas de muitos que ali estão inseridos e sabendo que ele também teve suas doutrinas ou ensinos condenados por tantos outros que fazem parte do mesmo grupo.

    No que diz respeito a uma eventual maioria evangélica no ano de 2020 e sobre a qual este líder fez referência, podemos dizer o seguinte:

    Se houver maioria evangélica ou maioria católica em 2020, DEUS ainda estará no controle de tudo.

    Se tivermos bons evangélicos que confessam Jesus Cristo como Senhor e DEUS uno e trino e cada qual assumir de fato a sua cruz, por via de consequência teremos bons cristãos.

    E os evangélicos sendo bons cristãos em 2020 por certo respeitarão as minorias. Respeitarão as leis. Serão amorosos com os católicos, cordiais, gentis e atenciosos. Respeitarão todas as religiões e terão apreço pela liberdade religiosa.

    Se esta maioria evangélica fizer como Jesus Cristo, então nós católicos seremos servidos por eles.

    Seremos acolhidos e nos darão de comer e beber.

    Seremos abrigados e vestidos.

    Ao que tudo indica, este líder evangélico esquece o que ele próprio vem pregando habitualmente.

    Por vezes, são as minorias que devemos temer.

    Finalmente, disse ainda no twitter este líder que agora aparece nos canais de TV, diga-se de passagem para alegria e encantamento de muitos no meio evangélico que antes “repudiavam” algumas destas emissoras:

    “A verdade é que tem gente que não suporta a verdade, quando ela o confronta. Deixa eu [rir] ahahahahahah”

    Mas será que ele suporta a verdade ?

    Para a decepção deste líder evangélico:

    “Quem define as coisas no Reino Espiritual não é o IBGE irmão, mas o Espírito Santo, o Deus Todo-Poderoso. Ele nunca erra! (Padre Roger Luis também no twitter)”

    Reconheço que todo homem e mulher podem e devem aderir a fé, crença ou credo que lhes pareçam mais favoráveis ou adequados. Não concordo com qualquer tentativa de cerceamento de liberdade religiosa. Não aceito também ofensas a honra e dignidade das pessoas.

    Autor: André Silva com a colaboração de V.De Carvalho – Livre divulgação mencionando-se os autores

    Curtir

    • É INACREDITÁVEL QUE UM HOMEM TÃO INTELIGENTE E QUE DIZ TER TANTO TEMOR A DEUS, USAR DE PALAVRAS TÃO AGRESSIVAS COM UM REPRESENTANTE DA IGREJA CATÓLICA; AFINAL SOMOS OU NÃO SOMOS IRMÃOS EM CRISTO; PELO POUCO CONHECIMENTO QUE TENHO, JESUS PREGAVA A HUMILDADE E NÃO A TIRANIA; PREGAVA A CARIDADE E NÃO A REBELDIA; MAS ENFIM, EU PENSO QUE TODOS NÓS FILHOS E FILHAS DE DEUS E IRMÃOS EM CRISTO JESUS, DEVEMOS FALAR SOBRE UM DEUS QUE NOS UNE E NÃO EM UMA RELIGIÃO QUE NOS SEPARA, AFINAL, SOMOS TODOS FILHOS DO MESMO PAI. DEUS ABENÇÕE A TODOS.

      Curtir

  2. Afinal, a IGREJA fundada por Jesus Cristo ou uma das 50.000 igrejas divergentes entre si?

    Foi só uma pesquisa anunciar que os “evangélicos” estão em marcha crescente que os filhos de Lutero se arvoraram em comemorar o crescimento de sua religião “una”. Sites e mais sites enaltecem a subida vertiginosa das religiões e igrejas ditas evangélicas.
    Entretanto, alguns fatos passaram desapercebidos:

    a) O crescimento evangélico já foi maior nos primeiros anos da década pesquisada;

    b) O número de evangélicos que se declara como “sem igreja” já soma mais de 6 milhões de pessoas e continua crescendo.

    c) Todo mundo já ouviu de algum pregador protestante a famosa expressão: “Nós o povo de DEUS representamos 30% da população brasileira.”…

    Primeiro que não são 30%. São 22% , sendo que 6.000.000, aproximadamente, integram o grupo dos “sem igreja” e neste caso os 22% representam mais ou menos apenas 19%. De 30% anunciados pelos pregadores televisivos para 19% existe uma diferença bem grande.

    Segundo, tais pregadores que falam do “Povo de DEUS” não possuem condições de avaliar o que cada crente em cada denominação crê e pratica.

    Se já é difícil a um pregador de São Paulo conhecer a fé de cada um dos seus súditos, o que se dirá da fé e cristianismo praticados em uma denominação em Roraima ou da fé e cristianismo de um crente em Goiânia!

    Terceiro, neste suposto “Povo de DEUS” estão incluídos aqueles que são acusados de heresias por outros pregadores.

    Sim. Não há um pregador que não acuse outros pregadores de heresias e não há um pregador que não tenha sido chamado de herege por outros pregadores protestantes.

    No entanto, quando surgem as estatísticas, como em um passe de mágica, todos voltam a ser “Povo de DEUS”, “Raça Eleita” e “Irmãos em Cristo.”
    Como isto é possível, a não ser pelo fato de que o protestante crê na salvação pelo rótulo ?

    Ora, entre os 22% de evangélicos espalhados pelo país estão aqueles que pertencem à denominação cujo líder é favorável ao aborto.

    Encontram-se dentro deste percentual também aqueles que diziam que o papa João Paulo II era a besta do apocalipse. Erraram feio, mas ainda que sejam falsos profetas continuam sendo respeitados e tem gente parando para escutar o que esses falsos “ungidos” pregam!

    Dentro desse percentual encontram-se ainda aqueles que integram a denominação que defende a heresia de Ário.
    Encontram-se ainda os praticantes do evangelho judaizante, os defensores do casamento entre pessoas do mesmo sexo, os defensores do divórcio e aqueles que pregam a teologia da prosperidade…

    A estes grupos acrescentamos os “sem Igreja”, os defensores da “teologia da determinação” e aqueles que praticam unção do cachorro, unção da vassoura, unção do helicóptero, unção do zoológico e unção da galinha, entre tantos outros grupos.

    Que unidade evangélica é essa desse suposto “povo de Deus”?

    Estariam todos “salvos”, sendo tão divergentes entre si?

    Nestes 22% que se autodenominam “Povo de DEUS” estão aqueles que disseram que 99% dos cantores evangélicos estão endemoniados. E curiosamente encontram-se também nos mesmos 22% os ditos endemoniados que, negando a acusação, dizem que seus algozes estão desesperados com a fuga de fiéis.

    Incrível ! Só no protestantismo tal ocorrência é possível. Integram o grupo dos “salvos” os acusados de terem demônios e seus acusadores. E todos se reconhecem como “irmãos em Cristo”.

    Vamos considerar a máxima: Se todos estão salvos, o que lhes favorece tal condição mesmo que sejam divergentes entre si e mesmo que uns acusem outros de heresias ?

    A primeira coisa a considerarmos é que se todos acusam alguém no meio como hereges e todos são chamados de hereges em algum momento, podemos afirmar categoricamente que para o protestante heresia protestante não condena ninguém ao inferno.

    É incompatível alguém chamar outro de herege e ao mesmo tempo os dois juntos integrarem um mesmo “Povo de DEUS”.
    Mas é assim que funciona o protestantismo.

    Assim sendo, se por um lado admitem que heresia protestante não condena ninguém ao inferno, o que efetivamente leva o protestante para o céu ?

    1)Estão todos salvos pelo fato de que todos “aceitaram” Jesus em um templo protestante ?
    Então o protestante é salvo pelos próprios méritos. Ele teve a inteligência de escolher uma denominação protestante para seguir e teve a sabedoria de “aceitar” Jesus.

    2)Estão todos salvos por que desfilam com os rótulos protestante ou evangélico ?
    Então ao contrário do que dizem que placa de igreja não salva, já não é a fé ou o cristianismo que se pratica, mas apenas o rótulo. Pouco importa seguir ou não a Jesus e seu evangelho, mas apenas receber as marcas protestante ou evangélico.

    3)Estão todos salvos por que possuem em comum como inimiga a Igreja Católica ?
    Então o que é o protestantismo a não ser a doutrina que prega o anti catolicismo ?

    Temos ainda no meio protestante quem goste da transferência de unção. Já tem doutrinador negando que Jesus Cristo é DEUS, mas apenas uma criação deste mesmo DEUS. Outros tantos praticam a doutrina que determina a vitória em nome de Jesus. Outros professam um Jesus patrocinador e adepto de dízimos no débito automático.
    Tem até Jesus operador de TV a cabo. Que horror!

    As opções são muitas no protestantismo. O que não falta ao protestante é criatividade. Tem “Jesus” para todos os gostos.

