Catra no famigerado clipe MR. Kong, acusado pelo MP de vincular a figura do macaco com a da população de cor.

Fonte: IBAHIA

O cantor Mr. Catra não deixa de causar polêmica. Na manhã desta segunda, data que é comemorado o Dia do Homem, não foi diferente. O funkeiro mandou um recado para àqueles que agridem as mulheres.

 

“Homem que bate em mulher é em homosexual, é o verdadeiro bixinha. Esse é o cara que vive no armário, e não tem coragem de se assumir. Bate no que ele acredita serem seus rivais. E podem acreditar, o homem que vive no armário são os verdadeiros homofóbicos”, disparou.

E não foi só isso. Catra, que mantêm quatro relacionamentos, revelou ser o homem mais feminista do Brasil:

 

“Brigo pelos direitos das mulheres, por que não sei viver sem elas. Meu sonho era morar em uma cidade só de mulheres”.

 
O funkeiro adiantou que fará uma campanha contra a homofobia, citando o personagem Félix, do ator Mateus Sonalo, da novela ‘Amor à Vida’.

 

“Vou fazer uma campanha para o Félix. ‘Felix, sai do armário e ajude a galera que está trancada sair'”, completou.

 

Comento

Mr. Catra é um eterno gozador que é tão oportunista que não perde uma chance de polemizar. Chego a ter vergonha alheia ao ler tantas contradições hipócritas.

Feminista

Catra diz que é o maior feminista do Brasil, mas em suas letras ele coisifica a figura feminina como um mero objeto de prazer. Se ele gostasse tanto de mulher seria homem de verdade e teria só uma. Quem precisa  ostentar várias mulheres certamente ou está querendo compensar alguma coisa ou é um promíscuo que não sabe conter os seus apetites. O homem de verdade é aquele que respeita a sua mulher e não precisa ficar procurando outras na rua. É muito oportunista da parte de Catra posar de defensor das mulheres, criticando a agressão contra elas, quando suas próprias letra incitam o adultério. Se ele soubesse pensar teria aproveitado a oportunidade para ficar calado.

Homofobia

A ignorância é o maior alimento do preconceito. Agora virou moda entoar dois dogmas:

1- Todo homofóbico é um gay enrustido.

2- Todo gay enrustido é mau caráter.

1- Todo homofóbico é um gay enrustido.

Gente, vamos por partes. Por mais que alguns homofóbicos possam até ser gays enrustidos, generalizar é uma atitude típica de um imbecil. Qualquer um pode perceber que não é necessário ser gay para ser homofóbico, basta ter recebido uma criação que tenha orientado esse sentimento. Sendo assim, como a homofobia pode ser aprendida , não é honesto intelectualmente vinculá-la arbitrariamente a homossexualidade, pois esta pode ser motivada por fatores genéticos.

2- Todo gay enrustido é mau caráter.

Agora a Rede Globo está colocando um vilão homossexual em sua novela. Seu nome é Felix(gay significa feliz em inglês). Se alguém reparar, existem na novela alguns personagens que são gays. Por uma “coincidência”, os gays “do bem” são aqueles que são assumidos e o gay “do mal” é o que é enrustido. Logo, fica evidente que o plano da Rede Globo é induzir as pessoas ao preconceito contra os homossexuais que ainda estão no armário para que mais pessoas saiam dele. Vocês podem até reparar que o Felix já está virando um símbolo da homossexualidade enrustida.

Bem, como sempre digo, o que apoio é a liberdade. Se alguém quer ser assumido, ótimo; se quer ser enrustido, ótimo. Não cabe a mim julgar a vida dos outros. Cada um que faça consigo mesmo aquilo que quiser. Esses imbecis são tão hipócritas que nem percebem o que estão pregando. Se ser gay enrustido é a condição inicial para alguém ser homofóbico, então o que eles estão dizendo é que para alguém ser um preconceituoso homofóbico primeiro é preciso ser gay.

Sendo assim, percebemos que melhor é um gay enrustido do que um hipócrita assumido.

Isso que é feminismo!

Anúncios