Dízimo, 10 motivos para ser contra, 10 motivos para ser a favor. 10 motivos para dar o dízimo, 10 motivos para não dar o dízimo


10 motivos para dar o dízimo

1. Porque reconhece que tudo o que tem veio de Deus:
“… a fim de que conheçam os viventes que o Altíssimo tem domínio sobre os reinos dos homens; e os dá a quem quer e até ao mais baixo dos homens constitui sobre eles” (Daniel 4:17b).

2. Porque sabe que a Terra é do Senhor:
“Do SENHOR é a Terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam (Salmo 24:1). Minha é a prata e meu é o ouro” (Ageu 2:8).

3. Porque sabe que o Dízimo é do Senhor:
“Também todas as dízimas do campo, da semente do campo, do fruto das árvores são do Senhor” (Levítico 27:31 a).

4. Porque reconhece que o Dízimo é de uso exclusivo de Deus:
“… o Dízimo será Santo ao Senhor” (Levítico 27:32b).

5. Porque sabe que o Dízimo é o sustento da Casas de Deus:
“Trazei todos os Dízimos à Casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha Casa…” (Malaquias 3:10a).

6. Porque você é inteligente:
“… e depois fazei prova de mim, diz o SENHOR dos Exércitos, se Eu não vos abrir as janelas do Céu e não derramar sobre vós uma benção tal, que dela vos advenha a maior abastança” (Ml 3:10b).

7. Porque você não quer ir para o inferno:
“E, por causa de vós, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra, e a vide no campo não vos será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos”(Ml 3:11).

8. Porque você não quer roubar de Deus o que é dele de direito:
“Roubará o homem a Deus? Todavia, vós me roubais e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas (Ml 3:8).

9. Porque você não vai querer contrariar a Deus:
“Com maldição sois amaldiçoados, porque me roubais a Mim, vós, toda a nação” (Ml 3:9).

10. Porque o Senhor Jesus nos mandou contribuir além do Dízimo:
“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Pois que dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e desprezais o mais importante da lei: o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer essas coisas e não omitir aquelas” (Mateus 23:23).

10 motivos para não dar o dízimo

1- Não era dado com dinheiro e não era mensalmente

Deuteronomio 14:22-30

Certamente darás os dízimos de todo o fruto da tua semente, que cada ano se recolher do campo.

E, perante o SENHOR teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao SENHOR teu Deus todos os dias.

E quando o caminho te for tão comprido que os não possas levar, por estar longe de ti o lugar que escolher o SENHOR teu Deus para ali pôr o seu nome, quando o SENHOR teu Deus te tiver abençoado;

Então vende-os, e ata o dinheiro na tua mão, e vai ao lugar que escolher o SENHOR teu Deus;

E aquele dinheiro darás por tudo o que deseja a tua alma, por vacas, e por ovelhas, e por vinho, e por bebida forte, e por tudo o que te pedir a tua alma; come-o ali perante o SENHOR teu Deus, e alegra-te, tu e a tua casa;

Porém não desampararás o levita que está dentro das tuas portas; pois não tem parte nem herança contigo.

Ao fim de três anos tirarás todos os dízimos da tua colheita no mesmo ano, e os recolherás dentro das tuas portas;

Então virá o levita (pois nem parte nem herança tem contigo), e o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, que estão dentro das tuas portas, e comerão, e fartar-se-ão; para que o SENHOR teu Deus te abençoe em toda a obra que as tuas mãos fizerem.

1-Dízimo era dado em grãos, em alimentos levados de ano em ano. Deuteronomio 14:22

2-O fiel deveria entregar o dízimo no templo de Jerusalem, então eles vendiam o alimento e ao chegar em Jerusalem usavam o dinheiro para comprar o alimento a ser dado com dízimo. Deuteronomio 14:24

3-O dízimo era dado anualmente, não mensalmente.

4-No terceiro ano todos os dízimos que eram levados ao templo eram divididos com o povo (velhos, orfãos, viúvas e estrangeiros) pelo levita. Deuteronomio 14:28

5- As bênçãos eram chuvas e não prosperidade financeira e nem casa nova

6- O devorador era identificado como os gafanhotos que destruíam as plantações e exterminavam o pasto para o gado. A ausência de chuvas e, como consequência, incêndios nas plantações.

Hoje as igrejas fazem obras de caridade, mas elas são obrigadas a fazer filantropia, pois recebem isenção de impostos (nem prestando contas do trabalho social que fazem ao Estado).

2- Era reservado para os levitas, que hoje não existem mais

No cristianismo, todos nós somos a Igreja de Jesus. Cabe a todos nós pregarmos o evangelho a toda a criatura com nossas palavras e ações. Se somos todos chamados para sermos os representantes de Cristo, como poderíamos dar 10% do nosso salário a nós mesmos? Não existem mais levitas. A Lei se foi na cruz.

O cristão não deve levar seu dízimo ao templo, pois o seu próprio corpo é o templo e aonde um ou mais se reunirem em memória de Cristo ali ele estará.

3- A era da lei se passou

No momento em que Jesus foi sacrificado, o véu do templo foi rasgado e a Lei deu lugar a Graça. Logo, as coisas da Lei se passaram e agora estaríamos na Lei. O dízimo deveria ser levado a um templo (lugar físico), mas com o advento da Graça devemos nos reunir na Igreja (lugar onde haja um ou mais em nome de Cristo). Templo não é igreja, pois Jesus foi inaugurador a Igreja através de seu sacrifício.

Hebreus 8:16

Dizendo Nova aliança, envelheceu a primeira. Ora, o que foi tornado velho, e se envelhece, perto está de acabar.

Romanos 10:4

Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê

4- O dízimo atual não tem finalidade correta

Hoje, na maioria dos casos, os dízimos são usados para construir templos feitos por mãos humanas e para sustentar profissionais da fé assalariados. Esses profissionais, muitos dos quais poderiam trabalhar secularmente, acabam vivendo de deus ao invés de viverem para deus.

Na prática, cobram da igreja para fazerem aquilo que deveriam fazer de graça, que é pregar o evangelho. De graça dais, de graça deveis receber. Os pastores assalariados acabam ficando reféns de seus salários, muitas vezes deixando de fazer o que é certo com medo de perder o dízimo de alguns fiéis.

5- Efeitos maléficos

Deus não precisa de dinheiro, mas a obra dele precisa. O problema é que os pastores que mais pedem dinheiro para a obra de deus são os que menos pregam a palavra de deus. O acúmulo de recursos nas igrejas acaba por atrair aproveitadores para o ofício e corromper a muitos bem intencionados. Todos sabemos que a Igreja pode funcionar sem assalariados, programas de tv, grupos musicais  e templos sultuosos. A única coisa que a Igreja precisa é a fé pura de seus fiéis, não importando aonde estejam. A Igreja primitiva não se reunia em templos sultuosos, mas nas casas de seus próprios membros.

6- Tudo nos é dado por deus

Se tudo nos é dado por deus, por que deveríamos devolver 10% para uma instituição religiosa se somos todos parte da Igreja? O fiel que retira o dinheiro do dízimo para ajudar seus parentes e próximos necessitados está roubando a deus?

Um fiel que deixa de pagar suas dívidas para pagar o dízimo está sendo fiel a deus? Será que deus vai te punir se ao invés de 10%, você contribuir com 9%? Para deus, 9% com amor vale menos do que 10% por obrigação?

O verdadeiro roubador de deus é aquele que, podendo ajudar quem tem fome e precisa urgentemente de ajuda, prefere dar seu dinheiro para uma instituição religiosa, onde heresias serão pregadas e pastores assalariados enriquecem.

O brasileiro já paga IPTU, IPVA. ICMS, IPI e etc. Será que todos nós devemos dar 10% do bruto ou do líquido? Adivinhem! Os pastores assalariados são os mais raiovosos ao dizer que o dízimo é do bruto.

7- Devemos dar com alegria

Muitos pregadores afirmam que a oferta deve ser dada com alegria, mas o dízimo não seria uma oferta, seria um dever do fiel. Logo, dizem que você não entrega o dízimo, você devolve.

Portanto, na visão deles, não importa se você dá ou não o dízimo com alegria, apenas importando que você dê. Eles se veem como os representantes de deus para arrecadar o dízimo, como se suas igrejas fossem a Casa do Tesouro.

Como você poderia dar com alegria algo que você tem a obrigação de dar, do contrário vai pro inferno como ladrão? Se o dízimo não é um tipo de oferta, o que é então? Ofertas devem ser dadas com alegria, da mesma forma, aquele que dizima deve dar com alegria.

8- O dízimo afasta pessoas que poderiam ser alcançadas

Infelizmente, esse foi o motivo que mais me motivou a fazer esse texto. Quantas vezes eu já convidei uma pessoa a ir a uma igreja e ela só recusou porque alegou que não queria dar dinheiro para pastor. Essa é a dura realidade. A maior parte do “preconceito” que as pessoas têm para com a igreja se deve pela exploração excessiva do dinheiro e pela vida de ostentação dos clérigos.

Muitas pessoas se afastam da igreja e outras até evitam visitá-las por causa da noção que terão um décimo de seus salários destinados aos pastores. Só deus sabe quantas almas já se perderam por causa disso. Muitos pastores dizem que a obra de deus precisa de dinheiro para alcançar as pessoas, mas, infelizmente, ao pedir dinheiro sistematicamente o que acontece é que as pessoas se afastarão da igreja.

9- Não vivemos numa teocracia

Nos tempos bíblicos, a forma de governo era teocracia. Não havia previdência social ou qualquer sistema de proteção social. Logo, a proteção social e o cuidado para com os necessitados era papel dos sacerdotes levitas.

Hoje, não vivemos numa teocracia e o nosso governo já possui uma poderosa rede de proteção social que é paga pelos nossos impostos. Não é justo que o cidadão pague duas vezes pela mesma coisa, uma vez que todos já pagamos caro ao governo para cuidar dos necessitados.