    Há também aqueles que praticam quebras de maldições e descarrego.
    Temos ainda a unção da lama ou do chifre. Temos Jesus protestante adepto de fogueiras santas e desafios financeiros
    Tem unção do helicóptero e benção do aeroporto !
    Tem teologia da regressão ao útero materno. Diz o protestante: “Deve ser tremendoooooo”
    Tem quem determina sua vitória e faça exigências a DEUS para que suas “necessidades” sejam atendidas.

    Tem até quem defenda que se deve tomar posição diante de DEUS.
    Não foi isto que Judas fez ? Não foi ele que tomou posição diante do DEUS vivo ?

    Tem quem diz que DEUS irá restituir tudo que lhe foi tomado.
    Tomado por quem ? DEUS está obrigado a restituir ? Será que ele já não nos deu o bastante ?

    Tem pregador com cobra enrolada no pescoço e tem quem batize em parque de diversões.
    Tem quem promova lutas para atrair público. Eu pensava que Jesus Cristo já era motivo mais do que suficiente para atrair as pessoas.

    E todos são “irmãos em Cristo”, todos engrossam o “Povo de DEUS”, todos aparecem nas estatísticas como 22% da população brasileira e todos, sem exceção, vibram com a possibilidade de chegarem aos 50% em 2040.

    Em outras palavras, no meio protestante quem não pratica tais doutrinas se faz cúmplice de tais obras quando assume a condição de religião única evangélica ou quando se declara “irmão em Cristo” de um daqueles.

    Todos os protestantes creem da mesma forma ? Definitivamente não.

    Os protestantes são parecidos no que eles costumam definir como “doutrina básica” ?

    Não. Existem doutrinas muito divergentes. E nem Jesus ou a Bíblia ensinam que as doutrinas poderiam divergir e que “tanto faz” isso ou aquilo.

    Seguramente, podemos afirmar que Jesus Cristo não tem opiniões distintas para um mesmo tema. Ele é firme. Ele é a verdade e não meia verdade. Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente.

    Portanto, repudiamos as doutrinas que defendem um Jesus Cristo do tanto faz. Tanto faz se tem batismo ou não. Tanto faz se aceita ou não o divórcio. “O importante é a fé”. “Não importa a denominação.” “Olha para Jesus.”

    “Uma só fé”, disse S. Paulo. Significa que todos devem crer nas mesmas verdades. Tal não ocorre no protestantismo.

    “Um só batismo”, disse S. Paulo. No protestantismo tem quem não batize, tem quem batize muito diferente um do outro e tem que não aceita batismo de outra igreja.

    “Um só Senhor”, disse S. Paulo. É no protestantismo que tem gente negando o Senhor.

    Um só DEUS. No protestantismo cada denominação ou cada cabeça cria seu próprio “deus” moldado conforme as necessidades pessoais.

    Onde são vistas as heresias que acima evidenciamos ? No protestantismo ou no catolicismo ?

    E agora ? Uma só Igreja ou 50.000 divergentes entre si ?

    Somadas as milhares de seitas, estas juntas alcançam a 1/3 do número de católicos.
    Foram necessárias 50.000 igrejas diferentes se unirem contra apenas uma para alcançarem menos de 20% da população brasileira.

    E o que têm todas essas seitas divergentes em comum ? Aversão pela Igreja Católica.

    Que ninguém se engane. Esta igreja não atravessou dois milênios para nada.

    Esta Igreja assistiu a derrota do Império Romano. Assistiu a derrota dos nazistas e a derrocada dos comunistas no mundo inteiro.
    Esta Igreja viu Napoleão e seu grande exército desaparecerem.
    Esta Igreja continuará oferecendo até o fim dos tempos o sacrifício perfeito do qual falaram os profetas no Antigo Testamento.

    Com toda certeza podemos dizer:

    1) “PESQUISA DO IBGE, ESTATÍSTICA E RÓTULO DE POVO DE DEUS NÃO SALVAM NINGUÉM.”

    2) “E as portas do inferno não prevalecerão contra minha Igreja”

    Mateus 16:
    (15) Disse-lhes Jesus: E vós quem dizeis que eu sou?
    (16) Simão Pedro respondeu: Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo!
    (17) Jesus então lhe disse: Feliz és, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue que te revelou isto, mas meu Pai que está nos céus.
    (18) E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, as portas do inferno não prevalecerão contra ela.
    (19) Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.
    Autor: A. Silva / Com a colaboração de V.De Carvalho e Claudio Maria – Livre divulgação mencionando-se o autor

    Curtir

    • Você Dani e bel que vem com suas estatística de quem somos protestantes e coisa e tal esquece que, em um passado a tua igreja o catolicismo matou muita gente, por se impor contra o que eles queriam, até mesma esconder a palavra do povo para não ter o seu próprio discernimento e entendimento da palavra Deus, entrou na politica para comandar do jeito que queria o povo, nesse mesmo tempo que você fala com orgulho que vocês passaram, muitas e muitas gentes morreram, mais você não se importa por que não era parentes seus, o que eles disseram sobre isso, que tinham de ser feito e ponto,a onde na bíblia fala da idolatria ou que é normal levantar santos em nome de Deus, o pior é o revestidos, quantos padres que no meio do caminhos se perdeu para pedofilia e muitos esconderam para não expor a igreja católica mais isso é normal, para vocês né!
      E sem falar que foi para liberdade que cristo nos libertou, então você me fala de sacrifício perfeito do velho testamento, mais esqueceu que JESUS CRISTO veio como sacrifício perfeito ele sim nos salvou, no mínimo você nem vive isso por que fácil falar quando estar de fora, sem conhecer, mais afinal pode falar o que quiser. Quem vai fazer o julgamento final não é eu e nem você é Jesus cristo que virá e não tardará ele sim pode dizer tudo o que ele quiser, por que ele vai saber separar o trigo do joio, falsos profetas viram, e ele não rotulou se é da minha ou da sua igreja, mais viram, então, invés de você falar , busca pela a sua salvação por que essa é individual, busca ter atitudes de cristo ,porque sem fé é impossível agradar a Deus!
      E para terminar ai daquele que falar de um ungido de Deus!!

      Curtir

      • Amigo(a) sol Você parece que não sabe ler, o irmão Dani e Bel trouxe estatísticas verídicas, pois há muita divergência entre as igrejas protestantes, e há sim pois já frequentei algumas de diferentes nomes, primeiro que ao chegar o visitante eles já falam que o católico vai pro inferno, ora quem julga não é Deus, sim nossa igreja no passado vez coisas erradas, mais quem é importante para Deus a instituição ou o povo? Me desculpe mais O Catolicismo veio primeiro…
        Uma pergunta: Acabou de acontecer um crime, havia no local uma testemunha que testemunhou(Obviamente) o ocorrido, a policia chega e investiga o crime, depois chega um rapaz que afirma ter chegado logo apos o ocorrido, mas suas informações diferem a da testemunha que estava exatamente no local, em quem a policia vai acreditar, quem está certo, o que viu o crime ou que chegou depois? Pense, Reflita…
        Jesus Ama Todos Nós. Não importa a Religião, A Cor o dinheiro no Banco, Mas sim o coração limpo….

        Curtir

  3. A religião Católica esta chegando ao fim!Essa igreja idolatra , pagã e suja.Espero que também no futuro acabe o protestantismo. Yehoshua ira destruir essa religião porca denominada de Catolicismo, criada por constantino.Essa religião criada por um pagão chamado constantino.Ate o latim seus ignorantes é uma língua pagã.Teologia de fundo de quintal.

    No Novo Testamento a palavra “igreja” e uma tradução da palavra grega “ekklesia”, que nunca se refere a um lugar de adoração, mas tem em vista uma reunião de pessoas.

    Curtir

    • A questão aqui, Raphael é: existe uma “reunião de pessoas” que, igualzinho a vc, também quer ver essa Igreja no chão, destruída… Eles se dividem em três grandes grupos:

      -o anarco-comunismo

      – o globalismo ocidental meta-capitalista (os tais illuminatis)

      -o Islam

      Uma pergunta:

      Sabendo que toda essa picuinha entre as duas denominações cristãs só os favorece (vc, sem querer, faz propaganda de graça pra eles), em qual desses três mundos vc pretende viver feliz, próspero, LIVRE, em paz e de bem com a vida?

      Um aviso: não tem quarta opção, que foi descartada a priori pelos movimentos ateístas.

      Curtir

  4. Raphael,

    Você não é o único a se colocar contra a Igreja.

    Outros como você pensaram, imaginaram e desejaram a queda da Igreja de Jesus Cristo.

    A verdadeira igreja tem a marca da perseguição.

    E ao final, a Igreja sempre prevalece.

    Napoleão, Voltaire, Hitler, Stalin, Hugo Chaves…todos se foram…

    A Igreja assistiu as quedas de todos eles.

    A Igreja assistiu a queda do Império Romano.

    A Igreja de Jesus Cristo é indestrutível e esmagará os seus inimigos como de costume.

    Tem sido assim nos últimos 2.000 anos.

    Não se engane !

