EUVÍ: Voto facultativo, 10 motivos para ser a favor, 10 motivos para ser contra


Voto é coisa séria. É uma pena que o brasileiro goste tanto de votar em quem não conhece e reeleger quem não fiscalizou.

Confesso que adoraria ficar em casa no dia da eleição, mas o que eu ia adorar mesmo é se todos ficassem em casa e só eu votasse.

10 motivos para ser a favor do voto obrigatório

1- O voto obrigatório faz com que a maioria ou todos estejam representados. O voto é um poder-dever.

2- O voto obrigatório faz com que ninguém possa reclamar do seu governo, uma vez que participou da eleição. O voto obrigatório não constitui ônus para o país e o constrangimento ao eleitor é mínimo comparado com os benefícios que oferece ao processo.

3- No voto obrigatório todas as parcelas da população escolhem seus representantes de forma equitativa, pobres e ricos.

4- No voto obrigatório, o cidadão é obrigado a separar parte do seu tempo para se informar sobre os candidatos, assim se aproximando da política.

5- No voto facultativo, as abstenções aumentarão tanto que alguns grupos ficarão super representados.

6- No voto facultativo, é preciso não apenas fazer campanha para que eleitor vote em você, mas também campanha que ele saia de casa. As campanhas seriam mais estratégicas e caras, dando vantagens aos grandes partidos.

7- O voto facultativo daria vantagem a quem tivesse o domínio do poder econômico, podendo estes procurar com mais facilidade onde estão os eleitores que querem votar e fazer campanha apenas para eles.

8 – No voto facultativo, boa parte da população que tem escolaridade e acompanha a política ficaria enojada em ter de votar em algum político, enquanto os pobres facilmente alienáveis votariam em massa em que lhes oferecesse algum benefício.

9- O voto facultativo é mais propenso a fraudes. Sem saber quantas pessoas votarão, é mais fácil corromper o sistema.

10- O voto facultativo no final da contas apenas favoreceria a minorias eleitorais com peso eleitoral, que seriam paparicadas pelos candidatos por toda a campanha em detrimento da maioria da população.

Dessa forma, como acontece nos EUA, a agenda da eleição seria ditada por pequenos grupos que distoam dos padrões da maioria da sociedade.

10 motivo para ser a favor do voto facultativo

1- O voto facultativo é democrático, pois dá ao cidadão direito de participar ou não da eleição, sem que para isso precise pagar por algo ou perder algum direito.

2- Com o voto facultativo, menos pessoas votariam. Quem iria votar seria apenas os eleitores conscientes que creem na ideologia dos partidos. Os partidos se fortaleceriam, assim como o debate.

3- No voto facultativo, o candidato teria que agradar sua base de apoio, do contrário, esta ficaria em casa no dia da eleição. Logo, os canditatos teriam que mostrar mais serviço.

4- No voto facultativo, as minorias ganham força, tendo o governante obrigação de atender as demandas de algumas delas.

5- No voto facultativo, as campanhas não poluiriam tanto as ruas. Com o passar do tempo, o marketing estratégico iria focar a campanha tão bem que quem não quisesse votar ficaria cada vez menos encomodado com as eleições.

6-  No voto facultativo, as campanhas acabariam por ficar mais baratas, uma vez que não seria preciso atingir toda a população. Isso poderia até mitigar a corrupção, pois quanto mais cara a campanha, mais interesses escusos serão atendidos.

7- O voto facultativo vai aproximar o cidadão que quer participar e afastar aquele que não quer. A democracia prevalecerá na medida em que os políticos tenham que motivar as pessoas a interagir com o processo democrático. O voto facultativo é melhor, pois nada que seja compulsório pode ser cabalmente democrático.  O voto é um direito, não um dever.

8- A participação de todos no processo eleitoral é um mito. Atualmente, mais de 20% dos brasileiros já ficam em casa no dia da eleição. O voto facultativo apenas ia regulamentar o que já existe.

9- O voto facultativo é adotado nas maiores democracias do mundo. Será que o voto facultativo dos Estados Unidos é menos democrático que o voto obrigatório do Brasil?

Não há, no mundo, uma democracia representativa que não faculte o voto.

10- Levando em consideração a atual participação popular nos níveis da eleições municipais, estaduais e federais, pouco seria mudado se o voto fosse facultativo, levando em consideração que muitos já se abstem.

Futuros catastróficos nunca surgiriam do voto facultativo, tanto é que as maiores democracias do mundo já o adotam. A faculdade do voto apenas traria lisura e legitimidade ao processo eleitoral.

Anúncios

11 comentários

  1. […] 1- Fim do voto obrigatório Democracia de verdade é democracia onde o povo se faz ouvido, e onde ele pode se abster de fazê-lo. O voto obrigatório traria para política aqueles que realmente querem participar dela, e iria deixar de implicar punições aqueles que, por motivos ideológicos ou religiosos, não queiram ser representados. […]

    Curtir

  2. Sou a favor.Quero ter o direito ou nao de votar sem ser penalisada por isso.E um absurdo essa falsa democracia,pois quase tudo o que se.precisa fazer tem que mostrar o titulo e o comprovante do voto.Se nao votar nao pode nada,mas tem que pagar os.impostos,se nao…

    Curtir

    • Obrigado pelo comentário Hercilla. TAMBÉM SOU A FAVOR, chega de obrigar o povo pobre sair de casa pra votar em ladrão. Quem tem que votar é quem quer.

      Eu tenho direito a liberdade religiosa e nem por isso tenho que ter religião, tenho liberdade de expressão e nem por isso tenho que me expressar. De igual modo, porque seria obrigado a votar?

      Curtir

  3. sou a favor do voto facultativo, é muita sacanagem obrigar a população a votar mesmo sabendo que já passaram pela experiencia de eleger um corrupto em potencial e os outros candidatos que também tinham sido eleitos no passado pouco se difere deste mesmo, votar nesse país é tão essencial que até pessoas que cometem delitos alguns dias antes ou alguns dias depois das eleições (caso haja segundo turno) não podem ser presas para que estas façam parte do processo das votações, a ironia disso tudo é que no passado foram feitos vários movimentos pelas “diretas já”, bom mesmo seria se as eleições seguissem de certa forma o código de defesa do consumidor e cada candidato eleito tivesse um prazo de garantia com nota fiscal, podendo ser multado e preso caso se utilizar em suas campanhas de informações falsas ou enganosas, não cumprir o prazo de entrega de certas obras, e entregar aos cofres públicos todo dinheiro desviado monetariamente atualizado.

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s