10- Ninguém rouba a deus por não oferecer dinheiro a homens

Os verdadeiros roubadores de deus são os pastores que pedem dízimo de quem não pode dar para gastar de forma que ninguém pode saber. Muitas são as pessoas que sentem suas almas ameaçadas quando não dizimam devido ao discurso de medo desses pastores. Muitos são os que acreditam que as pessoas vão pro inferno por “roubarem” a deus nos dízimos, mas se esquecem que estão roubando a deus até quando os dão a igrejas heréticas que deixam os pobres sem assistência.

a-No Novo Testamento devemos dar somente o que pudermos

1 Coríntios 16:2

No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte o que puder ajuntar, conforme a sua prosperidade, para que não se façam as coletas quando eu chegar.

Ou seja, diferente do que os pastores bandidos dizem, ninguém deve dar mais do que pode e quer apenas por medo de “roubar” a deus.

Mateus 23:23

“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Pois que dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e desprezais o mais importante da lei: o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer essas coisas e não omitir aquelas”.

Nesse versículo Jesus alerta que cumprir a lei(dízimo) sem ter no coração a fé e a misericórdia é hipocrisia! Da mesma forma, devemos fazer as ordenanças de deus sempre com amor ao próximo. No caso em questão, Jesus falou do dízimo porque ele ainda não tinha se sacrificado para banir a Lei e instituir a Graça. Por isso a Igreja primitiva não dava dízimo, pois a Graça suplantou a Lei.

Malaquias 3:8-11

Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas.

Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação.

Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes.

E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.

O texto de Malaquias é um esporro à Israel por deixar os levitas sem assistência, uma vez que essa tribo era encarregada do Tabernáculo. Desse modo, a nação estava em direta violação contra as regras e a regulamentação da Lei de Moisés. Estavam roubando a Deus, pois deixaram a viúva, órfão e o estrangeiro sem ajuda. Não existe uma única sílaba em toda a passagem que possa ser aplicada ao membro de Igreja. Sem contar que o dízimo daquela época era o único imposto e servia para financiar o exercito e a guerra. Logo, os roubadores de deus de hoje são os pastores ladrões que recebem o dízimo e não ajudam os necessitados (viúva, órfãos e estrangeiros).

Anúncios

135 comentários em “Dízimo, 10 motivos para ser contra, 10 motivos para ser a favor. 10 motivos para dar o dízimo, 10 motivos para não dar o dízimo

  1. Gostei muito deste texto. Concordo você!

    Curtir

  2. Eu com vocês

    Curtir

  3. Verdadeiro

    Curtir

  4. luiz a dias 01/12/2013 — 20:35

    TUDO VAI DEPENDER DO TAMANHO DA PESOA TIVER E O Ñ E?

    Curtir

  5. quando vc gasta seu dinheiro com sacanagem, bebida, droga, prostituição esta certo né… Deus não precisa de dinheiro mais sua obra sim, com grão não se paga gráfica para impresso da palavra do Senhor , som , luz, água local rara se congregar. pois a bíblia diz congregai, não tenho minha opnião feita por pastor, mais baseada na palavra de Deus… abç …

    Curtir

  6. sim meu irmão, más oque pode ser feito com as ofertas então?

    Curtir

  7. Matheus Aranha 12/09/2014 — 1:12

    Simples… Ainda que o dízimo fosse lei hoje, pouquíssimos são os que dariam com o coração. Sabe… Vamos ser sinceros! O dízimo hoje em dia é sinal de proteção divina, sinal de benção. Sabe porque muitos defendem o dízimo? Porque sabem que oferta não tem como pedir proteção divina, benção, recompensa. Você dá simplesmente por amor, sem esperar nada em troca.
    Dados atuais, revelam que cristãos brasileiros contribuem aproximadamente 2,21R$ para missões por ano. Esses dados deveriam nos quebrar, mas não, continuamos preso nos dogmas da religião.
    Gente! Acorda! Não é o dar o dízimo ou não que é pecado! É a avareza! Tem gente que doa montantes enormes pra igrejas, mas quando se fala em ajudar o próximo ou missões, diz que já cumpriu a meta “mensal” assim como há dizimistas que amam mais ao próximo do que o dar o dízimo. Do mesmo jeito pessoas não dizimistas. Ha aqueles que se apoiam na doutrina do “não dar o dízimo” apenas para enriquecer mais, mas há aqueles que não dizimam em templos, mas investem em missões, ajudam necessitados. Isso é coerente também.
    Agora, quanto você, que defende o dízimo, ou defende o não dar o dízimo, tem investido em missões?
    Lamentável…
    Obrigado pela chance de comentar!

    Curtir

  8. Primeiro, esta explanação foi feita sem uso da interpretação, focando somente o lado material. O antigo testamento é sombra das coisa de agora dos tempos de hoje.”16 Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados,

    17 Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.”COLOSSENSES 2:16-17.
    Analisando somente as letras sem usar a devidamente a exegese fatalmente conduz seus ouvintes e leitores a morte conforme diz a Bíblia que” A letra mata” em II Corintios Cap. 3-2. A Palavra além a exegese tem que se clamar ao Espírito Santo para nos ajudar a entender dar a revelação da mesma, uma vez que esta Palavra foi inspirada pelo próprio Espirito Santo.
    Ainda tem a passagem do jovem rico que jesus disse para ele “Se queres ser perfeito, vai, vende os teus bens, dá o dinheiro aos pobres, e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me”. 22 Ao ouvir essa palavra, o jovem afastou-se pesaroso, pois era dono de muitas riquezas. ” Mateus 19:21.

    Muitos são contra o Dizimo pois tem muitas posses, porem Jesus ainda observar os ofertantes que depositavam grandes quantias ao ver a viúva depositando todo o seu sustento que era apanas uma moeda disse”Olhem essa pobre mulher! O pouco que ela deu vale mais do que todas as doações que foram feitas aqui. 44 Pois ela, apesar de sua pobreza material, deu tudo o que possuía, enquanto todos os outros deram apenas o que tinham em excesso. Ela realmente ofertou tudo o que lhe restava para se manter, seu último dinheirinho.

    Se eu fosse discorrer tudo que gostaria que voces soubessem não haveria tempo para ler.

    Mas quem lê a Bíblia procure orar antes de ler, peça ao Espirito Santo a revelação verdadeira, em minha Igreja há muitos que me falam que não dizimam nem ofertam pelos mesmos motivos que vocês, se a Bíblia é a palavra de Deus tudo que esta escrito é deus falando, e Jesus não veio para abolir a lei e sim para cumprir,” Não penseis que vim revogar a lei ou os profetas; não vim revogar, mas cumprir.
    Porque em verdade vos digo: Enquanto não passar o céu e a terra, de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, sem que tudo se cumpra.
    Aquele, pois, que violar um destes mínimos mandamentos, e assim ensinar aos homens, será chamado mínimo no reino dos céus; mas aquele que os observar e ensinar, esse será chamado grande no reino dos céus.
    Pois vos digo que se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.”Mateus 5:17-20

    Essa ai em cima doeu até em mim… não estou criticando e sim discipulado pois em nosso pais temos o livre direito de pensar e falar o que pensamos, porem dependendo do que é dito existem as consequências e espero que estas aqui seja a genuína conversão ao evangelho de jesus cristo o nosso Senhor e Salvador.

    Fique na paz.
    contatos: salvacao.cristo@gmail.com

    Curtir

  9. Acredito que o dízimo deve ser dado com alegria e não de forma obrigatória. Por que? Porque ele é uma doação e toda doação deve ser dada com alegria no coração. Fugiu disso, é melhor não doar. Visitem: http://www.nemtodoslevamadeus.blogspot.com.br

    Curtir

  10. Sou totalmente contra o dizimo, Jesus nunca pediu dinheiro algum. Hoje em dia usam a palavra como um comércio, so abrem igreja para enriquecer. Porque ao invés disso nao se reunem cada dia de adoração na casa de um fiel. Deus foi claro quando disse “ONDE UM OU MAIS ESTIVEREM ALI ESTAREI” E NA BIBLIA O DIZIMO E 10% DAQUILO QUE PRODUZIMOS, SERA QUE TODOS OS SERES HUMANOS TRABALHAM NA CASA DA MOEDA?

    Curtir

  11. Marley de lima 28/02/2015 — 5:45

    Aplaudo de pé o autor deste artigo!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  12. As pessoas que não reconhecem a essência do dízimo pode ser considerada grossera e não humilde . Quem esta contra o ato de oferta é contra o bem do próximo . Porque ajudar os órfãos, viúvas , necessitados e se esqueçer dos homens que se dispuseram em dedicar toda a sua vida e talentos para a pregação do evangelho com êxito proveitoso ?

    Curtir

  13. viver nas leis de moises e o mesmo que dizer que cristo morreu em vão, por nos, dizimo nunca foi dinheiro, a maioria das igrejas estão se perdendo por desobedecer a Deus, por suas ganacias

    Curtir

  14. Eu não sei porque tanta preocupação com aqueles que dão o dízimo,primeiro o dinheiro é deles segundo ele faz o que quer com o que é seu,e terceiro sem dinheiro não se compra terreno,não se faz construção para abrigar a igreja de Cristo e também não tem cadeira e as demais coisas para servir a igreja de Cristo.
    Quarto quem fez esse blog nem crente é,e se não pertence a uma congregação não deve opinar naquilo que não lhe pertence.
    Quinto sou dizimista por amor ao meu Deus e para o bem da obra de Deus.

    Curtir

  15. fazer por amor é fazer de graça como diz a palavra de Deus de graça recebeste de graça dará, e não é o que acontece hoje porque pastores recebem salários altíssimos para fazer a obra, para mim isso é cobrar para pregar a palavra de Deus. como pode isso será que é por amor se não tiver salário será que ele prega. o que vemos hoje é contrario a palavra de Deus que diz , vivera o homem com o suor do seu salário ou seja o homem tem que sair para trabalhar e voltar para fazer a obra de Deus sem cobrar mais e que estamos vendo hoje é que estão vivendo com o suor dos outros. essa é minha visão.

