Silas Malafaia perdeu uma excelente oportunidade deficar calado neste sábado (27), quando começou a cutucar a igreja católica pela sua conta no twitter.

Primeiro ele começou mandando umas indiretas:

A Bíblia diz que só existe um Deus e um único mediador entre Ele e o homem: Jesus Cristo”, escreveu Malafaia citando os versículos de João 14.6 e I Timóteo 2.5.

Esse versículo deixou muita gente incomodado, que começaram a dizer que Malafaia só teria tuitado esse versículo por puro recalque e inveja.

Como resposta, Malafaia respondeu:

Está nos jornais de hoje. Papa reúne 300 bispos para falar da perda de católicos para os evangélicos. Quem está preocupado? Tenho que [rir] kkk”.

Malafaia, respondendo a críticos que o acusavam de enriquecer as custas dos fiéis, ainda disse mais:
O Vaticano possui uma das maiores reservas de ouro do mundo. Os bilhões de dólares fraudados do banco do Vaticano dirigido por cardeais… milhões e milhões de reais de ofertas e dízimos de católicos enviados para cobrir o rombo do banco. Querem falar de pastores? Calem a boca”.

Sobre o número de participantes da JMJ, Malafaia ainda cutucou:
Leia na folha de SP o que eu já sabia > Datafolha desmente organizadores da JMJ no máximo 1.2 milhões de pessoas em Copacabana. Interessante > evento evangélico a imprensa pergunta a PM o número de participantes. No evento do papa, aos organizadores. Tenho que [rir] kkkkk”.

Comento

1-Desocupado

Por mais que possa concordar com algumas posições políticas que o Malafaia defende(defesa da vida, liberdade de imprensa e liberdade de expressão), não tem como não discordar do comportamento ridículo que ele apresentou e já vem apresentando pelo twitter. Quem o segue sabe que não são raras as vezes que ele fica até de madrugada discutindo com pessoas que ele nem deve conhecer. Chega a ser deprimente saber que ele é desocupado a tal ponto para se prestar a ficar discutindo pelo twitter.

2- Milionário

É óbvio, ele sempre diz que não recebe salário como pastor, logo, não enriqueceu através do dízimo dos fiéis. Sim. No entanto, Ele ganha de outra formas. Só levando em consideração os livros e dvd que ele vende, não dá pra dizer que ele não enriqueceu às custas dos fiéis. Alem do mais, ele mesmo já disse que tem um patrimônio de 4 milhões de reais. Antes dele querer criticar o Vaticano, o correto seria ele vender os bens dele e distribuir entre os pobres. Do contrário, psiu…

3- Munição

Ele, como líder religioso, deveria saber que ficar atacando a igeja católica apenas alimenta os seus próprios inimigos. Se ele fosse esperto deixaria os católicos na deles.

4- Mídia

A mídia sempre teve e sempre terá um viés negativo em relação aos evangélicos. Ele já deveria estar acostumado com isso.

5- Teólogo da prosperidade

Silas Malafaia defende a famigerada Teologia da Prosperidade, já tendo inclusive vendido a Bíblia da Vitória Financeira por 1000 reais em seu programa, prometendo uma benção financeira para quem a comprasse. Eu só gostaria de saber onde fica o PROCON do céu pros fíéis quem não receberão a tal benção.

A lógica de Silas é satânica: você dá e depois deus tem que te dar de volta. Desta forma, deus vira um empregadinho do fiel que deu a oferta. Se ele tivesse moral, incentivaria seus fiéis a contribuirem com amor, de acordo com aquilo que podem, sem condicionar nada em troca por parte do todo-poderoso. Mas ai acho que menos gente ia dar, né?

Anúncios