10 razões pelas quais o Casamento Gay deve ser aprovado no futuro


No meu tempo

Quando eu nasci eu não sabia bem o que era homossexualidade. Já existiam homossexuais naquela época, mas eles não estavam no meu universo, e quando estavam, deviam ser enrustidos. Hoje, meus vizinhos de um lado são gays; do outro, tenho um outro vizinho que tem uma mãe lésbica.

A aceitação e o preconceito contra homossexualidade mudaram bastante. Muita gente não se surpreende tanto com a descoberta de um parente gay. Outro dia meu irmão me falou que ele tinha muitos amigos gays que eram de famílias evangélicas – e por incrível que pareça, alegavam que eram aceitos. 

Hoje todo mundo fala das agressões a gays. Será que no passado não havia agressões a gays? Claro! A diferença é que antes isso não era reportado. Aliás, antigamente os gays eram muito reprimidos e muitos deles morriam dentro do armário.

Hoje

Estamos vivendo o início da luta real pelo casamento gay no Brasil. Em países desenvolvidos, o casamento gay já é uma realidade e em países sulamericanos vizinhos o casamento gay ganha terreno a cada dia.

O principal espelho para o futuro do Brasil em relação ao casamento gay é os Estados Unidos. Lá, muitos estados já aprovam a prática, mas uma decisão da Suprema Côrte pode liberar para todo o país. O processo de legalização da união homossexual no Brasil deve seguir os passos dos EUA.

Nos EUA, as novas gerações já apóiam o casamento gay em 80%. Logo, é uma questão de tempo e quem se opor sabe que ficará do lado ingrato da história. Muitos acreditam que ser contra o casamento gay depois do estabelecimento da união homoafetiva poder ser considerado como equivalente ao racismo.

Não podemos negar que muitos religiosos fundamentalistas irão ter muitos problemas para aceitar o casamento gay, pois terão que violar suas consciências para referendar o ato.

Nos EUA, nos últimos 20 anos o apoio ao casamento gay saiu dos 30% para os 51%. Mais de 80% dos americanos acredita que gays poderão se casar até 2020. Logo, se o Brasil hoje tem 40% de pessoas favoráveis, então é questão de tempo.

Na Califórnia, há atualmente 40 mil crianças criadas por pares gays, crianças estas que estariam mofando em orfanatos se não fosse lícito a adoção por gays. Daqui a alguns anos essas crianças formaram uma amostra que poderá servir de estudo sobre o impacto da adoção gay.

Motivos pelos quais o casamento gay deve vencer:

1- É evidente a falência do cristianismo no Ocidente. De modo que a influência religiosa tende a se restringir a um grupo cada vez menor de pessoas.

2- Muitas pessoas começam a se perguntarem se vale a pena proibir que duas pessoas que se amam e pagam impostos possam se casar. Muita gente vai ficar com uma dor na consciência e achar que não está sendo justa.

3- Os defensores do casamento igualitário souberam infiltrar sua mensagem nas artes, no cinema, na política, no judiciário, nas universidades, no entretenimento, na mídia, etc. De modo que os principais formadores de opinião acabaram sendo seduzidos pela ideia.

4- Os defensores do casamento tradicional não souberam usar argumentos não-religiosos para defender um medida num Estado laico.

5- Os defensores do casamento tradicional deixaram que o termo “casamento gay” caísse na boca do povo. Ao aceitarem o termo dos oponentes, deixaram que a maioria da população se questionasse se o casamento gay não seria apenas uma outra forma de casamento. Se eles quisessem vencer, teriam que negar desde o início a ideia de que o termo casamento poderia se referir a algo fora dos parâmetros tradicionais.

6- O número de pessoas criadas fora da família tradicional mostra que é possível a sociedade criar uma pessoa honesta sem um pai ou uma mãe. Hoje, menos da metade dos brasileiros é criada pelos dois pais biológicos casados.

7- Com o passar do tempo, passou a ser elegante defender as minorias. A cada dia que passa, o preconceito vai se voltar àqueles que não admitem o casamento gay, pois serão taxados de homofóbicos.

8- O comércio de produtos ligados ao público LGBTT conseguiu fazer com que muitos olhassem para os homossexuais com outros olhos. Hoje, muitas empresas apóiam a causa interessadas na alta lucratividade do setor.

9- Como todos estão saindo do armário, pouco a pouco todos terão um amigo ou parente gay. Logo, ficará mais fácil se identificar com o drama dos homossexuais.

10- O papel dos veículos de comunicação tende a ser vital na luta pelos direitos dos LGBTT’s. A mídia tem aumentado o enfoque nas injustiças que os casais gays tem sofrendo no Brasil.

Anúncios

2 comentários

  1. o casamento é um sacramento judaico-cristão, nessas duas religiões é proibido a homossexualidade, logo, não seria justo e seria um desrespeito a estas um “casamento” deste tipo;
    o casamento é anterior ao estado, o matrimônio fora instituído por Deus e o estado o roubou para si, burocratizando-o e institucionalizando ele, para um reconhecimento “legal”, portanto, o casamento não é algo estatal, mas Divino;
    saindo um pouco do âmbito religioso, acerca do casamento civil, não sou contra, na verdade qualquer um pode se juntar com quem quiser, as contas à pagar não são com humanos, mas com Deus, Ele nos deu liberdade e algumas regras e Leis para vivermos em sociedade, cumpre quem quer;
    sou contra o casamento gay por estes motivos e “a favor”, se e somente se, não forçarem igrejas a fazer isto.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s