Eu fiquei tão chocado com essa notícia que até parei o que estava fazendo só para postar a reportagem do Valor Econômico. Vejam abaixo:

Voltei

Na reportagem acima, o deputado Garotinha fala uma possibilidade que eu já havia apontado desde meses atrás: uma candidatura PT+PMDB inviabilizaria qualquer chance de vitória do candidato do PR. No entanto, eu disse isso a meses atrás, antes dos protestos, quando a popularidade do Cabral ainda estava acima dos 50%.

Cabral + Lula?

Hoje, as chances de Pezão, que em nenhuma pesquisa passa dos 12%, são mínimas. Sendo assim, Cabral já estaria articulando lançar o nome do carismático Lindbergh (PT) ao governo do Estado, com um vice do PMDB. Em troca, Cabral se ofereceria para compor chapa com Lula à presidência em 2014.

Probabilidades

A matéria do Valor é ótima e merece ser lida. Se essa teoria se confirmar, tudo indica que Cabral irá se dar muito bem, pois com Lula ele se elege a vice e apoiando Lindbergh ele tem mais chances de continuar mandando no Rio.

Anúncios