Pesquisa presidente 2014: Instituto Paraná aponta Dilma com 34% e coloca Serra na disputa


Abaixo os dados da pesquisa feita pelo Instituto Paraná:

Serra x Aécio

Pelo visto a intenção dessa pesquisa é levantar o nome do Serra como candidato mais viável do PSDB, para assim como já está ocorrendo no PT, criar uma polêmica de qual seria o melhor candidato do partido. Não caia nesse joguinho. Serra tem um maior percentual que Aécio porque tem mais recall (tem mais reconhecimento por ter participado de 2 eleições presidenciais). Já Aécio, mesmo sem ter tanto reconhecimento, não está muito atrás. O fator preponderante para chutar Serra da disputa é sua taxa de rejeição, que só em São Paulo ultrapassa os 40%, o que faz dele um candidato impossibilitado de vencer qualquer eleição majoritária.

Renda

Como podemos ver acima, o eleitorado de alta renda (geralmente com mais escolaridade) dá menos de 29% a Dilma. Como esse eleitorado corresponde muitas vezes aos formadores de opinião, nunca antes na história desse país uma presidente se reelegeu sendo tão desaprovada por esse eleitorado. Já a classe C (ou nova classe média) dá algo em torno de 34% a presidente, o que prova que apenas 1/3 da classe média vê o governo do PT com gratidão. Entre os pobres, os 42% de Dilma é muito pouco, pois, diferente do eleitora escolarizado, o eleitorado pobre tende a mudar de candidato com mais facilidade.

Região

Nessa pesquisa Dilma aparece acima da pesquisa Datafolha( seus 30% agora seriam 34,4%). No Nordeste sua vantagem diminuiu para 38%(no Datafolha era 40%). Enquanto que a pesquisa Datafolha mostrava Marina liderando Dilma no Sudeste, o Instituto Paraná mostra Dilma ainda acima por 7 pontos. No Norte/Centro-Oeste, as duas estão empatadas tecnicamente. Aécio tem melhor desempenho no Sudeste e Campos no Nordeste.

Indecisos

O mais interessante dessa pesquisa é saber aonde estão os indecisos, que segundo a pesquisa seriam 8,4% os que não sabem e 10% os que não votariam em nenhum (ricos, 17%; classe média, 20%; pobres, 21%). Portanto, tudo depende de qual candidato será capaz de seduzir esses indecisos, que estão principalmente no Sudeste (21%). Nesse ponto, o governo Dilma ainda teria como conquistar boa parcela de indecisos pobres, enquanto que Aécio e Marina teriam mais facilidade de conquistar os votos da classe média. A candidatura de Campos é fundamental, uma vez que tirariam votos de Dilma na sua trincheira mais vital: o Nordeste.

 

 

Anúncios

3 thoughts on “Pesquisa presidente 2014: Instituto Paraná aponta Dilma com 34% e coloca Serra na disputa

  1. odailson bezerra 04/07/2013 — 22:02

    e ela irá cair mais ainda.

    Curtir

  2. todos sabem que a dilma não tem como sustentar esta posição, se o Serra for
    para MD, entra já com empate técnico!…….

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close