    Curtir

  16. Hélio Maciel 01/05/2015 — 15:06

    Não abrem mão do dízimo; O Amor ao dinheiro é raiz de todo o mal. Na verdade,neste mundo terreno,tudo gira em torno do dinheiro,é por isso,que sempre terão uma desculpa,para defender a prática do dízimo. O ‘Cristão’ , é ensinado(erradamente),a fazer negócio com Deus. Como se o Criador,fosse semelhante à criatura.

    Curtir

  17. todo cristão deve contribuir com a congregação com a qual frequenta e recebe a palavra de Deus. mais como paulo falou em uma de suas cartas aos corintios cada um contribua segundo propos em seu o coração não por obrigação porque Deus ama ao que dá com alegria, sou a favor do pastor viver do evangelho porque esta escrito em galatas , 6,6 que o que é instruido na palavra deve repartir de todos os seus bens com aquele que o intrui. jesus nunca deu enfase ao dizimo e nem perdeu tempo com isso hoje vc vai em igrejas que só falam em dizimo e ofertas o tempo todo. e a palavra de salvação muitas vezes é deixada de lado.

    Curtir

  18. Servo de Deus 31/05/2015 — 3:24

    caro cristão, o que o cara disse está certo, mas esse negocio do que vc falo da questão da água, energia e tudo mais é simples de ser resolvida, nós devemos Contribuir com a congregação em que nos reunirmos, ajudando-os a pagar as contas e vai, porque também nós usufruirmos disso lá. Em 2 Coríntios 9:7 Diz: ” Cada um Contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria. abç…

    Curtir

  19. Em Mateus 5:17-20 diz: “Pois vos digo que se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.” Pois bem por esta passagem esta CLARO DEVEMOS EXCEDER AO VALOR D DÍZIMO, ou seja dar MAIS DE 10%

    Curtir

  20. Meu amigo não se pode ter tudo isso com as ofertas? kd a fé do povo que se diz cristão?

    Curtir

  21. O dízimo era costume do povo judeu somos gentios,pq a preocupação com dinheiro? Os templos enormes vão ficar pra traça e ferrugem,vamos fazer o ide,amar o próximo e não oprimir quem não dá o dízimo por acaso estamos na lei do antigo testamento? então voltem à circuncisão, e apedrejamento por serem pecadores estão dispostos?

    Curtir

  22. Naim Gonçalves Pereira 20/06/2015 — 15:36

    Frequento igreja, sim, mas dou apenas a oferta para cobrir os gastos necessários da instituição, pois entendo a importância delas. O dízimo sou fiel a ele, mensalmente, separa os 10% dos meus ganhos e distribuos aos necessitados, instituições, como Médicos Sem Fronteiras, pessoas que precisam de socorro urgente. Sou feliz com essa prática. Sou daqueles que: “Amai uns aos outros como a si mesmo”. Não dou dízimo para receber favores divinos. Deus, na sua infinita misericórdia e compreensão, com certeza, entende as minhas razões e atitudes.
    Os menos favorecidos pela sorte merecem receber um pouquinho do dízimo e do nosso sacrifício. Devemos entender que os líderes das igrejas devem ter um bom conforto, porque pregar s palavra de Deus requer disposição física e um pastor ou padre precisam repousar em lugar tranquilo e confortável. Mas dirigente religioso que esbanja, somente para si, o sacrifício dos fieis, com certeza devem ser censurados e repreendidos por todos. Hoje, a exigência desenfreada do dízimo, como forma de receber os favores de Deus, equipara-se a igreja antiga, aquela que vendia as indulgências para entrar no reino de Deus. Não adianta apontar essa ou aquela igreja como a melhor. Todas, sem exceção, comete os seus pecados em nome de Deus e de Jesus. O cristão católico ou evangélico devem pesar os seus sentimentos e o seu dinheiro na hora de doar a Deus, a igreja, ao padre, ao pastor!

    Curtir

  23. As Igrejas infelizmente, pregam MALAQUIAS 3:10, mas esquecem de pregar também, MALAQUIAS 2:1-2

    Curtir

  24. Boa noite!
    Eu seria dízimista com muita alegria,caso eu visse em minha igreja um comprometimento verdadeiro em evangelizar e se tivessem um serviço social,que ajudasse os necessitados da igreja e também os de fora,pois eu acho que não existe um testemunho melhor para uma igreja,como o do amor para com aqueles que estão necessitados tanto de bens materiais ,como de Deus.
    Oferto como eu posso(com alegria) Porque não encontrei ainda uma igreja que esteja obedecendo o que Jesus ensinou durante o tempo que viveu aqui e superficialmente algumas seguem o mais importante mandamento que é:
    E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.
    Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
    Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.
    Mateus 28:18-20
    Estão mais preocupadas em construir templos confortáveis e que os cultos parecem mais uma casa de shows.
    É desanimador…

    Curtir

  25. Boa noite!
    Eu seria dízimista com muita alegria,caso eu visse em minha igreja um comprometimento verdadeiro em evangelizar e se tivessem um serviço social,que ajudasse os necessitados da igreja e também os de fora,pois eu acho que não existe um testemunho melhor para uma igreja,como o do amor para com aqueles que estão necessitados tanto de bens materiais ,como de Deus.
    Oferto como eu posso(com alegria) Porque não encontrei ainda uma igreja que esteja obedecendo o que Jesus ensinou durante o tempo que viveu aqui e superficialmente algumas seguem o mais importante mandamento que é:
    E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.
    Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
    Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.
    Mateus 28:18-20
    Estão mais preocupadas em construir templos confortáveis e que os cultos parecem mais uma casa de shows.
    É desanimador…

    Curtir

  26. Foi explicado que devemos dar por alegria. Sabemos que nas igrejas há despesas, porém, sabemos nós que nas igrejas não são somente os lugares onde se deve pregar a palavra. Jesus não pregava em templos e sim em todo lugar a todos que queriam ouvir. Qual a segurança que temos sobre onde ou mesmo o que é feito com as ofertas que danos nas igrejas? Vejo pastores super bem vestidos com carros novos sendo mantidos pelos fiéis. Isso é necessário? Ou mesmo, isso é certo? Jesus pregou isso? Ele nos deixou essa atitude? Creio que não?

    Curtir

  27. att;o dizimo era dado uma ves ao ano porque a colheita era feita uma vez ao ano. voce recebe seu salario uma vez ao ano,se for,dizzime uma vez ao ano.quer saber quem diz que nao dizima e so consultar a DEUS,como vc quer qque DEUS tenha compromisso com vc se vc nao tem com ele.como manter o templo as caridades o salario do pastor ,obras missionarias, e quer saber tive muitas experiencias com dizimo ,toda vez que faltei fui de uma forma prejudicado ,quando voltei a dizimar meus negocios melhoraram imediatamente ,prefiro dizimar e ser feliz DEUS nos ajude .

    Curtir

  28. Qual a diferenca de dar 1 vez por ano ou 1 vez por mes no final nao daria a mesma coisa sendo 10%??
    Dar o dizimo com alegria e dar quando se qer e nao por obrigacao, se for por obrigacao nao precisa, dá dizimo qem qer…
    Igreja q so ta interessada em dizimo nao é igreja e sim um lugar cheio de ladrao e mentirosos pq igreja d vdd busca a deus meditando na biblia, orando e jejuando… pena q a igreja q mais aparece sao as igrejas mentirosas…

    Curtir

  29. …Dizimar ou não dizimar…. Soa como blasfêmia alguém dizer que não vivemos mais no tempo da Lei de Moisés, que não dizima Pq não é certo e que tem que cumprir a palavra de nosso Deus na sua totalidade. Mas fora do contexto espiritual, o mesmo legalista não dizimista, é o mesmo que anda no acostamento, que fura sinal vermelho por estar atrasado pro trabalho. É o mesmo que não devolve o troco errado que recebeu do caixa do supermercado, alegando que isso é dele de direito porque paga elevados impostos e que o dono é rico e nem vai notar a falta. É o mesmo que todos os dias reclama que trabalha demais e procura meios de matar de serviço, forjando atestados de saúde. É o legalista que compra CD pirata, que baixa aplicativos, músicas, filmes da Internet. É o mesmo que usa a palavra de Deus apenas em seu favor, legalizando as vezes o pecado, e que não tem sabedoria e nem discernimento para entender que amar a Deus sobre todas as coisas, é diferente de amar o carro novo, a casa nova, o alto salário, e assim por diante. Se vc hj tem um bom salário, é fruto de seu esforço. Reconheça isso como sendo a palavra de Deus sendo cumprida em Romanos, 8:28. Se admitir que 10% não vai lhe fazer falta, deixe sua fé falar mais alto. Senão, deixe sua razão atuar. Fica a seu critério. Em todo caso, dizimando ou não, vc não será melhor do que ninguém. Fariseu é o mesmo que avarento. Um sabe demais da lei. O outro, valoriza demais o que tem e não o doa. No frigir dos ovos, nos equiparamos em tudo. Vale a palavra de Deus…. Fica a opinião de cada um sobre o tema. Cabe a Deus apenas o julgar. Julgando A ou B por dizimar, nos coloca na função de Deus. Ganha por saber demais mas perde por achar que sabe demais.

    Curtir

  30. jocelio raimundo 03/10/2015 — 19:48

    JESUS DISSE EU VIM CUMPRIR A LEI E NÃO REVOGAR, SIMPLES DE ENTENDER ELE VEIO ENSINAR COMO CUMPRIR DE FORMA CORRETA A LEI ESCRITO PELO DEDO E DEUS E NÃO POR HOMENS UNICA PARTE DA BIBLIO QUE FOI ESCRITO POR DEUS FOI OS 10 MANDAMENTOS PELAS DUAS TABUAS A PRIMEIRA TABUA TEM 4 QUE SE REFERE AO AMOR A DEUS, E A OUTRA TABUA AO AMOR AO PRÓXIMO. PORTANTO JESUS VEIO ENSINAR DE MANEIRA CORRETA DE COMO CUMPRIR A LEI COM GRAÇA E NÃO COM SACRIFÍCIO. ATE PORQUE DEUS NAO MUDA SE ELE MUDASSE DE OPINIÃO NÃO TERIA CONFIANÇA NELE. SIMPLES PRATICO E OBJETIVO.

