Prefeito petista de Santa Cruz do Arari causa polêmica ao promover o genocídio de animais


Notícia (G1)

Uma medida adotada pelo prefeito de Santa Cruz do Arari provocou polêmica: cerca de 200 cães foram capturados e enviados para a zona rural da cidade, no último dia 28. De acordo com Marcelo Pamplona, prefeito do PT, a ação ocorreu porque havia muitos cachorros nas ruas, o que provocava sujeira e transmitia doenças para a população.

Genocídio canino(G1)

A iniciativa da prefeitura desagradou moradores. De acordo com denúncias, até mesmo animais com donos foram capturados, e muitos teriam morrido por maus-tratos. Vídeos registram cachorros sendo laçados até por crianças, que teriam recebido dinheiro para caçar os animais. “Estavam pagando R$5 pelo cachorro e R$ 10 pela cadela”, conta o cozinheiro Aragonei dos Santos, de 29 anos, que fez os flagrantes.

Prefeito petista (G1)

O prefeito Marcelo Pamplona (PT) confirmou a ação de caça aos cachorros. Ele explicou que a medida pretendia reduzir o número de animais nas ruas. “Esses bichos causam uma sujeira enorme, defecam nas ruas, e transmitem doenças. Algumas pessoas foram atacadas por eles. Os cães até atacam bezerros. A própria população me cobrava uma atitude”, declarou.

Jogo de empurra(G1)
Ainda de acordo com o prefeito, os cachorros capturados foram levados para a zona rural da cidade. Ele admite que o novo espaço para ao animais não teria qualquer infraestrutura para receber os cachorros. “A cidade é muito pequena, falta tudo. Não temos agentes do zoonoses para cuidar da proliferação dos cachorros. Solicitei em maio de 2012 para o estado uma equipe do zoonoses para cá, mas ninguém nos atendeu”.

Perseguição ao PT(G1)

Pamplona nega que os animais tenham sido sacrificados, mas admite que possa ter havido excesso por parte dos agentes que fizeram a captura. “ Agora, cachorro da rua, brabo, vai capturar como? Tem que ser no laço”, alega. Quanto a denúncia de agressão, Pamplona nega o caso e declarou que se trata de perseguição política.

Nazismo no Pará

Atitudes hipócritas desses políticos são muito comuns no Brasil. Essa temporada de caça aos cães promovida delo prefeito do PT é mais um episódio que mostra como nossos políticos são capazes de desrespeitar não só os direitos humanos mas também os direitos dos animais. Querem cercear nossa liberdade de expressão (PL122), mitigar nossa liberdade de imprensa (Lei da imprensa), acabar com nosso direito à vida (legalização do aborto) e promover a impunidade( são contra a redução da maioridade penal).

Genocídio seletivo

Só para constar: é um absurdo desrespeitar o direito à vida de animais, inclusive daqueles que não tem dono. Quanto a esses políticos, isso não deveria ser surpresa para ninguém. Se eles não tem pena nem dos humanos, imagine se terão pena dos cachorros. Muitos defensores dos animais agora estão esperneando contra esse ato nazista do PT contra os pobres cães. No entanto, muitos desses defensores dos animais são defensores do aborto. Ao defenderem a vida de um cão e promover o genocídio de seres humanos, muitos acabam agindo de forma hipócrita contra sua própria espécie. Quem sabe ele teriam mais pena dos fetos se eles se fantasiassem de cachorros.

2 comentários

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s