    “Fora da Igreja é possível tudo, exceto a salvação. É possível ter honras, é possível ter sacramentos, é possível cantar aleluias, é possível responder amém, é possível possuir o Evangelho, é possível ter fé no nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, é possível pregar; mas em nenhum lugar senão na Igreja Católica, é possível encontrar a salvação(Santo Agostinho)”.

    Santo Hilário de Potiers, Dr.da Igreja:

    “Foi Sempre privilégio da Igreja, Vencer quando é ferida, Progredir quando é abandonada, e Crescer em ciência quando é atacada.”

    Contemplando este mistério da Igreja, São Pio X dizia:

    “Os reinos e os impérios desmontaram; os povos que a glória de seus nomes assim como sua civilização os havia tornado célebres, desapareceram. Viram–se nações que, atingidas pela decrepitude, se desagregaram por si mesmas. A igreja, porém, é imortal por natureza, jamais o laço que a une ao seu celeste Esposo se romperá e, em consequência, a velhice não pode atingi-la; ela permanece exuberante da juventude, sempre transbordante dessa força com a qual ela nasceu do coração transpassado de Cristo morto sobre a Cruz”. (Encíclica Lucunda Sane).

    Curtir

  5. IBGE: o novo nome pra definir ” Espírito Santo”.

    PQP!

    Pastor, o senhor não tem vergonha nessa sua cara não de apostar o futuro da sua igreja (seita) numa instituição humana e temporal!?

    Outra:

    Me explica, pastor Silas, de que maneira aquele povo do Vaticano USUFRUI PESSOALMENTE de toda aquela riqueza já que tudo aquilo já virou patrimônio histórico da humanidade e não patrimônio da minha comunidade eclesial ou paroquial ou da minha família?? Será que o sacerdócio é composto de milionários? A conta-corrente dos padres e bispos tá forrada? A sua CentralGospel vai ficar pra quem quando o senhor bater as botas? Nem precisa responder.

    Outra:

    Como explicar a transferência de última hora no evento da JMJ senão devido aquela chuvarada PROVIDENCIAL que SALVOU o evento do MAIOR MICO da história dos eventos religiosos do último século (poupou seu povo de riscos e deslocamentos desnecessários, preservou seu povo da RODA DOS ESCARNECEDORES, DA ZOMBARIA DOS SEUS INIMIGOS) transformando o evento num EXEMPLO DE FÉ, PAZ, CONFRATERNIZAÇÃO E CIDADANIA (deslocando 3 MILHÕES de jovens pelo país de FORMA PACÍFICA, ALEGRE E SEGURA PRA TODO MUNDO, INCLUSIVE PRA QUEM NÃO TINHA NADA A VER COM O EVENTO, em CONTRASTE ao que se via dos confrontos armados pela juventude dos BLACK BLOCKS) . E olha que aquela molecada católica (OS PEREGRINOS) tinha tudo pra ‘PROTESTAR’ e revolucionar nas ruas pelo serviço que foi prestado a elas pelos organizadores do evento religioso e pelas autoridades públicas.

    Curtir

  6. Nao entendi o pq do adm falar q os evangélicos sao crentes e os catolicos so sao catolicos s eles s dizem cristãos eles creem em Deus e em Jesus Cristo a diferença do catolico para o evangélico é simplesmente q os evangélicos nao s permitem idolatrar a imagens e sim so idolatrar a jesus cristo q é quem nos salva nos cura opera milagres e bênçãos em nossas vidas e nao uma simples imagem criada pelo homem com o propósito q ate hj nao foi descoberto a propria biblia repudia as idolatrias de imagens pq so existe um unico salvador q é Jesus Cristo

    Curtir

  7. Deus esta dentro de cada um de nós ….
    Plante algo bom, plante coisas boas, frutos bons,
    nada fica escondido diante de Deus ….
    Falem o que quiser, mas Deus !!!
    Deus sabe de todas as coisas ….

    Mas a primeira instancia entendi perfeitamente a frase que o pastor Silas malafaia postou ..

    ” Em favor da familia e da preservação da especie humana ”
    Concordo plenamente ….

    Todos sabem o que essa frase expressa e significa ….

    Irmãos ….

    A Deus não se engana …..

    Passe o tempo que passar ….

    A justiça será feita, sua colheita chegará …

    Plante amor, Paz,

    Fuja das coisas qu não é de Deus …..

    Amém.

    Curtir

  8. Senhores e Senhores

    Não sejamos posse da Igreja ou melhor, das igrejas ou Religiões

    Mas sim de Deus ….

    Jesus …..

    Parem de discutir algo que não levará a nada

    cada um é responsavél pelas suas atitudes ….( livre arbitrio ).

    Plante

    Amor. Paz, Bondade …

    Deus nos fez iguais, todos irmãos perante a ele,

    não há diferencial, denominações ….

    Parem ….

    vcs grandes nomes da igreja deveriam nos dar exemplo …

    Só Deus nos salvará ou nos dará uma nova jornada …

    Aprendendo sempre … com amor … sabedoria …..

    Paz

    Luiz Correia …

    Curtir

  9. Gostei dessa paulada q o Padre deu na testa dele.
    Leia a parte q fez o Pr fugir!
    Ninguém está difamando e caluniando o senhor, Pastor. O senhor nunca ouviu falar da Terceira Lei de Newton, que se chama Lei da Ação e Reação? Para todo ataque a Igreja Católica, há aqueles que se indignam e protestam. Ou achava que seus impropérios discursivos iriam passar batido, sem que ninguém dissesse algo? Tu és bem ingênuo, não? Admira-me também sua colega de psicologia clínica, Marisa Lobo, dizer, no microblogger Twitter, que as ‘chiadeiras’ são, na verdade, reações proativas. Oras, eu imaginava que os ataques que vocês dois, mais a também psicóloga Rosangela Justino, sofrem da militância gay, abortistas e maconheira lhes trouxessem algum tipo de ensinamento, eu vejo que, aparentemente não. Quanto as ‘tais reservas de ouro’ do Vaticano é muito engraçado, muitos líderes evangélicos ou protestantes, como queiram adoram na vida real, nos meios de comunicações audiovisuais, nos sites protestantes e nas redes sociais, adoram falar sobre uma pretensa fortuna do Vaticano. É claro que o Vaticano tem bens, tem propriedade, mas a diferença de vocês pastores, todas elas não estão em nome de líderes ou laranjas para fugir da Receita Federal. Aliás, pastor, consta segundo a revista Forbes, que o senhor tem um patrimônio de 45 milhões de reais. Inquirido sobre isso, no Programa “De Frente com Gabi”, apresentado pela Marília Gabriela, e, transmitido pelo SBT, disse que o patrimônio foi obtido através de palestras como psicólogo e, as vendas dos produtos da editora de sua propriedade chamada “Central Gospel”, inclusive o senhor no programa da emissora de TV paulista disse que iria processar a matriz da Revista, que fica nos Estados Unidos. Até agora, não o vimos processar a publicação. Ficou medo? E o avião (foto abaixo) adquirido em dólar, pela bagatela do equivalente a 18 milhões de reais pelo senhor? ”Baratinho”, não?

    A época da compra, o senhor justificou que viajava e viaja muito durante a semana. Mas, me vem uma pergunta a cabeça, porque não usar um voo comercial? Não seria mais barato, mais em conta? Claro que sim e, inclusive, os milhões gastos poderiam ir para alguma obra social. Que tal explicar sua relação com Morris Cerullo e Mike Murdoch(foto à direita), as maiores referências da Teologia da Prosperidade nos Estados Unidos, onde os levou no seu programa para falar sobre venda de benção e bíblias de 900 reais? Alias, a Associação Vitória em Cristo tem alguma obra social, tem vastas e expressivas redes caritativas – creches, escolas, centros de dependências químicas, hospitais, asilos, etc – em todo mundo, como a Igreja Católica Apostólica Romana? Tem? Claro que não. O senhor, da mesma forma que o R.R. Soares, Edir Macedo, Valdomiro Santiago, Robson Rodovalho, dentre outros ícones da Teologia da Prosperidade sempre se aproveitaram da brecha jurídica brasileira, bem encontrada por advogados pagos a peso de ouro pelo dinheiro suado dos seus ‘fiéis’ seguidores e, desta forma, conseguir se safar da cadeia. Porque se fosse qualquer outro país, como os Estados Unidos, vocês estariam certamente presos e apodreceriam no presídio, ou seja, vivem a certeza da impunidade. E, assim, dessa maneira, acham que tem moral para falar do Papa Francisco, que anda de avião comercial, é avesso ao luxo, enfim, gosta de simplicidade? Poupe-me, pastor das suas ofensas gratuitas. Isso é sinal de quem está com o orgulho ferido, está com ciúmes e inveja. Quanto as risadinhas, mostram que o senhor é imaturo e debochado. É assim que debate? Claro que não. Tome emenda pastor.Os jovens felizes que participaram da JMJ, certamente repudiam seu ódio – que é ausência de amor ao próximo – baseado na “Sola Scriptura’ vigarista eincitador.Tenho pena de quem achou bonita a sua fala, pois, estas pessoas mostram comungar do mesmo sistema apologético rancoroso.