    Curtir

  31. concordo com tudo porem não era no terceiro ano! no texto de deuteronômio 14 explica que o primeiro e segundo ano era dos orfãos ,dos pobres e da viuva e no terceiro ano seria do levita que tem voto de pobreza segundo as ordens de moises .

    Curtir

  32. Braine Saene 07/11/2015 — 11:10

    Agradecer a explicação exposta neste selo… Eu quero saber se Jesus disse na Cruz que está “consumado” ele tava abolir a lei? Se aboliu a lei eu posso prostituir porque ja estou na graça nao sobre a lei?

    Curtir

  33. Dízimo não é doação, dízimo mé devolução do que é de Deus para sua obra e se alguém usufruir de maneira errônea que preste contas a Deus porque cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus.

    Curtir

  34. Amada irmã então você vai errar porque os outros erram? Faça sua parte e serás julgados cada um segundo suas obras. Cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus.Não erre porque os outros erram. Vi que a amada ama missões, sou de uma igreja missionária em que o apóstolo presidente do ministério só tem um carro pra andar porque os irmãos deram, pois todo recurso do ministério ele investe em missões. Na paz de Cristo.

    Curtir

  35. maury xavier 11/11/2015 — 16:29

    eis que tudo se fez novo….quando Jesus disse em joão 19;30 esta consumado acabou
    a LEI ….ou você ora em nome de moisés ??????

    Curtir

  36. Minha filha de 8 anos entende mais de bíblia do que você colega.

    Curtir

  37. Paulo Ribeiro 15/11/2015 — 22:27

    QUANTA TOLICE TEM DE ALGUNS QUE SÃO AVARENTOS E POR ISSO SE POSICIONAM CONTRA O DÍZIMO , É MESMO ESPÍRITO QUE USOU JUDAS QUANDO JESUS FOI UNGIDO COM AQUELE PERFUME CARO.
    JUDAS DISSE QUE DEVERIA VENDER E DAR AOS POBRES, MAS A BÍBLIA DIZ QUE ELE ERA AVARENTO E LADRÃO, ELE AMAVA O DINHEIRO, ASSIM COMO MUITOS HOJE INTERPRETAM A BÍBLIA A BEL PRAZER.
    JESUS CUMPRIU A EXIGÊNCIA DA LEI PARA A SALVAÇÃO E AS LEIS CERIMÔNIAS , VEJAM QUE JESUS DISSE CITA ALGUMAS LEIS COM MAIS RIGOR ATÉ.

    Curtir

  38. Se o indivíduo é membro da igreja tem sim obrigação de dar o dízimo.Até porque a igreja a qual ele pertence sobrevive dos dízimos e se ninguém der, como ela sobreviverá? Se ele está frequentando a igreja é porque está usufruindo de alguma coisa lá.Caso contrário lá não iria.Se a igreja,contudo sobrevive,apesar dele não estar colaborando, significa que uns estão dizimando e outros não, o que torna o não- dizimista um verdadeiro parasita.

    Curtir

  39. Gente, acho q vcs nao lêem a bíblia neh? Dar com alegria são OFERTAS, OFERTAS ALÇADAS, PRIMÍCIAS etc!!..
    Dízimo é mandamento meus caros! Uma coisa digo, ninguém é obrigado a dar o dízimo, só que depois não venha chorar pq Deus nao ta abençoando e pq ta gastando muito $$$ em farmacia, e a empresa ta falindo…Dinheiro não para na mão…

    Curtir

  40. LUIZ SANTOS 13/12/2015 — 18:03

    verdade EDUARDO isto tem muito em todos os lugares parasitas, são aqueles que ouvem a palavra guardão para si e depois diz que não presta, dar o que é Deus e ser sábio, só os sábios dão com alegria os tolo escrevem este artigo sem ter conhecimento da causa, e provocam esta contenta entre irmãos.

    Curtir

  41. Marcela Nunes 15/12/2015 — 15:00

    Ameeeei mesmo o seu texto, foi a tradição do que eu sempre pensei mas não sabia como explicar com palavras, pois nunca li a bíblia por completo, apenas versículos. Estou muito feliz por ler um texto como esse.

    Curtir

  42. Pedro Muwa Julio 20/12/2015 — 23:24

    Não entendo muita coisa sobre dizimo. Mas oque tenho a dizer eque odezimo seria melhor ajudar com eli os disfavorecidos, como os orfão as viuvas.
    Hoje vimos mas o dezimo a contruiren mançõens de igrejas do que ajudar os nessecitados. E tresti oq tm acontecido.

    Curtir

  43. Consolidador 09/01/2016 — 18:57

    Então rasgue seu Velho testamento e use só o seu Novo testamento, ou melhor, compre apenas o Novo Testamento e não a Bíblia, já que você acha que a outra parte já está ultrapassada e não é para você

    Curtir

  44. Porque os pastores não guardam a lei?
    Sempre a mesma dia culpa não guarda o sábado porque ressuscitou no domingo não deixa de comer carne de porco diz que isso era do velho testamento agora quando é dízimo não é mandamento desde melquisedeque.
    Sem falar que o nome JESUS foi dado pelo padre Jerônimo quem ordenou foi o papa Dâmaso.
    Isso ninguém ensina, que antes de ser JESUS FOI IESOUS, IESU CHRIST, JESU.
    Ninguém ensina sobre as traduções que mudaram todos os nomes bíblicos e que Constantino sagrou o domingo como culto para adorar ao Sol.

    Curtir

  45. Porque os pastores não guardam a lei?
    Sempre a mesma dia culpa não guarda o sábado porque ressuscitou no domingo não deixa de comer carne de porco diz que isso era do velho testamento agora quando é dízimo não é mandamento desde melquisedeque.
    Sem falar que o nome JESUS foi dado pelo padre Jerônimo quem ordenou foi o papa Dâmaso.
    Isso ninguém ensina, que antes de ser JESUS FOI IESOUS, IESU CHRIST, JESU.
    Ninguém ensina sobre as traduções que mudaram todos os nomes bíblicos e que Constantino sagrou o domingo como culto para adorar ao Sol.

    Curtir

  46. Sinto-lhe informar que a palavra de Deus hoje em dia abole o dízimo como era no antigo testamento. Se você deseja dar não tem problema, dê e ajuda sua igreja ou etc, mais não julgue quem não dar porque na época da graça dízimo não se dá e sim contribuição voluntária de coração.

    Curtir

  47. Respeito a opinião de todos, mais quando estudado o dízimo fica evidente que ele foi abolido por Cristo na cruz.
    1- O dízimo era lei de Moisés para Israel exclusivamente e hoje não vivemos pela lei e sim pela graça, por Jesus;
    2- O dízimo era levado para os levitas no templo que era a casa de Deus exclusivamente e hoje nós somos o templo de Deus e ele habita em nós e Deus não habita em templos feitos por mãos humanas como a palavra diz e a igreja de hoje não tem nada a ver com o templo do antigo testamento;
    3- Jesus nunca ordenou dar o dízimo além dos escribas e fariseus que estavam debaixo da lei mosaica e tinham que dar;
    4- A igreja primitiva não se sustentava com dízimos e sim com ofertas e contribuição;
    5- Em nenhum lugar do novo testamento existe a defasa do dízimo e nem o incentivo a sua prática hoje e nem na época.
    Conheça a verdade e ela lhe libertará.

    Curtir

  48. Luis Ataguinan 22/01/2016 — 17:02

    E os pastores da dizimo a quem e aonde?

    Curtir

  49. Gostei muito bom !.

    Curtir

  50. Muito edificante! aprendi muito. Sou dízimista e dou o dízimo com alegria. Só descordo dá oferta alçada maior q o dízimo, e muitos pastores dizem ser obrigação,pois ser não for dado estaremos embaixo de maldição. ISSO MUITO CONSTRANGEDOR ACABA CAUSANDO MEDO E AFASTAMENTO DAQUELES Q NÃO BUSCAM CONHECIMENTO DA PALAVRA. E SERÁ Q É ISSO A ORDENANCIA DE DEUS P CONOSCO?ÉS A MONHA PERGUNTA

    Curtir

  51. Eduardo Macedo Santos 28/01/2016 — 11:28

    Dinheiro não para na mão, para no bolso e na conta bancária do “pastor”.

    Curtir

  52. Eduardo Macedo Santos 28/01/2016 — 11:30

    Dão o dízimo para as revendedoras de carros, lojas de grife e vendedores de imóveis.

    Curtir

  53. Deus é o criador dos céus e da terra mas precisa de 10% do seu salario KKKKKK
    Acorda quem precisa de dinheiro é o homem e não Deus

    Curtir

  54. várias são vezes que vejo neste testo a palavra Deus com letras minúscula, isso é inadmissível, deus com letra minúscula significa deuses do mundo, do pecado.

    Curtir

  55. texto

    Curtir

  56. várias são vezes que vejo neste texto a palavra Deus com letras minúscula, isso é inadmissível, deus com letra minúscula significa deuses do mundo, do pecado.

    Curtir

  57. Gente Deus se escreve com letra maiuscula.

    Curtir

  58. Eduardo nery 21/03/2016 — 16:43

    Uma coisa eu sei de certe,nunca vie nem um crente dizimista viver em mizeria,pelo o contrário,quando se devolve o dizimo as coisas mudam para melhor.Meu irmão,Deus disse que averia coisas q só seria reveladas na consumação de tudo.

    Curtir

  59. Tamém observei isso, DEUS é DEUS e não deus. Que blasfêmia!! Quanto a questão do dízimo pergunte ao Espírito Santo que ele te dará a resposta!!!

    Curtir

  60. patricia teixeira maciel 08/04/2016 — 12:02

    se vc amigo concorda com o texto, se vc acredita em jesus, então me explica o que está escrito em Mateus cap.5 versiculo 17 ao 20 !!!

