Bolsa Prostituta? Bahiano tenta pagar prostituta com cartão do Bolsa Família


SALVADOR – A Delegacia de Itapetinga, está investigando um caso de uso incomum do cartão do Bolsa Família. Um homem, identificado como  “João”, tentou pagar os serviços de uma prostituta e o motel em que pretendia realizar o programa sexual com o cartão do principal programa social do governo. A confusão começou quando a prostituta tentou cobrar adiantado os R$ 50 do programa. “João” percebeu que estava sem dinheiro, e perguntou se ela não aceitaria o pagamento através do cartão do Bolsa Família.

A mulher se recusou e, devido à discussão, a PM foi chamada. Para pagar a entrada no quarto do motel, o homem teria deixado o aparelho de som do seu carro. Os policiais militares contaram que “João” se irritou com o escândalo e reclamou da situação nos seguintes termos:

— Itapetinga tá atrasada mesmo, nem as p… aceitam cartão!.

O delegado Roberto Júnior disse que o caso foi registrado como um “termo circustancial” de um cliente que não pagou o motel.  O uso do cartão do Bolsa Família ainda está sendo investigado.

— O problema é que os policiais não retiveram o cartão, pois aí eu só liberaria na presença da titular — disse.

Pelas regras do programa, a titular do cartão é, preferencialmente, a mulher da casa. O delegado explicou que se ficar comprovado o uso indevido, o cartão pode ser cancelado.

Fonte: O Globo

Comento

Depois tem gente que discorda de mim quando digo que o assistencialismo do PT é uma grande sacanagem. Um homem tentou usar um cartão do Bolsa Família para trair a sua própria família.

Esse caso pode ser visto pelos diferentes prismas:

1- O mau uso do dinheiro do povo no assistencialismo desenfreado e sem prestação de contas.

2- A degradação do trabalho das prostitutas e o baixo valor do sexo no Nordeste. Por apenas 50 reais, existem mulheres que se dispõe a encarar os perigos da “vida fácil”. Ao invés dos nossos políticos ficarem discutindo benefícios para as prostitutas, deveriam criar oportunidades para que elas pudessem sair dessa situação horrorosa. Nenhuma mulher se prostitui por um valor tão baixo porque gosta. Elas fazem por necessidade.

3- A decandência moral da nossa sociedade. Além do homem ter coragem de recorrer a uma prostituta, ainda tentou pagá-la com um cartão de beneficiário do Bolsa Família. Como se essa situação não fosse bizarra o suficiente, ele ainda brigou com a prostituta que já tinha acabado de transar porque ela recusou ser paga com o cartão. E pra fechar com chave de ouro: ele pagou a prostituta com o som do carro. ORA BOLAS! O cara tem carro, gasta dinheiro com prostituta e ainda recebe auxílio do governo. Tem alguma coisa errada nessa história – e não é a prostituta.

Bem, acho que casos como esse só devem ser a ponta do iceberg. Se isso é o que a gente sabe, imagina o que a gente não sabe, né?

Um comentário

  1. e ainda tem muito o que acontecer parecedido como o que acontecer, irão até comprar drogas, que pena do assistencialismo do PT!

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s