    Título Original: Artigo: Pastor Silas Malafaia ataca Jornada Mundial da Juventude; Papa Francisco e bate-boca com padre da Canção Nova. O Blogueiro faz algumas considerações sobre o assunto. Leiam, comentem e partilhem para os outros.

    Curtir

  10. Mais “juízes” do catolicsmo desmascarados.

    DESMASCARANDO AS “INTERPRETAÇÕES” BÍBLICAS DOS PASTORES SOLANO PORTELA E CIRO ZIBORDI CONTRA A VIRGEM MARIA

    É público e notório que parte dos pregadores evangélicos usa palavras soltas e fora de contexto para atacar a doutrina católica, quase sempre modificando o real sentido das Escrituras.
    Uma das questões que geram mais indignação e raiva por parte dos pastores evangélicos é a veneração católica à Santíssima Virgem Maria.
    Desejando mais uma vez atacar a figura da mãe de Jesus Cristo, e imaginando que falavam apenas para seus públicos, dois destes pregadores desta época tenebrosa produziram textos contra o catolicismo, senão vejamos:

    Solano Portela disse:

    “o papa deveria considerar é rejeitar os mediadores. “Não acatar a mediação de Maria, e muito menos a designação dela como co-redentora, lembrando que o ensino da Palavra é o de que ‘há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem’”.
    Disponível em 08/10/2015 – http://noticias.gospelprime.com.br/reverendo-cinco-pontos-mudar-igreja-catolica/

    Pastor Ciro Zibordi disse:

    “A Palavra de Deus diz claramente que só existe um Mediador: Jesus Cristo.”
    Disponível em 08/10/2015 – http://pastorciroresponde.blogspot.com.br/2008/08/pedro-foi-o-primeiro-papa-maria-teve.html

    Solano Portela e Ciro Zibordi citaram apenas uma pequena parte do texto para não fugirem da regra evangélica que consagra doutrinas permeadas com meias verdades, sofismas, textos fora do contexto e imprecisões.
    No texto em questão eles só foram até a parte que diz que Jesus Cristo é o único mediador, “esquecendo-se” de citar o restante do texto, que revela que a MEDIAÇÃO ali descrita não faz menção à intercessão para se pedir um emprego ou saúde, mas se trata da redenção do gênero humano, que só é possível por Cristo Jesus.

    O texto completo e fatiado por Solano Portela e Ciro Zibordi:
    “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo.” 1 Timóteo 2:5,6

    Qual é a parte do texto que Solano Portela e Ciro Zibordi fingiram não conhecer ?
    “O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo;“

    A pergunta que não quer calar é se a omissão e citação de texto fora do contexto se deu por ignorância ou má-fé.
    Se tivesse partido de Marinho Lutero, Pai dos evangélicos, já teríamos a resposta:

    Martinho Lutero: “Que mal pode causar se um homem diz uma boa e grossa mentira por uma causa meritória e para o bem da igreja (luterana). (Grisar, Hartmann, S.J., Martin Luther, His life & work, The Newman Press, 1960- pág 522).”

    Ora, se não há intercessores, o que faz o pastor orando pelos seus súditos ou pedindo orações para seus pares ?
    Por que não vão todos a Jesus Cristo ?

    O que ensina a Igreja Católica, sobre a mediação única de Jesus Cristo, que Solano Portela e Ciro Zibordi ainda não sabem ?

    CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA
    432. O nome de Jesus significa que o próprio nome de Deus está presente na pessoa do seu Filho, feito homem para a redenção universal e definitiva dos pecados. Ele é o único nome divino que traz a salvação e pode desde agora ser invocado por todos, pois a todos os homens Se uniu pela Encarnação, de tal modo que «não existe debaixo do céu outro nome, dado aos homens, pelo qual possamos ser salvos» (Act 4, l2)..
    480. Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, na unidade da sua Pessoa divina; por essa razão, Ele é o único mediador entre Deus e os homens.

    Ao que tudo indica, considerando suas peculiares “interpretações” bíblicas, os pastores Solano Portela e Ciro Zibordi têm Martinho Lutero como referência.
    Será mesmo ?
    Pois então diferente do que fazem com a Bíblia, onde escolhem apenas o texto ou a parte que gostam, deveriam uma vez na vida optar pela coerência e abraçar o reformador, não somente nas bravatas empreendidas pelo herege contra o catolicismo, mas também nas situações onde o mesmo fortaleceu as crenças católicas, se não vejamos:

    Martinho Lutero, pai do protestantismo:
    Lutero: “Peçamos a Deus que nos faça compreender bem as palavras do Magnificat… Oxalá Cristo nos conceda esta graça por intercessão de sua Santa Mãe! Amém.” (Martinho Lutero, “Comentário do Magnificat”)

    Entenderam o que Lutero disse sobre a intercessão de Maria Santíssima ?

    Mas fiquem tranquilos, senhores Solano Portela e Ciro Zibordi.
    Vocês não estão sós.
    Outros pregadores também “interpretam” a Bíblia como vocês.

    Silas Malafaia: “A bíblia diz que só existe um Deus e um único mediador entre ele e o homem; JESUS CRISTO Jo 14.6 |Tm 2.5 Jo17.3 em qualquer edição da bíblia.”
    Disponível em 08/10/2015 – https://twitter.com/pastormalafaia/status/361262370879832064

    Ana Paula Valadão: “Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus.”
    Disponível em 08/10/2015 – https://pt-br.facebook.com/anapaulavaladaodtoficial/posts/832843840133890

    Reverendo Moon: “Porque há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, homem.”
    Disponível em 08/10/2015 –http://sgvindadomessias.blogspot.com.br/2010/12/visao-do-reverendo-moon-sobre-jesus.html

    Todos os citados acima “interpretam” o texto do jeitinho de Solano Portela e Ciro Zibordi.
    Todos fazem apenas a leitura parcial do texto que, pronunciado fora do contexto, muda seu sentido e passa a ser usado para atacar a doutrina católica.

    E deve ser por conta destas “interpretações” peculiares, que sabiamente a palavra de DEUS condena a interpretação privada.
    “Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.” 2 Pedro 1, 20

    E deve ser também por isto que Jesus Cristo fundou uma só Igreja, e somente a ela deu poderes para ensinar e guardar o depósito da fé.
    “Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade.”1 Timóteo 3:15

    Conclusão:

    Permaneçam os discípulos de Jesus na fidelidade à Igreja que ele fundou na Terra.
    E permaneçam os demais fazendo as obras de Moon.

    Autor: Bel Dantas com a colaboração de A.Silva – Divulgação autorizada com os devidos créditos

    Curtir

  11. DESMASCARANDO O SITE EVANGÉLICO CACP

    Em mais um de seus “preciosos” artigos, o Sr. Paulo Cristiano resolve atacar a Igreja Católica, tentando sugerir que a única Igreja fundada por Jesus Cristo está abundantemente dividida.

    Mas o pior não é isto.

    Através do mesmo artigo, o Sr. Paulo Cristiano também pretende insinuar e desta feita de maneira inédita que, as 220.000 denominações evangélicas estão de pleno acordo, no tocante às matérias de fé e doutrina, compondo assim uma “una” e “coesa” Igreja Evangélica.

    Paulo Cristiano radicalizou. E certamente pensou:

    “Se é para ser impreciso, “sejamos 100% imprecisos”. Por que distorcer apenas metade dos fatos?”

    Sobre estas pessoas que enxergam nos outros aquilo que odeiam em si próprias, muito bem definiu o Dr. da Igreja: “Geralmente suspeitamos nos demais o que sentimos em nós.” (Santo Agostinho)

    Palavras de Paulo Cristiano:

    “Quanto às diferenças entre as igrejas evangélicas, não passam de meras diferenças na forma de seu culto. São coisas que não afetam os principais artigos de fé de nossas igrejas. Estas e outras são os únicos ou principais pontos de divergências que existem entre os evangélicos. Importante ressaltar que quando falamos em artigos de fé estamos nos reportando aos nossos credos. Assim as igrejas evangélicas ou protestantes seguem na mesma linha reta em relação ao que creem. É claro que pode haver diferença a respeito da aplicação de algumas palavras, mas todas estão de acordo no principal. É só comparar os credos das várias denominações protestantes entre si. Quanto aos pontos de disciplina é difícil determinar em qual das igrejas há maior divergência! “

    Disponível em 05/10/2015 – http://www.cacp.org.br/nem-una-nem-apostolica-a-falaz-unidade-catolica/

    Nosso comentário:

    Fazer referência a tais diferenças como “meras diferenças” é um insulto e deboche à inteligência de qualquer um.

    Suficiente procurar na Internet sem grande empenho e logo se acha pregador atacando pregador.

    Não há ninguém que não tenha sido chamado de herege, ou que não tenha chamado outro como tal.