    Curtir

  61. A verdade sobre o dizimo que nunca foi dinheiro
    Dizimo era alimentos e naquele tempo já existia dimheo. Saiba a verdade sobre o dizimo. Afinal você tem que da o dizimo ao seu pastor ou não
    Saiba mais em:

    http://www.analizandoaescritura.epizy.com/tag/tenho-que-da-o-dizimo/?ckattempt=1

    Curtir

  62. Christian Cerqueira 12/04/2016 — 9:55

    Se eu usar o dizimo para em vez de devolver a igreja, pegar esse dinheiro comprar um monte de brinquedo e ir em uma instituição de caridade, crianças com câncer para elas se sentirem mais felizes ou comprar comida para um mendigo, dá água e ele, comprar roupas para ele vestir…

    Será que estamos fazendo o que Deus fala? “Amai o próximo como a ti mesmo” Do que adianta (na minha opinião) cumprir com o dizimo e não ajudar ao próximo com o seu próprio incentivo???
    Vc já se perguntou, se você tivesse em uma cama de hospital, e alguém chegasse em você falasse palavras confortantes, as boa novas do Reino de Deus… Mais não por obrigação, mais por ajudar o próximo, cumprir o maior mandamento de todos.
    1- “Amar a Deus sobre todas as coisas, de toda a sua força de todo seu entendimento”
    2 – “Amai o próximo como a sí mesmo”

    Em 1 Corintios Paulo diz que o Amor é o dom supremo.

    Por que assim, se a Igreja faz, por que não posso fazer com minhas próprias mãos (Deus te usando)? Para você chegar em Deus e falar: “Poxa Pai, estou ajudando ao meu próximo… Estou FAZENDO o que o Senhor mandou fazer… Estou fazendo coração de uma pessoa feliz..

    Curtir

  63. tá certo

    Curtir

  64. Dizimo tem que ser de bom grado, para mim, dizimar é ajudar na obra do Senhor, se os pastores investem mal, vão prestar conta com o próprio Deus.

    Curtir

  65. Gostei muito do texto….. não sou entendida como muitos aqui….. mas um dia um pastor montou uma tenda em minha cidade e achei um absurdo como o assunto era dinheiro… ffui fazer uma visita em uma igreja e tinha maquininha de passar cartão, e se não desse Deus castigaria…. sexta passada fui em uma igreja onde o pastor disse que antigamente os dez por cento era a colheita de um ano…. que VC dar para igreja o q você pode…. que diferença…. quando damos com amor e não obrigação fica mais verdadeiro, esse dinheiro é para a dispersa da igreja.

    Curtir

  66. Patrícia Jesus era judeu, como judeu ele também tinha que cumprir a lei, ele ainda está vivo, porém no final do versículo 18 ela diz, sem que tudo seja cumprido, o comprimento consuma na sua morte a partir deste ato nos não vivemos mais escravizados pela lei porque somos justificados em Cristo em efésios 1:3 nos diz Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo;amém

    Curtir

  67. Patrícia boa noite,
    Jesus Cristo era um judeu e como judeu ele tinha que cumprir a lei, pois Jesus tinha que dar exemplo, no final do versículo 18 ele diz sem que tudo seja cumprido, ele está se referindo a sua morte, com sua morte nós não vivemos mais escravizados na lei, mais justificados em Cristo lê efésios 1:3 que diz Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; nós não somos amaldiçoados por não dizimar Cristo se fez malditos por nós.
    Gálatas 3:13 Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;

    Curtir

  68. Parece que a bíblia que eu leio, é diferente da que muitos de vocês leem. Cuidado irmãos com o entendimento da palavra de alguns, Deus não se deixa escarnecer.

    Curtir

  69. Poderia responde na altura do seu conhecimento, mais vou ser paciente, a palavra “igreja” nunca se refere a um edifício. Não existe tal idéia na Bíblia. Igreja significa simplesmente assembléia ou a reunião das pessoas. Aí está o fato de não nos entendermos, pois você considera o significado da palavra igreja como sendo duas coisas: um edifício ou uma denominação. Tanto um significado como outro são estranhos à Palavra de Deus. Os homens os usam, mas não foram dados por Deus, uma vez que Ele não indicou aos cristãos que construíssem qualquer edifício (além daquele que é a própria casa de Deus, que é construído com pedras vivas ‑ Ef. 2:20‑22), e Ele tampouco criou alguma denominação; muito pelo contrário, o apóstolo Paulo denuncia como carnalidade levar qualquer outro nome além do nome do Senhor Jesus (I Cor. 3:4).

    Os cristãos devem, evidentemente, se reunir ao nome do Senhor Jesus (Mt. 18:20), para orarem, celebrarem a Ceia do Senhor lembrando a Sua morte, aprenderem da doutrina dos apóstolos e terem comunhão uns com os outros (At. 2:42). Isso pode ser feito numa casa, ou num edifício ou salão destinado ou não exclusivamente para este fim. É importante entender que o edifício onde tal reunião ocorre nada é. Não tem o mesmo caráter do tabernáculo no deserto, do templo de Salomão ou das sinagogas dos judeus. Estamos numa nova aliança e nada temos a ver com o Antigo Testamento na sua forma de adorar.

    Curtir

  70. pedro garcia 10/05/2016 — 13:01

    10% de seus ganhos,é bíblico.agora,deveria fazer uma campanha para alertar a população,sobre certas igrejas,que induz a pessoa a dar tudo o que tem.uma vez eu vi um pastor dizendo,que um fiel,deu pra igreja,suas economias que juntou durante 15 anos.fiquei chocado com que ouvi.a pessoa,certamente,é uma ignorante.com certeza,com pouca ou nenhuma instrução.e alguns fdp,digo,pastores,se aproveitam da fé cega ou,ignorância religiosa.já soube de caso de que pastores,estavam loteando o céu.ou seja:quem comprasse um “lote celestial”,estaria salvo

    Curtir

  71. GENTE VAMOS DEIXAR ISSO PARA O NOSSO DEUS JULGAR;NAO CABE A NOS ,O LEGISLADOR E O SENHOR,O NOSSO DEUS.JESUS ESTA A PORTA ABRA DEIXE ELE ENTRA,FIQUE TODOS COM DEUS AMEM.

    Curtir

  72. GENTE VAMOS DEIXAR ESTE JULGAMENTO NAS MAOS DE DEUS.ELE E O LEGISLADOR,O SENHOR DONO DE TUDO.NAO CABE NOS JULGAR,DA QUEM QUER E PODE DAR O SANTO DIZIMO.VAMOS HORAR POIS JESUS ESTA A PORTA DEIXE ELE ENTRAR.FIQUE TODOS COM DEUS AMEM.

    Curtir

  73. Meu querido não conheço a sua pessoa, mas confesso que falta muito entendimento da sua parte. É por isso que a palavra diz que o povo perece por falta do conhecimento. Se vc não dá dá é porque vc não tem. E se não tem é porque não dá.

    Vamos lá se o dízimo é só do velho testamento. Então vamos pra Atos 2:43-45 eles vendiam suas propriedades e traziam. Agora não é mais dez por cento. Agora era tudo. E aí.
    O problema é que as pessoas infiéis elas sempre vão achar uma justificativa pra não ser fiel aos princípios.
    Talvez vc esqueceu q vc é um dizimista por natureza. Ou dizima pra Deus. Ou pro diabo.
    Talvez vc é um doente de alma q precisa de cura. Ou foi frustrado por alguma coisa. Talvez é o motivo de não ser fiel.

    Curtir

  74. Frustrado com as corruptos e 🐺 que existem hoje dentro das igrejas, repare os princípios dos homens de Deus da Igreja primitiva com os dehoje Jesus curou, libertou e matou a sede espiritual sem cobrar um centavos.
    .

    Curtir

  75. Jesus veio e cumpriu a lei. Ele jamais veio desfazer o que foi instituído no antigo testamento. Se você é contra o dizimo fique na sua. Sou dizimista porque reconheço que tudo que ganho é o próprio Deus que me dá. Você está perdendo a oportunidade de reconhecer a graça de Deus na sua vida. Esperimente ser fiel a Deus na devolução de 10% daquilo que ele te dá e faça prova dele e você vai ver se ele é fiel ou não com você. Quem é dizimista fiel sabe do que eu estou falando. Agora se você retém o que é de Deus e problema seu. Deus vai levantar outras pessoas e você vai morrer com essa sua ignorância. A obra de Deus não precisa de sua esmola. Procure cura pra sua alma em quanto há vida

    Curtir

  76. vi que em alguns dos motivos para dizimar usaram partes de Malaquias 10, o interessante seria se gastasse-mos umas meia hora direta para ler o livro de malaquias, que por sinal é curto. Ali podemos entender que na verdade quem esta roubando a Deus não é o POVO, e sim os SACERDOTES, pois os dizimos sao para as viuvas os orfaos e os extrangeiros. Agora para aqueles que dizem que não importa o que os PASTORES e PADRES estao fazendo, ”POIS EU TÔ FAZENDO MINHA PARTE”, o povo de Israel deixou de ser abençoado por Deus por causa dos SACERDOTES que ESTAVAM ROUBANDO A DEUS.

    Curtir

  77. e ae amigão, como assim nao paga grafica luz agua…? se a pessoa tiver vontade e for verdadeira ela vai na voz e espalha o evangelho, nos tempos de Jesus tinha eletricidade? Ele por acaso precisou de microfone? Acorda irmão procura saber para que era usado o dizimo antes de abrir a boca.

    Curtir

  78. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk salario de pastor? até onde sei Jesus nao permitiu aos apostolos receberem por fazer a obra, até Paulo trabalhou. Por que os pastores são especiais? São melhores que os apostolos?

    Curtir

  79. meu amigo entao quem não é dizimista nao tem parte no céu? Jesus sofreu e morreu na cruz somente pelos dizimista? os que nao sao, sao parasitas e nao merecem estar no céu? e quando vc afirma:”Se ele está frequentando a igreja é porque está usufruindo de alguma coisa lá”. vc reparou que vc esta querendo dizer que o evangelho tem que ser vendido? Presta atenção parça, leia mais a biblia e leia seus comentarios antes de posta-los.

