Pesquisa Ibope: Aprovação de Dilma cai para 31%


Queda na aprovação

A queda na aprovação do governo Dilma Rousseff, já apontada por pesquisas Datafolha, foi confirmada nesta quinta-feira pelar pequisa Ibope. De acordo com a pesquisa, a aprovação do governo caiu de 55% para 31%. Antes de atingir 55%, a popularidade do governo estava em 63%.

Ruim e péssimo

Outro dado da pesquisa também deve preocupar a presidente: no mês passado, 13% da população consideravam o governo ruim ou péssimo. Agora, o número é de 33%.

Motivos

A pesquisa aponta a alta da inflação como origem da queda de popularidade, num processo que teria se intensificado com o início das manifestações. Segundo o levantamento, a área com melhor desempenho do governo federal é a da Habitação e Moradia, enquanto a pior é a Saúde, do ministro Padilha, cotado para disputar o governo de São Paulo.

Pior que Lula

Assim como a avaliação do governo, a aprovação da maneira de governar de Dilma caiu, de 71% (junho) para 45% (julho), número inferior ao daqueles que desaprovam a forma de governar da presidente, que atingiu 49%. A confiança dos eleitores em Dilma  também caiu desde o mês passado, quando 67% deles afirmaram confiar em Dilma. O percentual foi para 45% em julho, contra 50% dos entrevistados que afirmaram não confiar na presidente.

Em junho, 73% disseram que a presidente era melhor ou igual a Lula, enquanto, na pesquisa deste mês, o percentual caiu para 52%. Além disso, aqueles que acreditam que a presidente faz um governo pior do que o de Lula, que eram 25% no mês passado, subiram para 46% em julho.

Manifestações

A pesquisa aponta ainda que cerca de 30% das pessoas desaprovou totalmente a resposta dada pelos governantes às manifestações de junho. Outro dado interessante: 84% dos entrevistados não participou dos protestos, mas 39% responderam que são a favor das manifestações. Além disso, 43% dos entrevistados que pretendem voltar às manifestações pedem maiores investimentos na saúde.

Prioridades

A saúde é o principal problema do Brasil na avaliação da população, segundo a pesquisa. Os entrevistados deveriam apontar os três problemas que consideravam principais entre uma lista com 25 opções. A saúde foi assinalada por 77% deles. A educação é a segunda maior preocupação e foi apontada por 39% dos entrevistados na pesquisa, seguida por segurança pública e violência com 38% das respostas. O uso de drogas e a corrupção completam o quadro dos cinco principais problemas que preocupam o brasileiro com 29% e 27%, respectivamente.

Fonte:  Agência Brasil

Um comentário

  1. e se ela não tomar as rédias vais se complicar mais ainda, pelo ou menos ela apoiar o Joaquim Barbosa a colocar todos os mensalões na cadeia.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s