O 4 de julho e o racismo dos democratas


Obs: Hoje estou numa viagem a trabalho, então vou tentar posta da forma mais porca possível. Quando chegar em casa eu colocarei o link de referência das notícias.


4 de julho
Bem diferente da Banânia, nos States dia da independência é coisa séria. Isso ocorre porque lá, a história e a cultura americana é ensinada e valorizada de forma inimtemrrupta a mais de 300 anos. Ousados peregrinos protestantes resolveram fugir da perseguição europeia e criaram um país em que o lema é a liberdade. Tempos depois, esses mesmos colonos pegaram em armas para se livrarem do domínio inglês. Talvez por isso o americano valorize tanto a liberdade, porque ele derramou sangue para obtê-la – e não foi só os de seus inimigos.

Racismo democrata
Eu já falei isso em vários posts no passado, mas a realidade teima em reafirmar o que digo. Esses dias a imprensa americana foi sacudida com a descoberta de que uma famosa cozinheira da tv americana proferiu ofensas racistas a 30 anos atrás. Isso significa que a imprensa vai pegar no pé dela, correto? Claro que não, pois a cozinheira em questão, Paula Deen, é democrata a anos e já contribuiu milhares de dólares para as campanhas de Obama. Sendo assim, até o racismo é perdoado nos EUA se a pessoa é obamista. Teve até líder do movimento negro americano dizendo que as ofensas dela deveriam ser perdoadas. Quero ver se ela fosse republicana.

Voto escravo
O partido democrata sempre foi o braço político da segregação no sul dos EUA. Isso só mudou depois que o presidente democrata Lyndon Johnson aprovou a lei dos direitos civis. A partir desse fato o eleitorado de cor passou do partido republicano para o democrata. Hoje, quase 90% dos afroamericanos são voto cativo dos demos, que nem tem que fazer muito esforço para tirá-los de casa para votar a cada 4 anos. O medo dos republicanos cortarem os benefícios sociais é a principal força que os prende aos liberais. Mesmo depois de quase 50 anos de apoio praticamente incondicional ao partido democrata, os afroamericanos ainda são o grupo social menos escolarizado e abastado da sociedade americana.

Alec Baldwin
Meses atrás, Alec Baldwin foi pêgo fazendo ofensas racistas a um afroamericano que encontrou na rua. Vocês acham que a imprensa americana grilou? Que nada! Baldwin é democrata e contribuinte das campanhas de Obama. Mas vocês pensam que ele parou por ai? Que nada ao quadrado. Agora o ator foi pêgo fazendo ofensas homofóbicas no twitter. Vocês acham que a mídia liberal grilou com isso? Pff! A indenpedência americana cada vez mais depende do partido que você está filiado.

Anúncios

2 thoughts on “O 4 de julho e o racismo dos democratas

  1. odailson bezerra 04/07/2013 — 22:16

    o que o feliciano imaginou no dia de hoje?

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close