    Curtir

  80. É por isso que a palavra diz que o povo perece por falta do conhecimento? Esse é o seu caso, vamos ver o pq. SE o dizimo é a decima parte como dar tudo (100%) teria a ver com a decima parte? e pra deixar mais interessante o seu comentario, Atos 2:43-45 eles vendiam suas propriedades e traziam. O que aconteceu com aquele casal que DEU somente uma parte?????? amigao se o que vc comentou tivesse coerencia, todos os dizimistas estariam mortos por mentirem pro ESPIRITO SANTO.
    O povo perece por falta do conhecimento, descreve tem tudo a ver com vc nesse seu infeliz comentario! Vamos todos começar a ler a biblia certo e não somente versiculos isolados???? Deus abençoe.

    Curtir

  81. Boa noite
    Amigo Jesus era judeu compriu a lei como todo o judeu, quando ele cita estes versículos ele ainda estava vivo com certeza, no final do versículo 18 ele diz: até que tudo seja cumprido, ele se refere a sua morte na cruz como pagamento dos nossos pecados.

    Curtir

  82. Estou de cara com tamanho conhecimento, como seria bom se pelo menos 10% dos líderes religiosos ensinassem assim. Mas sabemos que o dinheiro fala mais alto que a própria verdade!

    Curtir

  83. Se vc quiser se prostituir Braine, vc pode. Tudo lhe é lícito. O q vc deve pensar é se lhe convém, como Paulo ensinou.

    Curtir

  84. Se ele dizima então é porque ele já não é um miserável, pois o miserável não tem nada p dizimar. Agora, eu conheço inúmeros dizimistas q perderam tudo, ficaram desempregados e não apareceu nenhum pastor “cristão” p ajudar. Acordem Alices p a realidade!

    Curtir

  85. Seria o mesmo que to nem ai com os irmãos que precisa do SUS, eu tenho plano de saúde não ligo se estão roubando o dinheiro que seria para a saúde publica. quer dizer que a salvação do pastor pouco importa pra vcs evangelicos? o importante e vc da o dizimo né? belo exemplo de amor ou proximo rsrs foi isso que Fred e eu entendemos né Fred? me pergunto pq esses fieis não protestam contra esses pastores? fecham os olhos pra isso?

    Curtir

  86. Muito esclarecedor,parabéns!

    Curtir

  87. Etimologicamente dízimo (latim decimus), significa a décima parte de algo. Historicamente
    eram pagos na forma de bens, e encontra suas origens no Sacerdócio Levítico judaico (Lv 27,
    30-34). Por ser Cristo sacerdote segundo a Ordem de Melquisedeque, ab-rogou o sacerdócio
    levítico com todas as suas as leis, dízimos e costumes, conforme é narrado na Carta
    endereçada aos Hebreus (Hebr 7, 1 – 28). Citando consecutivamente a questão do dízimo nos
    versículos precedentes,o autor arremata: “Com efeito, mudado que seja o sacerdócio, é
    necessário que se mude também a lei” (Hebr 7, 12). E ainda: “O mandamento precedente é, na
    verdade, ab-rogado pela sua fraqueza e inutilidade” (Hebr 7, 18).
    Atualmente, os dízimos cobrados por algumas denominações e seitas religiosas, são
    normalmente voluntários, embora seja prática comum por parte dos líderes religiosos, o ensino
    de que a sua não observação poderia incorrer em menor favorecimento divino, sendo por isso
    pagos em dinheiro, cheque ou ações, enquanto historicamente eram pagos na forma de bens,
    como com produtos agrícolas.
    Em alguns países da Europa, principalmente em regiões de língua alemã, existe um imposto
    (Kirchensteuer, em alemão) formal e obrigatório para os professantes de uma fé. Este imposto é
    retido na fonte e posteriormente encaminhado à unidade religiosa de direito. Para quem se
    declara sem religião, não há a cobrança do referido imposto

    Curtir

  88. sempre acreditei que somos o templo de Deus… e depois que li…me iluminou. obrigada.

    Curtir

  89. Os dez motivos comentados referente porque devo dizimar estão totalmente equivocados, os versículos estão mal interpretados.

    Curtir

  90. Claudio Lysik 31/07/2016 — 0:26

    Esta claro na bíblia que a salvação é de graça. Então, se a salvação e de graça,o dízimo não pode ser cobrado.

    Curtir

  91. Ícaro Xavier Cordeiro 04/08/2016 — 18:02

    Muito boa Patrícia, eu entendo que obedecer é melhor do que sacrificar. Fico com o conselho escrito em Tito 1:15 e 3:8 e 9.

    Curtir

  92. Tem gente que acha que o dinheiro é maior que Jesus, se não der o dízimo não reclame se gastar muito dinheiro na farmácia, se a impresa tiver falindo etc..
    Meus irmãos coloquem um coisa na cabeça de vocês, isso são coisas da vida, quer dizer que a pessoa que dar o dízimo está insento de falência, infermidades, tristeza etc?

    Curtir

  93. Quem achar q dar dizimo é certo que de, eu nao dou e pronto. Pastores mais suas mulheres e filhos pilantras usufruindo do dinheiro alheio esta cagando e andando para um bando de retardados mentais de religiões. Se fosse para viver so do basico ninguem queria . isso é igual a politica cada um quer uma parte do bolo sem colocar a mao na massa

    Curtir

  94. Valdirlei Vicente Massola 17/09/2016 — 18:01

    Tenho vistos alguns comentários a respeito de dízimo e salvação. Salvação não tem nada a ver com dízimo. São assuntos diferentes, e não pode ser tratados da mesma maneira. Salvação é de graça, não tem preço porque a dívida do homem era tão grande que ele não tinha condições de pagar por seus pecados. Jesus é somente ele se tornou como o cordeiro da antiga aliança onde era sacrificado, um cordeiro sem máculas para que o sangue deste fosse apresentado a Deus, o que era o perdão. Jesus Cristo em sua nova aliança entregou seu sangue, inocente e sem macula, o qual foi apresentado a Deus e aceito por Ele.
    Já o outro assunto, o dízimo e as ofertas eram ofertados a Deus como uma gratidão, não como uma imposição. As pessoas faziam isto observando a lei de Deus que desde o princípio não mudou. Deus não muda princípios. Um exemplo de princípio da Lei, “não matarás”, tanto faz no novo ou velho testamento Deus não aprova. Se no exemplo anterior a respeito da salvação era necessário derramar sangue de um animal puro e inocente, o princípio foi cumprido na plenitude do sacrifício de Jesus CRISTO. Dízimo é uma questão de coração, pois em Gênesis 4, Deus aceitou uma oferta de Abel e rejeitou a de Caim. Você acha que Deus estava interessado no valor? De forma alguma ele estava interessado no coração do ofertante, tanto que o texto diz que Deus rejeitou Caim e sua oferta. Não adianta dizimar e ofertar se o coração não estiver em gratidão a Deus.
    Agora quanto a nossos tempos, como o evangelho chegaria como chegou a nossos tempos. Creio que de alguma forma sempre teve alguém que contribuiu com suas finanças para que este chegasse até nos. E igreja tem despesas, assim como toda instituição, paga-se água, luz, telefone, funcionários, aluguel, cadeiras, manutenção de missionários em outras regiões, ajuda a pessoas que estão em necessidade e muitas outras despesas que não é necessário a divulgação.
    É por fim cumpre-se um princípio de gratidão a Deus.

    Curtir

  95. não esqueça que naquela época eles vivam da agricultura e criação de animais… hoje a unidade monetária é outra a economia é outra e assim o que vale para hoje com relação aos valores é que temos e o que ganhamos… quem vive da agricultura com certeza deverá levar da agricultura e quem vive de salario é o do salario… eles iam uma vez a cada ano e guardavam o que ganhavam mensalmente hoje estamos quase todos os dias na igreja… ok dizimar é bíblico… ok façam não pra serem abençoados… mas pelo simples fato de já serem abençoados por Deus ok paz

    Curtir

  96. Sou dizimista fiel, apesar de achar que os pastores usam mal o dinheiro dos fiés , podem ver a maioria tem carros excelentes, moram em casas boas, tem planos de saude, e recebem acertos quando deixam o ministério, auxilio aluguel , alem do salario, auxilio gasolina e telefone, estão igual politicos. Como eu sou assalariada, ganho um salario mínimo 880,00 por més deste dinheiro me é tirado INSS, convenio de saude, taxa de sindicato, e eus usar o convenio para consultar tenho descontos ainda maiores. Dias destes fiquei muito triste, me dirigi ao meu pastor, pois vi irmãos se tattuando, usando brincos, saias curtas, ele não fez nada, não ministrou , não aconselhou, e eu ainda fiquei como chata, ele ganha uns 3 mil por mês, mas tudo isso que citei… e o resultado do trabalho dele? será que ele tava com medo de perder os pais dos joven como membros e peder dizimistas e assim cair o seu salario?
    misericordia, Jão batista ficaria indignido… Estou bem triste com a chamda igreja e pastores atuais, ale, de receber bem , não desempemnham bem o seu papel, antes os pastores recebiam o suficiente hoje ele recebem com extravagancia.
    Quero ver se eles recebessem um salario mínimo como os fiéis, se ia chover de pastor se formando ou se intitulando pastor e como sobreviveriam com tal valor. obs a maioria dos filhos de pastor estudam em escolas particular, eu tentei pagar uma escola no sesi que é so 280,00 não aguentei… é so um desabafo

    Curtir

  97. nao existe salvaçao por merito. ninguem faz nada pra ser salvo, glatas 03:9,10 etc.

    Curtir

  98. gostaria de saber se jesus pagou o dizimo?

    Curtir

  99. cristin wimbo 01/11/2016 — 10:13

    Dizimo, dizimo, dizimo… porque tanta dor na discordância do dízimo? Desculpem todos por responder este blog pois não sou leitor assíduo. Mas sinto-me como Cristã no direito de dar minha humilde opinião. 1º- Em apocalipse 22/19,diz que, se alguem tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia Deus tirará sua parte do livro da vida!!. O dízimo é parte integrante na palavra de Deus. Vossas comparações fazem lembrar daqueles que justificam sua apetência às bebidas alcoólicas à Paulo quando recomenda a seu Discípulo um pouco de vinho por causa de sua dor de estómago. Será que todos os que o fazem sofrem de úlceras?

