Primavera árabe e o lado bom dos protestos no Rio de Janeiro


Nada como a irreverência do mundo pokémon.

Luta pelos vintinhos

Hoje houve uma reunião com os líderes do Movimento Passe Livre. O principal ponto da reunião é que a demanda do movimento continua sendo a revogação imediata do aumento, ou seja, a principal demanda do movimento continua sendo os benditos dos 20 centavos. Bem, é um direito deles protestar, e um direito ainda maior demandarem o que bem queiram. Agora prestem atenção no slogan do MPL: “se a tarifa não baixar, São Paulo vai parar”. Uma coisa é protestar; outra, bem diferente, é ameaçar. Quem são eles para ameaçar o direito constitucional de ir e vir de toda a população paulista?

Copa x ônibus

Digo isto por um motivo: no Rio de Janeiro, onde o MPL não é atuante, houve um protesto com mais de 100 mil pessoas, enquanto que em São Paulo, onde o protesto foi originado pelo MPL, só havia 70 mil pessoas nos protestos de hoje – e olha que a população de São Paulo é maior que a do Rio. O principal motivo pelo sucesso maior da manifestação do Rio é que ela focou no que realmente importa para a totalidade do povo: os malditos gastos da porcaria da Copa e a corrupção.

Bandeira do PSTU

Surpreendentemente, as manifestações estão cada vez mais desvencilhadas de elos partidários e com um discurso mais abrangente. Prova disso é que a bandeira do PSTU foi vaiada nas manifestações de São Paulo, o que prova que os protestos estão ganhando caráter apartidário e mais consciente. Esse afastamento da agenda esquerdista já fez com que muitos figurões da esquerda começassem a se coçar. Vejam abaixo:

Parece que todo protesto popular deve ser monopólio da extrema esquerda, né?

Independente de 20 centavos

Agora os protestos se espalharam por todas as principais cidades que estão sediando a Copa das Confederações. Os manifestantes estão, com toda a razão, reclamando da violência e dos gastos com a Copa. Isso prova que o sentimento de indignação abrigado no coração do brasileiro independe de um aumento de 20 centavos. Finalmente o Brasil saiu da sua inércia e começou a reinvidicar os seus direitos. Jamais imaginei que isso poderia ocorrer e tenho certeza que esses protestos vão durar até a Copa.

O principal problema ao meu ver não é vandalismo, mas a influência que esses protestos podem receber por parte da extrema esquerda. Se isso ocorrer, toda essa indignação motivada pelos mais de 10 de PT apenas virará massa de manobra para manter no poder esse mesmo partido.

Contra tudo que está ai

Um ponto interessante é o foco. Esses protestos são contra os principais partidos (PT, PSDB, PMDB e cia). Na mente dos protestantes, os protestos irão forçar “os políticos” a fazerem alguma coisa. É uma ingenuidade ver todas as forças políticas do país como um monobloc que melhorará a situação apenas porque foi cobrado. Por mais ingenuidade que seja, é um dever do povo cobrar. Outro problema é que se os protestos são “contra tudo que está ai”, deve-se haver o cuidado para não ver esse movimento cair no colo de alguma ideologia radical.

Primavera árabe

Nenhum levante no mundo árabe melhorou a situação econômica de nenhum país. No Egito, foram os estudantes que foram para as ruas, mas foram os radicais islâmicos que tomaram o poder. Dessa forma, é possível que um levante acabe facilitando a vida de grupos políticos já estruturados mas que não tenham apoio popular o suficiente para tomar o poder.

Lado bom

É impossível não notar que há um lado ótimo nisso tudo. Toda essa indigação é mais do que legítima. Finalmente o brasileiro comum está usando o seu direito de protestar para tirar da garganta suas reclamações contra o governo. Agora os políticos saberão que não estão lidando com quem tem sangue de barata. Pelo menos a juventude brasileira parece ter se divorciado de vez do eixo PT-PSDB. Mesmo que a falta de pragmatismo e a utopia ainda sejam marcas desses protestos, podemos concluir que um tumulto generalizado tende a piorar mais a situação de quem está no poder. E por incrível que pareça, felizmente, quem está no poder é o PT.

3 comentários

  1. se o país é livre porque eu sou obrigado a votar? Tá saindo caro essa liberdade!

    Curtir

  2. Definitely consider that that you stated. Your favorite justification appeared to be on the internet the easiest thing to have in mind of. I say to you, I definitely get annoyed even as other people consider worries that they plainly don’t recognize about. You managed to hit the nail upon the highest as smartly as defined out the entire thing with no need side-effects , other folks could take a signal. Will likely be back to get more. Thank you!

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s