    Paulo Cristiano, para perplexidade geral, diz: “A falta de uniformidade no universo protestante não prejudica sua unidade. É uma unidade no Espírito, pois é a vontade de Deus para seu povo”

    Ele culpa o DEUS VIVO por sua própria infidelidade à Igreja que Jesus Cristo fundou na terra.

    Ainda bem que nem todo mundo é como o Sr. Paulo Cristiano, defensor do indefensável:

    Pastor Juan Carlos Ortiz, em seu livro, diz:

    “Não obstante o que a Bíblia ensina, também nós os protestantes temos as nossas tradições: as denominações. Jesus tem somente uma esposa, a Igreja.

    Ele não é polígamo. No entanto chegamos até a dizer que as denominações fazem parte da vontade de Deus. Assim nós culpamos a Deus pelas nossas divisões e falta de amor. E depois criticamos os Católicos pelas suas tradições. Pelo menos suas tradições são mais antigas que as nossas. Não devemos tentar remover o argueiro dos olhos dos católicos, enquanto não tiramos a trave que encontra-se diante dos nossos” (O discípulo, p.132, Editora Betânia)

    Mas em se tratando de um texto do CACP, o autor não poderia terminar sua inacreditável defesa sem uma frase vazia, genérica e que não pretende chegar a lugar algum, conforme rotina dos apologistas evangélicos:

    “Deve haver não só unidade espiritual, mas também unidade bíblico-doutrinária; e isso, com exceção das falsas igrejas (seitas), as igrejas evangélicas possuem de fato.”

    Francamente, unidade bíblico-doutrinária é exatamente o que não há entre evangélicos, razão pela qual se dividem.

    E Paulo Cristiano ainda trata de dizer que as seitas não são igrejas e vice-versa. Naturalmente, sem mencionar nomes, porque nem ele mesmo sabe como definir quem é quem.

    Até o conceito sobre o que seriam as seitas é genérico.

    Definição de seita pelo CACP:

    “Em termos teológicos, podemos dizer que seita refere-se a um grupo de pessoas e que heresia indica as doutrinas antibíblicas defendidas pelo grupo. Baseando-se nessa explicação, podemos dizer que um cristão imaturo pode estar ensinando alguma heresia, sem, contudo, fazer parte de uma seita.”

    Disponível em 05/10/2015 – http://www.cacp.org.br/seita-algumas-definicoes/

    Segundo o CACP, seita é um grupo pessoas que defende doutrinas antibíblicas.

    O CACP só não explicou onde na Bíblia encontra-se esta doutrina, ou quando foi que Jesus transmitiu este ensinamento.

    Não sabendo explicar o que não tem explicação, o CACP recorreu através do mesmo texto as definições dos senhores Dr. Walter Martin, Josh McDoweell, Don Stewart.J.K e Van Baalen.ave Breese.

    E assim se cumpriu: “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;” 2 Timóteo 4,3

    E terminam com mais uma fábula genérica, que mais confunde do que esclarece:

    “…uma religião ou seita que se apresente como cristã, mas tem uma doutrina contrária às Escrituras, merece toda nossa atenção. Para tanto, devemos conhecer os meios adequados para se identificar uma seita.”

    E assim também se cumpre: “E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.” 2 Timóteo 4,4

    Tudo no CACP é definido genericamente por ele mesmo, pois estando obrigado ao Sola Scriptura, que prevê que tudo deve ser explicado pela Bíblia, não há outra alternativa que não seja um texto vazio e genérico, já que a Bíblia nada fala em protestantismo, além de condenar as divisões.

    E se a Bíblia condena as divisões, como é que ele poderia definir as condições para estabelecer o que lícito ou não em matéria de divisões ?

    Paulo Cristiano: “…mas todas estão de acordo no principal.”

    Que principal?

    Onde e quem definiu o tal do principal?

    Paulo Cristiano não explica. Joga tudo no ar.

    A pérola de Paulo Cristiano: “A unidade básica entre os protestantes.” ….

    Existem algumas crenças que definem o Cristianismo. Essas incluem algumas doutrinas que consideramos essenciais como a hamartiologia (doutrina sobre o pecado); a soteriologia (doutrina da salvação); cristologia (doutrina sobre Cristo); teologia (doutrina sobre Deus); a pneumatologia (a doutrina sobre o Espírito Santo). Dependendo de como a pessoa encara alguns assuntos doutrinários tais como Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, a morte vicária de Cristo, a salvação através da fé, a ressurreição de Jesus e a nossa, a autoridade única das Escrituras, a mediação única de Cristo, o Inferno de fogo; fornece o parâmetro para aferirmos se uma pessoa é Cristã ou não. Estes itens não são negociáveis. Qualquer pessoa que não acreditar neles não é cristã.”

    Disponível em 05/10/2015 – http://www.cacp.org.br/nem-una-nem-apostolica-a-falaz-unidade-catolica/

    Pergunta-se ainda ao Sr. Paulo Cristiano, em resposta ao seu texto, que superou os contos e fábulas:

    Onde e quem definiu o que é ou quando se dá “A unidade básica entre protestantes” ?

    Onde e quem, além de Paulo Cristiano, definiu as situações e credos para que se possa aferir que uma pessoa é ou não cristã ?

    Onde e quem definiu, além de Paulo Cristiano, quais seriam os pontos não “negociáveis” da Bíblia ?

    Paulo Cristiano responde: “…Estas incluem algumas doutrinas que consideramos essenciais.”

    Ou seja, Paulo Cristiano admite que ele próprio decide se esta ou aquela doutrina é ou não essencial.

    E o que diz a Bíblia que o Sr. Paulo Cristiano fingiu não conhecer ?

    “Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.

    E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.” João 17:21,22

    “Rogo-vos, irmãos, que desconfieis daqueles que causam divisões e escândalos, apartando-se da doutrina que recebestes. Evitai-os!”

    (Romanos 16:17)

    Mas a doutrina de Paulo Cristiano é tão confusa, que ao mesmo tempo que ele pessoalmente decide tudo, por outro lado ele acrescenta que este mesmo tudo depende da pessoa:

    “…Dependendo de como a pessoa encara alguns assuntos doutrinários tais como Jesus Cristo é verdadeiro Deus…”

    Mas quem julga tudo isto ?

    Além da definição que ele dá fora do contexto das Escrituras para o que pode ou não ser dividido, ou aquilo que pode ou não ser diferente entre as milhares de denominações, ele também diz que depende de como a pessoa “encara alguns assuntos doutrinários.”

    Interessante e trágioco é como Paulo Cristiano define tudo, ao mesmo tempo em que não define nada.

    Tudo é genérico. Fala de seitas sem mencionar nomes. Pessoas sem mencionar quais são. Doutrinas que não encontram respaldo bíblico e condições negociáveis ou não, as quais ele também não informa quais seriam.

    E tudo isto sabendo que a definição de Paulo Cristiano não é a mesma definição do Joca ou do Juca. Cada crente tem critérios próprios.

    E além disto, como pretende o CAPC convencer alguém de alguma coisa, se o próprio site ensina que não existem infalíveis ???

    “…a infalibilidade foi um estratagema que não deu certo, antes aumentou mais um erro no bojo dogmático do catolicismo. Ela não só perverte a doutrina cristã como contraria os fatos da história. Definitivamente, o Papa não é infalível, isso cabe somente a Deus e a sua Palavra – a Bíblia.”

    Disponível em 05/10/2015 – http://www.cacp.org.br/a-infalibilidade-papal/

    Se não há infalíveis, Paulo Cristiano e CACP também não são infalíveis. E, portanto, não são confiáveis em matéria de fé e doutrina.

    E se não são infalíveis, só um tolo daria crédito aos seus textos.

    Eles mesmo dizem: “…a Bíblia.”

    Se eles estivessem certos, bastaria ler a Bíblia. Nenhum crente evangélico precisaria de CACP ou de Paulo Cristiano.

    Então teriam que deixar os crentes em paz. Eles poderiam ler a Bíblia por conta própria e cada qual decidiria o verdadeiro sentido das Escrituras.

    Seguramente, a doutrina de Paulo Cristiano não é a doutrina dos santos que defenderam a infalibilidade papal.

    A doutrina de Paulo Cristiano está mais próxima de outro conhecido mestre, que desfila por aí também atacando o catolicismo:

    INRI CRISTO: “A ‘infalibilidade papal’ trata-se de mais uma invencionice, um absurdo de Roma, a fim de exercer o domínio sobre as massas e manter alienadas as mentes. ”Disponível na Internet em 20/03/2015: http://orkut.google.com/c886147-t1c161dc421bf01ab.html

    Paulo Cristiano: “…a infalibilidade foi um estratagema que não deu certo, antes aumentou mais um erro no bojo dogmático do catolicismo. Ela não só perverte a doutrina cristã como contraria os fatos da história.

    Definitivamente o Papa não é infalível, isso cabe somente a Deus e a sua Palavra – a Bíblia. ” Disponível em 05/10/2015 – http://www.cacp.org.br/a-infalibilidade-papal/

    Pois então permaneçam os Santos fazendo as obras dos Santos.