    O próprio Senhor Jesus no novo Testamento fala sim de dizimar quando alerta ao facto de os fariseus darem o dizimo de alguns produtos e não de outros, chamando-os de hipócritas..
    Caros leitores. Se há igrejas que dão ênfase ao dízimo é mais questão de organização da própria Igreja, mas não deixa de ser sim um Mandamento da Lei de Deus. leiam Joel 1/9 sobre a oferta de cereais e libação que não é mais que ofertas e dízimos nos dias actuais!!!. Bom dia e que Deus supra as necessidades dos que com seu dinheiro honram em primeiro lugar a obra de Deus aqui na terra..

    Curtir

  100. Esse eretico que escreveu esta mensagem é um atoa observe que até a palavra Deus ele escreve com letra minuscula kd o respeito para com. O todo ppoderoso? E nao tem fundamento e que ele argumenta.
    A entrega do dízimo é um ato de amor e gratidão a Deus e fé. Ofertas são sementes semeada no reino de Deus.
    Vivemos em um mundo capitalista e tudo que se faz precisa de dinheiro.
    As pessoas ñ cauculam o que eles gastam com cigarros bebidas drogas e outras coisas maleficas quando vem para igreja ficam miseráveis e ñ querem entrgar seus dizimos. Ao amigo que escreveu a nensg deve é se converter que ele está sendo um instrumento de satanás.

    Curtir

  101. gostei muito do texto, porém existe um erro graríssimo, sempre quando nos referimos a Deus, tem que começar com letra maiúsculas

    Curtir

  102. Tenho uma vasta experiência Cristã. Entrei no Google para pesquisar e tirar uma dúvida, mas, o assunto está tão bom que li todas as respostas e não consegui resposta para minha dúvida. Quero esclarecer aqui que sou crente á muitos anos, por acaso me bateu uma vontade de pegar o meu dízimo e dividir com outras denominações, Igrejas menos favorecidas, pois penso que devemos ajudar os Cristãos em geral, será que eu poderia entregar ofertas na minha Igreja e o dízimo eu dividiria com outras Igrejas?!

    Curtir

  103. Só uma correcção, é Deus e não deus” Na matéria toda vc escreve Deus com o d minúsculo!

    Curtir

  104. Luis Maurício 25/01/2017 — 19:43

    Jovem, antes de mais nada, é melhor escrever Deus com a letra maiúscula, Ele não é qualquer um! Jesus também, para os comentaristas. Na língua portuguesa até os pronomes que se referem a Ele (Deus) usam a letra maiúscula.
    De Acordo com o seu texto, o dízimo era dado por triênio, e não por anuênio, como você comenta abaixo.
    Mas, os pastores te dirão: Você recebe salários de três em três anos ou mensal, ou semanalmente, ou quinzenal?
    Tampouco acredito que as colheitas também não seriam de três em três anos. Ou os ciclos das safras ou estações duravam 3 anos? Então, como Deus não ordenava o dízimo ser anual, tem algo muito errado acontecendo. Com certeza, não há informação de que o fiel deveria poupar o que ganha anualmente e entregar o dízimo a cada triênio.
    Além de todos os seus comentários, acrescentaria: por que os pastores (em sua maioria) não revelam numa planilha, para o rebanho o destino do dízimo?

    Curtir

  105. Samuel Máximo 01/02/2017 — 22:18

    Paz queridos.

    O profeta Oséias escreveu no capítulo 4 no inicio do verso 6 que “o meu povo foi destruído por falta de conhecimento”.
    Quando leio informações como descrita pelo autor acima, me faz crer que depois de Jesus Cristo e a Graça eu posso matar, roubar, prostituir, não honrar ou adorar a Deus, posso maldizer meus irmãos e tantos outros mandamentos e ordenanças que estão na lei.
    Devemos ser inteligentes e alem disso, conhecedores da Palavra.
    Lei diz que se prostituíssem, seria pecado – Jesus porem disse que apenas se olharmos com desejo ja cometemos o pecado. Jesus olha todos ofertando e agrada de quem ofertou tudo (Mc 12:41-44). No livro de Atos, a igreja vivia – pessoas – viviam em comum, vendiam TUDO que tinham e depositava aos pés dos apóstolos e creio que tudo é bem mais que dízimo. Quero ainda lembrar que um casal tentou enganar a Pedro e aos apóstolos e morreram por isso (Ananias e Safira). Quando eu aprendo a entregar tudo, digo que sou dependente de Jesus Cristo e da Graça.

    Curtir

  106. Alexandre Ribeiro 08/02/2017 — 0:37

    Dízimo: muito mais do que dinheiro

    Muitos questiona a devolução do dízimo, outros não concorda, mas na realidade depois da nova aliança Jesus deixou claro que não é obrigatório mas também não descartou o ato, simplesmente supera a lei em graça (gratidão pelo Amor incondicional)
     

    A entrega de contribuições e ofertas financeiras é uma prática comum entre as igrejas cristãs. O reino de Deus, porém, não se edifica com dinheiro, mas com pessoas comprometidas com Jesus.

    Embora o dinheiro não seja o assunto mais importante na vida cristã, Jesus deixou claro que a maneira como lidamos com esse assunto indica o nível do nosso amadurecimento espiritual (Lucas 16.10-12). Portanto, esse também é um assunto espiritual.

    A Bíblia possui vários princípios que orientam a contribuição financeira do cristão. Abaixo relacionamos sete tópicos a esse respeito.

    1. O ministério de Jesus foi mantido pela contribuição de pessoas piedosas. Lucas menciona os nomes de algumas mulheres que lhe prestavam assistência com os seus bens e afirma que existiam “muitas outras” (Lucas 8.1-3).

    2. Jesus aprova as contribuições financeiras quando elas são feitas com a motivação correta. Na história da viúva pobre (cf. Marcos 12.41-44) ele ensinou que Deus não despreza a oferta humilde. O que Deus julga é a motivação do coração.

    3. Jesus não condenou a prática do dízimo, mas o mau uso que as pessoas faziam da mesma. Ele censurou os fariseus porque entregavam o “dízimo da hortelã, da arruda e de todas as hortaliças”, mas desprezavam o amor de Deus (cf. Lucas 11.42). Ele reprovou o fato dos fariseus pensarem que a prática do dízimo substituiria o amor a Deus e ao próximo.

    4. A contribuição para atender aos necessitados é uma expressão da comunhão cristã. Na igreja primitiva os irmãos socorriam uns aos outros financeiramente (cf. Atos 4.34-35). A comunhão cristã não é apenas espiritual, mas também prática e material.

    5. A contribuição é parte integrante da adoração cristã. O apóstolo Paulo ensina que ela deve ser feita sistematicamente no primeiro dia da semana, ou seja, no domingo (cf. 1 Coríntios 16.1-4). A contribuição deve ser voluntária e livre de qualquer coerção. As ofertas cristãs devem ser praticadas como expressão da adoração a Deus, feitas com alegria e contentamento (2 Coríntios 9.7).

    6. A contribuição cristã obedece aos princípios da fidelidade e da proporcionalidade. Paulo ordenou que cada um o fizesse “conforme a sua prosperidade” (cf. 1 Coríntios 16.2). O dízimo é uma excelente maneira de atender a esse princípio da proporcionalidade, pois ao ofertarem dez por cento, todos ofertam em proporção igual. Além do mais, Paulo disse que “se há boa vontade, será aceita conforme o que o homem tem e não segundo o que ele não tem” (2 Coríntios 8.12). Deus nunca exige que seus filhos entreguem o que não têm.

    7. A liberalidade cristã na contribuição é fruto de uma consagração pessoal a Deus. Ao falar sobre a espontaneidade dos cristãos macedônios em contribuir, Paulo explicou que a razão pela qual eles o faziam é porque antes já haviam se dado “primeiro ao Senhor” (2 Coríntios 8.5). Somente aquele que já entregou o seu coração a Cristo não terá dificuldades de contribuir para com a obra do Mestre.

    Depois de ler todos esses textos bíblicos, você está disposto a contribuir e entregar o dízimo? Lembre-se que há muito mais do que dinheiro envolvido nessa prática.

    Agora avalia a sua prática é voluntária ou por obrigação?

    Curtir

  107. Antes de tudo oq foi expressado ai o dízimo é uma questão de Fé. A biblia é um livro de Fé. Sempre irá se divergir opiniões,pois uns tem convicção qie tem q devolver o dízimo e outros não. Estudam a biblia? Então só é fazer prova de Deus! Graça e paz a todos!

    Curtir

  108. Acredita quem quiser o Dízimo exclui o devorador da vida financeira á não ser que faça mal administração do restante.Deus quer ver nossa fidelidade para com ele,se os falsos profetas desviam Deus é quem faz a justiça.

    Curtir

  109. Esto com vc Patricia!!! Sim! O dízimo é da lei, é antes da lei e é depois da lei. Ele foi sancionado por Cristo. Se é a graça que domina a nossa vida, porque ficamos sempre aquém da lei? Será que a graça não nos
    motiva a ir além da lei?
    Veja: a lei dizia: Não matarás. A graça nos leva além: EU, PORÉM, VOS DIGO AQUELE QUE ODIAR É RÉU DE JUÍZO
    a lei dizia: Não adulterarás. A graça nos leva além: EU, PORÉM, VOS DIGO QUALQUER QUE OLHAR COM INTENÇÃO IMPURA… a lei dizia: Olho por olho, dente por dente. A graça nos leva além: EU, PORÉM, VOS DIGO: SE ALGUÉM TE FERIR A FACE DIREITA, DÁ-LHE TAMBÉM A ESQUERDA.
    A graça vai além da lei: porque só nesta questão do dízimo, ela ficaria aquém da lei? Esta, portanto, é uma justificativa infundada.

    Curtir

  110. Amigo vc foi feliz com tidas essas palavras eu concordo plenamente eu sou da ccb demorei pra ententer essa parte nao samos obrigados a nada na igreja e fiquei fwliz com a exposiçao do seu ponto de vista👏👏👏

    Curtir

  111. Reinaldo Matos 09/03/2017 — 11:01

    Tudo na vida é uma questão de decisão, Decisões estas fundamentadas naquilo que acreditamos, ou por influencias do vemos e/ou ouvimos. Acredito na voluntariedade de cada um, e na certeza de que as pessoas podem ser enganadas por muito tempo, mais jamais o serão o tempo todo. Seja na vida social, comercial, politica e até na fé.