    E Paulo Cristiano, que nem de longe lembra o apóstolo, e que de Cristiano tem muito pouco, permaneça fazendo as obras de Paulo Cristiano ou de INRI CRISTO, se assim ele preferir.

    Não admitimos ataques pessoais e à honra ou à dignidade das pessoas. Repudiamos o cerceamento religioso e reprovamos ataques pessoais. Acreditamos no debate restrito às questões de fé e doutrina.

    Autor: A.Silva com a colaboração de V.de Carvalho – Livre divulgação mencionando-se os autores

    Curtir

  12. PASTOR CIRO ZIBORDI, INRI CRISTO E PASTOR POROROCA DIVAGANDO SOBRE A VISITA DO PAPA AO BRASIL

    Resposta católica aos apontamentos descabidos do Trio: Pastor Ciro Zibordi, INRI CRISTO e Pastor Pororoca sobre a viagem do Papa ao Brasil

    Por ocasião da recente visita do Papa ao Brasil, alguns religiosos, inconformados com a mobilização em torno do evento e com o sucesso e carisma de Francisco, trataram de escrever textos e mais textos criticando a Igreja Católica e seu representante máximo.

    Na linha de frente destes ataques nos deparamos com os pregadores televisivos. Até aí nada de novo.

    Com menos espaço na mídia, mas com sede de fama e notoriedade, outros pregadores trataram de escrever artigos para conseguirem maior visibilidade pegando carona na empreitada católica.

    Vejamos suas pérolas:

    Pastor Ciro Zibordi:

    “Como sempre, a principal razão da visita do papa ao Brasil é avivar o romanismo, combatendo o extraordinário progresso numérico dos evangélicos, especialmente do segmento neopentecostal.

    Disponível em 29/09/2015 – http://noticias.gospelmais.com.br/ciro-zibordi-visita-papa-tentativa-conter-igreja-evangelica-54716.html

    INRI CRISTO:

    “Ele e qualquer outro argentino que vier fazer turismo no Brasil, seja muito bem-vindo.”

    Disponível em 30/09/2015 – http://noticias.uol.com.br/tabloide/ultimas-noticias/tabloideanas/2013/07/19/inri-cristo-chama-papa-francisco-de-turista-argentino.htm

    Pastor Pororoca:

    A sequência de ataques de Poroca não se resumiu à liturgia católica, e atingiu também o papa Francisco, que segundo ele, veio ao Brasil para “adorar o demônio, que é Aparecida”.

    Disponível em 29/09/2015 – http://noticias.gospelmais.com.br/pastor-poroca-nega-vandalismo-apoia-fieis-destruiram-imagem-68356.html

    Mas afinal qual é a missão do líder do rebanho ?

    Qual é a missão daquele a quem Jesus Cristo entregou as chaves do céu e de seus sucessores ?

    Palavra do Senhor:

    “Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me?

    Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe:

    Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.” João: 21, 17

    E ainda: “Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos.” Lucas 22, 32

    Muitas são as tarefas e atribuições do Papa.

    O Papa, por exemplo, deve promover a unidade entre os Cristãos.

    Nos textos de João e Lucas acima, notamos que Jesus ordena que Pedro apascente suas ovelhas e confirme seus irmãos na fé.

    Pedro e seus sucessores devem nutrir, alimentar, conduzir, pastorear e ensinar ao rebanho.

    Ao invés dos chutes e achismos, sugerimos ao Trio Zibordi, Inri Cristo e Pororoca que consultem a doutrina católica.

    Eis um texto que sugerimos para consulta. A bela explicação do Professor Felipe Aquino:

    Disponível em 08/10/2015 – http://cleofas.com.br/voce-sabe-qual-e-a-funcao-e-a-missao-do-papa-na-igreja/

    E qual é a missão do Pastor Pororoca ?

    Suas publicações falam por si sós.

    E qual a missão de INRI CRISTO ?

    Sua missão seria: “preparar os eleitos, os sobreviventes do apocalipse nuclear que inevitavelmente acabará com este mundo caótico, para a formação de uma nova sociedade terrena, que vai se esforçar para cumprir a vontade do Criador”.

    Ele mesmo responde: “Eu posso ser louco, mas não burro”, disse ele ao “Daily Mail”.

    “Inri diz que experimentou pela primeira vez a “revelação” de que era o Cristo.”

    Disponível em 30/09/2015 – http://noticias.uol.com.br/tabloide/ultimas-noticias/2014/01/08/inri-cristo-e-noticia-em-jornal-britanico-posso-ser-louco-mas-nao-sou-burro.htm

    E qual é a missão do Sr.Ciro Zibordi, se não falar daquilo que ele não conhece ?

    É porque ele vibra, exaltando o “extraordinário progresso numérico” dos evangélicos, independentemente das doutrinas diversas e contraditórias que pregam uns para os outros e que podem ser vistas em larga escala, é que duvidamos de suas eventuais condenações em artigos e textos, no que se refere às doutrinas de seus pares.

    Ora, é justamente este que vibra com o “extraordinário” crescimento evangélico que depois irá dizer que placa de igreja não salva ninguém ?

    Ciro afirma que a visita do papa “como sempre” é avivar o romanistmo e combater o extraordinário progresso evangélico.

    Quanta pretensão !!!

    Ciro Zibordi acha que o mundo gira em torno das 220.000 denominações evangélicas.

    É claro que ele acredita que placa de igreja salva. Se não acreditasse, não estaria vibrando com tal “crescimento” evangélico às custas de inúmeras doutrinas divergentes, heréticas e contraditórias entre si, as quais algumas vezes ele mesmo já condenou em seus textos.

    Sugerimos que ele consulte os artigos: http://www.pr.gonet.biz/kb_read.php?num=2114

    http://macabeuscomunidades.blogspot.com.br/2012/08/o-protestante-salvo-pela-placa-de.html

    https://afeexplicada.wordpress.com/2013/11/02/o-protestantismo-das-pesquisas-com-suas-zombarias-e-deboches/

    Conclusão:

    Ora, apenas Pedro ouviu de Jesus:

    “Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.” Mateus 16, 18-19

    “Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me?

    Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe:

    Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.” João 21, 17

    E ainda: “Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos.” Lucas 22, 32

    E também foi a Pedro a quem DEUS Pai revelou sobre Jesus:

    “E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.” Mateus 16, 16.17

    De um lado a Bíblia. E de outro Ciro Zibordi, Pororoca e INRI CRISTO.

    Ora, nenhuma interpretação é de caráter particular. 2 Pedro 1, 20: “Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.”

    Este texto já elimina as doutrinas e achismos de Zibordi, Pororoca e INRI CRISTO.

    Até porque, apenas a Igreja e tão e somente a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade : “Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade”. (1Tm 3,15)

    Por tudo isto disseram os cristãos primitivos:

    “Onde está Cristo Jesus, está a Igreja Católica.”(Inácio de Antioquia. Carta aos Erminenses 8,2)

    Cipriano (200-258): “atrevem-se estes a dirigir-se à cátedra de Pedro, a esta igreja principal de onde se origina o sacerdócio… esquecidos de que OS ROMANOS NÃO PODEM ERRAR NA FÉ”.(Epist. 59,n.14, Hartel, 683)

    E que o trio Zibordi, Inri Cristo e Pororoca não se esqueça:

    Concílio Vaticano I (1869-1870): “Se alguém disser que o Pontífice Romano tem apenas o dever de inspeção e direção, mas não pleno e supremo poder de jurisdição sobre a Igreja universal, não só nas matérias que pertencem à fé e aos costumes, mas também naquelas de regime e disciplina da Igreja…seja excomungado” (Dz. 1831 cf. Dz. 1827).

    Limitamos o debate às questões de fé e doutrina. Acreditamos na liberdade religiosa e não admitimos cerceamento de qualquer natureza. Também repudiamos ataques pessoais ou à honra e à dignidade das pessoas. Repudiamos também deboches e zombarias de quaisquer tipos.

    Autor: André Melkis com a colaboração de Val Melkis – Divulgação autorizada com os respectivos créditos

    Curtir

  13. o espírito que esta em sila não critica a igreja católica, mas ele critica fazendo copia a manifestações do espírito Santo. o orgulho dele fala mais alto. Deus esta preocupado com o amor do homem. será que amar é trazer discórdias para ter a glória do homem. Só apenas nada, para que o espírito de Deus faça de mim o que ele bem entender, segundo a vontade de Deus. “amor de muitos esfriara” diz a escritura sagrada, e o PAPA (igreja católica apostólica e romana) está preocupada em que os seus fieis não percam esse amor. “quem não ama o seu semelhante, como vai amar a Deus que o não vêem.”

    Curtir

  14. DESMASCARANDO ROBERTO TORRECILHAS E SEU PROTESTANTISMO DELIRANTE

    Segundo ensinou Matinho Lutero, pai do protestantismo, mentir contra a Igreja Católica ou contra o papado não tem nada demais.
    Martinho Lutero:

    “QUE MAL PODE HAVER SE UM HOMEM DIZ UMA BOA E GROSSA MENTIRA POR UMA CAUSA MERITÓRIA E PARA O BEM DA IGREJA (LUTERANA)?”
    “PARA ENGANAR E SUBVERTER O PAPADO JULGAMOS QUE TUDO NOS É LÍCITO.” (DE WETTE. I, 478).