    Curtir

  112. Texto bastante esclarecedor. Cristo era da tribo de Judá, portanto não havia obrigatoriedade de dizimar os filhos de Judá. A obrigatoriedade era para com os filhos de LEVI. Cristo aboliu o dízimo ao abolir esta lei com o seu próprio sacrifício. Simples assim

    Curtir

  113. Leiam Mateus: 5:17,18 e depois leiam Lucas 24:44 .Depois voltem p Mateus e leiam todo o restnte

    Curtir

  114. As pessoas so são enganadas por que tem preguiça de ler a biblia

    Curtir

  115. Bom meus irmãos, eu sou pastor presidente de uma igreja há 04 anos, porém trabalho de segunda a sexta na área da saúde, sou dizimista, até então não enriqueci, pois o propósito de abrir a igreja não foi para enriquecer. As pessoas dizem que o dízimo foi abolido, porque está citado a maior parte no antigo testamento, mas acho engraçado, que o (Salmos 23 ´´o Senhor é meu pastor e nada me faltará“) não foi abolido né…Gente então rasguem o antigo testamento.
    Lembrem-se o antigo é a sombra do novo…Deus vos abençoe.

    Curtir

  116. Perfeito

    Curtir

  117. concordo com vc plenamente. eles sao fariseus disfarçados de doutores da lei. tipo de gente assim, sao como pragas ou ervas daninhas na seara do senhor. Mas não prosperarao. Pois a Palavra de deus é fiel e verdadeira.

    Curtir

  118. strgrgregheh 01/05/2017 — 2:31

    obrigado pelo esse poste.
    deus te abencoe.

    Curtir

  119. strgrgregheh 01/05/2017 — 2:32

    obrigado pelo poste.
    deus te abencoe.

    Curtir

  120. Caro irmão, o seu texto é muito bom!!
    Mas por favor nunca escreva o nome Deus, com letra minúscula…

    Curtir

  121. ISAAC CARMO 10/06/2017 — 20:46

    Patrícia Teixeira Maciel, eu também gostaria de saber porque a Igreja Cristã aboliu o sacrifício de animais e a circuncisão. Pois tais práticas são elementos da Lei de Moisés, e foram cumpridos rigorosamente por Jesus. “PORQUE EM JESUS CRISTO NEM A CIRCUNCISÃO NEM A INCIRCUCISÃO TEM VIRTUDE ALGUMA; MAS SIM A FÉ QUE OPERA POR CARIDADE.” (Gál. 5:6). “PORQUE O FIM DA LEI É CRISTO, PARA JUSTIÇA DE TODO AQUELE QUE CRÊ.” (Rom.10:4).”NÃO TRAGAIS MAIS OFERTAS DEBALDE: O INCENSO É PARA MIM ABOMINAÇÃO, E AS LUAS NOVAS, E OS SÁBADOS E A CONVOCAÇÃO DAS CONGREGAÇÕES…” (Is.1:13). “PORQUE, MUDANDO-SE O SACERDÓCIO, NECESSARIAMENTE TAMBÉM SE FAZ MUDANÇA DA LEI.” (Heb 7:12).”AQUELE QUE TEM OS MEUS MANDAMENTOS, E OS GUARDA, ESSE É O QUE ME AMA.” (Jo. 14:21). “AGORA, POIS, PORQUE TENTAIS A DEUS, PONDO SOBRE A CERVIZ DOS DISCÍPULOS UM JUGO QUE NEM NOSSOS PAIS NEM NÓS PODEMOS SUPORTAR?” (At. 15:10). É óbvio que nesta última citação Pedro está se referindo à Lei de Moisés, esta destinada exclusivamente para a Nação de Israel, cujo povo estava na condição de servo e não de filho.

    Curtir

  122. José Carlos Fernandes Lobo 18/06/2017 — 1:24

    7. Porque você não quer ir para o inferno:
    “E, por causa de vós, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra, e a vide no campo não vos será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos”(Ml 3:11).
    ?????
    Inferno? desde quando dar o dízimo tem a ver com ser salvo ou não?!

    Curtir

  123. Fernando Teixeira de Souza 05/07/2017 — 22:20

    O texto está muito bem redigido e esclarece a questão com simplicidade, e o mais importante, é que o irmão cita com muita propriedade e discernimento todas as referencias Bíblica com perfeita adequação ao proposito . Espero que os honrados comentaristas que não concordaram com o artigo reportado por este texto, mas, por dignos e livres que são de expressarem as suas opiniões releiam o texto com tranquilidade e profundas reflexões. Mais uma observação: com o coração manso e humilde e em oração. Nando Teixeiras ou sansaoarte@hotmail.com, comenta. Que o Autor e Consumador da nossa Fé seja Louvado. Amém

    Curtir

  124. Fernando Teixeira de Souza 05/07/2017 — 22:43

    Eu Fernando Teixeira de Sousa , rubrica nandoteixeiras, sansoarte@hotmail.com Apesar de concordar com o texto o qual está excelente, peço por favor que retire o meu comentário desse site. me enganei com certos fatores o comentário esta´correto . mas, precipitei-me em publica-lo neste site .Agradeço.

    Curtir

  125. Luciene barbosa 11/09/2017 — 12:05

    Apaz do Senhor a todos….. na minha opinião o dizimo e um compromisso com Deus o que o Pastor vai fazer com o Dinheiro não importa o importante e minha fé da contribuição na casa de Deus para que não falte o pão que significa a palavra de Deus e minha fé de esta acreditando que o Senhor repreende o devorador de nossa vida. eu gostaria muito de ouvir 5 comentário de pessoas dizimista e 5 que não e dizimista referente a vida financeira. eu creio que o Senhor repreende o espirito devorador da nossa finança, para quem não é faze um teste! da seus 10% e ver o que acontecem!

    Curtir

  126. Rosana Martins 14/09/2017 — 12:00

    Muito bom esse texto,esclareceu muitas das minhas dúvidas sobre o dízimo.Obrigada

    Curtir

  127. Pé de Pano 22/09/2017 — 10:07

    Olá, bom dia a todos!

    Estamos na graça, o tempo da lei passou e a lei era para o povo de Israel, portanto, o dízimo não faz sentido algum.
    Já dizimei na minha ignorância, hoje não mais! Podemos sim, cooperar na obra de Deus com ofertas e darmos o que quisermos e pudermos, de modo voluntário, com liberalidade, nada obrigatório e sob promessas de punição!
    Não sou dizimista, mas não sou sonegador!

    Fui! Pé de Pano.

    Curtir

  128. CESAR ALONSO CARRERA 17/10/2017 — 17:10

    Gostaria de passar ao redator deste texto com muito amor, e respeito que sempre que mencionar o nome do VERDADEIRO DEUS. Sempre escreva com LETRAS MAIÚSCULAS, pois é muito errado.

    Curtir

  129. CESAR ALONSO CARRERA 17/10/2017 — 17:30

    O compromisso nosso como irmãos e filhos de DEUS. É com a sua PALAVRA e no NOVO TESTAMENTO, JESUS CRISTO nos LIBERTOU DE TODA, TODA, TODA A LEI, somos livres e quando ainda adotamos praticas da LEI negamos a SUA morte de cruz, UNICAMENTE PARA NOS SALVAR. Queres agradar a DEUS e cumprir o que DEUS FEZ para nós seu povo escolhido, pois não foi nós que O escolheu primeiro. Foi ELE que nos escolheu primeiro, e nós não somos JUDEUS, nós não somos LEVITAS, somos FILHOS ADOTADOS. E a nós DEUS só deixou como norma o seguinte. 2 CORINTIOS 9. 6,7 Assim, achei necessário recomendar que os irmãos os visitem antes e concluam os preparativos para a contribuição que vocês prometeram. Então ela estará pronta como oferta generosa, e não como algo dado com avareza.
    Lembrem-se: aquele que semeia pouco, também colherá pouco, e aquele que semeia com fartura, também colherá fartamente.
    Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria.
    2 Coríntios 9:5-7
    Esta escrito na BÍBLIA que é a PALAVRA DE DEUS. FIQUEM NA PAZ DO SENHOR.
    O MEU POVO ESTA SENDO DESTRUÍDO POR LHES FALTAR O CONHECIMENTO.

    Curtir

  130. Lá esta falando de outra lei. A Lei Moral, essa não foi abolida a Lei dos 10 Mandamentos escrita pelo dedo de Deus. Tanto é que no próximo versículo 21 já diz o restante da Lei. A lei abolida foi todas as outras leis ditada por Moisés por intermédio de Deus, as de ordenanças, cerimonias..etc…

    Curtir

  131. Osmar Santos 19/01/2018 — 13:59

    Os Dízimos e Ofertas são mandamentos com promessas de benefícios para os fiéis e está atrelado ao maior de todos mandamentos que é amar a Deus sobre todas as coisas. Deus não necessita de dinheiro, mas a missão de pregar o evangelho necessita, seja na manutenção das estruturas físicas, expediente, estudos e assistência aos membros, seja em financiar missionários enviados aos lugares de difícil acesso.
    Para quem crê no mundo espiritual, dizimar e ofertar desestabelece precedentes do demônio do dinheiro, Mamon. “Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há de odiar um e amar o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.” (Mateus 6:24)

    È notório que existem pessoas desvirtuando a Palavra de Deus e se aproveitando da fé dos pequeninos, certamente receberão a devida recompensa. O que não pode acontecer é generalizar os fatos e usar as banalidades para depreciar o evangelho genuíno.

    Os problemas de finanças pessoais devem ser resolvidos com uma boa educação financeira, não gastando mais do que recebe. Se você crê em Deus, 10% de toda sua renda pertencem a Ele, e não deverá ser usado para outros fins em hipótese alguma. Afinal, você tem 90% da sua renda para administrar e os 10% não da para você fazer nenhum milagre… DEUS faz.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close