    Infelizmente, alguns dos seus seguidores tem preservado a máxima de Lutero e assim dedicam parte de seu tempo a escrever textos e mais textos caluniosos contra a Igreja Católica, contra a Virgem Maria, contra o Papado e contra os santos.
    Outros menos capazes intelectualmente também produzem pérolas contra o catolicismos por ignorância ou por terem se tornado meros repetidores das doutrinas pregadas por terceiros.
    E ainda há outros que desejando superar seus mestres acabam produzindo artigos e observações ainda mais delirantes do que seus professores.

    No texto em questão, vamos destacar uma observação feita pelo auto escolhido bispo Roberto Torrecilhas que é chefe de uma das 220.000 denominações evangélicas e a qual também se proclama a verdadeira Igreja de Jesus Cristo sob o nome de MINISTÉRIO APOSTÓLICO GERAÇÃO GRAÇA E PAZ – MINISTÉRIO GERAÇÃO GRAÇA E PAZ.

    Não sabemos exatamente se o Bispo em questão erra por ignorância ou por vaidade.

    Mas o fato é que o texto publicado no site de Torrecilhas é uma vergonha do ponto de vista técnico/científico:

    VII. A VIRGEM MARIA

    A essência da adoração na Igreja Católica Romana gira não em torno do Pai, do Filho e do Espírito Santo, mas da pessoa da Virgem Maria. No decorrer dos séculos as mais diferentes e absurdas crendices têm sido criadas em torno da humilde mãe do Salvador.”

    O texto pode ser visto no endereço eletrônico – http://gritosdealerta.blogspot.com.br/p/desmascarando-o-catolicismo-romano-19.html

    Torrecilhas que não frequenta Missas, não estuda catolicismo e não é visto em catequeses ou em consultas com membros do clero católico, concluiu, segundo suas próprias palavras que:

    “A essência da adoração na Igreja Católica Romana gira em torno da pessoa da Virgem Maria.”

    Mas o que ensina a igreja Católica afinal ?

    Não é possível neste texto reproduzir toda colossal doutrina católica de 2.000 anos.
    Mas podemos relembrar ensinos básicos que ao que tudo indica o mundo conhece com exceção do Sr. Torrecilhas

    Catecismo da Igreja Católica

    A ADORAÇÃO
    2096. A adoração é o primeiro ato da virtude da religião. Adorar a Deus é reconhecê-Lo como tal, Criador e Salvador, Senhor e Dono de tudo quanto existe, Amor infinito e misericordioso. «Ao Senhor teu Deus adorarás, só a Ele prestarás culto» (Lc 4, 8) – diz Jesus, citando o Deuteronômio (Dt 6, 13).
    2097. Adorar a Deus é reconhecer, com respeito e submissão absoluta, o «nada da criatura», que só por Deus existe. Adorar a Deus é, como Maria no Magnificat, louvá-Lo, exaltá-Lo e humilhar-se, confessando com gratidão que Ele fez grandes coisas e que o seu Nome é santo (10). A adoração do Deus único liberta o homem de se fechar sobre si próprio, da escravidão do pecado e da idolatria do mundo.

    Comentário:

    O catecismo ensinado aos católicos recorda que Maria adorou a DEUS.

    E se Maria adorou a DEUS, é óbvio que não é ela a pessoa a ser adorada.

    Mas a ignorância de Torrecilhas não para por aí:

    Dogmas católicos:

    5 – A Santíssima Trindade

    No Deus Uno há três Pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo. Cada uma possui a imutável Essência Divina.

    Comentário: A Igreja não ensina que Maria é deusa.

    11 – Cristo nos resgatou e reconciliou com Deus por meio do Sacrifício de sua morte na Cruz

    Jesus Cristo quis oferecer-se a Si mesmo a Deus Pai, como Sacrifício apresentado sobre a ara da Cruz em sua Morte, para obter-nos o perdão eterno.

    Comentário: A Igreja nunca ensinou que Maria salva.

    E se Maria não salva não pode ser DEUS.

    E se Maria não é DEUS não pode se adorada.

    41 – O Fim do mundo e a Segunda vinda de Cristo

    No fim do mundo, Cristo, rodeado de Majestade, virá de novo para julgar os homens.

    43 – O Juízo Universal

    O Cristo, Senhor e Salvador, depois de seu Retorno, julgará a todos os homens.

    Comentário: A Igreja não ensina que Maria irá retornar para julgar a humanidade.

    E se Maria não vai julgar a humanidade e se apenas DEUS é quem pode julgar, fica claro que Maria não pode ser DEUS.

    Tratado da Verdadeira Devoção da Santíssima Virgem
    14. Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

    Comentário: Muito fácil de entender que DEUS é o criador que pode todas as coisas e que Maria é pura criatura.

    O item 61 do mesmo tratado ainda diz:

    61. Primeira verdade. – Jesus Cristo, nosso salvador, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, deve ser o fim último de todas as nossas devoções; de outro modo, elas serão falsas e enganosas. Jesus Cristo é o Alfa e Omega, o princípio e o fim de todas as coisas.

    Precisa comentar ?

    Custa crer que Roberto Torrecilhas não tenha entendido.

    Portanto, se alguém quiser saber sobre catolicismo, estamos obrigados a reconhecer que menos ruim do que ir a Roberto Torrecilhas é consultar RR Soares, Edir Macedo, Malafaia ou Santiago.
    Mas se você quiser realmente conhecer a verdade, melhor mesmo é consultar a Igreja Católica, coluna e sustentáculo da verdade 1 Timóteo, 3, 15

    E respondendo ainda a máxima de Lutero “QUE MAL PODE HAVER SE UM HOMEM DIZ UMA BOA E GROSSA MENTIRA POR UMA CAUSA MERITÓRIA E PARA O BEM DA IGREJA (LUTERANA)?”
    “PARA ENGANAR E SUBVERTER O PAPADO JULGAMOS QUE TUDO NOS É LÍCITO.” (DE WETTE. I, 478).

    Resposta:
    “Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira. Mas, porque vos digo a verdade, não me credes.” João 8:44,45

    Autor: Anderson Dantas – Autorizada a divulgação mencionando-se o autor com a menção do nome

    Curtir

  15. DESMASCARANDO A DOUTRINA NEM UM POUCO BÍBLICA DO AUTO PROCLAMADO BISPO ROBERTO TORRECILHAS

    Roberto Torrecilhas no estilo Edir Macedo e também certamente inspirado por Rene Terra Nova, Neusa Itioka e INRI CRISTO, postou em sua página particular na Internet imprecisões, inverdades e fábulas contra o catolicismo.

    As citações de Roberto Torrecilhas podem ser notadas: Disponível em http://gritosdealerta.blogspot.com.br/p/desmascarando-o-catolicismo-romano-19.html até 16/02/2016

    Para que se tenha noção de sua falta de conhecimento e ranso contra o catolicismo, destacamos apenas algumas passagens do seu texto que revelam a doutrina ensinada por Torrecilhas aos incautos, se não vejamos:

    Disse Roberto Torrecilhas:

    Item 6.1 – parágrafo quarto – “Impedidos de interpretar a Bíblia por si mesmos, os leigos estavam privados da possibilidade de ver quão desrespeitosos à Bíblia são os dogmas acobertados pela Tradição. Só dessa forma, os dogmas fundamentados na Tradição estariam resguardados de julgamento e a Bíblia reduzida, assim, a um livro ininteligível e destituído de autoridade.”

    Nossos comentários:

    A Interpretação da Bíblia é vedada aos leigos porque:

    A Bíblia diz: “Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.” 2 Pedro 1, 20

    Portanto,

    Quem “interpreta” tal como Roberto Torrecilhas, afronta a Bíblia.

    Acertaram os leigos católicos que não interpretam a Bíblia.

    Acerta a Igreja que ensina que apenas a Igreja tem autoridade para interpretar as escrituras: “Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade.” 1 Timóteo 3:15

    Roberto Torrecilhas diz ainda:

    Item 6.2 parágrafo primeiro: “A Tradição da Igreja Romana é, sem dúvida alguma, um “outro evangelho” (Gl 1.8); antítese do Evangelho do Senhor Jesus Cristo. Ela não tinha lugar na igreja primitiva.”

    Nossos comentários:

    Aqui Roberto Torrecilhas comprova ser alguém que não estuda sobre a Igreja Primitva.

    Se existe algo que a Igreja Primitiva fazia era seguir a tradição.

    Afinal de contas, a Bíblia não caiu pronta do céu e a transmissão da doutrina só foi possível graças ao ensino oral.

    Mas o que disseram os cristãos primitivos sobre a tradição e que Roberto Torrecilhas não sabe ainda porque ao invés de estudar está ocupado assistindo Valdemiro Santiago, Silas Malafaia e RR Soares na TV ?

    “Não podemos, caríssimos, de modo algum duvidar de que toda a observância cristã procedede instruções divinas e de que tudo o que a Igreja recebeu como costume de devoção provém da tradição apostólica e do ensinamento do Espírito Santo” São Leão Magno

    “Em primeiro lugar [Inácio de Antioquia], acautelava-se a conservar firmemente a tradição dos apóstolos que, por segurança, julgou necessário fixar ainda por escrito. Estava já prestes a ser martirizado.” (História Eclesiástica Livro III, 36,4. Eusébio de Cesaréia, + ou – 317 d.C).

    A ignorância de Roberto Torrecilhas é completa quando faz referência ao tema Tradição Apostólica.

    E para que sua falsa doutrina seja desmascarada de forma cabal, sugerimos o texto abaixo que demonstra de forma inequívoca os pensamentos dos pais da Igreja favoráveis a Tradição e que Roberto Torrecilhas copiando seus mentores rejeita:

    Pais da Igreja e a Tradição Apostólica

    http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/patristica/estudos-patristicos/629-pais-da-igreja-e-a-tradicao-apostolica

    Roberto Torrecilhas, naturalmente, do modo mais evangélico possível fez afirmações que não condizem com a verdade, e, como não poderia deixar de ser, promoveu citações ao vento, sem citar fontes, referências bibliográficas e documentos históricos. Tudo é citado de qualquer maneira, conforme se vê abaixo:

    Torrecilhas: “3-2. O TESTEMUNHO DOS PAIS DA IGREJA

    Dos oitenta e quatro Pais da Igreja antiga, só dezesseis crêem que o Senhor se referia a Pedro quando disse “esta pedra”.

    Roberto Torrecilhas não disse quem seriam os 64 contra e nem quem seriam os 16 a favor da tradição.

    E muito menos citou as doutrinas dos supostos 64 que na sua visão condenariam a doutrina católica. Nem um mísero pensamento ou texto.

    Mais uma fábula lançada no ar para os inocentes que andam ajustando mestres para si.

    “Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas.” 2 Timóteo 4:3,4

    Roberto Torrecilhas não desiste. O complemento da primeira frase é outra “pérola” que merece nossos comentários.

    Depois de concluir: “…ela não tinha lugar na igreja primitiva”, já abordado acima, Torrecilhas conclui:

    “O Evangelho só, contém “todo o conselho de Deus” (At 20.27), dispensando, por¬tanto, a tradição vaticana.”

    Nossos comentários:

    Trata-se de outro ensino errado de Torrecilhas:

    O que dizem as Escrituras ?

    “Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez; e se cada uma das quais fosse escrita, cuido que nem ainda o mundo todo poderia conter os livros que se escrevessem. Amém.” João 21, 25

    O texto bíblico acima está nos dizendo que Jesus fez.
    E se Jesus fez tem valor.
    E se tem valor significa que é precioso.
    E se é precioso para nós, seguramente foi transmitido.
    E se não foi transmitido de forma escrita, o foi de forma oral.

    Para sustentar seu erro e passar adiante sua contaminada doutrina, Roberto Torrecilhas cita inclusive o texto de Atos 20,27:

    Ora, o texto ali definido ensina exatamente o contrário. E nada fala sobre a suposta suficiência das Escrituras que Torrecilhas pretendeu sugerir.

    O texto diz: “Porque nunca deixei de vos anunciar todo o conselho de Deus.” Atos 20, 27

    Onde o texto afirma que todo o Conselho de Deus está na Bíblia ?

    Onde o texto acima condena a transmissão oral ou tudo aquilo que Jesus Cristo fez e que não foi escrito(João 21, 25) ?

    Quem está certo ? A Bíblia ou Torrecilhas ?

    Roberto Torrecilhas ainda tenta distorcer a atuação do Espírito Santo quando diz no quarto parágrafo do item 6.2 do seu repulsivo texto:

    “A Confissão de Fé de Westminster traz num dos seus decretos algo que os católicos deveriam ler e não esquecer, que diz: “O Supremo Juiz, pelo qual todas as controvérsias de religião são determinadas e todos os decretos de concílios, opiniões de escritores antigos, doutrinas de homens e espíritos privados serão examinados e cujas sentenças devemos acatar, não pode ser outro senão o Espírito Santo, falando através das Escrituras”.

    Torrecilhas diz que as “sentenças” que devem ser acatadas são aquelas do Espírito Santo falando através das Escrituras.

    Ora bolas Sr.Roberto Torrecilhas !!!

    O Espírito Santo fala através da Igreja (1 Timóteo, 3,15).

    E a Igreja, inspirada pelo Espírito Santo deu a Bíblia ao mundo.

    E somente a esta mesma Igreja compete sua interpretação(2 Pedro 1, 20)

    Quer dizer que Roberto Torrecilhas deixou a Bíblia de lado para citar a Confissão de Westminster ???

    Quem deu autoridade para que a aventura protestante de Westminster prevalecesse sobre as Escrituras ???

    O que pretende Roberto Torrecilhas que deixando de lado as escrituras optou por consultar também os textos de Lietzmann ???

    Para completa decepção de Roberto Torrecilhas que corre atrás de ensinos de homens, podemos afirmar que o Espírito Santo não fala nem através do herege Lietzmann e nem pela Confissão de Westminster.

    O Espírito Santo fala sim, através da Igreja coluna e sustentáculo da verdade( 1 Timóteo 3, 15).

    Conclusão:

    A farsa é tão gritante que Roberto Torrecilhas chega a mencionar São Paulo como sendo alguém contrário a tradição, quando se sabe que o maior dos apóstolos pregou exatamente o contrário.

    Torrecilhas tem a pachorra de afirmar que Paulo pregava sobre a suficiência das Escrituras:

    Item 6.2, parágrafo segundo – “Paulo, o maior escritor e doutrinador do Novo Testamento, cujo ministério estava fundamentado no Evangelho, falou sobre a suficiência deste quando escreveu: “Antes de tudo vos entreguei o que também recebi; que Cristo morreu pelos nossos pecados, se¬gundo as Escrituras, e que foi sepultado, e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras” (1 Co 15.3,4, ênfase do autor).”

    Mas o que São Paulo disse sobre a Tradição que Roberto Torrecilhas omitiu para não se auto condenar ?

    “permanecei, pois, constantes, irmãos, e conservai as tradições que aprendestes, ou por nossas palavras, ou por nossa carta” (II Tes. 2, 15)

    Mas não é só:
    “que vos aparteis de todos os que andam em desordens e não segundo a tradição que receberam de nós” (II Tes 3, 6)
    “Eu vos felicito por vos lembrardes de mim em toda ocasião e conservardes as tradições tais como eu vo-las transmiti.” (1 Cor 11, 2)

    Sobre a suficiência das Escrituras alegada por Roberto Torrecilhas, o que a Bíblia ensina é exatamente o contrário:

    “Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;” (2 Timóteo 3, 16)

    O texto é claro. As escrituras são proveitosas. Ou seja, são úteis. De grande auxílio. De inestimável auxílio.

    Mas o texto não diz que as Escrituras são suficientes.

    E nem poderia ser diferente.

    Pois DEUS é grande de tal forma que ninguém pode medir, supor ou imaginar.

    DEUS não está dentro de um livro e tampouco restrito a tinta e ao papel.

    Poderia o DEUS que tudo criou ser menor do que a criatura por ele criada ???

    Da nossa parte, optamos por aqueles que seguiram na igreja, segundo as escrituras, coluna e sustentáculo da verdade. 1 Timóteo 3, 15

    E por dever de caridade, corrigimos todos aqueles que discordando de Jesus optaram por igrejas que ele não fundou e por “reformadores” que ele não constitui.

    “A doutrina católica nos ensina que o primeiro dever da caridade não está na tolerância das convicções errôneas, por sinceras que sejam, nem na indiferença teórica ou prática ao erro ou vício em que vemos mergulhados nossos irmãos.” (São Pio X)

    “Os sectários vociferam contra o que chamam ‘o nosso fanatismo’, porque os séculos passam e a Fé católica permanece imutável. Pelo contrário, o fanatismo dos sectários – por não guardar relação com a verdade – muda de vestimenta em cada época, levantando contra a Santa Igreja o espantalho de meras palavras, esvaziadas de conteúdo pelas suas obras: ‘liberdade’, que acorrenta; ‘progresso’, que devolve à selva; ‘ciência’, que esconde ignorância… Sempre uma bandeira que encobre velha mercadoria estragada. Oxalá se torne cada dia mais forte o ‘teu fanatismo’ pela Fé, única defesa da única Verdade!” (São Josemaria Escrivá)

    Finalmente:

    “Assim é o protestantismo: há pastores que não são pastores, e há doutrinas que não salvam, por não serem as doutrinas de Cristo”. (São Padre Pio)

    Autor: André Silva – Livre divulgação com os devidos créditos

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s